quinta-feira, 30 de junho de 2016

Galo duro na queda; agora vem de embargos de declaração

Em sessão concorrida do Pleno do TJDF-RO, à tarde desta quinta-feira,30, no mesmo prédio da FFER, em pauta o julgamento do Recurso Voluntário impetrado pelo Ji-Paraná FC em desfavor da 1ª Comissão Disciplinar do próprio TJDF que, dia 20 deste mês de junho deu ganho de causa a uma denúncia impetrada pelo Genus com relação a um atleta do Ji-Paraná FC que fez parte do jogo entre Jipa e Genus dia 28 de maio.

Como o Galo da BR perdeu os três pontos que havia conquistado, e foi penalizado ainda com multa pecuniária de R$ 100(cem reais), o clube então impetrou o Recurso Voluntário antes do primeiro jogo então marcado pelo departamento de competições, para Genus e Rondoniense no dia 23 p. passado. Ora, o TJDF acatou o Recurso Voluntário suspendeu o segundo jogo que seria hoje(30), e marcou nova sessão de instrução e julgamento, agora com o Pleno.

Às 16h15 é aberta a sessão com os seguintes auditores: Leandro Cavol (presidente), Laércio Santos (auditor relator), Márcio Santos, Michel Bastos, Paulo Pereira e Mateus Ferreira (auditores); ainda Dra. Gardênia (procuradora) e José Luis (secretário); Fernando Maia (advogado do Jipa) e Sebastião Minari (advogado do Genus).
(Pleno do TJDF-RO)

O Relator Laércio Santos, lê o processo aos presentes, fala o porque de não ter suspendido o primeiro jogo da final do turno - em função de está em cima da hora, de prejudicar aos torcedores que já haviam comprado ingressos, da manutenção do apoio de segurança pública -, mas o jogo de volta, sim. E, mais marcou a sessão de instrução e julgamento no tempo hábil.

Dado a palavra ao advogado do Genus: "nada tenho a mudar quanto a decisão da 1ª CD"; "para a manutenção e crescimento do futebol em nosso estado, os gestores teem que se profissionalizar ainda mais", palavras do Dr. Sebastião, que ainda deu um pequeno puxão de orelhas a membros da imprensa esportiva, disse o operador da lei; "a expressão ganhar no tapetão, não deve ser utilizada nesse contexto".

Já o Dr. Fernando Maia, advogado do Ji-Paraná FC utilizou como da outra vez, seus 10 minutos e mais 5' com muito brilhantismo; continuou a sustentação da intempestividade do prazo recorrido pelo Genus; fincou pé no tempo decorrido que não há registro nem no REC e nem no RGC, portanto, sem fundamentação a denúncia. Disse mais: "a FFER é tão inteligente que no Regulamento Específico da Competição (REC), ref. ao Sub-20 lançado agora essa semana, já publicou prazo para oferecimento de denúncia em até 48h".

"Não houve dolo, o Jipa lançou o atleta aos 40 minutos do 2º tempo já com vitória assegurada de 2 a 0. O Genus perdeu o direito de está na disputa do 2º turno não foi para o Jipa, perdeu para o Tanaka do Guajará-Mirim", alfinetou o nobre defensor.

Aos votos

Dr. Laércio Santos (relator) - usou algumas palavras de sua fala inicial e, acrescentou; o processo nasceu da Procuradoria do TJDF e não do Genus, baseou-se no Art. 165-A e votou com a decisão da 1ª Comissão Disciplinar.

Dr. Márcio Santos (auditor) - elogiou a defesa do advogado do Jipa, mas o problema maior foi a inclusão do atleta que não constava no BID-CBF no dia 28 de maio; acompanhou o voto do relator.

Dr. Michel Bastos (auditor) - foi aluno do Dr. Fernando Maia, fez uma explanação sobre o que leva a Procuradoria classificar um caso como este no Art. 214 e, acompanhou o voto do relator.

Dr. Paulo Pereira (auditor) - disse que nem de longe pode-se levantar suspeita com relação ao trabalho burocrático de quem trabalha com registros de atletas na FFER; o atleta citado estava sim irregular e o voto o mesmo do relator.

Dr. Mateus Ferreira (auditor) - pediu desculpas por chegar um pouco atrasado, leu e re-leu o processo procurou detalhes sobre o prazo de entrada de documentação, e constatou que a 1ª CD estava correta, acompanhou o voto do relator.

Dr. Leandro Cavol (presidente) - entendeu que  o Ji-Paraná FC foi negligente com relação aos contratos de seus atletas. Acompanhou o voto do relator. Decisão de seis(6) votos a zero. À unanimidade o Pleno nega o recurso do Ji-Paraná FC.

Pensa que terminou?

Bem a sessão encerrou-se às 17h45. Daí vamos as entrevistas, a espera da Ata para que todos assinassem. Nesta alturas chegamos às 18h.

E 18h justamente no horário do programa Panorama Esportivo, este blogueiro participou com a primeira notícia da vitória no Pleno do TJD em cima do Recurso do Ji-Paraná. Coloquei no ar via Rádio Globo 1310 AM o Dr. Fernando Maia, advogado do Jipa que assim conversou com: Wolney Alonso, João Dalmo e eu.

