domingo, 28 de fevereiro de 2016

Lançamento oficial do Rondoniense 2016, patrocinador máster surpreende

Qual o evento desportivo que reúne à mesa de convidados: um senador da república, um deputado estadual, um vereador, um secretário estadual de esportes, o presidente da federação e um empresário do maior quilate na área de transportes, assim como um alto executivo do setor de comunicação. Claro que este evento só podia ser na área do futebol.
(Dept. Airton Gurgacz)

Falo da composição da mesa de convidados nesta noite de sábado(27), no hotel villa rica em Porto Velho, para o lançamento do XXVI campeonato de futebol profissional em Rondônia. A bola rola oficialmente no dia 5 de março, mas podemos considerar que após a fala dos convidados e pela presença maciça de membros da imprensa esportiva, assim como da maioria dos clubes, o campeonato vai ser "pauleira".

Da fala dos presentes vou destacar três, e deixar a mais alvissareira (como diria um amigo), a mais interessante por último. A sequência não há o menor peso ou maior peso, simples questão de ordem.

Rodnei Paes (Secretário da Sejucel) - destacou as obras de reformas feitas pelo governo Confúcio nos estádios Biancão e Aluizão; falou também da verba de mais de R$ 500 mil via ALE para dividir entre as 8 equipes.

Heitor Costa (Presd. FFER) - falou sobre as realizações dos 25 campeonatos anteriores, nenhum chegou a ser disputado o título em "tapetão". Agradeceu a parceria que já está consolidada com a Eucatur nestes 1/4 de século, e agora em 2016 como máster.

Heitor afirmou que fez uma parceria com a própria CBF para que eles cobrissem a taxa de arbitragem. Alguma despesa tal como: seguro-pessoal e encargos os clubes irão arcar com esse valores - mas pensando bem a taxa de arbitragem já pesa no bolso.

Assis Gurgacz Neto (Dir. da Eucatur) - primeiro destacar a jovialidade do mesmo e já acompanhado de um DNA que vem cooperando desde o 1º campeonato em 1991 - época em que o Assis citado ainda estava nos cueiros -, lá pelas bandas de Ji-Paraná.

Pois bem, e o que o jovem mancebo anunciou cara-pálida. O seguinte, torcedor da capital que queira ir ver por exemplo: Guajará EC x Rondoniense SC, ele vai até o guichê na rodoviária e diz - quero uma passagem ida e volta à Guajará-Mirim e o ingresso do jogo, isso tudo com 50% de descontos no valor da passagem. Legal né!
Equipe Raio X Esportivo)

sábado, 27 de fevereiro de 2016

SC Genus recebe o consórcio SIM de braços abertos


A diretoria do Sport Club Genus firmou mais uma parceria importante para toda a temporada 2016. O transporte urbano dos jogadores e comissão técnica será feito pelo consórcio SIM (Sistema Integrado Municipal). Todo o deslocamento dos atletas para treinos, academia e jogos será feito pelo consórcio.
(Créditos: Deptº de Marketing do Genus)

A diretoria do Genus agradece a disponibilidade e o compromisso do SIM com o maior da capital, que representará Rondônia na Copa do Brasil e Copa Verde 2016.


Fonte: Deptº de Marketing/Álisson Albino

Essa é de primeira, aliás duas: camisa oficial do RSC e mais uma contratação

Madrugada deste sábado(27), faltam somente oito(8) dias para a bola rolar oficialmente pelo XXVI campeonato rondoniense de futebol. E lá pelas bandas  do Ninho do Periquito, novidades é o que não falta, vamos a elas:

Já estão prontas as camisas que o time estreará dia 5 de março, em Guajará-Mirim contra o próprio Guajará. O segredo estava à sete chaves, mas o Blog serve pra isso mesmo. Faltava o patrocinador máster, aquele que vem bem no peito do atleta. Problema resolvido, vejam como ficou.


A outra novidade fica por conta da contratação do volante Quintino, um atleta bastante conhecido no futebol nortista e em especial do estado de Rondônia. Quintino destacou-se naquele jogo-treino do Rondoniense contra o Solimões, tendo atuado os 90 minutos e um atleta que se cuida muito.
(Quintino de camisa branca - foto: reprodução do facebook)


sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Atividades do campeão rondoniense para esta sexta-feira(26)


Hoje pela manhã os jogadores estão de folga, já pela tarde o grupo irá até Itapuã, para trabalho com bola no estádio municipal da cidade. A chegada a Itapuã está prevista para as 16h00, retornando por voltar das 18h30.






SPORT CLUB GENUS DE PORTO VELHO

DEPARTAMENTO DE MARKETING
Álisson Albino
(69) 9911-3264 | (69) 9303-2530 | (69) 8402-0898

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Estádio Aluizio Ferreira, falta uma peinha de nada para terminar a reforma

Tarde de quinta-feira(25), como estou fazendo quase todos os dias - aliás, estou andando mais no estádio Aluizão do que o Sr. Pedro Beletti -, pois bem, vi uma movimentação diferente ali na frente do estádio, dois carros pretos daqueles próprios de transportar autoridades. O faro da notícia foi mais longe.

