terça-feira, 31 de maio de 2016

Árbitros sorteados para a penúltima rodada do 2º turno

O sorteio que definiu os árbitros e assistentes que irão atuar na 6ª rodada do 2º turno do Campeonato Rondoniense FFER-Eucatur aconteceu na segunda-feira pela  Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (C.A/FFER), com a participação do  radialista José Lima e Silva e do assessor da FFER, Levi Moreira. 
Genus x Ariquemes
Para o jogo entre Genus e Ariquemes, o árbitro sorteado foi Sidnei Pereira, sendo auxiliado por Edvan Ferreira e Reginaldo Alves. Túlio Nells será o quarto árbitro da partida que será disputada neste sábado, às 19 horas, no estádio Aluízio Ferreira.
Real x Morumbi 
Real e Morumbi  se enfrentam também no sábado, às 19 horas, no estádio Gentil Valério. Para o confronto, o árbitro será Caio Cazuza, sendo auxiliado por Davi da Silva e Edilson Soares. Benildo Lima será o quarto árbitro da partida.
Guajará x Ji-Paraná
A rodada encerra-se domingo com o jogo entre Guajará e Ji-Paraná, com início marcado para 16 horas, no estádio João Saldanha. Jonathan Antero foi o árbitro sorteado para o confronto. Os assistentes serão Reginaldo Alves e Gilmar Holanda. O quarto árbitro da partida será Esmerindo Ferreira. 
Fonte/Texto: Paulo Ricardo - FFER

Não agrega nada

Não estive no Aluizão no último sábado(28), fui fazer o jogo do Biancão no mesmo horário às 19h. Portanto, não tive o desprazer de presenciar o bate-boca entre o delegado do jogo: RSC 2 x 0 Real e o técnico do Real Sr. Paulo Shardong.

Quem tem ou não razão, cabe ao TJDF resolver. Porém, o meu pitaco é de lei: Shardong foi um dos profissionais deste rondoniense ffer-eucatur que está quase se encerrando, com quem eu me identifiquei bastante; profissional que mostrou que entende do riscado.

No primeiro turno o time dele foi osso duro de roer, chegando inclusive nos calcanhares de RSC e Genus para a disputa do turno. No segundo turno, perdeu alguns atletas (por desistências dos próprios atletas e, por outras vantagens), não houve a reposição devida. Mesmo assim bateu seu maior rival o Ariquemes e pontuou fora de casa.

Paulo Shardong assim como o outro treinador também "estrangeiro" Ariel Mamede, foram expulsos de suas áreas técnicas e, como hoje em dia o técnico também cumpre a automática assim como os atletas expulsos - cumpriram -, mas foram penalizados também em pecúnia.

O Ariel como tinha uma decisão de turno, seu diretor de futebol meteu a mão no bolso e pagou. Quanto ao Paulo Shardong ficou adimplente - cabia a ele, ou ao clube -, pagar essa multa. Não foi paga, e em novo julgamento o homem pegou 60 dias de suspensão.

Sabe o que é 60 dias sem poder exercer sua profissão na área técnica? Que o diga o Babinha, pegou 12 jogos e mais uma multa pesada, até hoje não pode mais correr dentro de campo como massagista.
Voltando ao Shardong e ao delegado do jogo, a multa foi quitada mas quanto a suspensão nada fora feito.

Por isso o teor dessa discussão besta, que só leva sinal negativo ao nosso futebol. Aliás, se não tiver um fato negativo em nosso futebol, ele não será lembrado. Negativo, esse ano maravilhoso que estamos chegando à metade já tivemos a ótima participação do Genus na Copa do BR, no início do ano tivemos a bela participação do Espigão na Copa SP.

Mas, e sempre tem um mas para atrapalhar. Ano passado tivemos jogadores do VEC saindo às escondidas para suas cidades de origem, tivemos problemas com o técnico Márcio Bitencourt do mesmo VEC. Agora já houve essa desistência do Rolim.

Agora uma perguntinha simples ao delegado do jogo - pessoa que também admiro -, a função do delegado do jogo é de está batendo boca com o suposto infrator? Inclusive fala na definição desta função de discrição, sem alarde - repito, estou me baseando por vídeo postado em site especializado.

E, não me alongando mais quero dizer ao nobre amigo Shardong falta ainda muita coisa amigão para um futebol realmente profissional: uma delas, a total indiferença dos clubes para junto ao TJDF, no dia de julgamento raramente você vê um defensor.

Outra com relação aos árbitros, me nego a acreditar que haja árbitro olhando para escudo - fosse assim o mesmo castigo dado a um técnico do interior, na capital também -, só que o Tadeu estava lá no dia do julgamento do Sr. Ariel Mamede.

Finalmente dizer mais uma vez, este tipo de caso não agrega em nada. Concordo com o Prof. Shardong que poderia está em seu trabalho, produzindo, revelando valores para o nosso futebol. Aconteceu tudo isso, vamos a uma reflexão!


Tanaka um nome a ser lembrado

Os times da capital rondoniense estão a pleno vapor se organizando para a estreia na Série D do brasileirão. Afinal o dia 12 de junho está bem ai. O Genus já trouxe oficialmente o camisa 10 do Rolim EC, Sandrinho.

Há o interesse por parte do aurigrená dos seguinte atletas: Piquê (zagueiro do Jipa), Tiaguinho (meia do Ariquemes) e Figurinha (atacante do Real).

Pelo lado do Periquito, nada de oficial. Mas especula-se a chegada de; Edilsinho (meia ex-VEC), Kukau (volante também ex-VEC), Marcos Canhoto (meia-atacante ex-Genus) e Giovane Cunha (meia ex-Toledo), este último inclusive já treina no Ninho do Periquito - Ulisses Guimarães.

Todos os citados são ótimos atletas, e vai ai mais um indicado pelo Blog. Chama-se Alessandro Souza Freitas, 21a, começou jogando no União Cacoalense e hoje é um dos ídolos do Guajará EC. Camisa 10 rápido, atua pelas pontas.