Wolney - Dr. boa noite, como o Sr. avalia esse momento
- Fernando Maia - olha Wolney o clube Ji-Paraná está indignado com esta decisão do pleno;

Dalmo - Mas Dr. Fernando então vocês irão recorrer
- Fernando Maia - claro Dalmo, é pensamento de todos aqui

Dalmo - Neste caso Dr. qual o prazo para recorrer, e o jogo de volta pode ser mantido
- Fernando Maia - temos dois dias úteis, ou seja, sexta-feira e segunda-feira próxima. Quanto ao jogo de volta seria bom a FFER não marcar até por precaução.

Luis Carlos - Dr. já agradecendo sua entrevista, minha pergunta é: esse recurso que os Srs pretendem impetrar, já é direto ao Pleno do STJD no Rio de Janeiro?
- Fernando Maia - não, não esse é o chamado embargos de declaração baseados no Art. 152-A incisos I e II e Parágrafos.

Enfim, o Galo ainda luta!!! 


Vem ai mais uma competição oficial da FFER, agora o Sub-20. Velhos Problemas

Reza a lenda que, por mais que a FFER se profissionalize os clubes. Ah, esses nem tanto. Daqui a dois dias a bola rola mais uma vez em evento oficial da mentora, agora é o Sub-20 e a quanto tempo foi realizado o Conselho Arbitral? Regulamento, tabela e outras informações foram publicados, eu como sempre transcrevo algumas para reflexão.

Vamos a elas - lembrando tudo aqui retirado do regulamento específico da competição.

Hoje,quinta-feira(30) o campeonato incia sábado(2/7) pelo famoso BID somente duas equipes regularizadas:
- Espigão (20) e Rondoniense SC (10) - número de atletas;
- Ariquemes somente (2), Colorado, Genus e Pimentense (0);

Outros detalhes
- O Sub-20 tem limite de 35 atletas inscritos
- Pode ter atletas profissionais, desde que sejam menor de 20(vinte) anos de idade, ou amador nascidos em: 1997, 1998 e 1999.
- Poderão se efetuadas 04(quatro) substituições por equipe mais o goleiro (se for necessário) em cada partida
- Prazo para denúncia, queixa ou qualquer outra suspeita de irregularidade em uma partida, será de 48h após o jogo e, acompanhado do pagamento de taxa de emolumentos de R$ 2.500,00.

(*)Obs: acesso ao site da FFER às 11h30 desta quinta-feira,30. Arbitragem também não havia publicação.

URGENTE: Josy Braz camisa 10 do Atlético(AC) é alvejado na perna em tentativa de assalto

Por volta das 22h30 desta quarta-feira,29, (horário do AC), o atleta Josicleiy Braz da Silva, conhecido por Josy Braz e atualmente defendendo as cores do Atlético(AC), se encontrava sozinho no CT Adauto Frota o Frotão como é conhecido a casa do atleta, quando fora surpreendido pela ação de um assaltante que o atingiu com um tiro de escopeta na perna direita (altura do joelho).
(Josy Braz, camisa 10 do Atlético(AC). Foto: Alexandre Almeida)

O jogador foi levado às pressas por pessoas do clube ao Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco (Huerb). Às 0h, o meio-campista foi encaminhado ao Centro Cirúrgico do hospital. Josy Braz foi um dos melhores em campo no último domingo,26, no jogo entre: Genus(RO) 1 x 1 Atlético(AC), ele que é rondoniense de Extrema, e confessou ao blogueiro da alegria que estava e pelo momento que atravessa no Galo Carijó. "Tive uma passagem pelo Genus em 2013, não houve muita harmonia na época e, hoje estou super feliz no Atlético"; foram as palavras de Josy.

Com informações: Duaiane Rodrigues e João Paulo Maia do GE/AC


quarta-feira, 29 de junho de 2016

Futebol Feminino: FFER faz torneio seletivo para indicar quem vai à Copa do Brasil

A Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER) abre inscrições para os clubes filiados interessados em participar do torneio seletivo de futebol feminino visando vaga para Copa Brasil da modalidade que será disputada em agosto. A entidade ressalta que o torneio é necessário para indicar com urgência o representante do Estado na competição nacional. Para tanto, isentou a taxa de inscrição e as equipes podem efetuar as inscrições até o dia 8 de julho, no Departamento de Competições da entidade.
A princípio, o torneio seletivo está marcado para os dias 22, 23 e 24 de julho, com jogos disputados no município de Espigão do Oeste. Mais informações no telefone 3211-4700.
Autor: Paulo Ricardo

Aqui vou eu: Em função da urgência em oficializar um clube representante na Copa BR e, pela isenção da taxa de inscrição, por que não fazer esse torneio aqui em Porto Velho - ou na melhor das hipóteses aqui e lá em Espigão -, dá mais possibilidades a todos os filiados. Outra ideia faz nos dias 21, 22, 23 e a decisão no dia 24 - mais uma vez aqui ou Espigão.

Pode até cobrar ingressos a R$ 5 quem for campeão já ganhava ajuda de custo para representar RO na Copa do BR.

terça-feira, 28 de junho de 2016

Sub-20: 1ª Rodada neste final de semana

O Campeonato rondoniense de Sub-20, onde o campeão será o representante do estado na Copa SP de 2017, terá início neste sábado,2. Somente seis(6) equipes inscritas, formaram os grupos A: Rondoniense, Ariquemes e Genus e B: Espigão, Pimentense e Colorado. 

