segunda-feira, 12 de novembro de 2018

Ji-Paraná FC adia data da eleição pela terceira vez

Agora é oficial. A primeira vez o local de eleição para nova diretoria do Galo da BR, não estava disponível (seria no sábado/10), a segunda vez havia erro na data do mandato que passava de dois para três anos. Finalmente, tudo sanado e com a publicação do citado Edital num jornal de grande circulação, vamos ter a eleição para quarta-feira(14/11).

Uma das mudanças no Estatuto do clube diz respeito ao período de gestão da nova diretoria, de três anos (2019 a 2021). A eleição será realizada a partir das 19h (local), na Câmara Municipal de Ji-Paraná, cito à Av. 2 de abril, 1751, bairro Urupá.

sábado, 10 de novembro de 2018

Nos "descontos" o Leão faz um a zero, e conquista a Série B-2018

Precisava ser tão dramático. Sim precisava, porque ai não seria o futebol. Precisava ser nos acréscimos, ou nos descontos, como diria o saudoso Iomar Pompeu. Pois é, aos 49' do segundo tempo o Fortaleza EC fora de casa, faz um a zero no Avaí FC e levantou o caneco da Série B, com todo o privilégio  e competência de seu comandante maior Rogério Ceni.

É o maior feito de um time do nordeste, com a Série B em pontos corridos, além disso o Tricolor de Aço do Pici quebrou outros récordes, como p.ex. 20 vitórias - só o Palmeiras teve 19 -, segurar o técnico tanto tempo, mais uma: ficar no G-4 em todas as rodadas e, primeiro lugar em 34 rodadas das 36 disputadas até aqui.

Parabéns FEC!!

sexta-feira, 9 de novembro de 2018

Nenê é presença VIP na 10ª Copa Libertadores da América de Futebol Feminino

A convite da CBF  e Conmmebol, a nossa veterana Nenê do bairro Areal em Porto Velho-RO que, teve várias convocações para defender a amarelinha em competições oficiais, tais como: Sul-Americana, Mundial, Olimpíadas (Atlanta e Sidney), foi mais uma vez convocada a fazer parte de um seleto grupo de VIP's para acompanhar os jogos dos times brasileiros na X Copa Libertadores da América de Futebol Feminino em Manaus-AM, de 18 de novembro a 02 de dezembro próximo.

São 12 equipes da América Latina - Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela -, o Brasil é o único pais com três equipes (Audax, Santos e Iranduba), o primeiro (campeão da libertadores-2017), segundo (campeão brasileiro-2017) e o Iranduba (por ser o time anfitrião). Os jogos serão realizados em três estádios de Manaus - Arena da Amazônia; Estádio da Colina e Carlos Samith.

Para recordar, Nenê recentemente assumiu a Gerência de Futebol Feminino do Porto Velho Esporte Clube e, junto com o técnico Paulo Eduardo conseguiu arregimentar um grupo sensacional de atletas para a Locomotiva Tricolor, resultando no título inédito, invictas e o melhor - a ex-lateral da Seleção Brasileira -, não se conteve vestiu a camisa 9 do Porto Velho EC e foi à luta, entrava sempre na segunda etapa, sem cara feia, mostrando porque é esse ícone do futebol feminino.

Agora em mais uma missão, levar o nome de sua atual equipe, e por extensão do estado de Rondônia junto aos irmãos manauras.
(Aqui a querida Nenê concedendo entrevista para o Blogueiro/WebRadio Capital)

(*) Fiz uma homenagem ao PVH EC em nome da Nenê, aqui


quinta-feira, 8 de novembro de 2018

ARLER realiza 1º Seminário da Imprensa Esportiva de Rondônia

Porto Velho será palco para o 1º Seminário da Imprensa Esportiva de Rondônia, o evento acontece nos dias 30/novembro e 1º de dezembro. Os interessados devem confirmar participação enviando e-mail para: arler@hotmail.com.br, até o dia 20/11, com Nome completo, CPF; RG e Empresa.

