terça-feira, 23 de abril de 2019

Tinho Damasceno na segundona de São Paulo

Oficial !
CAT contrata Tinho Damasceno para comandar a equipe na Segundona. Treinador chega para assumir depois da saída de Lippi.
A diretoria do Clube Atlético Taquaritinga acertou na tarde dessa terça-feira (23) com Tinho Damasceno para assumir o comando técnico da equipe. O treinador estava no Genus de Rondônia no início desta temporada, onde teve bom desempenho no campeonato local, e chega para dirigir a equipe tricolor no Campeonato Paulista da Segunda Divisão. A estréia será neste sábado (27), às 15:30, contra o Catanduva em Catanduva.
Bem vindo Tinho !!
Fonte e Foto: Assessoria de Comunicação do CAT
(*) Conf. o Blog havia antecipado

Terça das notícias alvissareiras

E chegou a terça-feira com as seguintes manchetes

Daday Silva, excelente meia-atacante que fez bons trabalhos pelo SC Genus, deverá se apresentar ao Real Ariquemes no mais tardar nesta tarde de terça(23).
(Daday Silva, meia-atacante deve assinar o Real Ariquemes)

Pelos lados do Rondonienese: Matheus Castro, meia-esquerda assina com a 2ª divisão palista; Evan goleiro.

Tinho Damasceno, vai trabalhar no Taquaritinga. Time com mesmo nome da cidade que fica à 333km da capital.

- Nesta segunda(22) ouvi de colegas de Rádio de Rio Branco; a alegria de noticiar 1200 pessoas para ver Atlético-AC 1-1 Galvez-AC, nas penalidades: 5 a 4 azulão. Aqui em RO no jogo de sábado(20), o Jipa colocou 2951 pagantes, com 1751 pessoas a mais, perfazendo 145,9%  (mais de 100%), em relação ao Acre.

sábado, 20 de abril de 2019

Sub-17: Avaí Rondônia FC levanta mais uma taça

Neste sábado,20, a meninada do Avaí RO FC, categoria Sub-17 levantou mais um caneco de campeão. No campo da Rua 3,5 bairro Areal da Floresta, contra a forte equipe do Cuniã. O troféu denominado 1ª Copa Rio Candeias de Futebol.

O placar magrinho de UM a zero em favor da equipe azul e branca, feito por José Vitor e tendo o comando forte do Profº Lima, não refletiu o poderio técnico dos meninos do Avaí. O Cuniã estava reforçado por atletas  do Rondoniense SC e do R-1 EC.

"O grupo está focado, é o atual campeão do Sub-17 promovido pela FFER e, na segunda quinzena de maio estaremos defendendo esse título". Palavras do Cel Roberto Luiz ao Blog. Em janeiro deste ano esta mesma meninada já tinha sido campeã da 5ª Copa Internacional do Alto Paranaíba, na cidade de São Gotardo-MG.
(Avaí Rondônia FC sub-17 - foto: Cel Roberto Luiz)

(*) Em tempo: dos campeões deste sábado(20), e dos convocados para o campeonato estadual sub-17, recebi a informação de que 7 atletas entre 14 e 16 anos, já estão certos de avaliações em Santa Catarina.

E mais..., 

Atletas do Flamenguinho, e de outros bairros estavam reforçando o Cuniã.

(**) atualizado às 01h00 do dia 21/04/2019.

Sábado de Aleluia no Biancão com dois milagres de São Gil

Pra começo de conversa - vale sim o debatido tema, da lógica e injustiça no futebol -, Ji-Paraná e Vilhenense entraram em campo hoje no Biancão em condições de quebrar esse paradigma. Por um lado a lógica seria do dono da casa partir para faturar logo uma vitória em cima do vilhenense.

E assim foi feito, no geral só deu Galo da BR. Mas quem ganhou foi o Vilhenense, graças a uma bola bem enfiada para o carrasco do Galo, Ariel que ganhou na corrida da zaga, e na saída do goleiro colocou no canto esquerdo rasteiro.