Com jogos de ida e volta, iniciando-se no sábado(2) até 27/08 (sábado). A primeira rodada será esta: 02/07 - sábado - "A" RSC x Ariquemes (18h) no Aluizão e pelo grupo "B" Espigão x Pimentense (18h) no Luizinho Turatti em Espigão do Oeste.

E atenção! É pensamento da direção da FFER em colocar esse jogo do Aluizão no domingo às 16h, portanto, na preliminar de RSC x Rio Branco-AC pela 4ª rodada da Série D.

E você torcedor(a) do RSC aprova ou não a excelente ideia.


S.C. GENUS DIVULGA PROGRAMAÇÃO SEMANAL (28/06 A 03/07)

A comissão técnica do SC Genus divulgou a programação semanal (28/06 a 03/07) dos trabalhos que serão realizados visando a partida de domingo contra o Atlético (AC), pela quarta rodada do grupo A1 da Série D do Campeonato Brasileiro 2016.

O técnico Guido Quetto já tem como certo a ausência do atleta Alex para este confronto, ele que foi expulso no último domingo e cumpre suspensão automática. Por outro lado poderá ter o retorno do lateral direito Marquinhos, ele que se recupera de uma lesão na coxa direita.

O SC Genus encara no domingo, às 17 horas (horário de Rondônia), o Atlético (AC), no estádio Arena da Floresta em Rio Branco(AC).

Confira a programação semanal do S.C. Genus:

Terça-feira (28/06)
8h30 – Academia/Fortalecimento Muscular
16h – Treino téc/tático - Aluizão


Quarta-feira (29/06)
Folga (manhã)
16h – Treino téc/tático - Base Aérea

Quinta-feira (30/06)
8h30 - Treino téc/tático - Base Aérea
16h – treino específico na 17ª Brigada

Sexta-feira (01/07)
8h30 - Treino téc/tático - Base Aérea
Embarque para o Rio Branco-AC

Sábado (02/07)
10h00 - Treino regenerativo da viagem - estádio José de Melo

Domingo (03/07)
11h30 - Almoço
15h00 - Lanche
15h30 - Saída para o estádio
16h00 - Preleção
17h00 - Atlético(AC) x Genus(RO)


Fonte: Assessoria do SC Genus

RONDONIENSE DIVULGA PROGRAMAÇÃO SEMANAL (28/06 A 03/07)

A comissão técnica do Rondoniense Social Clube divulgou a programação semanal (28/06 a 03/07) dos trabalhos que serão realizados visando a partida de domingo contra o Rio Branco (AC), pela quarta rodada do grupo A3 da Série D do Campeonato Brasileiro 2016.

Após ter desembarcado em Porto Velho na última quarta-feira (22), o técnico Ionay da Luz terá uma semana cheia de trabalho para promover treinamentos com o elenco do Rondoniense. Para isso, o treinador comandará treinos somente no Centro de Treinamento do Periquito de terça (28/06) a sexta-feira (01/07).

O Rondoniense recebe no domingo, às 18 horas (horário de Rondônia), o Rio Branco (AC), no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho.

Confira a programação semanal do Rondoniense Social Clube:

Terça-feira (28/06)
9h30 – Academia
16h – treino reduzido – CT Ninho do Periquito


Quarta-feira (29/06)
Folga (manhã)
16h – treino coletivo e tático – CT do Periquito

Quinta-feira (30/06)
Folga (manhã)
16h – treino específico e velocidade – CT do Periquito

Sexta-feira (01/07)
Folga (manhã)
16h – treino apronto – CT do Periquito

Sábado (02/07)
9h30 – Recreativo – CT do Periquito
Concentração (à definir)

Domingo (03/07)
18h – Rondoniense x Rio Branco (AC) – estádio Aluízio Ferreira


Fonte: Assessoria do RSC

Série D: vem ai mais um árbitro do MT

O árbitro mato-grossense Rodrigo da Fonseca Silva apita no domingo, às 18 horas (horário de Rondônia), a partida entre Rondoniense e Rio Branco, pela quarta rodada do grupo A3 da Série D do Campeonato Brasileiro 2016.
(Rodrigo Fonseca c/a bola - crédtitos:  Show do Esporte)

Rodrigo Silva será auxiliado por Edilson Soares Falcão (RO) e Adenilson de Souza Barros (RO). Já o quarto árbitro será Jonathan Antero Silva (RO).

Na classificação do grupo A3, o Rondoniense ocupa a quarta posição com um ponto. Já o Rio Branco (AC) é o terceiro colocado com três pontos.

Fonte: Assessoria do RSC

Série D: Acompanhe os 32 classificados, se fosse somente jogos de ida

Pelo regulamento específico da Série D, na primeira fase os 68 clubes são divididos em 17 grupos de 4 que jogam entre si em ida e volta, classificam-se os 17 primeiros colocados e mais os 15 melhores segundo colocados independente de grupos.