De acordo o presidente da entidade, j. Lima, o seminário foi idealizado com objetivo de proporcionar aos participantes profissionais da crônica esportiva e interessados no evento, aprimorarão, atualizações do rádio e da comunicação, marketing empresarial entre outros assuntos pertinente a classe. "Estamos incansavelmente trabalhando para trazer o melhor para nossos cronistas e tentar estimular o aparecimento de novos profissionais", disse.

Ainda conforme o presidente da entidade, o evento terá palestrantes de renome, minicurso de comunicação para o futuro (rádio, TV, Web rádio/TV e mídias), certificado aos participantes e apoiadores, "Estamos buscando ao máximo facilitar para que todos possam participar deste que será um marco e um diferencial daqui para frente para os profissionais e empresas de comunicação do nosso estado", finalizou j. lima.

A ARLER irá disponibilizar hospedagem para os participantes do interior do estado, refeições para todos os participantes (interior e capital).

VALORES

- PROFISSIONAIS DO INTERIOR: Profissionais CREDENCIADOS da ARLER (que possuam carteira da entidade) R$ 100,00 (cem reais). - NÃO CREDENCIADOS: R$ 150,00 (cento e cinquenta reais).

- PROFISSIONAIS DA CAPITAL: Profissionais CREDENCIADOS da ARLER (que possuam carteira da entidade) R$ 50,00 (cinquenta reais) - NÃO CREDENCIADOS: R$ 100,00 (cem reais).

A confirmação de participação deverá estar acompanhada do comprovante de depósito (não será aceito deposito feito em envelope).

DADOS PARA DEPÓSITO:

BANCO DO BRASIL AGENCIA: 0102-3 C/CORRENTE 81.404-0 FAVORECIDO: ASSOCIAÇÃO R L E RONDÔNIA

Dúvidas, entrar em contato: 9 9315-4009 - j. lima / 9 9261-2595 - Paulo Ricardo.

(Foto: Divulgação)

Ginástica Rítmica: Maria Eduarda e Bruna Sheneider de malas prontas

Agora é a fase nacional, ou melhor, agora são os Jogos Escolares da Juventude. Falo das duas "craques" da ginástica rítmica de nosso estado: Maria Eduarda (Duda) e Bruna Sheneider, após vencerem a fase classificatória metropolitana, em maio em Porto Velho.

Após a dura seletiva estadual  em setembro lá em Vilhena, Maria Eduarda (Duda) representando a Escola Estadual Major Guapindaia - conquistou a única vaga da categoria Juvenil. Enquanto sua colega Bruna Sheneider, da Escola Estadual Dom Pedro I, conquistou na categoria infantil a 2ª vaga.

O período de disputa para as três rondonienses (três?), por que a Profª Francimeire Lavareda também acompanha a delegação, será de 12 a 16 de novembro.
(Profª Francimeire. Luís Carlos Pereira, Maria Eduarda, Bruna e Nat - as meninas ginastas)

quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Genus e Guajará oficializam treinadores

Nesta terça-feira(6), mais dois treinadores confirmados para 2019 no futebol rondoniense. O Guajará EC que acabou perdendo Tinho Damasceno para o SC Genus, anunciou a vinda de Fernando César, mais conhecido como Neneca para a temporada que se avizinha.

Enquanto isso o SC Genus, também confirmou a vinda de Tinho Damasceno para assumir o Aurigrená da capital. Junto com Tinho vem o gerente de futebol Nilton de Oliveira Rocha, um paulista e também colaborador a equipe.

terça-feira, 6 de novembro de 2018

A importância de um gerente de futebol

Muito se fala em planejamento, em projeção dentro de um time de futebol. Em Rondônia, essa figura está cada vez mais presente no organograma  - cito no Rondoniense (Álisson Albino), no VEC e agora Real (Diego Talim), no Genus (Dinho Damasceno), no GEC (Tinho Damsceno/e técnico), no Barça (Viviane Almeida), no Jipa (José Carlos) e Vilhenense (não sei).