Ano passado foi titular da equipe da Pérola do Mamoré não fez um gol sequer - aliás a equipe entrou e saiu zerada -, já este ano é o terceiro artilheiro do campeonato com 6 gols dos 13 gols que o time fez. Vaidoso e fã do CR7, Alessandro ou melhor Tanaka, diz que o sonho de disputar a Série D está bem viva em sua mente.
(Tanaka atacante pelas pontas - crédito: rádio educadora de Guajará)

segunda-feira, 30 de maio de 2016

SC Genus apresenta seu primeiro reforço para a Série D

Tudo correndo da maneira como a diretoria planeja, nesta terça-feira(31) o time apresenta à sua torcida antes do jogo contra o Morumbi, o primeiro reforço para a disputa da Série D que está batendo à porta. Trata-se do atleta Alexsandro Penha de Oliveira, 24 anos, quem vem a ser Sandrinho camisa 10 do Rolim EC.

Sandrinho ganhou destaque no desistente time de Rolim, principalmente nos dois jogos que ele atuou na capital pelo Tigre, nos 1 a 2 do RSC sobre o Rolim e por último, justamente o Genus quando o time foi goleado por 1 a 5 pelo Aurigrená. Sandrinho nesta segunda-feira,30, realiza uma bateria de exames junto ao DM e, a tarde já começa os trabalhos com bola.
( Sandrinho - foto: Matheus Henrique/Globo Esporte)


Guajará volta a dormir no topo, graças aos três(3) pontos contra o Ariquemes

Final da 5ª rodada do 2º turno do estadual ffer-eucatur. Com a vitória do Guajará EC neste domingo(29), no estádio Gentil Valério o Valerião em Ariquemes. Mas uma vez a diferença quem fez foi o atacante Tanaka, logo no início do jogo. E olhe que o goleiro do Ariquemes Douglas, salvou o time de tomar uma goleada.

Relembrando os três jogos, tivemos: sábado(28) no Biancão o Ji-Paraná passou por cima do atual campeão rondoniense por 2 a 0, com Piquê de falta e Erick de puro oportunismo fazendo; Jipa 2 x 0 Genus.

Ainda no sábado, às 19h o Rondoniense SC com dois gols do artilheiro Marco Aurélio, também despachou o Real Ariquemes, já que este tem dois jogos em casa e somente pode chegar aos 13 pontos. Final: RSC 2 x 0 Real.

A Classificação após a 5ª rodada

1º) Guajará EC com 10 pontos, 5 jogos e saldo de -1
2º) RSC com 09 pontos, 5 jogos e saldo de +7
3º) Ji-Paraná com 08 pontos, 5 jogos e saldo de +2
4º) Genus com 7 pontos, 4 jogos e saldo de +4 
5º) Morumbi com 6 pontos, 4 jogos e saldo de +1 
6º) Real Ariquemes com 5 pontos, 5 jogos e saldo -1
7º) Ariquemes com 5 pontos, 5 jogos e saldo de -2
8º) Rolim de Moura Esporte Clube (Desistiu na 4ª rodada)

Quem pega quem: dos quatro primeiros colocados, o Guajará por incrível que pareça apesar da 1ª colocação, ainda depende somente dele para chegar a final do turno; pega o Jipa em casa e o Genus no Aluizão, pode chegar a 16 pontos.

O Genus é o mais "folgado" pois ainda tem 3 jogos, todos em casa: Morumbi, Ariquemes e Guajará, se chegar a 16 pontos tira o Guajará da disputa.

O Rondoniense, após o "folgado" Genus - poderia dizer isso porque - pode chegar aos 15 pontos e, derruba o Jipa com prováveis 14 pontos e o próprio Guajará com 13 pontos.

Por último o Ji-Paraná FC tem 8 pontos e pode chegar aos 14 pontos, como: pega o Guajará na casa dele e o Ariquemes no Biancão. Quando se trata do Galo da BR tudo é possível.


domingo, 29 de maio de 2016

Não mexam que o Galo é de briga

Acabamos de chegar de Ji-Paraná - aliás a única equipe de esportes a acompanhar passo a passo -, os clubes da capital na disputa do estadual. A Rádio Globo AM esteve presente com: Naldo Dias e Luis Carlos Pereira ( Jipa 2 x 0 Genus), e na capital; Wolnei Alonso, João Dalmo e Edson ( RSC 2 x 0 Real).
(Naldo Dias entrevista Tiago Batizoco/Biancão)

Análise do jogo

Pra começo de conversa dizer que, do outro lado tinha um time aguerrido, querendo fazer bonito em casa, já que no jogo contra o Real deixou de ganhar três pontos por bobeira - falo do Ji-Paraná FC -, então o Genus estava sem garra, sem foco? Não, nada disso - mas que estava estranho, sim.

Uma situação de quase sair tapas entre dois atletas do Genus - o capitão Julio Cesar e o meia-atacante Rob -, coisa que eu ainda não havia presenciado no Genus. Ao final do jogo o técnico Claudemir Pontin justificava a atitude de seus comandados pelo calor do jogo.

E falando de técnicos: o jiparananese Batizoco, anulou a jogada forte do Genus - tanto travou as subidas de Guarate pela direita, como impediu o avanço do capitão Julio Cesar pela esquerda. Ele trouxe Douglas para a zaga, colocou Bala na frente da zaga e deixou flutuar Fernandinho e Rincon, na frente o rápido Lambari e Jailson.

O Genus teve em Luiz Alves na defesa o ponto fraco, Jean fazendo o papel do "beliscador" o homem que rouba a bola, entrega para Alex - este mais uma vez não estava nos melhores dias -, assim como Wellington e Pemaza, sempre um instante atrasado. Ou a defensiva do Jipa chegava antecipando.

Mas não foi mal no geral o Genus. Penso que faltou mais foco..., foco que sobrou no Galo da BR. Na segunda etapa então, com a entrada de Erick na vaga de Lambari e Eltinho na vaga de Bala - esse dois infernizaram o setor de meio do Genus e, claro o defensivo. Não lembro de defesa do goleiro Clebio(Jipa), nos 45 minutos finais.

Os melhores em campo

No time da casa, do goleiro ao ponta esquerda - não estaria exagerando - vou destacar uns quatro: Douglas, Rincon, Fernandinho e Erick.

Douglas voltou pra zaga, e ainda quase faz o seu gol de cabeça. Rincon pela experiência e o toque de bola. Erick entrou fez o seu e botou lenha na fogueira e Fernandinho, esse continua craque com mais um pouquinho de preparao físico seria titular absoluto de qualquer equipe daqui.

O SC Genus: Tiago Rocha, Vitão, Jean e Alex. Tiago continua fazendo das suas, salvou o Genus de não tomar mais. Vitão sempre seguro. Jean, foi um carrapato e Alex, mesmo não repetindo os bons jogos do ano passado, continua muito lúcido.