Desço do meu carro, preparo o celular para registrar umas fotos e consigo. Consigo pegar, o chefe da casa civil Emerson Castro e o próprio mandatário maior do estado Confúcio Moura, ambos de costas mas vale o registro. Isso sem contar com outras autoridades que vou enumerar e gente bonita da área da comunicação do governo.
(Lá no fundo: Emerson de camisa branca e Dr. Confúcio Moura de paletó)

Outro fato que chamou atenção, a roupagem bonita do velho Aluizão. Diria eu, e até acompanhando o blogueiro Confúcio Moura, que falta uma peinha de nada para o estádio ficar pronto. Talvez uma letra - enquanto uns dizem que o nome do estádio tem a palavra Olímpico, e escrito Aluisio com "s", outros confirmam aqui no Blog que o nome é Aluízio com "z".
(Aluizio ou Aluisio Ferreira)

Com relação aos refletores, o secretário Rodnei Paes que estava lá também confirmou a este cabeça-chata o seguinte: terça-feira(1º), chega uma carrada contendo todas as luminárias novinhas em folha. Falha, existe o plano B - que seria a colocação das antigas lâmpadas, para o jogo de abertura do estadual dia 5 de março -, mas dia 9 o SC Genus joga contra o Rio Branco-AC, com refletores equivalente ao astro Sol às 20h30.
(Rodnei Paes - Sejucel; eu, Edna Kobayachi e Mendes - Decom)

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Rondoniense-2016 tem lançamento oficial sábado(27)

Acuso e agradeço o recebimento do convite do lançamento oficial do XXVI Campeonato Rondoniense de Futebol Profissional/Eucatur 1ª Divisão. O local do evento será o Hotel Vila Rica, com início às 18h30.
(Créditos: Gabinete da Presidência - Sr. Leandro Bratti)

Série D 2016: 15 das 40 vagas já preenchidas


- Águia de Marabá/PA (rebaixado série c 2015)
- América/PE (via estadual 2016)
- Aparecidense/GO (via estadual 2015)
- Caxias/RS (rebaixado série c 2015)
- Central/PE (via estadual 2016)
- Fluminense de Feira/BA (via copa estadual 2015)
- Goianésia/GO (via estadual 2015)
- Icasa/CE (rebaixado série c 2015)
- Madureira/RJ (rebaixado série c 2015)
- Maringá/PR (via copa estadual 2015)
- Nacional/AM (via estadual 2015) 
- Portuguesa/RJ (via copa estadual 2015)
- Santos/AP (via estadual 2015)
- São José/RS (via copa estadual 2015)
- Tocantinópolis/TO (via estadual 2015)
(Créditos: MoWA Sports)




terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Ariquemes FC: os últimos serão os primeiros

Essa parábola do título acima está na Bíblia, em Mateus 20:16. Na verdade estou trazendo aqui, para enaltecer o trabalho feito pelo pessoal do Ariquemes FC, à frente o técnico Pery Santana. Era nítida a preocupação com o time do Fuscão, que até hoje somente se conhecia o comandante e nada mais.
(Foto: Divulgação)

Porém, hoje ouvi do amigo Jota Lima que o time do vale do Jamari já conta com 20 atletas, os quais passo a enumerar: Abimael (volante), Romero (goleiro), Reginaldo (volante), Tiago Santana, Everton, Teófilo, Paulo Geovane, Narciso, Russo, Elson, Juarez, Jhonthan (cat. base), Everton (ex-Paraná), Diogo Corsino (ex-Paraná), Natanael(cat. base), Douglas (fut. paraibano), Alexandre e Renato (ex-José Bonifácio). 

Fonte: J. Lima

Raio X do Futebol: em 2015 somente um atleta no Brasil faturou R$ 500.000,01

A Diretoria de Registro e Transferência da CBF modernizou sistemas, agilizou processos e normatizou o mercado de intermediários. Um dos resultados desse trabalho é o Relatório DRT 2015, um levantamento inédito, com números que ajudam a entender as atividades do setor e a realidade do futebol brasileiro.
Os dados deste documento foram divididos em três partes: registro, transferências e salários. Confira, abaixo, o terceiro pacote de números, considerando os valores registrados nos contratos de trabalho.
SALÁRIOS DOS JOGADORES
ATÉ R$ 1.000,00                                           23.238            82,40%
R$ 1.000,01 ATÉ R$ 5.000,00                      3.859              13,68%
R$ 5.000,01 ATÉ R$ 10.000,00                    381                 1,35%
R$ 10.000,01 ATÉ R$ 50.000,00                  499                 1,77%
R$ 50.000,01 ATÉ R$ 100.000,00                112                 0,40%
R$ 100.000,01 ATÉ R$ 200.000,00              78                   0,28%
R$ 200.000,01 ATÉ R$ 500.000,00              35                   0,12%
ACIMA DE R$ 500.000,01                                 1                     0,00%
TOTAL                                                            28.203
(*) Aqui vou eu: são 28.203 profissionais do futebol no Brasil, somente um atleta considerando o salário mínimo de 2015 em R$ 788,00 faturou sozinho em torno de 634 salários por mês. Quem foi?
Fonte: Assessoria CBF/Transparência

Rondoniense SC: 11 em campo e 11 no apoio

E a equipe do RSC fechou com seu 11º apoiador, trata-se do Sistema Integrado Municipal que disse SIM ao projeto bem elaborado do Periquito do bairro Ulisses Guimarães, tendo à frente o presidente Ailton Arthur.
(Foto: Divulgação)
Os 11 que entram em campo no dia 5 de março contra o Guajará, o técnico Ariel Mamede já tem em mente. É o primeiro ano de profissionalismo do Rondoniense SC por isso a ansiedade campeia. Segundo Welmer Bueno coordenador de futebol, não está descartado um jogo amistoso no próximo sábado(27).

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Relação dos Árbitros e Assistentes aprovados em Rolim de Moura

Vendo a ótima matéria no site da FFER sobre o desempenho dos testes dos árbitros e assistentes, neste final de semana em Rolim de Moura, uma coisa chamou atenção: "pelo menos 75% do quadro de árbitros e assistentes estão aptos para o início do estadual".

