sábado, 25 de junho de 2016

Becão reivindica retorno das federações ao Aluízio Ferreira

Desportista, ex-atleta, ex-presidente do Sindicato dos Árbitros, ex-árbitro, ex-técnico de futebol, promotor de eventos esportivos, ex-administrador do Aluizão em cinco oportunidades, servidor público, 57 anos, Lourival Domingos Lopes, o Becão, escolhido por um grupo de radialistas e jornalistas esportivos da capital a Pré-Candidato a vereador nas eleições de outubro próximo, fez esta semana elogios ao novo secretário da Superintendência de Esportes e Lazer – Sejucel, Ilmar Esteves. “ Ilmar possui todas as qualidades para administrar o órgão, não só por ser professor de Educação Física, mas sobretudo, por possuir amplo conhecimento dos problemas esportivos no Estado” comentou.    
- Agora que o estádio está recuperado, pelo trabalho desenvolvido no gramado, instalações elétricas, cabines de imprensa, arquibancada, vestiários das equipes e sanitários destinados aos torcedores, marquise, refletores e pinturas gerais, depois de muitos anos sem receber melhorias, seria uma boa oportunidade o secretário Ilmar rever uma grande injustiça com as federações desportivas – ou seja, chamá-las de volta aos seus aposentos – sugeriu Becão.
Reparação
O pré-candidato a vereador por Porto Velho espera agora que o novo secretário da Sejucel faça o que Rodney Paes não fez – um ‘gol de placa’ – reintegrando às federações desportivas às suas humildes sedes debaixo da arquibancada do Aluízio Ferreira, expulsas do local há três anos, as quais, hoje, se encontram em verdadeira penúria por falta de acomodações, a maioria com sedes improvisadas nos lares dos próprios presidentes, ou como se diz na gíria esportiva: com a sede debaixo do braço.
- Devolver os locais as federações, o secretário estará reparando uma grande injustiça do poder público quando mandou tirá-las, praticamente à força, inclusive com mandado de despejo, sob a alegação de interdição do local por oferecer perigo de desabamento e, consequentemente, transformá-lo numa grande revitalização, que, infelizmente não ocorreu – lembrou Becão.

Becão finaliza explicando que a reivindicação é justa e total por parte das federações, além do Sindicado dos Jornalistas – SINJOR que fez as vésperas do despejo grande reforma em sua sede tendo gasto mais de 100 mil reis. “Assim, espero que a Sejucel faça esse reparo, tendo em vista que cada entidade não possuir renda própria para pagar altos aluguéis por qualquer cubículo por aí”, explicou Becão. 
Fonte/Texto: Jornalista Esportivo - Águido Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CBF publica novo calendário para o futebol 2020, e o Jipa começa em setembro na Série D

A CBF publicou nesta quinta-feira(9), o calendário revisado de suas competições profissionais masculinas para 2020. A revisão deveu-se em fu...