sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Portões Fechados: Rondoniense culpa a SEJUCEL

Rondoniense Social Clube emite nota de esclarecimento, em relação aos portões fechados ao público para o jogo contra o GEC, neste sáb(16).

Um dos principais itens o RSC diz que sempre foi parceiro do órgão estadual e, recebe uma notícia dessa.

Por outro lado, e o mais grave (no entender desse velho blogueiro), diz respeito: "foi nós solicitado um valor financeiro para a compra de equipamentos, e o laudo sair mais".

O blog conversou com Jobson Santos sobre essa possibilidade, ele nos respondeu:"olha Luís convoquei as três equipes para ser rateada entre elas o valor de R$ 800 e, comprarem essa peça ".

Sabe quantos foram? Somente o PVH EC e o RSC, ficaria pra ser exato $ 266,66... p/cada equipe.

"Fui surpreendido com essa nota do RSC, mas foi bom para levantar essa problemática de uso do Aluizão  e Biancao no prox ano."

Qual o custo para o estado em toda  rodada, quanto custa abrir os portões ao grande público. O governo gasta 6 mil/mês para manter o Aluizao ativo.



quinta-feira, 14 de fevereiro de 2019

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2019

Arbitragem para 3ª rodada do estadual rondoniense

Os árbitros e assistentes que irão atuar na terceira rodada do Campeonato Rondoniense de Futebol Profissional – Série A, foram sorteados na manhã de terça-feira (12/02) pela Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER).  O sorteio contou com a presença da Srª Silvana Ferreira e do presidente da CA o Sr. Almir Belarmino Caetano.
Confira a escala:
Rondoniense X Guajará - dia 16/02, às 20h - Estádio Aluizão – Porto Velho.
Árbitro – Jonathan Antero Silva
Assistente 1 – Marcia Bezerra Caetano
Assistente 2 – Edson Paulino Freire
4º árbitro –  Marcos V. Monteiro
Vilhenense X União Cacoalense - dia 17/02, às 10h - Estádio Portal da Amazônia – Vilhena.
Árbitro – Mario Roberto A. Costa
Assistente 1 – Renato Aparecido dos Reis
Assistente 2 – Gilmar Holanda
4º árbitro – Jurandir Lico de Camargo
Guaporé X Barcelona - dia 17/02 às 16h - Estádio Cassolão – Rolim de Moura.
Árbitro – Fledes Rodrigues Santos
Assistente 1 – Adenilson de Souza Barros
Assistente 2 – Rosildo Aparecido Alexandre
4º árbitro – Lindomar Kuhn
Real Ariquemes X Genus - dia 17/02 às 17h - Estádio Gentil Valério – Ariquemes.
Árbitro – Mezaque Guimarães Rosa
Assistente 1 – Joverton Wesley Lima
Assistente 2 – Celio Silva Santos
4º árbitro – Maicon Pessoa de Souza
Fonte: FFER

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Estádios: Aglair Tonelli e João Saldanha, citados em súmula pelos árbitros

Como é que pode. Para esta 2ª rodada do rondoniense-2019, três estádios foram liberados ao público. Pela ordem: Portal da Amazônia (Vilhena), Aglair Tonelli (Cacoal) e João Saldanha (Guajará-Mirim), porém, conforme as súmulas on-line, em dois deles foram citados alguns problemas pelos árbitros.

Vejamos

Estádio Municipal João Saldanha/Guajará-Mirim

Árbitro: Fledes Rodrigues Santos (CD/RO) em Ocorrências/Observações
- Informo que foi expulso o Sr. Luis dos Reis Gonçalves, téc. do Real Ariquemes, após o término da partida o mesmo adentrou o campo de jogo em direção ao árbitro, e proferiu as seguintes palavras "você está de sacanagem, vocês da federação fazem o que quer".;
- Informo que não foram pagas as taxas e diárias da equipe de arbitragem;
- Informo que não há iluminação nos vestiários dos times e dos árbitros.

(*) Não houve expulsões. Aplicados cinco cartões amarelos

Estádio Municipal Aglair Tonelli Nogueira/Cacoal

Árbitro: Sidnei Pereira Oliveira (FD/RO) em Ocorrências/Observações
- Vestiário da arbitragem abafado. O banheiro do vestiário da arbitragem não estava funcionando, pois vazava água por baixo quando acionava a descarga.

(*) Não houve expulsões. Aplicados seis cartões amarelos

Já no Aluizio Ferreira, no jogo: Genus 1-1 PVH EC, arbitrado por Salvino Rosa da Silva (FD/RO), ele aplicou seis cartões amarelos, nenhum vermelho. Porém, no ítem ocorrências/observações um fato chama atenção; "informo que no 2º tempo de jogo, houve um atraso de 05 minutos devido a equipe do Genus retornar ao campo de jogo."

Foram esses os dados das súmulas de três dos quatro jogos - falta o jogo no Portal da Amazônia, entre Barcelona e Ji-Paraná. 


domingo, 10 de fevereiro de 2019

Gabriel Manauara acrescenta mais um título ao seu cartel

Notícias boas vem do Jiu-Jitsu através do nosso Gabriel, ou melhor, Manauara que arrastou o BFC - Bodão Fighting Championship de MMA em sua categoria, o evento foi em Rio Branco-AC no dia 7/2 da semana passada.

