terça-feira, 30 de abril de 2019

Feminino A2: após 3ª alteração, o jogo será quase meia noite de sábado

E assim caminha o futebol feminino. Jogo entre Porto Velho EC e Atlético Acriano, pela 4ª rodada da A2 já vai para terceira alteração via CBF.

A 1ª dia 16/04 - mudou a data de 25/04 para o dia 30/04
A 2ª dia 18/04 - mudou data e horário de 30/04 p/dia 4/05 de 20h para 18h
A 3ª dia 29/04 - mudou o horário de 18h para 21h30

A arbitragem será toda de Rondônia

Árbitro: Jonathan Antero Silva CD/RO
Á.A.01: Márcia Bezerra L. Caetano FIFA/RO
Á.A.02: Adenilson de Sousa Barros CD/RO
4º Árbt: Valdebranio da Silva CD/RO
Analista de Campo: Almir Belarmino Caetano CBF/RO
(Jonathan Antero - foto: Alexandre Almeida/Fut.doNorte)
 

segunda-feira, 29 de abril de 2019

A pedidos: minha seleção de 2019 no futebol rondoniense

Dessa vez só a pedidos, mas o Cancão sempre forma sua seleção de final de turno, e ou do campeonato. Como tivemos dois grupos de 5 equipes cada, ao final do turno fiz do grupo A, foi um rebu desgraçado, mas gosto de polêmicas. 

Com o final do campeonato no sábado(27) e, o maior número de atletas veio do Campeão Vilhenense Esportivo Clube, assim como o técnico também do campeão.

Eis, o pedido do amigo Ronis Aparecido do programa Resenha Esportiva, na Rádio Ariquemes de segunda à sexta das 11h às 12h.

Gil (Vilh); Giovane (RSC), Pablo (Vilh), André Morosini (Jipa) e Júlio César (Vilh); Lagoa (Vilh), Cabelo (PVH), Jonathan (Jipa) e Álex (PVH); Ariel (Vilh) e Dadai (Gen).

Revelação: China (Vilh) e menção ao goleiro do Real (Rodrigo)
Craque: Lagoa (Vilh) e
Treinador: Tiago Batizoco (Vilh).

domingo, 28 de abril de 2019

Vilhenense faz 2 a 1 no Galo, e conquista o XXIX Estadual de Futebol

Um fim de tarde sensacional no Portal da Amazônia, em Vilhena. A data 27 de abril, a bola correria pela última vez no XXIX Campeonato Estadual de Rondônia. Frente a frente o maior campeão do estado (Ji-Paraná FC), com 9 títulos e o novato (Vilhenense EC), segundo ano de participação.

Enquanto o mandante já entrou em campo campeão - bastava um empate -, já que no Biancão houvera ganho por UM a zero, ao Jipa interessava uma vitória por um gol, para levar a decisão aos pênaltis. 

Aqui duas observações: quem acompanha essas mal traçadas, lembra que escrevi antes da 1ª rodada - "o rondoniense nos últimos anos sempre tem um novato como campeão". A segunda observação diz respeito a escalação do Galo ontem.

Do jogo de ontem

Enquanto o Vilhenense entrou ligado em 220 V o Jipa abaixo de 110 V. Enquanto o Vilhenense entrava em campo com sua força máxima, incluindo Ariel (carrasco do jipa) e Gil (o paredão), o Jipa publicou uma escalação e, mandou outra a campo (Imprensa Esportiva adorou).

Foi a primeira vez visto no estadual de futebol, a escalação fake news por parte do Galo da BR (até que funcionou), mas sem o Morosini ninguém entendeu nada. O caminho do gol do Ariel foi justamente pelo lado do "novato", Ariel na raça na coragem pegou um zagueiro "friozinho" e fez aos 4'.

Era o 1-0 para o Vilhenense, e dois no agregado.

Ainda no primeiro tempo o Galo teve chances de empatar, e sem exagero virar o jogo. Uma com Charlhinho em que o Gil começou a obrar milagres, e outra através de uma penalidade desperdiçada por Cabixi no finzinho do 1º tempo.

Para o segundo tempo, as duas equipes voltaram a equilibrar as tensões, e voltaram nos 220 V se o Vilhenense que fez o gol cedo demais e recuou, coube ao Jipa aumentar seu potencial. 

O Vilhenense quase faz o mesmo do início do jogo, também no segundo tempo. Dessa vez com Xavão - sei não aquela bola no pé do Ariel teria ido às redes do Rocha -, sem criticar ao velho Xavão um dos heróis do Leão.

Dai pra frente tome Galo - e nada de Morosini, nem o Waltman, ainda bem que apareceu um canhoto por lá bom de bola que só -, aos 12' o Vilhenense perde o volante Nick, expulso.

Aos 16' numa bola que raspou a cabeça do zagueiro Pablo, esta desceu e São Gil pegou em "cima" da linha de meta. Dúvidas que sem o VAR seria impossível dissipar, mas a Márcia correu com convicção para o meio do campo e o Jonathan Antero confirmou o gol para o Galo da BR. Era o 1 a 1, esperança para o Jipa, e ainda dava para o Vilhenense.

Desta confusão teve a expulsão de Tiago Batizoco técnico do Vilhenense e, o futebol ficou feio (mais ainda), o Jipa só com bolas alçadas, sem tentar uma tabela, o famoso um dois e, o Vilhenense com ligação direta tentando encontrar um Tukinha e, ou Cartilagem para fechar o resultado com vitória.