Os jogos de ida finalizaram domingo(26), e a classificação ficou assim (Grupos A-01 até A-17)

A-01 Atlético-AC 5 pts e Nacional-AM 4 pts
A-02 Palmas-TO 4 pts e S. Francisco-PA 4 pts
A-03 S. Raimundo-PA 7 pts e Náutico-RR 5 pts
A-04 Águia-PA 6 pts e Moto Clube-MA 5 pts

A-05 Altos-PI 9 pts e Juazeirense-BA 4 pts
A-06 CSA-AL 6 pts e Central-PE 6 pts
A-07 Globo-RN 7 pts e América-PE 7 pts
A-08 Uniclinic-CE 7 pts e Potiguar-RN 6 pts

A-09 Fluminense-BA 7 pts e Murici-AL 4 pts
A-10 Aparecidense-GO 7 pts e Ceilândia-DF 6 pts
A-11 7 de Setembro-MS 6 pts e Anápolis-GO 5
A-12 Volta Redonda-RJ 7 pts e URT-MG 6 pts

A-13 Caldense-MG 7 pts e Espírito Santo-ES 4 pts
A-14 São Bento-SP 6 pts e Villa Nova-MG 5 pts
A-15 J. Malucelli-PR 6 pts e Brusque-SC 5 pts
A-16 S. Paulo-RS 6 pts e Linense-SP 6 pts
A-17 Ituano-SP 6 pts e Caxias-RS 6 pts

Observe que os 17 em negrito estariam classificados, Juazeirense(BA) e Murici(AL) estariam de fora da segunda fase, ambos tem um gol negativo. Outra curiosidade, somente o Altos(PI) está com 100% de aproveitamento - 3 jogos, 3 vitórias e por conseguinte tem o artilheiro da competição Manoel Cristiano com 5 gols.

Tem algum time que não ganhou e nem empatou? Sim, temos três equipes nesta situação - Galícia(BA), Serra Talhada(PE) e Goianesia(GO). Algum time que não balançou as redes adversárias? Sim, três também - Comercial(MS), Boa Vista(RJ) e o S. José(RS). 


segunda-feira, 27 de junho de 2016

Sr. Alinor Paixão carregou tintas em cima do preparador de goleiros do Genus

Menino e o juizão do jogo de ontem entre: Genus 1 x 1 Atlético-AC, pegou pesado em cima do preparador de goleiros do SC Genus, ele assim descreveu na súmula do jogo: "aos 48' do 2º tempo, expulsei do banco de reservas do Genus o Sr. Jair da Silva da Costa, preparador de goleiros após invadir o campo de jogo indo em direção ao goleiro adversário o agredindo verbalmente, em seguida veio em minha direção e começou a me agredir verbalmente dizendo..., segue

"seu filho da p...., ladrão, safado, esse empate é seu, vagabundo, juizinho de m..., horrível, o mesmo foi retirado e contido por seus jogadores".

O árbitro expulsou também o preparador de goleiros do Atlético-AC, por também haver reclamado das decisões do árbitro e o agrediu verbalmente.

Genus passou 63 minutos na 1ª colocação, e termina em 3º

É uma partida de futebol, como falam os poetas Samuel Rosa e Nando Reis na música de mesmo nome: bola na trave não altera o placar - só nesse quesito poderia ter sido 2 a 1 Atlético -, aliás o Genus começou poderoso pra cima do Galo acriano; Tcharles voltou a jogar bem, Wellington muito produtivo, Fernandinho, Alex, Luciano Mourão todos dentro de um padrão bom de jogo.

É tanto que o aurigrená da capital rondoniense abriu o placar aos 32' com Alex em cobrança de pênalti, marcado pelo atrapalhado árbitro Sr. Alinor - afinal houve sim a falta máxima em cima do Wellington - mas, a indicação de penalidade atrapalhou até quem estava narrando, ou acompanhando o jogo assim como eu.

O meio campo é lugar dos craques..., que vão levando o time todo pro ataque..., do lado do Atlético destaco dois: Josy e Polaco - o que esses dois jogam não é brincadeira -, do lado do Genus: Alex e Luciano Mourão - ora o técnico perde logo os dois; Alex (expulso por um critério maluco do Sr. Alinor) e o Mourão (por desgaste físico) e ai, quem saiu ganhando com essas baixas.

Ora se o Atlético já tinha o domínio das ações. Se o goleiro Franco não sujou o material na segunda etapa - porque o Alex foi expulso aos 18' do segundo tempo -, quer dizer o gol de empate do Atlético somente aconteceu após o Sr. Alinor ter acrescentando 4' minutos. E aos 49' Eduardo com certa categoria, colocou a bola no canto esquerdo rasteiro do goleirão Tiago Rocha (contínua um baita de um goleiro).

Aqui pra nós: esse timaço do Atlético foi um dos melhores que já vi na atual Série D, o Genus esteve por exatos 63' na primeira colocação do grupo A-1, terminou em terceiro - explico os 63' -, o gol do Alex foi aos 32' com mais 14' já que o Sr. Alinor acresceu UM no 1º tempo. Então 14' mais 49' do segundo tempo, nosso aurigrená ficou no topo com 6 pontos.

De repente toma o gol do empate e desce para a 3ª colocação abaixo do Nacional-AM, os dois com 4 pontos mas o Naça tem ZERO gols de saldo e o Genus menos UM.

Isso é uma partida de futebol..., próximo domingo dia 3 de julho os jogos da volta. Dá pra classificar? Sim, temos 9 pontos em disputa. Quem sabe beliscar uma segunda colocação entre os 15.