Fazer duas observações: na substituição do atleta Bala pelo Eltinho, ele Bala saiu fazendo gestos com a mão e este blogueiro achou que estava desrespeitando o comandante - mas fui avisado de que ele dizia que estava realmente muito quebrado.

Feito o registro, quero deixar claro que tanto o Bala em questão, como Jailson - eles dois trabalharam desde às 5h da manhã até de tarde -, trabalham num frigorífico e jogam à noite. São ou não guerreiros.

Ficha do jogo

Jipa jogou com: Clébio; Witalo, Douglas, Piquê e Ponês; Bala(Eltinho), Paulinho, Rincon e Fernandinho(Jr. Cabeça); Lambari(Erick) e Jailson. Téc. Tiago Batizoco

SC Genus com: Tiago Rocha; Guarate, Luiz Alves, Vitão e Julio Cesar; Carlinhos(Rob), Fernandinho(Tutti), Jean e Alex; Pemaza e Wellington. Téc. Tiago Batizoco

Os gols: Piquê (30'2ºT) e Erick (37'2ºT) 


sábado, 28 de maio de 2016

SC Genus viajou para enfrentar o Jipa com 20 atletas


A delegação do Genus embarcou rumo a Ji-Paraná na tarde desta sexta-feira(27), para o duelo deste sábado(28), às 19h00, no estádio Biancão, contra a equipe do Ji-Paraná Futebol Clube. Confira os jogadores relacionados para a partida:

Goileiros: Tiago e Allyson
Zagueiros: Luiz e Vitão
Laterais: Marquinhos, Guarate, Julio Cesar e Lucas
Volantes: Dodô, Carlinhos, Fernandinho, Jean, Ramon e Wilian Bahia
Meias: Alex, Rob, Charles
Atacantes: Tuti, Pemaza e Wellington.


Motivo: 5ª rodada do Estadual FFER-Eucatur, 2º turno. Arbitragem de Sidnei Pereira com Claudio Marcio(1), Anderson Denny(2) e Caio Cazuza(4).

Ouça por aqui

sexta-feira, 27 de maio de 2016

Algumas da sexta-feira, 27

Neste sábado(28), teremos a realização da 5ª rodada do estadual, ou melhor, o início da rodada pois o término será no domingo. O blog traz resumidamente alguns dados desta rodada:

- O jogo entre Morumbi x Rolim que seria realizado neste sábado(28), não acontece mais em virtude da desistência do Rolim EC da disputa;

- Jipa x Genus às 19h no Biancão, pelo lado do Jipa o time treinou ontem no feriadão, assim como o SC Genus também. O Jipa treina hoje às 20h e a novidade maior será a entrada de Fernandinho, logo de início amanhã contra o Genus.

- O Genus, terá vários desfalques: Xana, Dodô e Juninho (todos no DM), Tcharles (suspensão automática). O time viaja nesta sexta-feira e pernoita em Jipa.

- RSC x Real, o jogo na capital. Após a desistência do Rolim o Periquito que andava meio cabisbaixo, mas ainda invicto na competição e junto com mais dois no Brasil, voltou a sorrir e, principalmente com o cascalho que está saindo nesta sexta para todo mundo.

- O cascalho meus caros, é isso mesmo que vocês pensaram (falei com um dos diretores do time, e uma reunião hoje para adiantar um dinheirinho no bolso da moçada). 

- Se for por incentivo financeiro (quem não precisa de uma grana), o Real segundo informações também está adiantando vale para a moçada do rubro-negro.

- A rodada encerra no domingo com Ariquemes x Guajará, às 17h no Valerião. Olha o campeão de 2000 está tão empolgado com os 7 pontos conquistados que, vai partir pra cima do Ariquemes como no tempo de César, Cícero, Zabazão e Cia.

Rei Tcharlles da torcida do Genus, deve está de saída do Aurigrená

Feriadão de Corpus Christi, enquanto o SC Genus realizava treinamentos físicos no campo da Brigada, a movimentação girava em torno do jovem artilheiro do time Tcharlles - que é carinhosamente chamado pela torcida de Rei Tcharlles - e, por quê?

Como Tcharlles está suspenso do jogo do próximo sábado(28), contra o Jipa em função da expulsão na última terça-feira, ele foi liberado para viajar até Rolândia-PR - sua cidade natal - afim de rever seus familiares e voltar na segunda-feira(29), conversa daqui conversa dali ele conseguiu esticar o prazo até a próxima quinta-feira.

Mas ai vem o "x" da questão. Mário Augusto, diretor de futebol quem o liberou, sabe que a performance de Tcharlles principalmente na Copa do BR com os três(3) gols assinalados, ganhou as manchetes, hoje ele tem proposta de: Bragantino, Portuguesa, Campinense e ASA-AL.

Sendo que, no alvinegro de Arapiraca ele foi o algoz do time - portanto, a proposta é mais evidente -, outra equipe que manifestou interesse por Tcharlles é o Tricolor de Aço do Pici, o Bicampeão cearense Fortaleza EC.

Para os tricolores vai ai um lembrete mais do que especial: Tcharlles é daqueles artilheiros velozes, 24a já diz tudo, que corre pelas pontas e traz para o meio, chuta tanto com o pé esquerdo como com o direito. No time do Marquinhos Santos, seria uma peça fundamental. Ano passado fez 5 gols no estadual de Rondônia, neste 2016 já fez os mesmo 5 e mais 3 pela Copa do Brasil.

É o futebol daqui de Rondônia sendo reconhecido, principalmente da capital. Estou na torcida de vê-lo no meu Leão!!!
(O blogueiro entrevistando Tcharlles - crédito/Alexandre Almeida)

quinta-feira, 26 de maio de 2016

Vem ai mais um canal para o Esporte

Neste sábado(28), estaremos fazendo um teste com mais um canal do esporte. Trata-se da Web Rádio Amazônia Central que, irá entrar em conexão com a Rádio Globo AM 1310 para a transmissão de Ji-Paraná FC x SC Genus, em jogo válido pela 5ª rodada do estadual. Às 19h a bola rola no estádio Biancão.

E como funcionará esta emissora: pra você que tem um aparelho celular com sistema operacional android, vá até o Play Store clica em radio amazonia central, e baixa o app - é leve, não vai tomar muito espaço em teu aparelho - vai aparecer o mapa do Brasil basta somente clicar no play e você vai ouvir o som digital sem fone de ouvido.