Ora, 75% já é um percentual ótimo. Mas, 75% de quantos? E ai a velha consulta ao diretor de arbitragens Leandro Bratti que, muito prestativo assim me falou: "Luis neste primeiro momento foram aprovados 10 árbitros e 10 assistentes". Fui buscar na matemática que 75% de X dá 20, então 27 fizeram os testes e 20 aprovados. Ótimo percentual - repito.

Ah, da capital somente o Álvaro Araujo foi aprovado. Fledes, Arnildo e Arnoldo(*) não fizeram os testes, devem fazer dia 27 de março juntamente com o Naldo Melo (esse assistente). O caso do Fledes, dia 26 agora de fevereiro irá fazer o teste CBF se passar já integra o quadro estadual também.

E quem são os 20? Nesta altura do campeonato já tinha perdido o contato com o Bratti, mas na foto abaixo vou tentar enumerar os que conheço. Lembrando que a relação oficial sairá logo, logo no site da FFER.
(Foto: créditos ffer)

Árbitros em pé da esq/dir: Esmerindo(guajará), Álvaro(pvh), Valmir(rolim), Jonathan(ariq), Lico(vilh), Maicon(ariq), Caio Cazuza(jipa), Jonas Kuhn(rolim) e Sidnei(jipa);
Assistentes agachados na mesma ordem: Adailton(espig), Pepeu(jipa), Anderson(jipa),.....,não sei, Célio(ñ), Falcão(ariq), .....,não sei, e Valdebrânio(vilh).

Alguém vai dizer - mas ai tem 16, sim quem falou em 20 foi o próprio Bratti.

(*) duas correções: 1) Arnoldo Figarela fez sim o teste e não foi aprovado, assim como Naldo e Edvan da capital e 2) os quatro(4) que não aparecem na foto, já não estavam no Cassolão.
Informações de Leandro Bratti, logo após a postagem.



Nacional(AM) ganha do Genus(RO) com placar magrinho

Este foi o quinto amistoso do Nacional FC. Sim, quatro vitórias e um empate. Mas, para uma equipe que vem se preparando a mais tempo que o Genus p. ex., uma equipe que manda buscar seus adversários com toda comodidade de fretar uma aeronave e levá-los a uma Arena de padrão Fifa. Pelo visto ainda não empolgou à torcida azulina, haja vista os resultados "magrinhos" e o público presente.

 Neste domingo(21), não foi diferente o Naça sob o comando de Heriberto Cunha, até iniciou o jogo com muita vontade é tanto que aos 4 min abriu o placar através do zagueiro Roberto Dias, após o levantamento de bola feito pelo ala Osvaldir. Aliás, o Genus anda falhando demais nessas bolas levantadas em sua área. Este 1 a zero do primeiro tempo, prevaleceu até os 86 min seguintes.

Ficha Técnica

Nacional FC 1 x 0 SC Genus
Data: 21/02/2016 às 16h15
Local: Arena da Amazônia - Manaus-AM
Motivo: Amistoso

Nacional

Roberto Gomes; Osvaldir, Fabiano(Vitor/Edson Rocha), Roberto Dias e Radar; Cal, Osmar(Hugo), Álvaro(Eusébio) e Charles; Rafael Silva(Thiaguinho) e Rodrigo Dantas(Thiago Verçosa). Téc: Heriberto Cunha

Genus

Tiago Rocha(Alisson); Guarate(Marquinhos), Juninho, Luiz(Leonardelli) e Julio César(Edson Bahia); Vitão, Fernandinho(Jean), Carlinhos(Dodô) e Alex(Luciano Mourão); Tcharles(Pemaza) e Welington(Rob). Téc: Claudemir Pontin.

Público: 893 Pagantes: 375 Não Pagantes: 518 Renda: R$ 4.560,00
(Foto: Divulgação)




domingo, 21 de fevereiro de 2016

Nacional x Genus é a grande pedida para este domingo(21)

Moro em Porto Velho desde 1992, portanto acompanho o futebol profissional desde 1993 em Rondônia. De lá para cá seja como bandeirinha (é o novo!), seja como cronista esportivo estou sempre pertinho da bola. E por que dessa introdução, tudo em virtude do momento que passa o futebol local.

Nessas mais de duas décadas presentes, claro que alguns anos foram de muita empolgação com equipes fortes tais como: Ariquemes, União Cacoalense, Jarú, Guajará, CFA, Ulbra, Genus, Palmares, Shalon, Ji-Paraná e VEC.

Quero fixar meus comentários em cima de três equipes: Ulbra que chegou assim como um meteoro, ganhou 2ª divisão, subiu para a 1ª e arrastou logo três competições seguidas; Em segundo lugar a equipe do VEC com cinco(5) conquistas, ganhou em 2005 depois fora atropelada justamente pela Ulbra. 

Com a extinção do meteoro Ulbra aí só deu VEC. A equipe foi definhando, atolada em dívidas com gestões ultrapassadas acabou perdendo o bi-campeonato ano passado, e resolveu ficar de fora neste 2016. A terceira equipe que citei, é o Galo da BR Ji-Paraná. Um clube que chega este ano aos seus 25 anos de vida e já tem tem 10 conquistas oficiais em seu currículo.

São 9 campeonatos da Série A estadual e UM na 2ª divisão, sem contar sub-20 que ai já é considerado Base. Pois digo pra vocês esse mesmo Jipa se continuar com o projeto que está sendo elaborado, deverá fazer frente a Genus e Rondoniense na capital assim como o Real Ariquemes.

