sábado, 31 de agosto de 2013

Campeonato de Futebol da AFA: três jogos neste final de semana

A bola rola neste sábado(31) e domingo(1º) lá pelas bandas do Areal. Serão três jogos - um sábado -, válidos pela 4ª rodada  do campeonato. O Internacional Sport Club (4pts) joga contra o Desportivo Esporte Clube(0pts), às 16h.

No domingo(1º) às 09h a Associação Juventude pega o R1 Santos B (Sub-17). E às 16h fechando a rodada, Ponte Preta e Arsenal Esporte Clube duelarão. O detalhe é que, se Internacional  e Arsenal vencerem viram líderes.

A classificação até o momento é esta: 1º) Areal Futebol Club; 2º) Tucumanzal Futebol Clube; 3º) Internacional Sport Club; 4º) Arsenal Esport Club 6º) Clube Atlético Rondoniense e 7º) Desportivo Sport Club.

Fonte: assessoria da AFA

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Será: TJD-RO IMPEDE atividades de Ji-Paraná e VEC nas próximas competições da FFER

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RO), publicou na tarde desta quinta-feira,29, no site da FFER dois ofícios assinados pelo presidente da entidade Dr. Laércio Fernando de Oliveira Santos, ambos impedindo as equipes: Ji-Paraná FC e Vilhena Esporte Clube, de participação em competições promovidas pela Federação de Futebol do Estado de Rondônia, até que sejam pagos dívidas monetárias destas equipes junto à mentora.

Entendam os casos

1) O Ji-Paraná FC vem desrespeitando seu torcedor, à FFER, ao TJD e às demais equipes desde a 1ª rodada do então XXIII Campeonato de Futebol. Entrou em campo com atrasos, deixou de pagar as taxas de arbitragens, entre outras.

(Ofício de Impedimento do Ji-Paraná FC)

Pois bem, pelo teor do ofício de nº 04/TJD do dia 1º de maio a presidência do TJD já RECOMENDAVA a suspensão do clube e de seu presidente Selmo de Castro - Pará. Passou, nada de pagamentos.

Quando no dia 11 de julho, a 1ª comissão disciplinar julga o "Descumprimento da equipe do Ji-Paraná", que continuava inadimplente. Naquele dia, por decisão unânime ficou decidido que o Ji-Paraná teria que pagar a 1ª parcela de R$ 2,5mil sob pena de eliminação do campeonato ora disputado - o Sub-20 - em 24h. 

Este dia, como geralmente as sessões do TJD são realizadas às quintas-feiras e, à noite. Ficou para o Ji-Paraná com o time Sub-20 já concentrado nas dependências do Genus no Ulisses Guimarães e, jogava no sábado. Então a FFER na sexta-feira, pagou esta 1ª parcela para o Jipa.

2) O VEC tal e qual o Galo da BR, brinca de fazer futebol profissional. Apesar de já ter um grande número de torcedores e admiradores, e um autêntico tetra campeão rondoniense. O time também está impedido de participar das próximas competições - por motivos aparentes ao jipa.

(Ofício de Impedimento do VEC)

Na sessão do dia 15 de agosto, processo nº 028/TJD/13 o time fora condenado a ressarcir à FFER valores monetários ref. a taxas federais, não pagamentos de arbitragem, quando de sua participação na Série D de 2012.

O TJD estipulou um prazo de 7 dias a contar daquele dia 15. E nada de pagamentos, nenhum recibo apresentado - ou seja, um total desprezo pelo orgão judicante.

Agora uma constatação. Os dois clubes foram incursos no Art. 179, IV e VI do CBJD, que trata da gravidade, assim como são reincidentes. Então nobre presidente do TJD, será que os dois estão querendo realmente quitar seus débitos. E o caso do Jipa que está ainda competindo. Uma reflexão!

Final do Sub-20: vem de Ariquemes o árbitro de Ji-Paraná FC x Moto EC

A grande final entre Ji-Paraná e Moto Clube, que será disputada neste sábado, 31, às 19 horas, terá como árbitro Jonathan Antero Silva, conforme divulgado pela Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER). O estádio Biancão, em Ji-Paraná, será palco do confronto que vale o título do Campeonato Rondoniense Sub-20.