Mas vamos aos detalhes

Aos 7' André Morosine no estilo dele, de cabeça colocou pra fora. Aos 8,5' foi a vez do Caldeira bola sobrou no bico da pequena área e ele chutou fraco, pegou na orelha da bola. Com 10' já tinha jogador amarelado do vilhenense, na verdade dois.

Aos 18' não deu mais para o Watman do jipa, entrou Assis em seu lugar. Aos 23' Assis chutava sua primeira bola a gol. Três minutos mais tarde o mesmo Assis de voleio entre a linha da grande área e a marca penal, a sorte do Gil foi no meio do gol. O Vilhenense a tendência é saber sofrer.

O time somente veio acordar lá pelos 36'. Nos acréscimos outro susto, dessa vez chutaço de fora da área por parte do vilhenense, a bola bateu na mão do Rocha e na trave. Era um bom sinal para o Leão do cone sul.

Intervalo de jogo: Jipa 0-0 Vilhenense

Na volta, o experiente Tiago Batizoco vem de Berg. PC Shardong somente com a mudança do 1º tempo. O jipa voltou mais elétrico, o tempo passava e nada de gol. Para se ter uma ideia dos 12 aos 15min foi um massacre do Galo.

Bola chutada Gil defendia, ou a defesa rebatia. Ai lá vem a injustiça? Injustiça não, foi o plano de jogo do Batizoco, contra o que projetou PC Shardong. Aos 17' uma bola enfiada no ataque entre Morosine e Caldeira para Ariel, este parte quase do meio de campo - um único momento, uma chance, defesa em linha do jipa -, ele frente a frente ao goleiro Rocha, colocou rasteiro no canto esquerdo, era o gol do carrasco.

Carrasco Ariel que, tirando aquela comemoração besta de colocar os dedos indicadores nos ouvidos imitando um famoso do Barça, poderia ter passado sem essa. Aos 21' veio o primeiro "milagre" do Gil (ou São Gil), Cabixi do jipa pegou uma bola na linha da pequena área, frente a frente com o goleiro, chutou e ele espalmou milagrosamente.

Aos 22' PC Shardong tira Luciano Mourão e coloca Titi, foi uma explosão de vaias e palmas (entendo que o Luciano jogou bem, assim como Wanderson foi outro que saiu, mas sem vaias), foram bem os veteranos.

O Galo não se entregava, produzia muito bem pelo lado direito com Charlinho e Jonatan (joga muito esse camisa 8 do Jipa). Aos 39' o segundo milagre do sábado de Aleluia por parte de São Gil, bola alçada na área, zaga do Vilhenense tira contra seu próprio patrimônio, e sabe quem estava lá para tirar de cima da linha de gol. Gil como um gato, acho melhor Gil como finado Banks em 1970 tirou uma bola do negão Pelé. 

Foi assim o segundo milagre do Gil

Aos 43' um lance inusitado, acho que Nick do Vilhenense foi dar uma bola de calcanhar para seu companheiro quase na linha do meio campo, lado esquerdo do ataque do jipa. Falhou o calcanhar e sobrou a bola para o Assis, quase o empate do Jipa.

O zagueirão Jr. Porto quase arranca a barba do Nick, mas olha só não partiram para o tapa em virtude da turma do deixa disso.

Jogo bom. Para uma partida de final de campeonato, muito bom. Gostei da movimentação dos dois técnicos. excelente presença de público. O Galo não tá morto. Arbitragem segura, via-se o Fledes conversando com os atletas, respeitando e sendo respeitado. Meu reconhecimento ao restante dos árbitros.

Final: Jipa 0 - 1 Vilhenense, próximo jogo o vilhenense joga por um empate, derrota por diferença de um gol dá pênaltis.

Final do Rondoniense-19: Ji-Paraná FC e Vilhenense EC, fazem final inédita

Uma final entre o maior ganhador de títulos do estado, e o mais recruta dos clubes é o que se apresenta ao torcedor nestes dois próximos finais de semana. Hoje, o local é a casa do Jipa o Biancão, no sábado seguinte dia 27, a bola rola no Portal da Amazônia.