Falei tudo isso, para agora entrar efetivamento no assunto do amistoso do Genus em Manaus daqui a pouco contra o Nacional. Ora, ora muita gente falando que é loucura do time da capital enfrentar uma potência como o Nacional.

Para quem vem de uma pré-temporada em Arapongas-PR, já enfrentou três equipes poderosas de lá, entendo que o momento melhor é este para agregar, para que o técnico Claudemir Pontin possa efetivar ainda mais os seus 11 que irão entrar em campo dia 5 de março pelo estadual rondoniense - 11 não, serão 22 guerreiros assim como se expressou o comandante para o programa raio x esportivo -, daqui a pouco trarei mais detalhes desse jogão de bola.
(Foto: créditos deptº de marketing do Genus)

Viviane Almeida e Juventude, tudo a ver

Quem encontro logo após o programa Raio x Esportivo, nesta noite de sábado(20), ela grande batalhadora dos times femininos de nossa capital. Falo de Viviane Almeida, nossa ilustre ouvinte e amiga. Conversa vai, conversa vem e ela me conta - acabamos de ganhar o título de campeão sub-18 no bairro JK -, e ai fui fazendo umas perguntas à nossa campeã, que resultou:
(Foto: créditos Ezielmo Rodrigues)

Você está no Juventude? Sim, e com um trabalho perfeito numa competição muito bem organizada, envolvendo sete(7) equipes, conseguimos hoje empatar em 2 a 2 com a equipe do Nova Geração, nos pênaltis nós ganhamos;
(Foto: créditos Ezielmo Rodrigues, Viviane 1ª a esquerda)

É o seu primeiro título à frente de um times masculino? Não, já fui campeã na Recopa Genus há uns três anos atrás com esse mesmo juventude, pela categoria sub-17. Saí me dediquei à Faculdade de Educação Física e, voltei agora bem mais preparada graças a Deus conseguimos;
(Foto: créditos Ezielmo Rodrigues)

Quando você fala; conseguimos, quem você agradece? Ah, do mais simples colaborador do Juventude até o presidente Luis Simplicio Rocha, que acreditou no meu trabalho e me deu essa nova oportunidade.

Qual teu time base Viviane? Do goleiro ao ponta esquerda: Carlos Henrique, Rafael(Tigrilo), Alemão, Marcos Euclides e Caique(Teco); Cleverson(Pit), Lucas Bitencourt, Luan e Felipe Rocha; Railan e Felipe Reis(inclusive foi o artilheiro); Negueba, Danilinho e Lucas Bezerra.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Fase final do Futsal Estadual com 18 gols marcados no Duduzão

São quatro equipes que chegaram à grande final do Futsal Estadual - duas de Porto Velho e duas de Ji-Paraná -, nesta sexta-feira (19) tivemos os seguinte jogos:

E o blog atualiza os resultados. No primeiro jogo a equipe do Mojuca, trouxe como reforço João Henrique e, apesar do nervosismo no início do jogo o Mojuca equilibrou a partida e, no contra-ataque conseguiu "matar" a boa equipe do Santa Rita fazendo 4 a 1.

Os dois times de Ji-Paraná chegaram praticamente momentos antes do primeiro jogo, às 18h estavam desembarcando em Porto Velho, para jogar às 20h e 21h30 respectivamente. E foi no segundo jogo que se viu a superioridade da equipe comandada por Marcelo do Dal Molin.

Final: Dal Molim 11 x 2 Laboratório Santo Antonio.

Neste sábado(20), jogam Mojuca x Dal Molim. Vitória nesse jogo a probabilidade desse vitorioso levantar o caneco é enorme. Enquanto Santa Rita x Santo Antonio, irão medir forças e até pensar na espiritualidade, qual santo é mais forte para ganhar e torcer pelo empate entre os dois da capital.
(Foto: reprodução do facebook)

Claudemir Pontin e Cabixi no Raio X Esportivo deste sábado(20)

O Programa Raio X Esportivo levado ao ar todos os sábados das 16h às 18h, pela Rádio Cultura FM 107,9 na capital rondoniense anuncia para este sábado(20) a presença do técnico campeão estadual do ano passado pelo SC Genus, Claudemir Pontin.

Também presente o artilheiro do estadual de 2015 Erivelton Lima, ou simplesmente Cabixi como ficou conhecido no meio do futebol o ilustre filho do município do cone sul de Rondônia.


Como foi realizada a pré-temporada do aurigrená, o elenco está do tamanho exato para encarar três competições a partir deste 5 de março. Serão questionamentos certos ao técnico Pontin.

Com relação a Cabixi: ao término do estadual, era sonho do diretor de futebol Mário Augusto contar com o artilheiro, e dai que Cabixi preferiu encarar o verdão do Cariri - Icasa de Juazeiro do Norte-CE -, chegou a participar de duas rodadas do cearense.

Porém, nem padim Ciço dá jeito no velho Icasa. Como está fisicamente Cabixi para encarar essa jornada.

Ouvinte pode participar através do facebook e da fan page  www.facebook.com/raioxesportivo/, ainda pelo telefone fixo 3219-1079 e pelo whats (69)9290-2790.