Você poderá acessar a web rádio em radiosnet.com, mas somente com o aplicativo acima também ouvirá. Além de ouvir o jogo, você poderá também ler as notícias no site da emissora. Agora tudo isso sem necessitar de radinho, apenas um sinal de internet e, se tudo der certo que espero. Logo, logo estaremos fazendo uma transmissão direto do Aluizão, ou outro evento, até porque é um canal para o esporte.


Aqui você pode passar mensagens via whatsApp no (69)9290-2790..., ah tem um 9 antes do 92 parece que já funciona neste 28 de maio.


Zagueirão Edson Jr deixa a equipe do Genus


A diretoria do Genus anuncia que o zagueiro Edson Junior, de 31 anos, não faz mais parte do elenco aurigrená. O jogador recebeu proposta de um time do exterior e conversou com os diretores do clube, pedindo para ser liberado. Entendendo que esta será uma oportunidade única na carreira do atleta, o Genus entrou em acordo com Junior, rescindindo o contrato de forma unilateral.


A diretoria do clube agradece ao zagueiro pelos serviços prestados ao clube e deixa as portas abertas para um possível retorno no futuro. Com a camisa aurigrená, Junior disputou a Copa Verde, Copa do Brasil e o primeiro turno do Campeonato Rondoniense 2016.


Segundo o radialista Naldo Dias, no Programa Panorama Esportivo na Rádio Globo 1310 AM, levado ao ar das 18h às 19h de segunda à sexta: "uma proposta irrecusável de Angola, fez com que o zagueiro deixasse o SC Genus". 

Fonte: Fanpage do Genus e Naldo Dias - Foto: Alexandre Almeida

Artigos 14 e 50 do RGC da FFER, teem o mesmo sentido e penas diferentes

Fuçando os artigos referente ao RGC (Regulamento Geral das Competições) organizadas pela FFER, confesso que tenho de fazer o curso de direito já. Pela Portaria nº 08/Prof/FFER/2016 o Deptº de Competições acatou o pedido de desistência do Rolim EC, embasado  na redação do art. 14 e parágrafo único do RGC.

O que diz o art.14

Após a publicação do REC - Regulamento Específico da Competição - e tabela no site oficial da FFER, o clube que por qualquer razão deixar de participar será impedido de disputar a competição seguinte na mesma categoria.

§ único - Quando um clube abandonar a disputa de um competição após seu início, as partidas por este disputadas serão consideradas válidas e, as ainda por disputar serão decididas por WO em favor dos adversários, sem prejuízo das penalidades impostas pela Justiça Desportiva.

Foi a aplicação ao clube conforme a portaria citada.

Acompanhe o art. 50 do mesmo RGC

O clube que deixar de comparecer a qualquer partida das competições, salvo motivo justificado e assim reconhecido pela FFER, ficará impedido de participar das competições subsequentes e responderá pelos prejuízos financeiros que causar às equipes adversárias, independentemente das sanções de competência da Justiça Desportiva.

§ 1º - O clube que não se apresentar em campo após 20(vinte) minutos da hora marcada para início da partida, salvo motivo de força maior, será considerada perdedora pelo escore de 1 x 0 (um a zero).

§ 2º - Se um clube abandonar ou for desligado da competição disputada em diferentes fases depois de seu início, os resultados de suas partidas serão anulados, na fase em disputa, não prevalecendo para qualquer efeito, independentemente das sanções de competência da Justiça Desportiva, e suas demais partidas constantes da tabela serão canceladas.

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Agora é oficial: Rolim EC está fora do restante do rondoniense-16

Faltando justamente três rodadas para finalizar sua participação no campeonato estadual de 2016, eis que a equipe do Rolim EC desiste de disputar a contenda(que palavra!), prejudicando a ela mesma e aos futuros concorrentes à disputa do final do turno.

Por exemplo: quem já jogou contra o Rolim, e ganhou vale os três pontos. Daqui pra frente vale o WO e os três pontos, claro. Mas, e o saldo de gols p. ex., o Rolim ainda jogaria contra o RSC, Real e Morumbi.


A vitória do Genus "ajudou" o RSC

Com esta vitória fora de casa, e diante de um provável candidato à disputa do 2º turno a equipe do Genus colocou o RSC na rota de classificação. Como?

Assim: o RSC tem 6 pts e saldo de 5 gols, disputa ainda 9 pts - 3 em casa no próximo sábado, justamente contra o Real -, e mais 6 pts fora, sendo que 3 deles contra o suposto desistente Rolim e o Morumbi.

Falando em Rondoniense, após 12 dias sem atualizar seu site ontem(24), a assessoria colocou um lembrete para o jogo de sábado(28). Mas, sempre tem um mas...,de maneira errada. Que coisa!!!

terça-feira, 24 de maio de 2016

Real Ariquemes volta a enfrentar a única equipe que lhe derrotou

São quase 90 dias da última e única derrota do Real Ariquemes, no presente campeonato. Exatamente no dia 5 de março o time comandado por Paulo Shardong perdia para o Genus por 3 a 0 no Aluizão, embaixo de um toró sem precedentes. 

O chamado jogo dos seis pontos, enquanto o Real tem 5 pontos e o Genus tem 4 pontos, quem ganhar assume a ponta de classificação. O Real daquela equipe que estreou para esta de hoje à noite, está bem modificada. Tem o goleiro Rocha em plena forma e o meia-atacante Lucas Andrade jogando o fino da bola.

Um grande desfalque ainda para o rubro-negro de Ariquemes, é a falta justamente do comandante Paulo Shardong no banco de reservas - apesar do pagamento da taxa aplicada pelo TJDF-RO -, o treinador ainda vai cumprir os 60 dias de suspensão por infringir o Art. 223 do CBJD.

Já o Aurigrená que vem de uma goleada por 5 a 1 frente ao Rolim de Moura, tem novidades: Claudemir Pontin, que andava meio capiongo, já pode abrir o sorriso de sempre pois terá a volta de dois titulares que estavam entregues ao DM; outra novidade é a provável manutenção do esquema tático empregado contra o Rolim.