Manauara que já esteve no Esporte Show, possui um cartel de 13 lutas - entre Jiu-Jitsu, Luta Livre Esportiva e sem Kimono - e, esta de MMA. "Meu foco agora passa a ser o MMA, e pretendo chegar ao UFC." Falou ao Blog.

Gabriel Manauara, está com 17a, pratica Jiu-Jitsu com o Profº Rodrigo Reis e, MMA e Muay Thai com o Profº Henerson Nenem da Sparta.
(Manauara(p) começa bem no MMA - foto: arquivo pessoal)

Por incompatibilidade de gênios, Viviane Almeida deixa o Barcelona FC

A notícia correu rápida na manhã deste domingo(10), e veio lá do cone sul do estado; Viviane Almeida até então com uma função super importante no atual vice campeão Barcelona FC, pediu DESLIGAMENTO da equipe de forma irrevogável, com toda responsabilidade dela.

O Blog ouviu as duas partes envolvidas - presidente José Luiz Pereira e, claro a Srtª Viviane Almeida.

"Na verdade eu tive de me ausentar do clube na terça-feira, o dia todo em função de está acompanhando minha esposa num pequeno procedimento cirúrgico. Na quarta-feira(6), ao voltar à labuta diária, fui surpreendido com a maneira hostil e deselegante como fui tratado pela Viviane. Na frente de vária pessoas da parceria." Disse José Luiz ao Blog.

"Na verdade Luis o Barcelona está passando por um momento de transição, onde não se sabe quem manda. Pra gente que já trabalha a muito tempo no futebol, fica difícil com um grupo inchado, um local sem paz, sem vibração, sem organização. Ainda mais eu que gosto de trabalhar apresentando resultados e de forma organizada."

"Pedi desligamento na sexta-feira(8), quando consegui fazer o último registro no BID. Pediram pra eu não apresentar o documento naquele dia e, somente após o jogo. Coisa que faço agora, saio de cabeça erguida e agradeço ao clube." Palavras de Viviane ao Blog.
(Desligamento de Viviane Almeida do Barça - Clique na foto p/ampliar)



Porto Velho EC ganha, está 100% e a Torcida faz até trenzinho

Mais um jogaço no velho Aluizão, neste sábado(9) à noite. Genus e PVH duelaram pela primeira vez na história de ambos, o placar final ficou com a Locomotiva do norte com um magro UM a zero, ainda mais de pênalti. Sim um "magro" placar graças aos goleiros. Explico já.

Acontece que um fato está chamando atenção entre PVH EC e seus adversários - a pré-temporada, enquanto o time militar trabalhou em torno de 45 dias -, seus quatro companheiros do grupo a metade disso (o Genus nem isso).

O preparo físico prevalece, a vontade de ganhar está na cara de cada atleta tricolor. Ainda uns cinco fora de série, a receita é esta: dois jogos, duas vitórias, seis pontos ganhos e, sem medo de afirmar com 46,2% de porcentagem de já está na semifinal.

Isso pode mudar? Sim, e quebrar de vez as previsões deste matemático metido a besta - para isto dos seis jogos restantes, perder todos -, se empatar todos daqui pra frente, mesmo assim periga se classificar com 12 pontos. Mas o número mágico é 13 pontos.

Mas, e o jogo cara-pálida

Tanto no início do primeiro tempo, como no segundo o time Aurigrená começou muito bem. Na primeira etapa as forças se equilibraram até os 15', Aos 19' falta cobrada pelo PVH, goleirão Douglas Silva bateu "roupa".

Aos 21' Alex chutou forte a bola bate no travessão de Douglas e ele colocou a escanteio; aos 30' Ávila só ele, o goleiro e a glória - faltou a velha "caté", ah saudades do M9 -, Ávila atrasou para o goleirão Douglas se consagrar.

Aos 37' foi a vez do Dida, chutaço de Dadai que o goleirão espalmou a escanteio. Cobrado, sem levar perigo ao filho do Sr. Valdemar.

Fim do 1º tempo: 0-0

Para a segunda etapa, ninguém mudou. Um início kamikaze para o Genus, logo no primeiro giro do cronômetro Dida do PVH salvou o gol num chute de Tatico, ele tirou com a coxa à escanteio. Na cobrança todos do time Aurigrená ainda na área, ai a bola foi lançada ao Ávila, o grandalhão leva pra cima da zaga, pênalti.

Em cima do lance o Árbitro Salvino não titubeou, levou uma vaia da torcida do Genus. Robby (imagina a categoria), bola no canto esquerdo do goleiro. Estava decretado o 3º gol do Robby no campeonato, e foi pra galera.

Aliás, aqui mais uma vez elogiar as duas torcidas - e a torcida da Locomotiva "engoliu" a TOG -, e ainda teve um trenzinho do pessoal da Base Áerea nas arquibancadas. Aliás, tem tudo a ver: Locomotiva com trenzinho.

(*) quero deixar claro que, não estou criticando os Preparadores Físicos dos clubes. E sim, o pouco tempo de pré-temporada.


Portões Fechados: Rondoniense culpa a SEJUCEL

Rondoniense Social Clube emite nota de esclarecimento, em relação aos portões fechados ao público para o jogo contra o GEC, neste sáb(16). ...