Jonathan Antero, será auxiliado por Claudio Márcio de Souza e Tertulino Ferreira Filho. O quarto árbitro e o delegado da partida são: Benildo Lima dos Santos e Adilson Jessé, respectivamente.


Autor: assessoria: paulo ricardo

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

Até que enfim: governo de RO através da SECEL apoia com passagens aéreas Paratletas do estado

Esta quarta-feira,28, alguns componentes do Rondônia Clube Paralímpico (RCP), estiveram pela manhã na Secretaria de Esportes, Cultura e Lazer (SECEL) a fim de receberem passagens aéreas. Estas passagens foram emitidas em nome de: Mateus Evangelista, Marcel Silva, Wágner Tenório, Kesley Josué e Alisson Pomechinski (todos atletas).

 (Mateus, Silvio(c) e Marcel)

Quem também saiu da SECEL devidamente apto a viajar, foram os dirigentes: Ricardo Silva (Staff), Edislaine Silva (Fisioterapeuta) e Silvio Carmo (Técnico). Agora, é treinar bastante para que nossos jovens e talentosos paratletas façam bonito, nas seguintes competições: Etapas Nacional do Circuito Brasil Paralímpico de Atletismo; primeiro em Porto Alegre-RS de 13 a 15 de setembro, depois em Fortaleza-CE de 10 a 12 de novembro de 2013.

Perguntado sobre a atitude do Governo de RO: "deixamos nossos agradecimentos, em especial a Profª/Doutoranda Mara Alves (Diretora de Esportes da SECEL), a Profª Eluane Martins (Secretária Titular da SECEL) e ao Governador Dr. Confúcio Aires de Moura". Foi o que disse, o Técnico e Profº Sílvio do Carmo.

( da esq/dir: Ricardo Silva(staff), Mateus(paratleta), Mara(secel), Marcel(paratleta), Eluane(secretária) e Silvio(prof/técnico)

Adiamento: Jogos da Imprensa, do dia 8 de setembro para o dia 15

Os 16º Jogos da Imprensa previstos para iniciar dia 8, foram adiados para o dia 15 de setembro em virtude das duas quadras poliesportivas da instituição se encontrar em reforma, com a conclusão prevista para o dia 12 de setembro. O comunicado foi do Diretor Regional do SESC/RO Waldy Fernando Bastos Ferreira no dia de ontem, 28, ao coordenador Águido Melo. 

Assim, os Jogos da Imprernsa de Porto Velho começará dia 15 de setembro no SESC Esplanada com as participações de jornalistas, radialistas e demais funcionários dos meios de comunicação da: TV-Allamanda, Redetv, TV-Candelária, TV-Rondônia, TV-Record News, O Estadão do Norte, Diário da Amazônia, rádios e sites.

Segundo o coordenador e fundador do evento, os objetivos são de reunir e movimentar a classe através do esporte, se transformando num salutar intercâmbio da categoria em benefício de uma vida saudável. 

A festa de abertura não vale pontos na tabela, mas serve para cada comandante de time tirar suas conclusões de quem é quem em suas devidas posições visando o campeonato, tanto no futebol, como futsal, voleibol, xadrez e tênis de mesa. Os campeões de cada modalidade receberão troféus.

 Ao meio dia haverá uma confratenização especial, com presenças de convidados e sorteio de prêmios. 

Diário da Amazônia x TV-Allamanda 

A tabela formalizada ontem pela coordenação apontou os times do Diário da Amazônia x TV-Allmanda abrindo o Torneio às 8h45 no futebol society. Às 10 horas o início do futsal e voleibol feminino. As disputas do xadrez e tênis de mesa começam a partir das 9 horas. Eis a tabela:

Tabela do Torneio Início

Futebol society

1º jogo – 8h45 – Diário da Amazônia x TV-Allamanda
2º jogo – 9h30 – TV-Rondônia x O Estadão do Norte
3º jogo – 10 h – TV-Candelária x REDETV/Rádio Globo
4º jogo – 10h30 - TV-RecordNews  x ?
5º jogo – 11 h – Vencedor x Vencedor
6º jogo – 11h30 – Vencedor x Vencedor
7º jogo – 12 horas – Decisão
Obs. No futebol, cada partida terá a duração de 30 minutos. Jogador expulso de um jogo estará excluído dos demais.