Prováveis escalações

Real Ariquemes (4-4-2) Rocha; Pablo, Miranda, Corbari e Eduardo; Karlinhos, Tom, Edmilson e Lucas Andrade; Rony e Figurinha. Téc: José Luiz Matos
SC Genus (4-4-2) Tiago; Guarate, Luiz Alves, Juninho e Júlio Cesar; Vitão, Fernandinho, Rob e Alex; Wellington (Pemaza) e Tcharles. Téc: Claudemir Pontin

Arbitragem

Jonathan Antero com: Célio da Silva(1), Edilson Soares(2), Maicon Pessoa(4º) e o delegado do jogo, o Sr. José Carlos Sana - o quinteto todo de Ariquemes.


segunda-feira, 23 de maio de 2016

C.A. sorteia os árbitros para a 5ª rodada

O sorteio que apontou os árbitros e assistentes que irão atuar na 5ª rodada do 2º turno do Campeonato Rondoniense FFER-Eucatur aconteceu na segunda-feira pela  Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (C.A/FFER), com a participação do  Técnico em Eletrônica Francisco Alvino de Moraes, e do Superintendente da FFER, Almir Belarmino Caetano.
MORUMBI E ROLIM
Esmerindo Ferreira será o árbitro da partida entre Morumbi e Rolim que será disputada neste sábado, às 16 horas, no estádio João Saldanha. Os assistentes serão Reginaldo Alves e Gilmar Holanda. O quarto árbitro será Alex Jenifer
JI-PARANÁ X GENUS
Para o jogo entre Ji-Paraná x Genus, o árbitro sorteado foi Sidnei Pereira, auxiliado por Claudio Márcio e Anderson Denny. Caio Cazuza será o quarto árbitro da partida que começa às 19 horas deste sábado, no estádio Biancão.
RONDONIENSE X REAL
O jogo entre Rondoniense x Real começa às 19 horas deste sábado no estádio Aluízio Ferreira. O árbitro sorteado foi Fledes Rodrigues que será auxiliado por Edilson Soares Falcão e Celio da Silva. Álvaro Araújo será o quarto árbitro da partida. 
ARIQUEMES X GUAJARÁ
A rodada encerra-se com o jogo entre Ariquemes x Guajará que tem início para as 17 horas, no estádio Gentil Valério. O árbitro Jonathan Antero foi o sorteado tendo como assistentes Davi da Silva e Edilson Soares. Maicon Pessoa será o quarto árbitro do jogo.
Fonte: Paulo Ricardo/FFER

Tocha Olímpica em PVH vai faltar condutores

A Tocha chega dia 22 de junho em nossa capital, o percurso por onde ela passará será cerca de 40 km. Ao todo, 165 pessoas vão se revezar para conduzir a Tocha.

Aqui está o erro cara-pálida

Ora, 40 km dá 40.000 metros. Se cada condutor percorre 200 m então serão necessários 200 pessoas, entre atletas, educadores e personalidades históricos da capital. Teremos portanto uma defasagem de pelo menos 35 condutores - ou alguém vai correr mais de 200 m -, será que teremos políticos todo de branquinho e de bermuda? 

Sei não, a conferir...

Decisão do 2º turno pode dar dois do interior

Calma, não estou afirmando. Mas com a empolgação do Guajará EC que assumiu a liderança do turno na 4ª rodada, vocês acham que pode ocorrer uma final de turno sem Genus e RSC. Em futebol tudo é possível, porém, entendo que o Guajará não chega. Outro que complicou-se foi o Periquito - aliás, sem querer ser exigente demais -, Genus e RSC chegaram à final do 1º turno, e era para repetir neste 2º.

Com os resultados deste final de semana: Ji-Paraná 1 x 1 Real, Genus 5 x 1 Rolim, Guajará 1 x 0 Morumbi e Ariquemes 1 x 1 RSC. A classificação dos quatro que o blog acha que deve chegar, os pontos, número de jogos e saldo de gols é:

1º) Guajará com 7pts 4j e saldo de -2
2º) RSC com 6pts 4j e saldo de +5
3º) Real com 5 pts 3j e saldo de +2
6º) Genus com 4pts 2j e saldo de +4

As chances de cada um - C(casa) e F(fora).

Guajará 1C (Jipa), 2F (Ariquemes e Genus)
RSC 1C (Real), 2F (Rolim e Morumbi)
Real 3C (Genus, Morumbi e Rolim), 1F (RSC)
Genus 3C (Morumbi, Ariquemes e Guajará), 2F (Real e Jipa)

No 1º turno para chegar à final, as duas equipes conseguiram: Genus (18pts) e RSC (17pts), neste 2º turno somente o Genus pode chegar a este número, já tem 4 pontos e disputa ainda 15. Iremos ter um 2º colocado com número de pontos menor do que o 2º colocado do 1º turno.

Bem, façam seus cálculos e as duas equipes da capital não podem nem pensar em vacilos, como fez o RSC contra o Ariquemes FC no Valerião.

domingo, 22 de maio de 2016

RSC entre trancos e barrancos continua invicto

São 02h30 do domingo 22 de maio, daqui a pouco precisamente às 17h o Rondoniense SC entra em campo para enfrentar o Ariquemes FC em jogo válido pela 4ª rodada do estadual-16. Desde a quinta-feira(19), que este blogueiro tenta saber qual a programação da equipe, quem viajou, que horas a delegação saiu de Porto Velho.

Sinceramente nunca pensei que um time tão novo, tão promissor, já campeão do 1º turno, com uma mão na taça final - já é na pior das hipóteses vice campeão -, fosse se destrambelhar deste jeito. Mil desculpas ao amigo Tadeu - que é o verdadeiro dono daquela joça -, mas é preciso tomar as rédeas do Periquito logo, logo.

É um pessoal sem interesse, parece que não estão nem ai. Na quarta-feira(18), por ex. o presidente Ailton disse no ar no Programa de Esportes da Rádio Globo, que o time viajaria no domingo pela manhã, no mesmo dia do jogo. No outro dia, vem outro diretor e me disse que realmente a grana está curta mas o time iria no sábado para pernoitar em Ariquemes.

No sábado o jogo entre Ji-Paraná e Real, o resultado favorece ao RSC. Com o empate, ambos chegaram aos 5 pontos, quer dizer um empate do RSC contra o Ariquemes ele continua na frente, se não houver vitória no clássico em Guajará.

E falando em invencibilidade nosso Periquito do Ulisses Guimarães, continua entre as três(3) equipes do Brasil neste ano que não sabem o que é derrota, são elas: Luziânia(DF), Vasco da Gama(RJ) e RSC(RO).