Uma Luz: 17 Integrantes e Uma Reforma no Futebol Nacional

A CBF iniciou, nesta quinta-feira (18), as atividades do Comitê de Reformas do Futebol Brasileiro. Os 17 membros se reuniram na Sala das Federações, no 4º andar da sede da entidade, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A primeira reunião tratou dos objetivos e da dinâmica de trabalho.
Foram definidos e apresentados os temas que serão discutidos no comitê. Já está no ar um site especial (hotsite) para participação da sociedade. Haverá documentos para consulta e espaço para envio de comentários e sugestões.
I. Reforma do Estatuto: Ajustes no Estatuto Social da Entidade que refletem a implantação de planos de ação de âmbito estatutário.
II. Código de Ética: Decisões acerca do conteúdo e do processo de fiscalização do futuro Código de Ética da Entidade.
III. Transparência e Conformidade: Disponibilização de informações e documentos da CBF, tais como, demonstrativos financeiros, políticas de patrocínio, Estatuto e Código de Ética, bem como a implantação de mecanismos de controle de aderência aos mesmos.
IV. Licenciamento e Registro: Decisões sobre registro e licenciamento de clubes nacionais.
V. Responsabilidade Social: Fomento das ações de responsabilidade social.
VI. Internacionalização do Futebol Brasileiro: Decisões sobre a estratégia de internacionalização da marca da Entidade e do Futebol Brasileiro, bem como a sua atuação no exterior.
VII. Impactos regulatórios e tributários: Elaboração de agenda propositiva para aprimoramento do arcabouço legal e tributário.
VIII. Futebol Feminino: Desenvolvimento do Futebol Feminino no Brasil.
IX. Categoria de Base: Desenvolvimento e fomento das categorias de Base do Futebol Brasileiro.
X. Tecnologia e Inovação no Futebol: Decisões sobre novas tecnologias a serem empregadas no âmbito do Futebol.
XI. Direitos dos Atletas e demais profissionais do Futebol: Temas diversos acerca dos direitos dos atletas do futebol, tais como pagamentos, previdência, condições de trabalho, entre outros.
XII. Direitos de Transmissão: Avaliação de alternativas em relação aos direitos de transmissão das competições.
XIII. Arbitragem: Estudo e proposição de alternativas para aprimoramento da arbitragem no Brasil considerando dentre outros aspectos de carreira, capacitação e tecnologia. 
XIV. Calendário do Futebol: Propostas de alternativas no calendário do futebol brasileiro e alinhamento com o cenário internacional.
XV. Formação, Capacitação e Intercâmbio: Desenvolvimento de programa de formação, capacitação e intercâmbio para profissionais envolvidos na cadeia de valor do Futebol.
XVI. Democratização e engajamento da Torcida Brasileira: Avaliar Propostas e alternativas que permitam maior participação da torcida (Seleção e clubes) no Futebol Brasileiro.
Os 17 integrantes do Comitê de Reforma são: Álvaro Melo, advogado especialista em esporte; Ana Paula Oliveira, diretora-secretária da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol; André Ramos Tavares, advogado especialista em esporte; Caio César Rocha, presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva; Carlos Alberto Parreira, treinador tetracampeão do mundo em 1994; Carlos Alberto Torres, capitão do Tricampeonato Mundial em 1970; Carlos Augusto de Barros e Silva, presidente do São Paulo Futebol Clube; Carlos Eduardo Pereira, presidente do Botafogo de Futebol e Regatas; Castellar Modesto Guimarães Neto, presidente da Federação Mineira de Futebol; Ednaldo Rodrigues Gomes, presidente da Federação Bahiana de Futebol; José Edmílson Gomes de Moraes, pentacampeão do mundo em 2002; Leomar Quintanilha, presidente da Federação Tocantinense de Futebol; Luiz Felipe Santoro, advogado especialista em esporte; Miraildes Maciel Mota (“Formiga”), jogadora da Seleção Brasileira de Futebol; Ricardo Roberto Barreto da Rocha, tetracampeão do mundo em 1994; Rogério Caboclo, diretor executivo de Gestão da CBF; Walter Feldman, secretário-geral da CBF.
– O futebol merece uma participação intensa da sociedade, de todas as pessoas que estão dispostas a contribuir com o crescimento. Ninguém tem sozinho a fórmula com as soluções para futebol brasileiro. É uma construção, um trabalho que está sempre em movimento e a criação do comitê é um importante passo nessa direção – afirmou o presidente do Comitê de Reforma do Futebol Brasileiro e secretário-geral da CBF, Walter Feldman. 
Os vice-presidentes do Comitê são Carlos Eduardo Pereira, presidente do Botafogo de Futebol e Regatas, e Edmílson, pentacampeão do mundo em 2002. O secretário será Luiz Felipe Santoro, advogado especialista em esporte.
O comitê se reunirá com frequência mensal, com algumas teleconferências quinzenais, e contará também com outras participações em grupos de trabalho, que vão desmembrar o debate sobre os temas específicos.
– Fui convidado e aceitei porque acredito que teremos resultados reais. Se é para fazer parte do Comitê de Reformas, vou participar de verdade, com críticas e sugestões sobre os assuntos que serão debatidos – destacou Carlos Alberto Torres, capitão do Tricampeonato Mundial em 1970.
(Foto/Créditos: Rafael Ribeiro-CBF)
Fonte: Assessoria-CBF

Rondoniense SC contrata atacante que foi destaque do Sub-20 de PVH

O ano era por volta de 2010/11, se minha trôpega memória não falhar. O nome do garoto, ah! Esse não dá pra esquecer; Lenno, isso mesmo ainda mais Rerison Lenno Vieira (salvou-se o Vieira), e não é que vingou mesmo o Lenno em questão para o futebol.
(Lenno é o 1º a esquerda - foto: reproduzido do facebook)

Depois de aparecer bem o raçudo atacante maranhense, pelas mãos do Prof. Ronald Lage, daí veio uma Copa São Paulo, clubes do interior do Paraná, Pimentense e Ariquemes de RO, por último estava em Goiás. O Blog tomou conhecimento que Lenno está treinando no Rondoniense SC, com amplas possibilidades de fazer parte do elenco do Prof. Ariel Mamede.