Futsal

10 h – Confronto dos dois perdedores do 1º e 2º jogos do futebol
10h30 – Confronto de perdedores do 3º e 4º jogos do futebol
11h30 – Decisão entre os vencedores
Obs. No futsal, cada partida terá a duração de 30 minutos corridos. Jogador expulso de uma partida estará excluído dos demais. 

Voleibol Feminino

1º jogo – TV-Record News x TV-Allamanda
2º jogo – TV-Rondônia x RedeTV/Diário/Rádio Globo
3º jogo – Decisão entre os vencedoes
Obs. No vôlei, cada partida será disputada em dois sets de 21 pontos 
 
Xadrez

Art. Único. Cada partida terá a duração de 30 minutos, no relógio. Os confrontos dependerão do número de atletas presentes no local. 

Tênis de Mesa

Art. Único. Cada partida terá a duração de um set de 11 pontos. Os confrontos dependerão do número de inscritos no local

Basquetebol Especial Paradesportivo 

Um jogo de apresentação da modalidade de basquetebol será realizado a partir das 8h30 por duas equipes da Associação Paradesportivo de Rondônia em Cadeira de Rodas (patrocinada pela Rondo Cap)– servindo de preparação para sua participação em competição nacional. O grupo, sob o comando de Daniel e Manoel promete muitas emoções com suas habilidades. 

Futebol feminino e master

As categorias do futebol feminino (aberto) e master (acima dos 44 anos), criadas para mexer com a classe, até então adormecida, terão início dia 22 de setembro.

Fonte: Jornalista/Águido Melo

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Projeto de lei quer proibir transmissão de lutas de MMA no Brasil

Um projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados proíbe as emissoras de televisão de transmitirem lutas marciais não olímpicas. Caso aprovado, campeonatos de artes marciais mistas (MMA) não poderão ser veiculados no país. A norma inclui o Ultimate Fighting Championship (UFC), principal torneio mundial de MMA, com 1 bilhão de espectadores em todo o mundo, segundo a Comissão Atlética Brasileira de MMA.

O Projeto de Lei (PL) 55.344/09 foi debatido dia (27) no seminário O MMA e a Televisão: Entretenimento, Formação da Cidadania ou Banalização da Violência? na Câmara dos Deputados.  O PL aguarda parecer da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara dos Deputados e ainda tem que passar pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Casa.

O projeto prevê uma multa de R$ 150 mil à emissora que descumprir a lei. Caso reincida, a multa dobra de valor e, caso haja nova reincidência, a emissora perde o direito à concessão pública, ou seja, perde o canal de TV. O PL exclui, no entanto, as lutas marciais não olímpicas não violentas. A capoeira, por exemplo, poderia ser transmitida. Estariam sujeitos à lei os canais da TV aberta e da TV paga.

"É importante tirar essa luta da TV, porque a única lição que ela propagandeia é a violência. São golpes violentos, joelhadas, golpes violentos no rosto e onde o sangue é o suor, como dizem aqueles que gostam do MMA", diz o deputado José Mentor (PT-SP). "Pesquisas feitas no exterior mostram que a TV influencia a juventude. Antes [do MMA] você via briga de escola, mas não via joelhada no estômago como há hoje".

O deputado nega que o projeto seja censura e compara a veiculação de lutas violentas a veiculação de propagandas de cigarro - proibidas em revistas, jornais, outdoors, televisão e rádios desde o ano 2000.

O presidente da Confederação Brasileira de Artes Marciais Mistas (CBMMA), Elísio Cardoso Macambira, defende a prática como esporte. Segundo ele, 1 milhão de pessoas praticam o MMA no Brasil. "O praticante é um superatleta. Tem um treinamento muito rígido, de 12 horas por dia, adquire músculos. Quando entra para lutar, ele tem condições de aguentar os golpes do adversário", diz. Macambira acrescenta que os campeonatos profissionais seguem uma série de normas de segurança para os praticantes e também para quem assiste às lutas. O próprio MMA não é, segundo ele, uma prática sem regras. No ringue, há restrições que protegem os competidores, como a proibição de golpes na nuca e nas genitálias.