Deixo registrado a atitude (ótima por sinal), das torcidas: do Genus como mandante e do pessoal do Atlético-AC, numa verdadeira confraternização ambas unidas e tirando as famosas selfies. 
(Torcidas: Genus e Atlético - Selfies)

(Torcida Sangue Azul do Atlético-AC)

domingo, 26 de junho de 2016

Copa AABB de Futebol Society: no ano 15 deu 14 BIS/Ravani

Sábado,25 de junho de 2016 vai ficar na história da Copa AABB de Futebol Society; as duas melhores equipes da competição Rep Mad e 14 BIS/Ravani entram em campo na grande final da 15ª edição. Jogo lá e cá, o timaço tricolor dos militares da Base Aérea com uma torcida eufórica começam a construir sua vitória justamente através de Wisgles com um petardo aos 10 minutos de jogo.

É mais o time do Rep Mad não se acanhou, e com toque de bola, jogada de pé em pé chegou ao empate ainda na primeira etapa, Caio o nome da fera em tabela sensacional com Raimundinho. Fim do primeiro 1 x 1. Na segunda etapa o técnico - aliás considerado o melhor da competição - da equipe do 14 BIS, mexeu com o brio da moçada e só deu o time militar. É tanto que não foi necessário chegar aos penais, sabe quem desempatou o jogo e logicamente finalizou em 2 a 1 em favor do 14 BIS - ele Wisgles o nome do jogo, aos 22 minutos.

Final: 14 BIS/Ravani campeão pela primeira vez na Copa AABB - mas foi um jogão!!
(Jeanderson do 14 BIS 1º da esquerda - reprodução facebook)

Série D: Genus encara mais um Galo em sua trajetória

Dessa vez o Galo Carijó como é conhecido o Atlético Acriano, será o adversário do SC Genus neste domingo(26), em jogo válido pela 3ª rodada do grupo A-1 da Série D do brasileirão. Para o torcedor rondoniense ter ideia da responsabilidade do Genus, o Atlético é o primeiro colocado do grupo e o único com saldo positivo de gols entre os quatro concorrentes.

O time campeão acriano de 2016, aliás, já são sete(7) títulos estaduais ao longo de seus 63 anos, ainda traz como reforço auxiliar ao Aluizão nada menos do que 60 abnegados torcedores em duas frentes de apoio - Torcida Sangue Azul e Charanga Esporão Azul -, saíram de Rio Branco às 3h e prometem fazer muito barulho para ajudar seus ídolos.

Por outro lado a famosa T.O.G. ( Torcida Organizada Genocídio) e a Muralha Amarela - esta com um visual lindo -, além de levarem uma charanga teem o Urso Branco ( mascote do Genus ) como principal atração. Os ingressos somente nas bilheterias do Aluizão, em virtude da não confecção em tempo hábil para vendas antecipadas - ah, preço de um picolé R$ 10.

Dos times

O jovem técnico do Genus, agora já efetivado à frente do campeão do ano passado diz que: "meu time vai querer os três pontos, respeito demais o Atlético mas a postura será a mesma contra o RSC no meio da semana, com dois meias pensadores". Com estas palavras, mas sem adiantar a escalação o Blog fala qual a provável escalação do Genus.

Já o técnico Álvaro Migueis, que também é adepto de jogadas ofensivas - não é atoa que o time dele fez 7 gols em dois jogos - e, tem um dos artilheiros da competição o meia-atacante Josy com 3 gols. Parte para cima do Genus e chegar próximo de garantir a passagem de fase para o alviceleste da terra de Chico Mendes.

As prováveis escalações

Genus: Tiago Rocha; Jean, Vitão, Luiz Alves e Júlio Cesar; Fernandinho, Tcharles(Aldrey), Alex e Luciano Mourão; Souza(Pemaza) e Wellington. Téc: Guido Quetto

Atlético: Edivandro; Januário, Romildo, Diego e Alfredo; Leandro, Eduardo, Joel e Josy(Luiz Henrique); Rafael e Raianderson. Téc: Álvaro Migueis

Jogo: 70 - 3ª rodada - Estádio Aluizio Ferreira - 
Local: Porto Velho - RO às 19h(DF)
Árbitro: Alinor Silva da Paixão - MT(CBF-1)
Á.A.01: Valdebranio da Silva - RO(CBF-2)
Á.A.02: Davi da Silva Oliveira -RO(CBF-3)
4º Arb.: Jonathan Antero Silva -RO(CBF-2)
Assessor: Almir Belarmino Caetano - RO

E mais..., a Rádio Globo 1310 AM transmite o jogo a partir das 17h(RO), a equipe Show de Bola entra falando do Aluizão com: Wolney Alonso, João Dalmo, Naldo Dias, Luis Carlos Pereira e Ricardo Henrique.

Acompanhe aqui também: www.newsrondonia.com.br e webrádio www.amazoniacentral.com

(Foto/créditos ao Deptº de Marketing do Genus)