Levantamento mostra a superioridade do Galo da BR, preciso dizer que o Jipa está disputando desde o 1º ano de profissionais em 1991, já o Vilhenense está com dois anos de vida e, surpreendentemente já disputa um final. Os dados das duas equipes:

Ji-Paraná FC, fundado em 22/04/1991 tem 28 anos, sua cores - azul celeste e branco. Já o Vilhenense Esportivo Clube, foi fundado em 10/10/2017 tem 02 anos, suas cores - amarelo, preto e branco.

Os campeões e vices desde 1991 (o clube à esquerda é o campeão do ano)

1991 - Jipa x Ferroviário
1992 - Jipa x Grêmio
1993 - Ariquemes x PVH
1994 - Ariquemes x Jipa
1995 - Jipa x Pinheiros
1996 - Jipa x Cruzeiro
1997 - Jipa x Ouro Preto
1998 - Jipa x Cruzeiro
1999 - Jipa x Pinheiros
2000 - GEC x Genus
2001 - Jipa x União
2002 - CFA x União
2003 - União x CFA
2004 - União x Jipa
2005 - VEC x Jipa
2006 - Ulbra x VEC
2007 - Ulbra x Jarú
2008 - Ulbra x VEC
2009 - VEC x Genus
2010 - VEC x Ariquemes FC
2011 - Espigão x Ariquemes FC
2012 - Jipa x Espigão
2013 - VEC x Pimentense
2014 - VEC x Ariquemes FC
2015 - Genus x VEC
2016 - RSC x Genus
2017 - Real x Barcelona
2018 - Real x Barcelona
2019 -    ? x ?

O Jipa já chegou a 12 finais, com: 09 vezes campeão e 03 vices; Já o Vilhenense como falamos acima, chega à sua primeira final. 

(*) O Jipa sozinho já esteve mais presente às finais de campeonatos 12 contra 10 de todos os clubes da capital que chegaram. Capital tem 10 presenças, sendo: 03 vezes campeões e 07 vices.

Fonte: wikipédia - a enciclopédia livre

quinta-feira, 18 de abril de 2019

FLEDES SANTOS APITA PRIMEIRO JOGO DA FINAL

A Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia realizou na manha desta quarta-feira (17/04), às 08:30hs, os árbitros para a 1ª partida da final do Campeonato Rondoniense Série A – 2019, o sorteio contou com a presença do presidente do Sindicato dos Árbitros do Estado de Rondônia – SINDARFER, Paulo Pereira e do assessor da presidência da FFER, Leandro Bratti.
Confira a escala:
*JI-PARANA X VILHENENSE - dia 20/04 (sábado), às 16h - Estádio Biancão – Ji-Parana.*
Árbitro – Fledes Rodrigues Santos
Assistente 1 – Joverton Wesley Lima
Assistente 2 – Cristiano Pereira Lopes
4º árbitro – Caio Nunes Cazuza
Crédito: Alexandre Almeida

FROPE tem novo presidente eleito

Eleito neste quarta-feira,17, para a presidência da FROPE - Federação Rondoniense Paralímpica de Esportes de Rondônia, o Sr/Profº Silvio Corsino do Carmo e, a vice também eleita Srª Ivete Vieira   de Souza conhecida como Flor de Ariquemes.

As propostas defendidas pela grupo do Profº Silvio, de 1 ao 09 traz no seu bojo, e vou repercutir três tópicos: 1) Implantar os jogos paralímpicos (JIR - Paralímpico); 2) Realizar e fomentar competições específicas para visuais, autistas e pessoas com Síndrome de Down e 3) Filiar e apoiar novas entidades ao Desporto Paralímpico de Rondônia.
(Sílvio Carmo é o 3º da esq/dir - foto arquivo pessoal)

Tinho Damasceno na segundona de São Paulo

Oficial ! CAT contrata Tinho Damasceno para comandar a equipe na Segundona. Treinador chega para assumir depois da saída de Lippi. A ...