O árbitro ainda "inventou" mais 15 min de jogo - ou seja, um segundo tempo de 60 min - no total de 195 min - ou melhor em 3h e 15min o Galo não reverteu a situação.

Parabéns Vilhenense Esportivo Clube, pelo visto em relação a presença de público já conquistou a torcida de teu (quase) homônimo famoso. 

Tens agora, Copa do Brasil de 2020, a primeira estrela oficial e a Série D.
(Vilhenense EC, campeão estadual-2019 foto: divulgação)

sexta-feira, 26 de abril de 2019

Futebol feminino: PVH EC começa mostrar a que veio

Foram mais de 90' para as meninas do PVH EC explodirem de emoção, e onde isso aconteceu. Bem ali em Boa Vista-RR, partida válida pela 3ª rodada do futebol feminino entre: São Raimundo-RR  X   PVH EC.

Pelo lado do S. Raimundo, o time entrou em campo, motivado, com 4 pontos contabilizados. Começa o jogo via-se claramente que seria jogo para cardíacos não verem. O time da casa era todo ataque, mas o miolo de zaga do PVH com Vanda e Rosinha acabavam com as esperanças das azulinas.

Aos 10' é aberto o placar em favor de PVH com ela, a cracaça Monique. Dizer que ela jogava bem é até figura de linguagem - ela sempre joga bem. Ainda mais nessa nova função que o Guido arranjou pra ela: municiadora, alimentadora e, quando dá finalizadora.

É mole!

Mas o sofrimento teria que aparecer, e veio aos 24' com o empate do S. Raimundo através de Rainy. Mas quem tem Monique, Angra e Rosinha, tem tudo. Lançamento em profundidade para a pequena Kamila que fez: S. Raimundo 1 - 2 PVH, foi assim o primeiro tempo.

Para a segunda etapa a coisa veio de encomenda...,

Logo a 1' Flaviana fez o dela...,era o 1 -3 PVH

O placar foi novamente mexido aos 45 + 7' quando Nátila que havia substituido a Kamila fez  4º gol para o PVH.

Muita gente vai dizer: foi moleza, negativo. Neste intervalo após os 3 a 1 até aos 52' o S. Raimundo perdeu dois pênaltis - um a goleira Milena segurou firme e o outro foi chutado pra fora.

O PVH sai da última colocação para a 3ª com 3 pontos.

Próximo compromisso em casa no Aluizão contra o Atlético-AC dia 4 de maio um sábado, às 17h.
(PVH EC feminino: foto Gilmar de Jesus)

quinta-feira, 25 de abril de 2019

JONATHAN ANTERO APITA A FINAL ENTRE VILHENENSE E JI-PARANÁ

A Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER) definiu na manhã desta quarta-feira (24) a arbitragem que irá atuar na partida decisiva do Campeonato Rondoniense 2019 entre Vilhenense e Ji-Paraná. O jogo será disputado neste sábado, às 17 horas, no estádio Portal da Amazônia, em Vilhena.
O árbitro será Jonathan Antero Silva, auxiliado pelos assistentes Marcia Bezerra Caetano e Adenilson de Souza Barros. O quarto e quinto árbitros serão respectivamente Maicon Pessoa de Souza e Jurandir Lico de Camargo.
O sorteio aconteceu no auditório da FFER, e foi transmitido ao vivo pela Web Radio Capital
Fonte: Comunicação da FFER

terça-feira, 23 de abril de 2019

Tinho Damasceno na segundona de São Paulo

Oficial !
CAT contrata Tinho Damasceno para comandar a equipe na Segundona. Treinador chega para assumir depois da saída de Lippi.
A diretoria do Clube Atlético Taquaritinga acertou na tarde dessa terça-feira (23) com Tinho Damasceno para assumir o comando técnico da equipe. O treinador estava no Genus de Rondônia no início desta temporada, onde teve bom desempenho no campeonato local, e chega para dirigir a equipe tricolor no Campeonato Paulista da Segunda Divisão. A estréia será neste sábado (27), às 15:30, contra o Catanduva em Catanduva.
Bem vindo Tinho !!
Fonte e Foto: Assessoria de Comunicação do CAT
(*) Conf. o Blog havia antecipado

Terça das notícias alvissareiras

E chegou a terça-feira com as seguintes manchetes

Daday Silva, excelente meia-atacante que fez bons trabalhos pelo SC Genus, deverá se apresentar ao Real Ariquemes no mais tardar nesta tarde de terça(23).
(Daday Silva, meia-atacante deve assinar o Real Ariquemes)

Pelos lados do Rondonienese: Matheus Castro, meia-esquerda assina com a 2ª divisão palista; Evan goleiro.

Tinho Damasceno, vai trabalhar no Taquaritinga. Time com mesmo nome da cidade que fica à 333km da capital.

- Nesta segunda(22) ouvi de colegas de Rádio de Rio Branco; a alegria de noticiar 1200 pessoas para ver Atlético-AC 1-1 Galvez-AC, nas penalidades: 5 a 4 azulão. Aqui em RO no jogo de sábado(20), o Jipa colocou 2951 pagantes, com 1751 pessoas a mais, perfazendo 145,9%  (mais de 100%), em relação ao Acre.

sábado, 20 de abril de 2019

Sub-17: Avaí Rondônia FC levanta mais uma taça

Neste sábado,20, a meninada do Avaí RO FC, categoria Sub-17 levantou mais um caneco de campeão. No campo da Rua 3,5 bairro Areal da Floresta, contra a forte equipe do Cuniã. O troféu denominado 1ª Copa Rio Candeias de Futebol.