sábado, 25 de junho de 2016

Becão reivindica retorno das federações ao Aluízio Ferreira

Desportista, ex-atleta, ex-presidente do Sindicato dos Árbitros, ex-árbitro, ex-técnico de futebol, promotor de eventos esportivos, ex-administrador do Aluizão em cinco oportunidades, servidor público, 57 anos, Lourival Domingos Lopes, o Becão, escolhido por um grupo de radialistas e jornalistas esportivos da capital a Pré-Candidato a vereador nas eleições de outubro próximo, fez esta semana elogios ao novo secretário da Superintendência de Esportes e Lazer – Sejucel, Ilmar Esteves. “ Ilmar possui todas as qualidades para administrar o órgão, não só por ser professor de Educação Física, mas sobretudo, por possuir amplo conhecimento dos problemas esportivos no Estado” comentou.    
- Agora que o estádio está recuperado, pelo trabalho desenvolvido no gramado, instalações elétricas, cabines de imprensa, arquibancada, vestiários das equipes e sanitários destinados aos torcedores, marquise, refletores e pinturas gerais, depois de muitos anos sem receber melhorias, seria uma boa oportunidade o secretário Ilmar rever uma grande injustiça com as federações desportivas – ou seja, chamá-las de volta aos seus aposentos – sugeriu Becão.
Reparação
O pré-candidato a vereador por Porto Velho espera agora que o novo secretário da Sejucel faça o que Rodney Paes não fez – um ‘gol de placa’ – reintegrando às federações desportivas às suas humildes sedes debaixo da arquibancada do Aluízio Ferreira, expulsas do local há três anos, as quais, hoje, se encontram em verdadeira penúria por falta de acomodações, a maioria com sedes improvisadas nos lares dos próprios presidentes, ou como se diz na gíria esportiva: com a sede debaixo do braço.
- Devolver os locais as federações, o secretário estará reparando uma grande injustiça do poder público quando mandou tirá-las, praticamente à força, inclusive com mandado de despejo, sob a alegação de interdição do local por oferecer perigo de desabamento e, consequentemente, transformá-lo numa grande revitalização, que, infelizmente não ocorreu – lembrou Becão.

Becão finaliza explicando que a reivindicação é justa e total por parte das federações, além do Sindicado dos Jornalistas – SINJOR que fez as vésperas do despejo grande reforma em sua sede tendo gasto mais de 100 mil reis. “Assim, espero que a Sejucel faça esse reparo, tendo em vista que cada entidade não possuir renda própria para pagar altos aluguéis por qualquer cubículo por aí”, explicou Becão. 
Fonte/Texto: Jornalista Esportivo - Águido Melo

Genus convoca 20 e deixa 2 de sobreaviso para encarar o Atlético-AC

Neste domingo(26), a terceira rodada do grupo A1 da Série D tem uma atenção especial para o SC Genus. O time rondoniense joga em casa contra a forte equipe do Atlético-AC que, se encontra no topo da classificação com 4 pontos e um saldo de 2 gols.

Já o Aurigrená de Rondônia tem 50% de índice de aproveitamento: uma vitória e uma derrota, com saldo de menos UM gol. Para tanto a comissão técnica do Genus convocou 20 atletas para concentração e mais dois(2) que ficam de sobreaviso, caso alguém não esteja 100% para encarar o Atlético. Lembrando que o jogo começa às 18h (local), no velho Aluizão. Com ingressos a R$ 10.

Os convocados foram:

Goleiros: Tiago e Allyson
Zagueiros: Vitão, Luiz Alves e Higor
Laterais: Júlio Cesar, Dodô, Jean e Tuti
Volantes: Fernandinho, Alex e Willian Bahia
Meias: Luciano Mourão, Aldrey e Sandrinho
Atacantes: Wellington, Tcharles, Souza e Pemaza

(*) Sobreaviso: Charles e Ramon

Fonte: Assessoria de Imprensa - Álisson Albino

Rondoniense SC vira a chave, agora é o Estrelão pela Série D

A comissão técnica do Rondoniense Social Clube definiu os 18 jogadores que embarcam com destino a capital acreana para o duelo contra o Rio Branco (AC), pela terceira rodada do grupo A3 da Série D do Campeonato Brasileiro 2016.

Após o empate em 2 a 2 com o Genus, pelo primeiro jogo da final do segundo turno do Estadual, o Rondoniense Social Clube teve pouco tempo de recuperação para o duelo do próximo domingo. A novidade dentre os relacionados está no lateral Kauê, que pode fazer sua estreia com a camisa do Rondoniense. O jogador defendeu o Misto (MS).

No sábado, às 16 horas, o técnico Ionay da Luz comanda um treino de reconhecimento do estádio Florestão, em Rio Branco.

Já no domingo, às 16h30 (horário de Rondônia), Rondoniense encara o Rio Branco, no estádio Florestão.

A delegação embarca na madrugada de sexta-feira para sábado para a capital acreana.

Confira os relacionados para o duelo de domingo:

Goleiros: Dida e Geílson;
Laterais: Boka, Cássio e Kauê;
Zagueiros: Dhonathan e João Paulo;
Volantes: Lucas Santos, Mineiro, Quintino e Wilton;
Meias: Edilsinho, Fernandinho, Walter Pipa e Wellves;
Atacantes: Alesson, Lenno e Marco Aurélio.


Comissão Técnica:

Técnico: Ionay da Luz;
Auxiliar Técnico: Elias Santana de Lima;
Preparador de goleiros: Odilon P. Silva Junior;
Preparador físico: João Henrique Menezes;
Massagista: Odair Roberto, o Duzinho.

Fonte: Assessoria de Imprensa do RSC

Ji-Paraná FC e Genus novo encontro próxima quinta,30, no Pleno do TJD

O presidente do TJDF-RO Dr. Leandro Cavol, marcou para o dia 30 de junho a sessão de instrução e julgamento ao Processo de nº 30/TJD-2016, onde agora trata-se de um Recurso Voluntário impetrado pelo Ji-Paraná FC em desfavor da decisão tomada pela 1ª Comissão Disciplinar - que deu ganho de causa a uma denúncia por parte do SC Genus contra o Ji-Paraná FC por ter relacionado um atleta irregular no dia 28 de maio do corrente.