Pois bem, dentro dessa especificação encontro Luciano Almeida (esse conhece quase tudo dentro de uma equipe de futebol) e, se enquadra direitinho na função. Neste final de semana Luciano me passou um trabalho dele de pesquisar junto às súmulas - quantos atletas há no profissionalismo, quantos amadores e quantos desempregados.

Vamos acompanhar

VEC - teve 21 atletas relacionados, desses: 06 ativos, 03 amadores e 12 desempregados;
Ji-Paraná FC - 22 atletas relacionados, desses: 02 ativos, 1 amador e 19 desempregados;
GEC - 17 atletas relacionados, desses: 02 ativos, 01 amador e 14 desempregados;
Real - 20 atletas relacionados, desses: 05 ativos, 15 desempregados;
RSC - 20 atletas relacionados, desses: 03 ativos, 02 amadores e 15 desempregados;
Genus - 20 atletas relacionados, desses: 08 ativos, 03 amadores e 09 desempregados;
Barcelona - 18 atletas relacionados, desses: 02 ativos, 04 amadores e 12 desempregados;
Vilhenense - 22 atletas relacionados, desses: 07 ativos, 02 amadores e 13 desempregados.

Total

160 atletas relacionados, 35 ativos, 16 amadores e 109 desempregados.

(*) A pesquisa  foi feita por Luciano Almeida, levando em consideração os jogos realizados nas últimas rodadas deste 2018.

domingo, 4 de novembro de 2018

Parabéns Porto Velho Esporte Clube!

O que dizer de uma equipe que fez 12 gols em 4 jogos, e tomou somente 1. Enquanto as outras três fizeram praticamente à metade - Real Ariquemes (7), Porto Club (6) e Genus (2) -, o que dizer de um elenco constituído de várias atletas campeãs em Rondônia (sem contar fora do estado)

Por exemplo

Rosinha (6), Angra (5), Angelina (4), Isabel (4), Leila (3), Isamara (3), Adelaine (3), Vanda (4), Japinha (2), Monique (4)..., enfim da goleira a ponta esquerda, das 12 meninas que ficaram no banco de reservas, são poucas, mas o mínimo possível as meninas que chegaram pela primeira vez ao título máximo.

Daqui também os parabéns à diretoria do clube, na pessoa do Jeanderson Maranhão e à comissão técnica com: Paulo Eduardo (coach), Arlisson Lima (aux. téc), Maicon Douglas (prep. de goleiras) e Manoel Carlos (massagista).

Porto Velho Esporte Clube, campeão do rondoniense Hulk de futebol feminino-2018!
(Clique na imagem para ampliar)

sábado, 3 de novembro de 2018

Campeonato Hulk de Futebol Final: teremos uma campeã inédita

E chega a final o rondoniense de futebol feminino-2018. As duas equipes mais organizadas fazem a decisão: Porto Velho EC e Real Ariquemes FC - uma debutando na competição, e a outra já na sua segunda participação -, portanto, uma coisa é certa teremos um clube campeão inédito. Mais uma vez capital versus interior - isso porque tivemos três equipes da capital - ano passado foi a mesma situação, só que naquela oportunidade decidiram: Porto Club x Barcelona, deu Porto Club.

Numa fórmula esquipática, onde o time que venceu seus três compromissos - caso do Porto Velho EC - vai disputar mais um jogo contra um time que ele já ganhou, pra ganhar de novo e confirmar o título, estranho né? Ora, ora vá entender os miolos dos cartolas. O Porto Velho está com índice de aproveitamento de 100%, se fosse o contrário eu estaria dizendo a mesma coisa. Para que não haja mimimi - se fosse o Real eu diria a mesma coisa.