O placar magrinho de UM a zero em favor da equipe azul e branca, feito por José Vitor e tendo o comando forte do Profº Lima, não refletiu o poderio técnico dos meninos do Avaí. O Cuniã estava reforçado por atletas  do Rondoniense SC e do R-1 EC.

"O grupo está focado, é o atual campeão do Sub-17 promovido pela FFER e, na segunda quinzena de maio estaremos defendendo esse título". Palavras do Cel Roberto Luiz ao Blog. Em janeiro deste ano esta mesma meninada já tinha sido campeã da 5ª Copa Internacional do Alto Paranaíba, na cidade de São Gotardo-MG.
(Avaí Rondônia FC sub-17 - foto: Cel Roberto Luiz)

(*) Em tempo: dos campeões deste sábado(20), e dos convocados para o campeonato estadual sub-17, recebi a informação de que 7 atletas entre 14 e 16 anos, já estão certos de avaliações em Santa Catarina.

E mais..., 

Atletas do Flamenguinho, e de outros bairros estavam reforçando o Cuniã.

(**) atualizado às 01h00 do dia 21/04/2019.

Sábado de Aleluia no Biancão com dois milagres de São Gil

Pra começo de conversa - vale sim o debatido tema, da lógica e injustiça no futebol -, Ji-Paraná e Vilhenense entraram em campo hoje no Biancão em condições de quebrar esse paradigma. Por um lado a lógica seria do dono da casa partir para faturar logo uma vitória em cima do vilhenense.

E assim foi feito, no geral só deu Galo da BR. Mas quem ganhou foi o Vilhenense, graças a uma bola bem enfiada para o carrasco do Galo, Ariel que ganhou na corrida da zaga, e na saída do goleiro colocou no canto esquerdo rasteiro.

Mas vamos aos detalhes

Aos 7' André Morosine no estilo dele, de cabeça colocou pra fora. Aos 8,5' foi a vez do Caldeira bola sobrou no bico da pequena área e ele chutou fraco, pegou na orelha da bola. Com 10' já tinha jogador amarelado do vilhenense, na verdade dois.

Aos 18' não deu mais para o Watman do jipa, entrou Assis em seu lugar. Aos 23' Assis chutava sua primeira bola a gol. Três minutos mais tarde o mesmo Assis de voleio entre a linha da grande área e a marca penal, a sorte do Gil foi no meio do gol. O Vilhenense a tendência é saber sofrer.

O time somente veio acordar lá pelos 36'. Nos acréscimos outro susto, dessa vez chutaço de fora da área por parte do vilhenense, a bola bateu na mão do Rocha e na trave. Era um bom sinal para o Leão do cone sul.

Intervalo de jogo: Jipa 0-0 Vilhenense

Na volta, o experiente Tiago Batizoco vem de Berg. PC Shardong somente com a mudança do 1º tempo. O jipa voltou mais elétrico, o tempo passava e nada de gol. Para se ter uma ideia dos 12 aos 15min foi um massacre do Galo.

Bola chutada Gil defendia, ou a defesa rebatia. Ai lá vem a injustiça? Injustiça não, foi o plano de jogo do Batizoco, contra o que projetou PC Shardong. Aos 17' uma bola enfiada no ataque entre Morosine e Caldeira para Ariel, este parte quase do meio de campo - um único momento, uma chance, defesa em linha do jipa -, ele frente a frente ao goleiro Rocha, colocou rasteiro no canto esquerdo, era o gol do carrasco.

Carrasco Ariel que, tirando aquela comemoração besta de colocar os dedos indicadores nos ouvidos imitando um famoso do Barça, poderia ter passado sem essa. Aos 21' veio o primeiro "milagre" do Gil (ou São Gil), Cabixi do jipa pegou uma bola na linha da pequena área, frente a frente com o goleiro, chutou e ele espalmou milagrosamente.

Aos 22' PC Shardong tira Luciano Mourão e coloca Titi, foi uma explosão de vaias e palmas (entendo que o Luciano jogou bem, assim como Wanderson foi outro que saiu, mas sem vaias), foram bem os veteranos.

O Galo não se entregava, produzia muito bem pelo lado direito com Charlinho e Jonatan (joga muito esse camisa 8 do Jipa). Aos 39' o segundo milagre do sábado de Aleluia por parte de São Gil, bola alçada na área, zaga do Vilhenense tira contra seu próprio patrimônio, e sabe quem estava lá para tirar de cima da linha de gol. Gil como um gato, acho melhor Gil como finado Banks em 1970 tirou uma bola do negão Pelé. 

Foi assim o segundo milagre do Gil

Aos 43' um lance inusitado, acho que Nick do Vilhenense foi dar uma bola de calcanhar para seu companheiro quase na linha do meio campo, lado esquerdo do ataque do jipa. Falhou o calcanhar e sobrou a bola para o Assis, quase o empate do Jipa.

O zagueirão Jr. Porto quase arranca a barba do Nick, mas olha só não partiram para o tapa em virtude da turma do deixa disso.

Jogo bom. Para uma partida de final de campeonato, muito bom. Gostei da movimentação dos dois técnicos. excelente presença de público. O Galo não tá morto. Arbitragem segura, via-se o Fledes conversando com os atletas, respeitando e sendo respeitado. Meu reconhecimento ao restante dos árbitros.