Na 1ª instância o Galo da BR perdeu por 3 votos a zero, assim como perdeu também os três pontos atribuídos naquele dia e multado em R$ 100,00. Para esta 2ª instância - ou seja o Pleno do Tribunal - o Galo começou a perder pois, havia solicitado no mesmo Recurso Voluntário a suspensão do primeiro jogo da final do 2º turno, ocorrido na última quinta-feira,23, fato que o TJDF não acolheu.

Agora tudo se resolve no Pleno dia 30/06 às 16h. Tomara, né.

sexta-feira, 24 de junho de 2016

Futsal: Mojuca continua o "maioral"

Nesta sexta-feira(24), no ginásio Duduzão mais uma final da Recopa Zona Sul de Futsal. As duas melhores equipes que chegaram a esta decisão: Mojuca x Conceição e deu o alviverde escolar, sob o comando do Profº Dionísio. No geral 7 gols, sendo 5 do Mojuca que teve os seguinte atletas envolvidos;

Heude, Caic , Paulo Henrique, Marcelo, Daniel, Jarlinho, Hainan, Hiago, Alef, Éder Junior, Erlisson e Jackson; técnico Profº Dionísio.
(Mojuca campeão da Recopa sul de Futsal - créditos: Kec Josberto)

Final: Mojuca 5 x 2 Conceição, gols: Jarlinho, Caic, Erlisson(2) e Jackson para o Mojuca. Enquanto Dedé e Wagner diminuíram para o Conceição. Os oficiais da arbitragem tiveram a cargo de Senna e Kec Josberto.
(Senna e Kec - comando seguro do jogo final - crédito: Kec Josberto)


Uma ótima notícia aos clubes do estadual de futebol-2016

Quase que passa em branco essa ótima notícia, que dou crédito ao amigo João Dalmo: "meu caro Luís pode anotar no teu Blog, hoje (quinta,23) houve uma reunião junto ao governador Confúcio Moura e Sejucel. Aquela verba de ajuda alimentação, remédios aos oito clubes que disputaram o estadual desse ano, sai nesta última semana de junho".

O valor de R$ 50 mil para cada clube, como o dinheiro virá através de um dos órgãos do Executivo que, aliás já se sabe qual a estatal coisa que o Dalmo não me passou. Mas, preparem-se os gestores de cada equipe para receberem essa pequena "bufunfa" que virá em bom momento.

Passem adiante...,

Genus e Rondoniense um primor de primeiro tempo

Que espetáculo de jogo foi o primeiro quarto de tempo da decisão do 2º turno do rondoniense-2016. Sim, teve dois minutos de acréscimos - vá lá 47 minutos de muita bola, de ambos os lados -, jogo lá e cá, um primor o primeiro tempo de Genus 2 x 2 RSC nesta noite de 23 de junho, no Aluizão.

Uma coisa que chamou atenção foi o que aconteceu em relação ao numeral sete(7), para este jogo:

- O primeiro jogo desta final estava marcado para o dia 16 (7 dias atrás); ai houve o recurso do Genus contra o Jipa; o TJD julgou o caso do atleta irregular, o Genus ganhou os pontos - o jogo veio para o dia 23/06;

- Aos sete(7) minutos de jogo o RSC quase abre o placar através de Fernandinho; aos 14' ou seja, sete minutos após, Lenno de cabeça faz: Genus 0 x 1 RSC;

- Aos 21' Alex de falta coloca no ângulo esquerdo alto do goleiro Dida: Genus 1 x 1 RSC;

- Ai para sair um pouquinho do sete(7), aos 31' o camisa sete(7) Quintino coloca o RSC à frente: Genus 1 x 2 RSC;

- Aos 38' (dá o quê 31 + 7), Alex voltando aos velhos tempos empata de pênalti: Genus 2 x 2 RSC;

Placar do primeiro tempo de 2 x 2, sem ficar a dever nada a um desses jogos globais das quartas-feiras.  Um primeiro tempo de intensidade (palavra da moda no futebol moderno), de profundidade. De parabéns os dois treinadores pela postura ofensiva de ambos.

Pelo SC Genus - o jovem comandante Guido Quetto, começa a mostrar sua cara na equipe -, sem abrir mão de três atacantes (Wellington, Pemaza e Tcharles), ainda ousou com Alex e Luciano Mourão no meio, na criação. Viram como Alex já estava mais solto hoje.

No RSC - a estreia muito boa do bom baiano Ionay da Luz - também jogou pra frente como deve ser. Escalou: Alegol, Fernandinho, Marco Aurélio e Lenno -, com Fernandinho voltando a ser o impetuoso do ano passado, levando pra cima da zaga adversária sem medo de cara feia.

Gostei! Aliás, gostamos. Pois o pequeno número de torcedores, 310 pagantes saíram do Aluizão com um gostinho de quero mais..., principalmente o primeiro tempo. Mas, vou falar da segunda etapa até porque ainda temos dois quartos de tempo para concluir o 2º turno - quem sabe o todo.

Nos 45' finais, que acabaram em 50' entrou o outro lado da moeda. E aqui não posso deixar de citar Sua Excelência o árbitro - não pensem que é marcação -, até porque eu também passei por lá, não apitando no profissional mas, bandeirando(é o novo!).