As duas equipes chegaram a essa situação com os resultados dessa sexta-feira,2. Enquanto o PVH EC consolidava seus 9 pontos, com 10 gols marcados e 1 contra, frente ao SC Genus quando aplicou 4 a 0 no aurigrená, na preliminar de Porto Club 1 x 2 Real Ariquemes - o Real fez 07 gols e tomou 03. 

Pelo regulamento; se terminar empatado nos 90 minutos de hoje, teremos decisão nos pênaltis. Ainda dessas duas equipes, ambas teem as artilheiras do campeonato: Monique (PVH EC) e Regina (Real), com 4 gols cada.

E mais...,

Foram marcados 25 gols no geral, em 6 jogos com média de 4,16 gol/jogo, não houve empate. PVH EC e Real Ariquemes, balançaram as redes em 17 vezes (10 do PVH e 07 do Real), fizeram 68% dos gols. PVH EC tomou um gol e Real tomou três.

(Clique na imagem p/ampliar - fotos: Alexandre Almeida)

quinta-feira, 1 de novembro de 2018

No dia das Bruxas, e de estreia as traves foram protagonistas

Noite de 31 de outubro, dia do famoso Haloween, ou dia das Bruxas. A bola rolou no velho Aluizão para a 1ª rodada do campeonato Hulk feminino de Rondônia, rodada dupla com início às 18h30 e segundo jogo às 20h30. Tudo transcorreu da melhor maneira possível, se não fora as duas goleadas.

No primeiro jogo: Genus 0 x 5 Real Ariquemes, e no jogo seguinte: Porto Velho EC 4 x 1 Porto Club. Foram 10 gols assinalados, diga-se que o futebol feminino em nosso estado melhorou bastante - falo nosso estado - pois várias meninas, mais de uma centena das quatro equipes é constituída por atletas do interior de Rondônia.

No primeiro jogo da noite, visível a superioridade do Real Ariquemes em cima do SC Genus. O timaço de Ariquemes sob o comando de Jair Silva, soube se impor em campo não dando chances ao Genus. A goleada começou aos 15' com a camisa 11 Alicea, depois gol contra e Regina três vezes, pediu até música.

Placar final: Genus 0 x 5 Real Ariquemes

No segundo jogo, a tão esperada estreia do Porto Velho EC - estreia em tudo, no futebol de campo e no naipe feminino -, a ansiedade das meninas tricolores fez com que as finalizações não fossem da maneira como pensava Paulo Eduardo, o COACH do Tricolor da Base Aérea. Até onde meus sinapses ajudaram, foram cinco bolas chutadas pelo PVH EC nas traves da boa goleira Gaby do Porto Club.

Pois bem, com 12 finalizações ao gol do Porto Club, destas, somente 4 foram aos fundos das redes da Gaby. Leila Weber aos 14' abriu o placar de maneira categórica, Kamila aos 24' e Monique aos 41' foi o placar do 1º tempo. Na segunda etapa o Porto Club adiantou sua linha e manteve uma certa pressão em cima do PVH EC, porém, desta vez quem apareceu e bem foi Karla a goleira do tricolor.

Com várias substituições em ambas equipes, principalmente com a entra da Nenê no PVH EC - ela inclusive protagonizou um dos belos momentos do jogo -, recebeu uma bola em profundidade, partiu de seu campo em direção ao gol adversário, ganhou de uma "novinha", escorou e chutou - pra mim ela quis furar a rede da Gaby. Resultado, bola na trave (uma das cinco).

Placar final: Porto Velho EC 4 x 1 Porto Club.


(*) Ah, faltou dizer: sem problemas nenhum nas duas arbitragens - Fledes no primeiro jogo e Thiago Brasil -, esse nem o tempo técnico no 2º tempo, ele aplicou. Um cartão amarelo veio sair aos 42' do 2º tempo para Angra do PVH EC (porque parou um contra-ataque). Parabéns!!


Ji-Paraná FC adia data da eleição pela terceira vez

Agora é oficial. A primeira vez o local de eleição para nova diretoria do Galo da BR, não estava disponível (seria no sábado/10), a segunda...