No Brasil, o UFC é transmitido ao vivo no canal de TV a cabo, Canal Combate, e, pela Globo, de madrugada. Segundo matéria publicada pelo jornal Folha de S.Paulo, o acordo de transmissão das lutas de UFC firmado pela Globo e pelo Canal Combate pode render de R$ 771 milhões a R$ 1 bilhão. O contrato se estende até 2022 e afasta a possibilidade de outra emissora ter, em um futuro próximo, os direitos de transmissão. Na reportagem, a Globo não se manifestou.

O deputado Magno Malta (PR - ES) disse que outros esportes transmitidos ao vivo são tão violentos quanto as lutas de MMA. "Nós assistimos a morte de Ayrton Senna na Fórmula 1 ao vivo". Segundo ele, seria necessário proibir também outras transmissões para que se justificasse a proibição do MMA.

A declaração foi apoiada pelo deputado Acelino Freitas (PRB - BA), o Popó. O ex lutador de boxe defendeu as transmissões e o esporte como forma de inclusão social. "Proibir a transmissão é proibir o esporte. O patrocinador só tem interesse se houver divulgação e, sem dinheiro, o esporte acaba", diz. "Temos muitos nomes do MMA que mudaram, com a prática, a própria vida e a vida de muitas pessoas".

O MMA é um esporte que mistura técnicas de várias artes marciais. A modalidade começou no Brasil, quando os irmãos Hélio e Carlos Gracie, um dos fundadores do jiu-jitsu brasileiro, desafiava competidores de várias modalidades para lutas sem regras. Um dos filhos de Hélio, Rórion, organizou a primeira edição do UFC em 1993. Anos mais tarde, o UFC foi vendido para seus atuais proprietários, os norte-americanos Lorenzo e Frank Fertitta e Dana White.

Pela classificação indicativa, definida pelo Ministério da Justiça, o MMA é considerado inapropriado a menores de 18 anos - a máxima classificação -, podendo ser veiculado das 23h às 6h na TV aberta. (Agência Brasil)

Márcia Bezerra Caetano nas Séries A e B do Brasileirão

CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 - SÉRIE "B"
DATA: 03-09-2013 - 21H50 - 19ª RODADA
PALMEIRA-SP  X  CHAPECOENSE-SC
ESTÁDIO: PACAEMBU-SP
ÁRBITRO: ARILSON BISPO DA ANUNCIAÇÃO-BA-ESP
A. A. 01: MÁRCIA BEZERRA LOPES CAETANO-RO-ESP-1
A. A. 02: LUIZ CLAUDIO REGAZONE-RJ-CBF-1
4º ÁRBITRO: RODRIGO GUARIZO F. DO AMARAL-SP-CBF-1
ASSESSOR: CLEBER WELLINGTON ABADE-SP

CAMPEONATO BRASILEIRO 2013 - SÉRIE "A"
DATA: 05-09-2013 - 21H00 - 18ª RODADA
JOGO: SÃO PAULO/SP  X  CRICIÚMA/SC
ESTÁDIO: MORUMBI-SP
ÁRBITRO: WAGNER REWAY-MT-ASP-FIFA
A. A. 01: FABRÍCIO VILARINHO DA SILVA-FIFA
A. A. 02: MÁRCIA BEZERRA LOPES CAETANO-RO-ESP-1
4º ÁRBITRO: RODRIGO GUARIZO F. DO AMARAL-SP-CBF-1
ÁRBITRO ASSIST. ADIC 1: PABLO DOS SANTOS ALVES-ES-ASP-FIFA
ÁRBITRO ASSIST. ADIC 2: FELIPE DUARTE VAREJÃO-ES-CBF-1
ASSESSOR: CARLOS DONIZETI PIANOSQUI-SP

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Moto Esporte Clube: será que não está faltando dentro de campo, o mesmo roteiro traçado fora das quatro linhas