Ji-Paraná FC traz mais três e o quarto já agendado é um pé de coelho

E o jipa hein! Caminha com projeção de chegar à decacampeão, à noite desta quinta-feira(18) seu coordenador de futebol Maritaca anunciou a contratação de três excelentes atletas, e diz que vai trazer o quarto já apalavrado com o Galo da BR.

Os contratados são: Careca (atacante dos bons, irmão do Wanderson e estava fazendo gols na 3ª divisão do futebol catarinense), Douglas (zagueiro xerifão jogou, Pimentense e ano passado também pelo Ariquemes) e Lucas Andrade (não sei porque esse rapaz não foi lembrado pelos outros sete clubes), joga muito.
(Careca - foto: créditos ao Maritaca)

Lucas Andrade, joga de ala esquerda faz um meio e bem, foi campeão em 2014 pelo VEC sub-20, disputou copa SP, foi promovido ao elenco de profissionais do VEC, atuou na Copa do BR, Copa Verde e Estadual.

Por último, o campeão por onde atuou um verdadeiro pé de coelho, chama-se Rocha(goleiro). Segundo Maritaca, as bases contratuais estão quase definidas. O projeto Sócio-Torcedor está de vento em popa com várias adesões.

Ah, se o técnico Jardson Oliveira está com certas dificuldades de encontrar um "capita" ou melhor, um capitão para o jipa, vem ai logo dois: Douglas e Rocha e, acabar o rodízio sai até melhor de pronunciar.
(Douglas - foto reprodução do Facebook)

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

Copa Verde: Águia(PA) vence o Fast Clube(AM) e se garante na fase de grupos

O Águia de Marabá-PA está garantido na fase de grupos da Copa Verde de 2016! Após vencer o jogo de ida da etapa preliminar por 1 a 0, os paraenses derrotaram o Fast Clube-AM por 3 a 0, nesta quarta-feira (17), em Marabá (PA), e agora se preparam para encarar o conterrâneo Paysandu na próxima partida.
Mesmo jogando com a vantagem do empate, o Águia fez valer o mando de campo no Estádio Zinho Oliveira e abriu o placar logo aos 12 minutos de jogo. Em jogada individual, Flamel não desperdiçou e mandou para o fundo das redes do Fast.
Um minuto depois, Joãozinho recebeu passe e chutou de perna esquerda para ampliar: 2 a 0. Goleador do Águia, Flamel marcou o terceiro aos 31 minutos. Com velocidade, o camisa 10 foi parado na defesa do goleiro Saul, que soltou a bola e, na sequência, viu o gol paraense.
Na volta do intervalo, em uma das melhores oportunidades do Águia, Joãozinho quase ampliou em bela jogada de bicicleta. No entanto, o placar não foi alterado.
Pela fase de grupos da Copa Verde, o Águia de Marabá volta a campo no dia 9 de março, contra o Paysandu.
Fonte: Assessoria CBF

quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

SC Genus duas notícias: uma boa, outra ruim

Vamos lá

A boa; Cabixi desembarca sexta-feira, 19, na capital rondoniense. Já com contrato elaborado, com vigência até o final do rondoniense FFER/Eucatur-16, faz exames clínicos e, provavelmente já viaje para Manaus na manhã de domingo(21), quando o Genus enfrenta ao Nacional-AM, afinal vinha jogando de titular na equipe do Icasa-CE.
(Cabixi e este Blogueiro)

A ruim; o time voltou a perder na tarde desta quarta-feira,17, contra a forte equipe do Cianorte-PR. Mais uma vez de 3 a 0, placar do último sábado contra o Paranavai. Hoje, a bola parada foi um fator desfavorável ao campeão rondoniense.

Outros detalhes, daqui a pouco com informações do Assessor de Imprensa - Álisson Albino -, afinal ele estava a caminho da faculdade, e o sinal como sempre caiu demais. Mas, prometo escalação de quem é quem no jogo de hoje.

Clubes não cumprem prazo de entrega dos laudos dos estádios, e FFER já mudou hora e mando de campo


A Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER) inverteu o mando de campo do jogo entre Ji-Paraná e Rolim de Moura, que agora será disputado no estádio Cassolão, na estreia do Campeonato Rondoniense FFER/Eucatur em 05 de março às 16 horas. 


A medida foi tomada após a entidade tomar conhecimento de que o estádio Biancão, em Ji-Paraná, não estará habilitado a sediar o jogo da 1ª rodada da competição.

O Rolim de Moura, cumprindo o prazo, protocolizou nesta manhã, na FFER, os laudos técnicos do estádio Cassolão estando, portanto, apto a receber jogos da competição.

Ao mesmo tempo em que é anunciada a mudança do mando de campo entre Ji-Paraná e Rolim, a diretoria de Competições da FFER comunica que está analisando o remanejamento de outros jogos da primeira rodada do Estadual, por falta dos Laudos Técnicos dos estádios os quais não foram entregues até 15/02/2016, data acordada entre os dirigentes no Conselho Arbitral realizado no final de novembro passado. 

Tais medidas visam atender o que determina a legislação em vigor, uma vez que a Federação de Futebol também tem que cumprir prazos para protocolizar os documentos de liberação dos estádios no Ministério Público com a antecedência necessária prevista. 

Nos próximos dias a FFER publica os remanejamentos feitos para a primeira rodada do Estadual.