Para ficar bem claro: todos os atletas do RSC, todos eles me atendem maravilhosamente bem. O problema está na comunicação, o site do clube a última postagem foi no dia 12 de maio. A fanpage tá mais atualizada, dia 15 de maio. 

Acorda gente! Estamos em pleno século 21

Genus compre 3 e leve 5

Sabe aquelas propagandas de supermercados, que muita gente às vezes nem entende: compre 2 e leve 3, às vezes até enganosas. É, mas quem não enganou hoje foi o ataque do Genus; Wellington(2), Pemaza(2) e Tcharles(1), os três atacantes do Genus que enfiaram 5 a 1 no Rolim de Moura, jogo valendo pela 4ª rodada do estadual à noite deste sábado(21) no Aluizão.

E ainda falando de números, podemos dizer que o Pontin está finalmente encontrando um novo modelo tático para o aurigrená. Saindo do manjado 3-5-2 para um inicial 4-4-2 e terminando o jogo de hoje num 4-3-3. Agora tudo isso, um 5 a 1 contra uma equipe raçuda que exigiu um pouco de suor do Genus e, somente 63 pagantes. Perai! Nem a batucada hoje eu vi, se puxar pela memória nem o Evaldo eu vi no estádio.

Agora falando nos esquemas, eu vi o 4-4-2 assim: Guarate, Vitão, Luis e Juninho; Xana, Fernandinho, Tuti e Rob; Wellington e Tcharles. Com este esquema foi construído 2 a 0 no primeiro tempo. Na segunda etapa quando foram feitos mais três(3) gols, o time terminou no 4-3-3, vejam: Guarate, Vitão, Luis e Juninho(Carlinhos); Xana, Fernandinho(Marquinhos) e Rob; Tuti(Pemaza), Wellington e Tcharles.

O que fez Pontin com a entrada de Marquinhos na vaga de Fernandinho, levou o Guarate para a lateral esquerda e, com entrada de Pemaza na vaga de Tuti ele deixou o time com três atacantes. Interessante essa formação final. Porém, sabemos que Julio Cesar e Alex estão quase voltando, ou seja, tá hora da volta dos zuadentos da T.O.G.

No geral, gostei da maneira de encarar um time - repito - muito vontadoso, com o baixinho Sandrinho o maestro da equipe de Rolim, sem ser violento. O Genus, a surpresa foi a estreia do barbudo Tuti sabe jogar, inteligente e vai dar alegrias ao Aurigrená. Outro que não perde o pique é esse volante Xana, tanto faz jogar contra uma Ponte Preta como outro time na Chácara do Cabral - a seriedade é a mesma.

A parte física, onde o time vinha se ressentindo nas últimas apresentações hoje deu pra ver que já correu mais - somente o Rob até pelo esforço a mais, vi sinais de cansaço -, parabéns ao time que já chega a 4 pontos em dois jogos - em seu devido lugar.


sábado, 21 de maio de 2016

RCP - Rondônia Clube Paralímpico traz na bagagem mais duas medalhas Internacional

Isso mesmo, temos o Mateus Evangelista que hoje já é cidadão mundial em termos de paratletismo. Agora mais dois rondonienses escrevem seus nomes internacionalmente, trata-se de: Alisson Silva e Kesley Josuá - o primeiro Bronze nos 400m  T36 e Kesley também Bronze nos 100m T13 - ainda tivemos o Wágner Tenório que ficou em 6º nos 100m T36.

Vale salientar que o Open Paralímpico Internacional de Atletismo, foi realizado na cidade do RJ no Estádio Olímpico do Engenhão, participaram 316 atletas e 36 países estrangeiros. Para se ter uma ideia do grau de dificuldade, na prova do Alisson o ouro ficou com o russo Andrew e a prata com o argentino Diego.
(Álisson de Rolim de Moura para o Mundo, 3º lugar - créditos Silvio Carmo)

Parabéns!!!

Ele está de volta às pistas

O rondoniense Mateus Evangelista está de volta às pistas de atletismo, e como sempre subindo ao pódium. Ele foi o grande destaque do Open Internacional Caixa Loterias de Atletismo Paralímpico, no Estádio Engenhão no Rio de Janeiro.
(Rondoniense Mateus Evangelista, ouro nos 100m - créditos: CPB)

Nesta quarta-feira, próxima passada nosso "menino de ouro" conquistou a medalha dourada nos 100m rasos da classe T37 (atletas com paralisia cerebral. A competição serve de evento-teste para os jogos Rio-2016. Ah, e o tempo cravado por Mateus foi de 11s73 o quarto melhor do mundo nesta temporada.

Fonte: Comunicação do CPB/Ivo Lopes

Genus de cara nova, encara o Rolim

Clima de sexta-feira, com tarde de sol a pique o Aurigrená enfim teve uma semana bem produtiva. Começou com mudança de Preparador Físico - saiu Marcelo Nogueira e entrou Guido Quêtto -, uma partida na quarta-feira contra o Morumbi, este não deu as caras. Enfim, problema do Morumbi.

O certo é que alguns atletas que estavam entregues ao Deptº Médico, já voltaram a treinar como o caso de Julio Cesar e Xuxa - mas não jogam neste sábado -, aliás pelo que esboçou o time para este jogo contra o Rolim, teremos novidade.

A provável onzena que pisa o Aluizão às 19h deste sábado,21, será: Tiago Rocha; Guarate, Luiz, Vitão e Juninho; Xana, Fernandinho, Tuti e Rob; Tcharles e Wellington. Novidade, a estreia de Tuti.

Já o Tigre da Zona da Mata, deve entrar em campo sem Robson Lino que jogou contra o Guajará, quando o time perdeu em casa por 2 a 0. Esta a provável escalação do Rolim: Juan; Otávio, Madson, Aderson e Márcio Barreto; Francisco, Diego Augusto, Adriano e Alexsandro; José Luis (Davi) e João Vitor.

Arbitragem será de: Jonathan Antero com; Edvan Ferreira(1), Reginaldo Melo(2) e Fledes Rodrigues será o 4º árbitro.

A rádio globo AM 1310 transmite o jogo, a partir das 18h15 o timaço entra em campo com a seguinte formação
(Foto: crédito/Fabiano do www.newsrondonia.com.br)

sexta-feira, 20 de maio de 2016

Everton e Max, atletas de Ariquemes e Guajará estão "livres" para jogar no domingo

Na 7ª sessão de julgamentos realizada à noite de ontem quinta-feira,19, no Plenário do TJDF-RO. Três(03) processos foram julgados pela 1ª Comissão Disciplinar composta pelos auditores: Paulo Matos, Paulo Timóteo, Vitor Emanoel e Gardênia Guimarães.