Questionado no último domingo sobre a estreia do zagueiro Antonio Carlos, que havia sido contratado do Botafogo, o técnico Paulo Autuori enfatizou a liderança do defensor.
"Isso é algo que eu venho cobrando de todo o time. Precisamos nos comunicar mais e melhor", disse o comandante do São Paulo após a vitória por 2 a 1 sobre o Fluminense.
Como na vida, a comunicação muitas vezes é subvalorizada no futebol. Não há relação que se sustente sem atenção a isso.
Ao contrário de modalidades em que as movimentações são marcadas e treinadas com base em repetição, o futebol está alicerçado em improvisos. Por isso, qualquer lance tem potencial para mudar o panorama de um jogo. Muitas vezes, falha de atenção ou erros individuais são imperceptíveis para quem apenas vê uma partida.
Em campo, portanto, os jogadores são submetidos constantemente às duas situações: há erros, falhas ou apenas adversários mais perspicazes, e eles precisam perceber isso a tempo, planejar uma estratégia contrária e comunicar isso ao time.
Exemplifico: um jogador pega a bola na direita, faz uma trajetória em diagonal e dribla três adversários. Os defensores que ainda estiverem postados precisam pensar rapidamente em meios de compensar os espaços abertos e evitar que a bola chegue ao gol.
A lista de decisões possíveis passa por "fazer a falta", "tentar o desarme individual", "tentar o desarme com dois jogadores" ou "posicionar o corpo para impedir que ele seja obrigado a mudar de direção", por exemplo. Há muitas outras hipóteses, e a decisão é sempre de quem está em campo.
Quando eu digo que o campo dá total autonomia, muita gente já questionou e citou os treinos. Por mais que a defesa seja preparada para lidar com ataques que tenham mais adversários ou lances individuais, por mais que os movimentos sejam ensaiados, o futebol sempre tem peculiaridades. É praticamente impossível que um lance no jogo seja a repetição exata de uma simulação feita durante a semana.
O que acontece no jogo pode remeter a exemplos dos treinos, e isso pode automatizar as decisões dos atletas. Para amenizar a margem de erro, contudo, o melhor é que esses atletas consigam entender o que está acontecendo e planejar soluções. Essa capacidade de resolver problemas em um espaço curtíssimo de tempo é o maior diferencial de qualquer esporte coletivo.
Tomada a decisão sobre o que fazer para interromper a jogada do adversário, cabe ao jogador comunicar isso. Não há estratégia eficiente se for totalmente individual, descolada das ações do restante do time. Se todos tiverem iniciativa ou se ninguém tiver, as chances de o lance prosseguir são igualmente grandes.
É importante que as decisões, por mais individuais que sejam, tenham reflexo no contexto. Um zagueiro pode optar por fazer a falta para interromper o lance individual do rival, mas os companheiros dele devem se posicionar para evitar a sequência do lance. E se o atleta que sofreu a infração conseguir tocar a bola, por exemplo? E se esse toque for direcionado ao espaço deixado pelo defensor que foi fazer a falta?
Não existe decisão, por mais técnica que seja, que possa ser dissociada da comunicação. E quando eu digo comunicação, não precisa ser necessariamente um estímulo verbal. Atletas podem se falar por gestos, olhares ou até pela movimentação. O corpo também fala.
Dissociar processos é um dos erros mais comuns no esporte. É como o jogador que tem excelente índice de aproveitamento de finalizações nos treinos, mas não repete isso nos jogos. Ele pode ter a mecânica certa, o movimento correto, mas precisa saber colocar isso em prática com ações dos rivais, pressão da torcida, cansaço e outros fatores.
Volto a Paulo Autuori. Depois da vitória sobre o Fluminense – o São Paulo não triunfava desde a segunda rodada do Campeonato Brasileiro – o técnico enalteceu o ambiente que tem sido criado no time do Morumbi. "Eu acredito na harmonia", afirmou o técnico.
Matéria completa aqui
Autor:
Guilherme Costa

Quase 100 rondonienses participam dos 90 anos de fundação do Avaí FC

A comitiva de Rondônia, que está em Florianópolis para as comemorações dos 90 anos do clube (1º de set de 1923), participou nesta segunda-feira, dia 26, de um bate-papo informal com a Diretoria Executiva do Avaí no auditório da Ressacada. No evento, o vice-presidente Nílton Macedo Machado explicou um pouco sobre o funcionamento do clube e suas diretrizes.