Fonte: Assessoria da FFER

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Processo de Migração de Rádios AMs para FMs começa no final de fevereiro

O Conselho de Comunicação Social do Congresso Nacional se reuniu nesta segunda-feira (15) para debater a migração das rádios AM para o FM. A partir de 25 de fevereiro, as primeiras emissoras de rádio AM já devem começar a migrar para a frequência modulada, ou FM. No debate realizado na manhã desta segunda-feira (15), representantes do Ministério das Comunicações e da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), entre outros, explicaram que o processo de migração das rádios AM para FM ocorrerá em dois lotes e vai provocar a necessidade de adaptação também por parte dos ouvintes dessas rádios.

A extinção do serviço de radiodifusão local por onda média, onde estão as emissoras AM, foi determinada pelo Decreto 8.139/13. O espectro de onda média regional e nacional continuará existindo, mas às emissoras locais foi dada a opção de migrar para a faixa FM. Para isso, foi determinado que essas emissoras deveriam optar até o final de novembro pela migração, que tem um custo diferente para cada emissora. Os valores vão de R$ 30 mil a R$ 4,5 milhões dependendo de fatores como potência, população, indicadores econômicos e sociais do município, entre outros. Após o decreto, mais duas portarias foram editadas com a determinação de que a migração seria feita em conjunto em cada município e com os valores e prazos para a migração.

Na opinião do secretário de Serviços de Comunicação Eletrônica do Ministério das Comunicações, Roberto Pinto Martins, os valores são justos. "Uma vez que se tenha a metodologia e que essa metodologia reflita de forma adequada os parâmetros que estamos avaliando, me parece que não poderia dizer que é um preço baixo. Creio que é um preço justo."

Já o conselheiro Celso Augusto Schröder, que é presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), disse que muitas emissoras de pequenas localidades não têm recursos para fazer a migração e simplesmente podem parar de funcionar. Outra consequência apontada por ele é o aumento da concentração das rádios nas mãos de poucos grupos econômicos.

Segundo Roberto Pinto Martins, o objetivo da migração é dar uma sobrevida às emissoras de AM que operam localmente e proporcionar mais diversidade aos ouvintes, uma vez que a expectativa é aumentar o número de emissoras FM prestando serviços locais ou de caráter regional.

O secretário  explicou que as emissoras que solicitaram a migração foram divididas em dois grupos. O primeiro contém 954 emissoras, que já foram alocadas na faixa normal de FM e têm até dia 25 de fevereiro para apresentarem a documentação exigida pelo ministério. “Depois desse pagamento, aí sim é que nós faremos um contrato ou um aditivo contratual. A nossa expectativa é que a gente conclua todo esse processo de análise dessa documentação adicional até meados deste ano para que as empresas possam assinar os seus contratos e apresentar os seus projetos técnicos”, afirmou Martins.

O segundo grupo possui 377 emissoras, e, dessas, cerca de 300 podem depender do desligamento da televisão analógica para utilizar os canais 5 e 6 do espectro eletromagnético de radiodifusão. Isso vai gerar a necessidade de que os ouvintes comprem um novo aparelho de rádio. Questionado pelos conselheiros, o conselheiro da Anatel, Rodrigo Zerbone Loureiro, explicou que a essas emissoras será dado um prazo de cinco anos em que elas poderão transmitir seu conteúdo tanto na faixa AM quanto na de FM.

Loureiro explicou que a readequação dessas emissoras no espectro foi feita pela Anatel e que, das 1781 emissoras locais que atuam na faixa AM, 1300 pediram a migração para a FM. Ele explicou que 730 canais nas ondas FM já apresentam disponibilidade total para a imediata prestação de serviço.

O presidente executivo da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e TV (Abert), Luís Roberto Antonik, explicou que, embora as ondas AM apresentem um grande alcance, possuem uma frequência muito baixa, o que as sujeita mais à interferência causada pelos equipamentos eletrônicos do mundo moderno. Além disso, a antena da rádio AM não consegue estar presente nos telefones móveis, por ser uma antena mais robusta. Ele ressaltou que, atualmente, 10% da audiência do rádio vêm de celulares e dispositivos móveis.

Se a solução parecia ser a digitalização do rádio, na prática os testes mostraram que isso ainda não é possível no mundo, devido ao alto custo. Por isso, a solução encontrada foi a de as emissoras AM migrarem para FM. No entanto, conforme explicou o secretário do Ministério das Comunicações, essa migração não impede uma futura digitalização do rádio.

Antonik afirmou que, segundo pesquisa da Abert, das 4.600 emissoras comerciais, 4.200 têm página na internet, mas apenas 1.400 emissoras possuem aplicativos nos dispositivos móveis. “É muito pouco. A Abert tem por objetivo promover a digitalização e o acompanhamento tecnológico dessas emissoras. Então a Abert desenvolveu um programa no qual ela contrata e a própria Abert paga um app (aplicativo) tanto para Android quanto para Iphone para essas emissoras a fim de tentar aumentar essa taxa de penetração dos apps e, assim, salvar as emissoras AM", disse.

A professora e pesquisadora Nélia del Bianco, da Intercom - Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, explicou que uma pesquisa da Universidade de Brasília sobre a migração de AM para a FM mostrou que a experiência do rádio com a transmissão simultânea na FM já acontece na maioria das emissoras. Além disso, algumas delas estão preocupadas em renovar a plasticidade da rádio, trocar alguns locutores para produzir uma sonoridade mais leve e dinâmica.

Nélia esclareceu que a Intercom defende a digitalização da rádio, mas, como esta se mostrou inviável no curto prazo, passou a defender a migração de AM para FM.