Final: Jipa 0 - 1 Vilhenense, próximo jogo o vilhenense joga por um empate, derrota por diferença de um gol dá pênaltis.

Final do Rondoniense-19: Ji-Paraná FC e Vilhenense EC, fazem final inédita

Uma final entre o maior ganhador de títulos do estado, e o mais recruta dos clubes é o que se apresenta ao torcedor nestes dois próximos finais de semana. Hoje, o local é a casa do Jipa o Biancão, no sábado seguinte dia 27, a bola rola no Portal da Amazônia.

Levantamento mostra a superioridade do Galo da BR, preciso dizer que o Jipa está disputando desde o 1º ano de profissionais em 1991, já o Vilhenense está com dois anos de vida e, surpreendentemente já disputa um final. Os dados das duas equipes:

Ji-Paraná FC, fundado em 22/04/1991 tem 28 anos, sua cores - azul celeste e branco. Já o Vilhenense Esportivo Clube, foi fundado em 10/10/2017 tem 02 anos, suas cores - amarelo, preto e branco.

Os campeões e vices desde 1991 (o clube à esquerda é o campeão do ano)

1991 - Jipa x Ferroviário
1992 - Jipa x Grêmio
1993 - Ariquemes x PVH
1994 - Ariquemes x Jipa
1995 - Jipa x Pinheiros
1996 - Jipa x Cruzeiro
1997 - Jipa x Ouro Preto
1998 - Jipa x Cruzeiro
1999 - Jipa x Pinheiros
2000 - GEC x Genus
2001 - Jipa x União
2002 - CFA x União
2003 - União x CFA
2004 - União x Jipa
2005 - VEC x Jipa
2006 - Ulbra x VEC
2007 - Ulbra x Jarú
2008 - Ulbra x VEC
2009 - VEC x Genus
2010 - VEC x Ariquemes FC
2011 - Espigão x Ariquemes FC
2012 - Jipa x Espigão
2013 - VEC x Pimentense
2014 - VEC x Ariquemes FC
2015 - Genus x VEC
2016 - RSC x Genus
2017 - Real x Barcelona
2018 - Real x Barcelona
2019 -    ? x ?

O Jipa já chegou a 12 finais, com: 09 vezes campeão e 03 vices; Já o Vilhenense como falamos acima, chega à sua primeira final. 

(*) O Jipa sozinho já esteve mais presente às finais de campeonatos 12 contra 10 de todos os clubes da capital que chegaram. Capital tem 10 presenças, sendo: 03 vezes campeões e 07 vices.

Fonte: wikipédia - a enciclopédia livre

quinta-feira, 18 de abril de 2019

FLEDES SANTOS APITA PRIMEIRO JOGO DA FINAL

A Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia realizou na manha desta quarta-feira (17/04), às 08:30hs, os árbitros para a 1ª partida da final do Campeonato Rondoniense Série A – 2019, o sorteio contou com a presença do presidente do Sindicato dos Árbitros do Estado de Rondônia – SINDARFER, Paulo Pereira e do assessor da presidência da FFER, Leandro Bratti.
Confira a escala:
*JI-PARANA X VILHENENSE - dia 20/04 (sábado), às 16h - Estádio Biancão – Ji-Parana.*
Árbitro – Fledes Rodrigues Santos
Assistente 1 – Joverton Wesley Lima
Assistente 2 – Cristiano Pereira Lopes
4º árbitro – Caio Nunes Cazuza
Crédito: Alexandre Almeida

FROPE tem novo presidente eleito

Eleito neste quarta-feira,17, para a presidência da FROPE - Federação Rondoniense Paralímpica de Esportes de Rondônia, o Sr/Profº Silvio Corsino do Carmo e, a vice também eleita Srª Ivete Vieira   de Souza conhecida como Flor de Ariquemes.

As propostas defendidas pela grupo do Profº Silvio, de 1 ao 09 traz no seu bojo, e vou repercutir três tópicos: 1) Implantar os jogos paralímpicos (JIR - Paralímpico); 2) Realizar e fomentar competições específicas para visuais, autistas e pessoas com Síndrome de Down e 3) Filiar e apoiar novas entidades ao Desporto Paralímpico de Rondônia.
(Sílvio Carmo é o 3º da esq/dir - foto arquivo pessoal)

terça-feira, 16 de abril de 2019

Série D: Real Ariquemes repatria atacante e está apalavrado com ex-capitão do RSC

Um já está 100% acertado com o rubro-negro do Vale do Jamari, trata-se do atacante Pretinho que, ano passado foi um dos goleadores da equipe no bicampeonato. Ele que é natural de Rio Branco-AC, vem justamente dos ares onde nasceu Chico Mendes.

O outro está, digamos, 99% de assinar com o Real Ariquemes para esta disputa da Série D que se avizinha. Um dos destaques do Periquito da zona leste de Porto Velho, tendo sido o capitão da equipe nos 8 jogos deste 2019. 

Falo de Fred F. Pereira, ou simplesmente Fred, com a camisa 7 saia de campo sempre exausto e aplaudido pela torcida. Mesmo diante de divergências, estava sempre preparado para a próxima batalha.