Dos processos, dois envolviam atletas e um o Guajará EC - os atletas foram penalizados com um jogo de suspensão, e já cumpriram -, enquanto o clube fora absolvido.

quinta-feira, 19 de maio de 2016

Mudanças que devem ocorrer na tabela do Estadual-2016

Com as estreias de RSC e SC Genus na 4ª divisão do brasileirão, no dia 12 de junho algumas mudanças serão necessárias na tabela do estadual.

Veja

Na 7ª rodada do estadual está marcado
Dia 11/06 Genus x Guajará
Dia 11/06 Morumbi x RSC

No dia 12 de junho pela Série D

1ª Rodada: Genus x Nacional-AM no Aluizão
e S. Raimundo(PA) x RSC no Colosso do Tapajós

Finais do 2º turno estadual
Dias: 18/06(sábado) e 22/06(quarta)

No dia 19 de junho pela Série D

RSC x Naútico(RR)
Trem(AP) x Genus

Finais do Estadual - se houver
Dias: 26/06(dom) e03/07(dom)

No dia 26 de junho pela Série D
Genus x Atlético(AC)
Rio Branco(AC) x RSC

Agora, passem adiante!!!

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Morumbi não veio e foi perdoado duplamente

Sinceramente muita coisa acontece neste amado futebol nosso de cada dia, que não dá pra entender: como é que um time sabe que seu jogo fora mudado a data há uns 15 dias atrás e não toma providências quanto ao seu deslocamento;

Ai vem o lado da FFER e tinha que tomar providências, sim; espera até os 45 minutos do 2º tempo e publica uma portaria cheia de considerandos - três no total -, inicia com o Deptº de Competições e quem assina é o Superintendente da mentora.

E onde o time foi perdoado duplamente cara-pálida?

1º) com fundamento no art. 16º do regulamento geral das competições; no parágrafo 1º deste artigo fala que o jogo terá que ser realizado no outro dia; e

2º) remarcar o jogo para o dia 31 de maio às 19h - ou seja, uma terça-feira, na hora da Voz do Brasil -,e deu mais 13 dias para ver se os nobres dirigentes do Morumbi irão lembrar-se e mandar um ofício para a empresa que transporta o futebol de RO.

Haja paciência!!!

Acompanhe aqui a Portaria emitida pela FFER

Morumbi chega ou não para pegar o campeão

Agora são 16h55 na capital rondoniense. Parece até abertura da Voz do Brasil, mas o problema é o seguinte: notícia ruim corre mais do que a luz, e desde às 15h o que se ouve falar é que o Morumbi não chegou, podendo o jogo de logo mais às 20h ser suspenso ou adiado.

Bem, até 2(duas) horas antes da bola rolar poderá ser adiada pelo Delegado do jogo, este encaminhará sua decisão ao árbitro. Um detalhe: se for adiada pelo Delegado do jogo, esta partida deverá ser marcada para o dia seguinte.

E se chegar até o árbitro, ou seja, não houver o comunicado oficial do delegado do jogo. Ai cabe ao árbitro decidir: adiar, interromper ou suspender uma partida.

Somente o árbitro faz quando ocorrerem

1) falta de garantia
2) mau estado do campo
3) falta de iluminação
4) conflitos ou distúrbios graves no campo entre torcidas
5) procedimento contrário à disciplina por parte dos dirigentes

O Blog neste ínterim de 15h até 16h30, foi apurar e manquem: a equipe do Morumbi que já sabia da mudança desse jogo, dessa data há uns 15 dias atrás - somente hoje(18/05) pela manhã foi que mandou ofício para Assis Neto gerente operacional e filho do Senador Acir Gurgacz - solicitando ônibus para transportar a equipe de Guajará-Mirim para Porto Velho.

Isso mesmo, a empresa é organizada. O Gerente por mais boa vontade que tivesse, não poderia deslocar um ônibus de PVH até Guajará pela manhã e de lá pra cá.

Resultado: eu ainda acredito que eles devem ter vindo, vamos esperar mais um pouco pela definição ofical do Delegado do Jogo.

Umas e Outras também fala de Cultura Musical, e esse rondoniense vale a pena acompanhar

Bado lança DVD “Mundos 50 anos” com show musical No Quintal


O cantor, compositor e instrumentista, Bado, lança no próximo dia 25 de maio (quarta-feira) o DVD musical “Mundos 50 anos – Bado e amigos”. O lançamento acontecerá na casa de cultura Ivan Marrocos com o show musical “No quintal”, tendo o início previsto para às 20 horas com entrada gratuita. Vários artistas que participaram do show de gravação do DVD já confirmaram presença e devem realizar apresentações no lançamento.
(Bado - créditos Ronaldo Nina/facebook)

O Show musical No Quintal aporta-se num lugar, onde os mitos e costumes compõem as histórias fincadas no barranco do tempo e do espaço de um povo que vive a cultivar os valores culturais contidos no quintal da Amazônia, misturando no universo das canções o ritmo, a prosa e a poesia, revelando os mistérios da terra que habita todos os sons e tons de um lugar onde a lamparina acende o pavio da vida no mundo da arte e da música.

No quintal aproxima através da musica e da poesia o universo do compositor recolhido às lembranças de mundos vividos na infância. Num lugar por onde a flora concreta fez sua morada abrigando no terreiro da floresta a seiva da selva que sob horizontes e fronteiras invoca o som de passarada para unir num só canto a voz da raça humana mana manauara que spalla natureza e outras canções de um tempo que ficou p’ra trás mas que ainda vive na memória dos meninos no quintal do maneirismo caboclo e beiradeiro de uma gente que canta o florescer da vida na primavera.

O projeto No quintal apresenta mais um roteiro musical, misturando composições autorais do musico e compositor Bado com outros parceiros locais e da região, visando além do intercâmbio cultural, difundir a linguagem musical produzida no universo sonoro amazônico.

O show No quintal é composto pelos músicos: Bado (voz e violões); Mauro Araújo (teclado); Junior Lopes (Bateria); David (sax e flautas); Ronald Vasconcelos (guitarra) e Paulo Araújo (Baixo). O show esta sob a produção executiva de Benedita Nascimento, direção musical de Bado e Ronald Vasconcelos, o cenário de Ismael Barreto, tendo como arte finalista, Edilson Ximenes (Bola).

