sábado, 3 de agosto de 2019

Sub-20: PVH EC e Vilhenense , como gente grande

Semifinal do Sub-20, PVH e Vilhenense jogaram os primeiros 90 min de um jogão de 180 min. O local, claro em nossa praça de esportes que leva o nome do governador Aluizio Ferreira. A partida começou às 17h30, e teve a seguinte sequência de movimentação:

É cabível dizer a grande diferença física, ou o biotipo entre os 22 atletas - enquanto o Vilhenense com atletas altos e até habilidosos -, o PVH com os "baixinhos" muito bons de bola: ex.., Cleiton  Santos, Dilan e Kélvio. Os primeiros 15' foi um lá e cá interessante.

É tanto que o placar foi aberto aos 17' com Caio de pênalti, em favor do PVH EC. Aliás, a falta máxima foi assinalada pelo assistente nº 1 Naldo Melo, esse assistiu mesmo ao árbitro central Maicon Pessoa - bola levantada pelo PVH e toou no braço de Lucas Grilo na pequena área.

Depois dai o PVH recuou e o Vilhenense mostrou que veio até a capital, não pra passear e sim levar os três pontos para Vilhena. O time comandado por Ionay da Luz, botou a bola ao chão e começou a empurrar o PVH. Certo a estratégia do Profº e, com jogada de bola parada. Essa foi alçada na área, e Vilhenense chutou pelo menos umas três vezes, até chegar no pé direito de Ricardo.

Ele chutou rasteira, com força e pegou no cantinho esquerdo do bom goleiro Gabriel Sarges. Passava dos 36' do primeiro tempo. Empate merecido pelo que o Vilhenense produziu nos primeiros 45'. Volta do intervalo, nem Luciano(peloPVH), nem Ionay mexeram em suas equipes.

O segundo 4º dos 180 min estava reservado a sair o desempate para o Vilhenense, pela maneira como o time se portava e, até pelas modificações feitas por Ionay - ele colocou os quatro reservas que lhe dá o direito pelo Regulamento -, enquanto o Prof Luciano somente fez duas alterações; Eric e Igor nas vagas de Dilan e Caio.

O sangue novo no Vilhenense aliado à força de vontade dos "galalaus", aumentou o poder de fogo. Mas um detalhe chamou a atenção - a expulsão do zagueiro Wellington aos 31' do segundo tempo, desnorteou o Leão -, ai quem voltou a atacar foi o PVH. E quem voltou a aparecer foi o goleiro Bahia.

Fim de jogo: PVH 1-1 Vilhenense, a coisa ficou para o próximo sábado(10), no Portal da Amazônia.

(*) e mais..., muito bom o trabalho do assistente nº 01 que, assim cooperou com o árbitro central e, com seu companheiro nº 02. Parabéns!!!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

CBF publica novo calendário para o futebol 2020, e o Jipa começa em setembro na Série D

A CBF publicou nesta quinta-feira(9), o calendário revisado de suas competições profissionais masculinas para 2020. A revisão deveu-se em fu...