Bola cheia para o presidente Chico Pinheiro, que se encontra nesta manhã em Porto Velho. Porém, não tive como falar diretamente com ele. 
(Exausto como nesta entrevista ao Jornalista Alexandre Almeida, Fred deve defender o Real Ariquemes na Série D)

Feminino A2: Porto Velho EC vem com mudanças para encarar as meninas do Pinheirense-PA daqui a pouco

Finalmente após várias mudanças para o jogo da 2ª rodada do Feminino A2, logo mais às 20h as meninas da Locomotiva do Norte enfrentam o bom time do Pinheirense EC do Pará. Várias mudanças foram efetuadas no tricolor da Base Aérea, após a estreia nada interessante contra o 3B de Manaus.

Mudanças tanto fora das 4 linhas - no caso do treinador, saiu Paulo Eduardo e entrou Guido Quêtto -, assim como uma Psicóloga fora contratada para "levantar o astral das meninas". Dentro de campo o que se sabe é que outras meninas se incorporaram ao elenco - uma delas a polivalente Angelina - que é uma espécie de talismã para o Profº.

Aliás, esse timaço azul e branco de Belém-PA, é um calo no caminho de Guido Quêtto. Em 2012 o Santos-RO foi nosso representante na Copa do Brasil e, no primeiro jogo aqui no Aluizão um 0-0 sem graça, onde foram perdidos o maior número de oportunidades de gols em 90'. Na volta as meninas de RO foram goleadas por 4-1.

O Pinheirense que já fez 6-0 no Atlético-AC, deve ir a campo com: Alice; Leandra, Lauze, Stefany e Débora; Kelly, Luana (Meire), Cleonice e Verena; Pingo e Raquel. Técnica: Izabel Souza Luna. De olho em Meire, Raquel e a veterana Pingo. 

(*) mesmo jogando em casa, as meninas só abriram o placar contra as acreanas nos acréscimos do 1º tempo: +1 e +2, na segunda etapa fizeram +4. 
(Meninas do PVH EC - foto: Gilmar de Jesus)

Quem apita: Fábio Santos de Santana - CD - AC
Á.A. 01: Valdebrânio da Silva - CD - RO
Á.A. 02: Adenilson de Souza Barros - CD - RO
4º Árbt: Jonathan Antero da Silva - CD - RO
Analista de Campo: Almir Caetano - CBF - RO

A partida começa às 20h - Aluizão - Porto Velho-RO

segunda-feira, 15 de abril de 2019

As controvérsias e as verdades sobre os dois jogos da semi

Nos apanhados do velho blogueiro, muita coisa rolou para os dois jogos finais da semi do rondoniense-2019. Eu não sou baú, e nem posso deixar minhas fontes sem o combustível principal: a informação em primeira mão.

Vamos aos jogos, e aos tópicos controversos

Vilhenense x Porto Velho (1º jogo foi 1-1), bola rolando no Portal da Amazônia via-se um grande predomínio da equipe visitante. Era o duelo de dois técnicos recentemente certificados pela CBF como licença A (Tiago Batizoco) e, licença B (Paulo Eduardo).

Batizoco antes dessa qualificação, já era considerado um cara que sabe sofrer, um goleador de UM a zero - pois a coisa mudou, basta dizer que o cara simplesmente decide o campeonato em casa -, em função dos 19 gols assinalados por sua equipe, seis a mais que o Jipa.

Pois bem, a Locomotiva por seu lado mandou no jogo por 15 min inciais. Depois disso o Vilhenense acordou, aos gritos de Batizoco - segundo um cancão que estava ali perto da área técnica -, o Paulo Eduardo se doeu pelas palavras proferidas de Batizoco em desfavor de Ávila, e o P.E. achava que era com ele.

Era a estratégia de Batizoco tentando desestabilizar seu adversário. Que jogava muito bem. É tanto que aos 26 min, após falha do goleirão Dida numa bola alçada em sua pequena área, o grandalhão China só fez cumprimentar ao tetracampeão Dida: era o 1-0 Vilhenense.

Aos 34 min ficou no ur...ur...ur do torcedor do cone sul, Tukinha tirou do goleiro Dida e perdeu o segundo gol de seu time. Com a velha máxima do futebol: "quem não faz leva", opa! Mas até com a mão? Escandalosamente aos 39 min Ávila recebe bola alçada por Fernandinho e, sem um pingo de pudor vai de cabeça e a mão direita na bola, tirando do goleiro Gil do Vilhenense.

Juizão na dúvida, assistente 1 pior ainda, sobrou para o Sr. Sidnei Pereira, mandar cobrar nova saída de jogo. Era o empate: Vilhenense 1-1 Porto Velho EC. O jogo era bom, quem destoava um pouco era sua excelência o árbitro.

Na última volta do ponteiro no primeiro tempo, aos 45 min novamente ele o China, garotão de 18 anos, bom baiano faz o segundo do Vilhenense e seu quinto na competição. Fim do 1º tempo, vitória do Vilhenense por 2 a 1 frente ao PVH EC.

Faltavam somente 45 min para se saber: Batizoco ou Paulo Eduardo na final, enquanto isso em Ariquemes no Valerião a bola dava seu primeiro giro em redor do seu eixo central para: Real x Jipa.

No Portal a Locomotiva mais uma vez começava bem, veio para sufocar e prender o Vilhenense em sua linha de defesa. Batizoco fez sua primeira substituição, logo tirando Ariel com pancada nas costelas, ai meus amigos entra Edilsinho que, apesar de não ter mais aquela volúpia e intensidade, ainda tem uma canhota notável.