Esta produção conta com o apoio cultural do Banco da Amazônia (Governo Federal), SEJUCEL (Governo do Estado), Casa da Cultura Ivan Marrocos, SINTEL e SINTERO.

Autor: Edgar Melo

terça-feira, 17 de maio de 2016

Túlio Nells Sobreira apita Genus x Morumbi, nesta quarta(18)

Em sorteio realizado no dia 25 de abril, ainda para a primeira rodada do segundo turno o jogo entre SC Genus e Morumbi, a escala ficou definida como abaixo. Mesmo que o jogo não tenha sido realizado no dia 3 de maio como previsto - O Genus galgou a segunda fase da Copa do Brasil - e, por isso a partida será realizada amanhã quarta,18.

A escala completa é esta

Jogo: Genus x Morumbi
Data: 18/05/2016 às 20h - Aluizão
Motivo: 1ª fase do 2º turno
Árbitro: Túlio Nells Sobreira
Á.A.01: Reginaldo Alves Melo
Á.A.02: Edvan Ferreira Alves
4º Árb.: Servilio Patricio

Ele está de volta!

Até que a proposta foi boa por parte do Ariquemes FC. Mas, nesta manhã de terça-feira(17), Tiago Batizoco estará de novo comandando o Galo da BR, na verdade ele está visitando parentes no município chamado "Coração de Rondônia" e, na segunda-feira(16) houve contato com ele. A resposta foi: "estou em negociação com outra equipe, não faço reunião com equipe que ainda está com treinador", esta a resposta de Tiago Batizoco.
(Tiago Batizoco penúltimo da esq/dir - reprodução facebook)

A proposta do enviado pela diretoria do Jipa foi: "à noite haverá reunião com relação à permanência do técnico Da Costa, na verdade foi oferecido ao veterano colaborador do time que trabalhe como auxiliar técnico de Batizoco".

No momento de fechar esta postagem o Blog não conseguiu falar com mais ninguém de Ji-Paraná, mas em termos de assinatura de contrato estava em 98% o acerto do comandante campeão em 2011 com este mesmo Jipa de forma invicta na 2ª divisão. Em 2012 participou da montagem e comandou o Galo da BR(quase o campeonato todo), que levantou o caneco ao final do campeonato.

Boa sorte!!! 

Profº Guido Quêtto chega para dar um gás a mais ao Genus

O preparador físico do SC Genus Marcelo Nogueira, que estava no clube Aurigrená desde o ano passado acabou desligando-se do clube. De imediato a direção do SC Genus entrou em contato com o Profº Federal Guido Quêtto, na tarde de domingo(15).

Guido Quêtto, apesar de formação superior tão novo, já é um "veterano" em equipes da capital: Cruzeiro EC, Moto EC, Santos os meninos da vila, atualmente exerce sua profissão de Docente em nível superior e, está cursando Mestrado na área de Educação. Seu trabalho mais recente em clube de futebol foi no incipiente e já campeão do 1º turno RSC.
 (Guido Quêtto, segundo da esq/dir: créditos Naldo Dias)

(Guido Quêtto, camisa aurigrená: créditos Naldo Dias)

A apresentação do profissional ocorreu à noite desta segunda-feira(16). Presente em termos de imprensa esportiva somente a equipe da Rádio Globo 1310 AM, com Naldo Dias que cobre oficialmente o time Aurigrená.

Guido Quêtto após os trabalhos no Aluizão esteve reunido com o departamento médico da equipe, à frente o competente médico Dr. Serbino e o Fisioterapeuta Tiago - meta agora é trabalhar o Psicológico e, logicamente deixar o time na ponta dos cascos -, uma novidade segundo Guido: "Dr. Serbino está adquirindo um aparelho de Fisiologia".

Este aparelho já faz parte de alguns departamentos de clubes das divisões de elite: "ele consegue detectar o cansaço muscular, ou se o atleta está propenso a uma micro-lesão com antecedência".

Enfim, senti o Profº bem empolgado!

ÁRBITROS E ASSISTENTES SORTEADOS PARA A 4ª RODADA DO 2º TURNO

O sorteio que apontou os árbitros e assistentes que irão atuar na quarta rodada do 2º turno do Campeonato Rondoniense FFER-Eucatur aconteceu na segunda-feira, no auditório do Tribunal de Justiça Desportiva, com a participação do presidente do Sindicato dos Árbitros de Futebol de Rondônia, Paulo Pereira, e do radialista José Lima. O presidente da Comissão de Arbitragem da FFER, Leandro Bratti, destacou a importância do trabalho dos árbitros e assistentes que chegam a mais uma rodada da competição de forma segura e respeitosa. 
GENUS X ROLIM
Jonathan Antero será o árbitro da partida entre Genus e Rolim, disputada neste sábado, às 19 horas, no estádio Aluízio Ferreira. Os assistentes serão Edvan Ferreira e Reginaldo Alves. O quarto árbitro será Fledes Rodrigues.                  
JI-PARANÁ X REAL
Para o jogo entre Ji-Paraná e Real, o árbitro sorteado foi Jonas Kuhn, auxiliado por Edson Paulino e Anderson Denny. Caio Cazuza será o quarto árbitro da partida que começa às 19 horas deste sábado, no estádio Biancão. 
GUAJARÁ X MORUMBI
O clássico da rodada será entre Guajará e Morumbi, que começa às 16 horas deste domingo no estádio João Saldanha. O árbitro sorteado foi Arnaldo Figarela que será auxiliado por Alex Jenifer e Florencio Massary. Esmerindo Ferreira será o quarto árbitro da partida.
ARIQUEMES X RONDONIENSE
A rodada encerra-se com o jogo entre Ariquemes e Rondoniense que tem início para as 17 horas, no estádio Gentil Valério. O árbitro Maicon Pessoa foi o sorteado tendo como assistentes Célio da Silva e Edilson Falcão. Jonathan Antero será o quarto árbitro do jogo.
Autor: Paulo Ricardo

Coletivo apronto do Barça Sub-20, com a presença do multicampeão Mário Rocha

Coletivo apronto do Barcelona FC nesta sexta-feira(20), no Portal da Amazônia eis que aparece por lá; a lenda o multicampeão do estado gole...