Carlos Massaro
Com informações da Agência Senado

Confirmado: Genus x Cianorte nesta quarta-feira,17


Nesta quarta-feira, 17/02, o Genus jogará mais um jogo-treino em sua pré-temporada, contra a forte equipe do Cianorte, no Estádio Municipal Olímpico Albino Turbay, na cidade de Cianorte. A bola rola às 16h30 (de Brasília). O treinador Claudemir Pontin busca dar um melhor entrosamento ao time  e um ritmo de jogo maior aos atletas.
(Foto: Divulgação/Marketing)

O Cianorte é um dos favoritos ao título da Segunda Divisão do Campeonato Paranaense, que se inicia no próximo dia 27. Esse será mais um adversário de grande nível que o Genus enfrentará. Antes da estreia no estadual, o aurigrená da capital ainda fará um novo amistoso, no dia 21/02, contra a equipe do Nacional, de Manaus.


Fonte: Assessoria de Imprensa

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2016

Genus aprimora sua máquina com mais dois amistosos até domingo(21)

A diretoria do Genus confirmou nesta segunda-feira a realização de um amistoso contra a equipe do Nacional Futebol Clube (Manaus), no próximo domingo (21/02), em Manaus, na Arena da Amazônia às 16h (horário local).
(Créditos: pauloreporter.com.br)

Os jogadores do Genus desembarcarão em Porto Velho na madrugada de sexta para sábado, às 00:00, e embarcarão para Manaus no domingo, às 10:00, em voo fretado pela diretoria do clube amazonense. A delegação aurigrená retorna a Porto Velho ainda no domingo, após a partida.

No meio de semana, na próxima quarta-feira(17), outra grande equipe do futebol paranaense será adversária do aurigrená - provavelmente a equipe do Cianorte. 

Fonte: Assessoria de Imprensa do Genus

Galo da BR lança projeto Sócio-Torcedor

Um dos mais conhecidos clubes do norte do Brasil, o Ji-Paraná FC que este ano entra definitivamente em seu último ano de adolescente, ou seja, 25 anos (já existe a teoria de que a adolescência não é mais até os 18 anos, e sim aos 25). E, em comemoração o clube azul celeste e branco do município coração de Rondônia lança o plano sócio-torcedor.
(Foto: Divulgação do Grupo Impacto)

Os dados para aderir ao plano você de Ji-Paraná e ou de qualquer município, leia abaixo:
(Foto: Divulgação do Grupo Impacto)

Dúvidas/Adesão: Fala com Carlos no (69)9205-8636

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Genus de azul perde jogo-treino contra o AC Paranavai-PR

A equipe do SC Genus, por força da parceria com o Nacional de Rolândia-PR e, até porque o uniforme oficial para 2016 deverá ser lançado no fim deste fevereiro, entrou em campo neste sábado(13), contra a forte equipe do AC Paranavai de uniforme azul.
(Foto: Divulgação/Assessoria)

O técnico Claudemir Pontin da equipe do Genus, mais uma vez conseguiu colocar em campo dois times diferentes, assim como foi contra o Londrina em que saiu vitorioso por 2 a 1. Nesta partida contra o Paranavai (time que vem se preparando fortemente com uma parceria grande que tem com o Furacão), a bola não chegou a entrar nenhuma vez no gol do alvirrubro, foram três bolas na trave.

Já pelo lado do AC Paranavai, e em casa prevaleceu o bom rendimento na toque final. Sem tirar os méritos do adversário que conseguiu abrir o placar as 43' do primeiro tempo. Na segunda etapa o time da casa mexeu muito na equipe, assim como fez Claudemir Pontin. O Paranavai construiu e concluiu mais dois gols, placar final de 3 a 0 em seu favor.

O aurigrená da capital rondoniense jogou com: Alisson(Tiago Rocha); Guarate(Marquinhos), Vitão(Vagner), Juninho(Junior) e Julio Cesar(Edson Bahia); Dodô, Alex e Jakson; Rob(Tcharles) e Welington(Pemaza).

O time volta para casa na próxima sexta-feira(19), aqui em Porto Velho junta-se aos atletas da capital. Neste ínterim entre o retorno e a estreia oficial no estadual dia 5 de março, contra o Real Ariquemes é pensamento da direção do Genus fazer mais um amistoso contra um time grande para avaliar ainda mais seu potencial de entrosamento.

Duas palavras de quem ouviu o jogo pela Rádio Cultura FM em parceria com Cultura AM de Paranavai, e de um profissional que esteve ao vivo no estádio Bom Jesus da Lapa, ontem:

1) Evaldo Silva, diretor executivo que acompanhou o jogo junto com a equipe de esportes da Cultura FM 107 em Porto Velho. "Pelo que ouvimos, inclusive no intervalo do jogo quando da fala do Pontin é que; o time sentiu muito o calor, as jogadas trabalhadas não tiveram resultados favoráveis. E mais, o Atlético Paranavai vem se preparando a mais tempo que o nosso Genus".

2) Ademir Alves, jornalista esportivo do norte paranaense falou: "estivemos ao vivo no estádio Olímpio Barreto, imprensa televisada e escrita ficamos maravilhados com a equipe comandada por Claudemir Pontin, a derrota aconteceu por falhas banais, o bom é que durante a semana certamente isso será corrigido. Agora é esperar as três competições em que o Genus irá competir (estadual, copa verde e copa do BR), o torcedor vai ter muitas alegrias".


Coletivo apronto do Barça Sub-20, com a presença do multicampeão Mário Rocha

Coletivo apronto do Barcelona FC nesta sexta-feira(20), no Portal da Amazônia eis que aparece por lá; a lenda o multicampeão do estado gole...