Batizoco coloca também no jogo o predestinado Cartilagem, é muita correria. Com Edilsinho lançando e o Cartilagem sem medo de cara feia, a tendência é bola nas redes. A primeira oportunidade do Cartilagem foi aos 29 min.

Paulo Eduardo também vai buscar no banco Leandro Nobre. E olha que o Cartilagem não brinca em serviço aos 40 min faz de bela feitura - o 3º do Vilhenense. Sem forças a Locomotiva não consegue  nem sair de sua defesa ao ataque. Placar final: Vilhenense 3-1 Porto Velho EC.

E no Valerião?

O primeiro tempo foi de dar cãimbras nos olhos. No segundo melhorou bastante, mas o Galo só foi decidir sua vida lá por volta dos 40' com o zagueirão André Morozine de cabeça legal.  

Final: Real 0-1 Jipa

Decidem o campeonato: Jipa x Vilhenense

A seguir eu conto mais....,

sexta-feira, 12 de abril de 2019

Presidente do TJD/RO INDEFERE pedido do atleta Maranhão do Real

Não deu!

O presidente do TJD/RO Leandro Cavol, indeferiu o pedido de conversão da pena de suspensão ao atleta GUILHERME DA SILVA BARBOSA, o MARANHÃO do Real Ariquemes. Em seu despacho final o Eminente Operador das Leis Desportivas, determina que a Secretaria do TJD/RO encaminhe o despacho de imediato à FFER e ao clube interessado.

Leia aqui o Despacho

quarta-feira, 10 de abril de 2019

FFER através do seu DCO divulga: serão 13 equipes para a disputa do Sub-17

A notícia mais esperada em termos de participação das equipes que irão disputar o campeonato Sub-17 deste 2019, foi finalmente publicada pelo Deptº de Competições da FFER à tarde desta terça-feira,9. Até na parte da manhã uma interrogação pairava em termos de um dos mais tradicionais clubes não participar - tratava-se do SC Genus - que, aos 45' do segundo tempo confirmou presença.

Com isso, ao invés de 12 passou a 13 equipes no total. O início da competição está previsto para iniciar na segunda quinzena de maio. Segundo o DCO atletas nascidos nos anos de; 2002, 2003 e 2004 estarão aptos a participarem  da competição. A capital entra com quase 50% do total - nada menos do que seis equipes são de Porto Velho.

A relação das 13 equipes por municípios

De Porto Velho ( Avaí Rondônia FC, SC Genus, Rondoniense SC, R1 Esporte, Porto Velho EC e Brazuca EC), as sete do interior ( Guajará EC, Real Ariquemes FC, Saint German FC, União Cacoalense, Ji-Paraná FC, Vilhenense EC e Grêmio EV).

(*) Saint German FC é de Ji-Paraná e o Grêmio EV de Vilhena.

terça-feira, 9 de abril de 2019

Sidnei Pereira e Fledes Rdrigues, sorteados para os jogos de volta da Semifinal

A comissão de arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia realizou na tarde desta terça-feira (09/04), às 15:30hs, os árbitros para a 2ª partida da semifinal do Campeonato Rondoniense Série A – 2019, o sorteio contou com a presença do presidente da CA, Almir Belarmino e do Sr. Levi Moreira.
(Sorteio dos árbitros para os jogos da volta da semi-crédito: CA/FFER)
Confira a escala:
VILHENENSE X PORTO VELHO - dia 13/04 (sábado), às 17h - Estádio Portal da Amazônia – Vilhena.
Árbitro – Sidnei Pereira Oliveira
Assistente 1 – Davi da Silva Oliveira
Assistente 2 – Anderson Grifftts Denny Brown
4º árbitro – Jurandir Lico de Camargo

REAL X JI-PARANA - dia 13/04 (sábado), às 18h - Estádio Gentil Valério - Ariquemes.
Árbitro – Fledes Rodrigues Santos
Assistente 1 – Marcia Bezerra Caetano
Assistente 2 – Renato Aparecido Reis
4º árbitro – Salvino Rosa da Silva
Fonte: Assessoria da FFER

Árbitros e Assistentes rondonienses estão aptos tecnicamente para competições CBF-2019

Os árbitros e os árbitros assistentes de Rondônia receberam nesta segunda-feira, 08/04, na sede da FFER - Federação de Futebol do Estado de Rondônia, todas as diretrizes para o Campeonato Brasileiro 2019, quando foram abordados os temas das regras do futebol que entrarão em vigor a partir dos próximos campeonatos nacionais.
(Os nove profissionais da arbitragem de RO, estão aprovados com nota máxima - foto: crédito FFER)
O evento foi conduzido por Cleidy Mary Nunes Ribeiro, assistente FIFA de Santa Catarina, disponibilizada pela CBF - Confederação Brasileira de Futebol, para realização da Jornada Técnica com a arbitragem rondoniense.
Ao final da Jornada após receberem todas as orientações e as diretrizes, os profissionais de Arbitragem de Rondônia foram todos avaliados e conseguiram aprovação de 100%, ficando aptos a atuarem em todas as competições nacionais.



Autor: Assessoria FFER

segunda-feira, 8 de abril de 2019

Futebol Feminino A2: Pinheirense-PA aplica 6-0 no Atlético-AC

Em jogo válido ainda pela 1ª rodada do futebol feminino Série A2, o Pinheirense jogando em casa, aplicou uma goleada de 6-0 no Galo-AC. Jogando em campo de grama sintética, o time de Belém-PA não tomou conhecimento das meninas acrianas.

