domingo, 3 de janeiro de 2010

Shallon começa muito mal a Copinha 2010

Começou muito mal a trajetória do Shallon na Copa SP de 2010. Depois de quase cinco meses sem enfrentar um adversário frente-a-frente, nosso representante pegou de cara o rubro-negro carioca que, sem muitas dificuldades fez 3 a 0 como poderia ter duplicado, se não fora a boa atuação do goleiro e Capitão do Shallon - Diego.

A última vez que o Shallon disputou uma partida oficial, foi no dia 08 de agosto do ano passado quando conquistou o título do sub-18, e logicamente garantiu o direito de ir à Copinha. De lá pra cá, somente treinos físicos, táticos e coletivos.

O que se viu na estreia contra o Fla, foi uma equipe totalmente desfigurada daquela que dominou o sub-18. Respeitando demais a equipe carioca, com um esquema defensivo que já é a marca de seu técnico Ronald Lage, o famoso 3-6-1.

No início do jogo dava-se a impressão de que o Mengão não era lá esse "monstro", pura impressão pois a jovem equipe rubro-negra começou a adiantar sua marcação, e com toques curtos partiu a pressionar o Clube da Paz. Aos 4' Anderson (Fla) chutou forte, para boa defesa de Diego (Sha).

Aos 13' o Fla quase marca, numa subida do ala Claucilei (Sha), aos 16' Guilherme (Fla) perde a melhor chance do primeiro tempo, chutou fraco da entrada da pequena área para o Diego pegar. O gol estava amadurecendo, e foi do pé direito de Dudu (Fla) aos 17' ele livrou-se como bem quis de dois zagueiros do Shallon e colocou no canto direito do goleirão Diego (Sha), 1 a zero Fla.

O meio campo do Shallon não criava, os alas não faziam seu papel principalmente o "baixinho" Claucilei e o estreante Cajati, com isso o Leno (9) lá na frente sozinho, correndo de um lado ao outro na frente da zaga do Mengão. Seguindo os dados do primeiro tempo, tivemos aos 20' um pênalti infantil cometido pelo alvoroçado zagueiro Júlio (Sha) em Dudu (Fla). Eliabe (Fla) com categoria e de pé esquerdo, fez 2 a zero Fla. Aos 34' Dudu (Fla) sozinho chuta pra fora e aos 44' João Victor (Fla), chuta de primeira para ótima defesa de Diego (Sha). Final do primeiro tempo de jogo Flamengo-RJ 2 x 0 Shallon-RO.

Na volta do intervalo, as esperanças, os planos de reação do Clube da Paz vão de água abaixo logo aos 30 segundos de jogo. Lembram de quem deu o último chute a gol do Fla no primeiro tempo, pois bem, ele mesmo João Victor faz 3 a zero para o Fla e sepulta de vez qualquer reação do Shallon.

A sorte do Shallon era de que, do outro lado estava o Flamengo que sentiu o calor forte no Estádio Joaquim de Morais Filho em Taubaté-SP, e passou a cadenciar o jogo assegurando o placar de 3 a 0. O Shallon ainda teve o jogador Murilo expulso corretamente, ele que não contribuiu com seus companheiros, pois aos 10' do segundo ainda haveria muito tempo para correr e contribuir com a equipe.

O Shallon volta a jogar na próxima quarta-feira, contra os donos da casa o Taubaté enquanto o Mengão pega o Paulista. Detalhe o Taubaté levou oito gols do Paulista, portanto, virá com tudo prá cima de nosso representante - é a hora de sair deste esquema cauteloso - ou não?

Ficha Técnica do jogo:

Flamengo(RJ) 3 x 0 Shallon(RO)

Estádio: Joaquim de Moares Filho - Taubaté/SP
Motivo: Copa São Paulo
Gols: Dudu (Fla) 17'1/T Eliabe (Fla) 20'1/T(pênalti) e João Victor (Fla) 30" 2/T.
Cartão Vermelho: Murilo (Sha) 10'do 2/T.

Flamengo: Marcelo Vidotti; Alex, Michel, Cristiano e Anderson; Maicon, Lorran, Guilherme(Nixon) e João Victor; Dudu(Lucas) e Eliabe(Elivelto). Téc: Armênio Moura.

Shallon: Diego(C); Julio(Tarcisio), Carlos Diogo, Felipe Salomão, Alexandre e Claucilei; Cajati(Jean), Gilberto, Givanildo, Murilo e Leno. Téc: Ronald Lage.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sem papas na língua: presidente do Ji-Paraná FC mostra transparência na gestão do Galo da BR

Em entrevista concedida ao Radialista Jota Lima, à noite desta quarta(17), o jovem presidente do Ji-Paraná FC José Carlos Victor, foi enfát...