Ora Sr. Jonathan Antero que até gosto da maneira técnica de apitar, bem fisicamente, mas inseguro sem personalidade - alguém já deve ter lhe avisado que o jogo para o árbitro começa no segundo tempo -, palavras dos mestres: Antonio Queiroz, Lourival Becão - meu amigo se você naquela entrada criminosa do Tcharles (Genus), em cima do Cássio (RSC), aos dois ou três minutos do 2º tempo -, tivesse aplicado o que manda a lei (vermelho direto), não teria acontecido aquele tumulto.

Estava inseguro? Cheio de PMs lá na ponta do escanteio, o Sr. teria ganho a noite de seu trabalho. Dai pra frente qualquer falta tome formação de rodinha em cima do Jonathan. Acabou o brilho do jogo um segundo tempo nem de perto igual ao primeiro. Quanto aos assistentes, todos com bom trabalho.
(Confusão no 2º tempo de Genus 2 x 2 RSC - créditos: Alexandre Almeida)


quinta-feira, 23 de junho de 2016

Profº Ionay da Luz convoca 19 para o jogo de hoje a noite

A comissão técnica do Rondoniense Social Clube confirmou os relacionados para a partida desta quinta-feira (23) contra o Genus, no estádio Aluízio Ferreira, pelo jogo de ida da decisão do segundo turno do Campeonato Estadual 2016.

19 jogadores foram relacionados pelo técnico Ionay da Luz para o primeiro jogo da final do turno. Para esta partida, o Rondoniense Social Clube conta com três ausências. O volante Wilton está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e terá que cumprir suspensão automática. Já o lateral-esquerdo Rafael Vioto e o volante Michael Douglas rescindiram contrato.

Genus e Rondoniense se enfrentam nesta quinta-feira, às 19h30 (horário de Rondônia), no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho.

Confira os relacionados:

Goleiros: Dida e Geílson;
Laterais: Boka, Breno, Cássio e Ronald Recife;
Zagueiros: Airton, Alemão, Dhonathan e João Paulo;
VolantesLucas Santos e Quintino;
MeiasFernandinho, Kelvin, Pipa e Wellves;
AtacantesAlesson, Lenno e Marco Aurélio;



Comissão Técnica:

Técnico: Ionay da Luz;
Auxiliar Técnico: Elias Santana de Lima;
Preparador de goleirosOdilon P. Silva Junior;
Preparador físicoJoão Henrique Menezes;
MassagistaOdair Roberto, o Duzinho.

Fonte/Texto: Assessoria do RSC

Rondoniense contrata lateral esquerdo do Misto EC-MS

Já está regularizado via BID-CBF a nova fera do Periquito, para a sequência da Série D. Trata-se de Gedson Cauê da Silva, lateral esquerdo com 23 anos, vem do Carcará como é conhecido o Misto Esporte Clube de Três Lagoas - MS.
(Cauê foto: reprodução do facebook)

Ji-Paraná FC promete protocolar recurso junto ao Pleno do TJD até hoje

Esta quinta-feira(23) promete. Primeiro que o Blog tomou conhecimento da movimentação feita em torno de alguns torcedores do Jipa - a famosa "vaquinha" deu resultado - conseguiram arrecadar os R$ 3.200,00 já depositaram o valor na CEF e, daqui a pouco darão entrada junto a Secretaria do TJD.

Esse recurso tem que ser impreterivelmente formalizado hoje, pois: I - o prazo será de 3 dias, contados da proclamação do resultado do julgamento (como foi segunda-feira à noite, conta de terça pra cá); II - indicar o órgão judicante competente para o julgamento do recurso (nesse caso o Pleno do TJD) e III - juntar, no momento do protocolo a prova do pagamento dos emolumentos devidos, sob pena de deserção.

Aqui vou eu: muita gente tem me perguntado se realmente terá o jogo desta quinta-feira, conforme entendi do Presidente da 1ª CD Dr. Paulo Matos, sim. Pois, o recurso que o Ji-Paraná irá impetrar não se trata de efeito suspensivo do jogo.

Outra, recebido o recurso o TJD irá sortear um Relator, tudo isso demanda mais um tempo para o novo julgamento.

Agora uma coisa chama atenção, muitos falando que no Pleno serão sete(7) Auditores que irão votar. Negativo, são nove(9) os componentes do Pleno e, no no caso TJD-RO só aparecem oito(8) e ninguém sabe quem é quem, ou seja, quem é da OAB, dos clubes, dos atletas.

A composição do Pleno do STJD e que aqui também deve ser acompanhada é assim:

- dois(2) auditores indicados pela FFER;
- dois(2) auditores indicados pelos clubes;
- dois(2) advogados indicados pela OAB;
- um(01) representante dos árbitros e
- dois(2) auditores indicados pelo sindicato dos atletas.

No TJD de Rondônia, está assim:(*)

Presidente: Dr. Leandro Cavol
Vice-Presidente: Dr. Laércio Fernando de O. Santos
Dr. Nilton Santos de Oliveira
Dr. Rochilmer Melo da Rocha Filho
Dr. Michel Fernandes Barros
Dr. Matheus Evaristo Santana
Dr. Gerson Nava
Dr. Paulo Pereira

Quer dizer, falta UM

(*) acessei o site da FFER às 04h25 do dia 23/06/16

Sejucel: tudo indica que teremos um Coronel no comando

Para fechar o domingo. Uma notícia nos corredores da rádio farol, apesar do lobby em favor do nome de Rodnei Paes atual Superintendente da ...