No 1º tempo: Pingo e Raquel fizeram 2-0, e na segunda etapa mais 4 com; Meire (2), Pingo e Raquel. Com este resultado as meninas do Pinheirense já pulam pra 2ª colocação com 3 pontos. No próximo domingo (14), o Pinheirense vem à Porto Velho, e pegam o time do mesmo nome da Capital

domingo, 7 de abril de 2019

Porto Velho sai de campo com 1 a 1, graças a São Dida

Ele voltou, e de forma triunfal. Assim tem sido a carreira desse fenomenal goleiro Dida do PVH EC. Não fosse a bela atuação de seu goleiro, o tricolor da capital estaria nesse momento amargando a perda de três pontos para o belo representante do cone sul do estado.

Companheiros de rádio pediram minha opinião sobre o jogo - eu disse lá no ar, disse na saída do estádio ao presidente Maranhão, e aqui -, Porto Velho EC não chegou aos pés daquele time do início do campeonato. Faltou hoje, verticalização, maior participação do grupo, tem gente querendo decidir sozinho, futebol é grupo, é equipe.

Os principais momentos do jogo: aos 5' Tafarel (PVH) chuta de longe, goleiro Gil(VILHN) segurou firme; aos 22' gol do (VILHN) contra-ataque bem feito e China (Vilhn) chutou com força Dida espalmou, não apareceu um defensor do PVH e Tukinha chutou para conferir; PVH 0-1 Vilhen. Aos 33' bate rebate na área do Leão, bola foi cabeçeada e um zagueiro tirou o gol do empate.

Não era legal virar o primeiro tempo com placar adverso, mas foi.

Para a segunda etapa, ninguém mexeu. Mas o PVH veio mudado taticamente, Paulo Eduardo puxou o Leandro para atuar mais na direita de seu ataque, fechando em diagonal para cima da zaga do Vilhenense, não deu outra em 2' o time fez mais do que em 48' do primeiro tempo. No toque de bola, na tabelinha, jogando pra frente Tafarel recebeu a bola do Leandro e, soltou uma bomba.

Goleirão Gil foi nela, mas a bola passou entre ele e o pau da trave, golaço e empate. PVH 1-1 Vilhenense. Eu disse 2 min, os 1400 espectadores (desses 90% eram do PVH EC), entenderam que era a hora da virada. O PVH até tentou, mas nada de sair o segundo gol. Aos 8' Luan (PVH), de fora da área em bola parada chutou forte, Gil mandou a escanteio.

Aos 33' Dida salvou com categoria e coragem, o gol Vilhenense quando Tukinha frente a frente com ele, chutou forte e a bola bateu no seu rosto. Aos 44' foi a vez do Alex de falta, chutou a bola subiu, subiu, quando deu a descaída foi em cima do travessão do Gil.

Daí aos 47' numa bola de escanteio, ou seja, a famosa bola parada, eis que entra em campo o provérbio: bola na trave não altera o placar, verdade Wembley de cabeça tirou do goleiro Dida, a bola bateu na trave e voltou para a pequena área.

Minha opinião, até nas traves deu empate. Melhores em campo (pelo PVH), vou escolher dois - Dida e Leandro, pelo Vilhenense também dois (Gil e Tukinha).

sexta-feira, 5 de abril de 2019

Meia esquerda dos bons do futebol rondoniense para a Série C

Nem bem terminou a temporada no nosso futebol, e já tem bons atletas migrando para outras plagas. Recebi a notícia agorinha e passo adiante, o baixinho bom de bola, camisa 10 do Rondoniense Pither, está de malas prontas para disputar a Série C.

Isso mesmo, graças ao bom relacionamento entre os clubes e os comandantes (Tadeu e Álvaro Miqueis), ele viaja hoje(5) à noite para Rio Branco-AC, e assina por empréstimo até o final da Série C do Brasileirão com o Atlético.

O Galo acriano estreia dia 28 próximo na terceira divisão do brasileiro, contra o Volta Redonda-RJ lá nas terras da garota de Ipanema.

Quer mais uma boa notícia?

Essa o meu Cancão vestido de azul-verde e branco disse: segura até domingo, mas a vontade é grande de dizer o nome da fera que, segunda-feira (8), estará  em Xerém-RJ na casa do Flu, por um período de 15 dias sendo avaliado para vestir o manto tricolor..., ele é de 2000.

Agora podem compartilhar!!!
(Pither Reis, baixinho bom de bola e o velho Poroca - gente fina esse goleirão)

FLAMENGO GOLEIA E ESTÁ NAS QUARTAS DE FINAL DA COPA DO BRASIL SUB-20

O Flamengo-RJ carimbou a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil Sub-20 na noite desta quinta-feira (4). O Rubro-negro carioca ficou com a última vaga para a próxima fase da competição ao golear o Real Desportivo-RO por 10 a 0 no estádio Valerião, em Ariquemes (RO). Com o placar agregado de 14 a 2, o time carioca se junta aos classificados: Internacional-RS, Grêmio-RS, América-MG, Palmeiras-SP, Vasco-RJ, Corinthians-SP e Cruzeiro-MG.
Após vencer a ida de 4 a 2, o Flamengo voltou a se impor diante do Real Desportivo e confirmou a classificação. Mesmo fora de casa, o Rubro-negro não deu chances ao adversário e aplicou a goleada por 10 a 0. Os gols da vitória foram marcados por Victor Ricardo (3), Rodrigo Muniz (3), Yuri (2) e Rhyan (2).
Créditos: Comunicação da CBF

quinta-feira, 4 de abril de 2019

Porto Velho EC dá mais um dia de preparação à sua adversária do Pará

Isso mesmo, talvez a maior mancada por parte do futebol feminino do Porto Velho EC, esteja nessa de acatar um pedido da FFER  e, mudar a data do jogo das meninas contra a forte equipe do Pinheirense do Pará, do dia 13/04 (sábado) para 14/04 (domingo).

Esta resolução está no IMT 10BF2-19 de 02 de abril

Jogo: Porto Velho-RO x Pinheirense-PA
Modificação: de 13/04 (sábado), às 18h
Para: 14/04 (domingo, às 19h, hora de Brasília
Local: Estádio Aluízio Ferreira - Porto Velho/RO (mantido)
Solicitante: FFER
Motivo: no dia 13/04 será disputada a semifinal do campeonato estadual

E aqui vou eu...,

Ora, as paraenses estreiam domingo(7), em casa contra as atleticanas-AC, ao invés de jogar no sábado(13), ganharam mais um dia. Outra situação, o jogo no sábado estava marcado para 5 da tarde no nosso horário, passou para 6h da tarde de domingo.

Por último, o que tem a ver a semifinal distante daqui em 700km para a FFER mudar e, o PVH EC aceitar. Vai complicar até a comercialização de vendas dos ingressos. Sei não, hein!!

terça-feira, 2 de abril de 2019

Um amazonense, dois rondonienses e um acreano para: Real x Flamengo-RJ pela Copa do BR

Isso mesmo a partida de volta entre as equipes do Real Ariquemes e Flamengo, pela Copa do Brasil Sub-20 no estádio Gentil Valério em Ariquemes, dia 4 próxima quinta-feira às 19h30(RO), terá uma verdadeira Torre de Babel em termos de arbitragem.

Acompanhe a origem de cada oficial sorteado pela CA-CBF

Jogo: Real (RO) x Flamengo (RJ)
Copa do Brasil de Futebol Sub-20
Estádio Valerião - Ariquemes-RO - Horário 20h30(DF)
2ª Fase jogo nº 30 - Ida 4-2 Fla

Árbitro: Freddy Rafael Lopes Fernandez CD - AM
Á.A.01: Rener Santos de Carvalho CD - AC
Á.A.02: Valdebranio da Silva CD - RO
4º Árbt: Jonathan Antero Silva CD - RO

Porto Velho EC oficializa Guido Quetto no futebol feminino para o brasileiro A2

Noite de segunda-feira (1º de abril), o velho cancão recebe informações de que o técnico Guido Quetto estaria em reunião com a alta cúpula da Locomotiva. Assunto: discussão de um contrato com o jovem treinador para assumir de vez o comando do time feminino.

Com passagens por diversos clubes em Rondônia, desde a base (Avaí, Santos, RSC), como os profissionais (Genus, Santos e VEC), assim como as Sereias do Santos Feminino daqui da capital. A parte melhor dessa contratação é a valorização do prata de casa que o PVH EC implementa.

Outro detalhe - Guido faz sua estreia contra o Pinheirense-PA - esse mesmo Pinheirense na Copa do Brasil de 2012, ganhou do timaço comandado por Guido de 1-0 no mesmo Aluizão, dia 10/03/2012. Há 7 anos, próximo dia 13 a história é outra.

Time base do Santos FC naquele dia: Sandra; Tcheury, Tamires, Fran e Débora; Thauana, Adriana, Carol e Naná; Geicy e Dedéia. Tinha por lá uma meninas - Angelina, Ariana, Nenê e Silma -, foi o dia em que vi o maior número de gols perdidos por uma equipe (caso do Santos).
(Guido Quetto com o presidente Maranhão do PVH EC - foto: Divulgação)

segunda-feira, 1 de abril de 2019

Semifinais: duas equipes veteranas (11 títulos) contra duas novatas (zero títulos)

E terminou a fase de classificação do rondoniense-19, neste final de semana. Há exatos 60 dias a bola rolava nos gramados de Rondônia - 1ª rodada nos dias 2 e 3 de fevereiro e, a 10ª nestes 30 e 31 -, algumas coincidências pra quem gosta de numerologia, e outras "cositas mas".

- Na 1ª rodada foram assinalados 14 gols e na 10ª? Também 14.
- Até agora as redes balançaram 117 vezes com media de 2,9.
- 10 rodadas com 40 jogos.

Os resultados deste final de semana foram

RSC 2-0 Genus
Barcelona 1-4 União
Jipa 1-1 Vilhenense
Real 3-2 PVH

Semifinalistas - Real, PVH, Jipa e Vilhenense - Rebaixados - GEC e Barça.

Os jogos de ida na semi

PVH x Vilhenense
Jipa x Real

Vilhenense e Real jogam de volta em casa. Datas prováveis (ida/06/abr e volta dia 13/04)

(*) A FFER deve anunciar oficialmente - datas e horários, nesta segunda(1º de abril)

Rondoniense - 2020: duas equipes já documentadas para o certame

Notícias alvissareiras pelo lado da mentora. Falo da FFER, duas equipes já protocolaram documentos para participação no campeonato de 2020....