Foto: Leandro Boeira

Antes do encontro, os jovens atletas, técnicos, professores e demais integrantes da comitiva assistiram ao filme “Vamos Subir Leão” que retratou o acesso do Avaí à Série A no ano de 2008.

A vinda da delegação de Rondônia

Desde a última sexta-feira, dia 22, o estádio da Ressacada está recebendo os alunos das Escolinhas do Avaí localizadas em Rondônia. As delegações começaram a chegar na sexta, quando 35 pessoas desembarcaram no aeroporto internacional Hercílio Luz. No sábado, mais um grupo com 24 pessoas chegou. No domingo, a última delegação, com 36 pessoas, chegou a Florianópolis.

As comitivas vieram de Ariquemes e Porto Velho. Todos permanecerão durante dez dias em Florianópolis, onde conhecerão a rotina diária do clube, podendo participar de palestras e de toda a programação de aniversário dos 90 anos do Avaí, inclusive disputando jogos na Copa WOA Avaí.

 Foto: Leandro Boeira

Outra novidade

Na próxima sexta-feira,30, às 20h (horário de RO) a equipe entrará em campo no estádio da Ressacada junto com o time principal do Avaí FC que joga contra o ABC-RN, pela Série B. Serão homenageados o estado de Rondônia, e os municípios que têm núcleos já implantados.

Fonte: Site Oficial do Avaí/Roberto Luiz

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Diário e Allamanda abrem Torneio Início da Imprensa

Os 16º Jogos da Imprernsa de Porto Velho terá sua abertura oficial dia 8 de setembro no complexo desportivo do SESC Esplanada com as participações de atletas dos órgãos de comunicação da capital, disputas que já se tornaram tradicionais na capital, por envolver, uma vez por ano, jornalistas, radialistas e demais funcionários dos meios de comunicação da: TV-Allamanda, Redetv, TV-Candelária, TV-Rondônia, TV-Record News, O Estadão do Norte, Diário da Amazônia, rádios e sites.

O coordenador e fundador do evento em l997, Águido Melo, repete sempre que o objetivo dos Jogos é reunir e movimentar a classe através do esporte, se transformando num salutar intercâmbio da categoria em benefício de uma vida saudável. 

A festa de abertura não vale pontos na tabela, mas serve para cada comandante de time tirar suas conclusões de quem é quem em suas devidas posições visando o campeonato, tanto no futebol, como futsal, voleibol, xadrez e tênis de mesa. Os campeões de cada modalidade receberão troféus. Ao meio dia se reunirão para merecida confraternização especial, com presenças de convidados e sorteio de prêmios. 

Diário da Amazônia x TV-Allamanda

A tabela formalizada ontem(24/08) pela coordenação apontou os times do Diário da Amazônia x TV-Allmanda abrindo o Torneio às 8h45 no futebol society. Às 10 horas o início do futsal e voleibol feminino. As disputas do xadrez e tênis de mesa começam a partir das 9 horas. Eis a tabela:

Tabela do Torneio Início

Futebol society

1º jogo – 8h45 – Diário da Amazônia x TV-Allamanda
2º jogo – 9h30 – TV-Rondônia x O Estadão do Norte
3º jogo – 10 h – TV-Candelária x REDETV/Rádio Globo
4º jogo – 10h30 - TV-RecordNews  x ?
5º jogo – 11 h – Vencedor x Vencedor
6º jogo – 11h30 – Vencedor x Vencedor
7º jogo – 12 horas – Decisão

Obs. No futebol, cada partida terá a duração de 30 minutos. Jogador expulso de um jogo estará excluído dos demais.

Futsal

10 h – Confronto dos dois perdedores do 1º e 2º jogos do futebol
10h30 – Confronto de perdedores do 3º e 4º jogos do futebol
11h30 – Decisão entre os vencedores

Obs. No futsal, cada partida terá a duração de 30 minutos corridos. Jogador expulso de uma partida estará excluído dos demais. 

Voleibol Feminino

1º jogo – TV-Record News x TV-Allamanda
2º jogo – TV-Rondônia x RedeTV/Diário/Rádio Globo
3º jogo – Decisão entre os vencedoes

Obs. No vôlei, cada partida será disputada em dois sets de 21 pontos 
 
Xadrez 

Art. Único. Cada partida terá a duração de 30 minutos, no relógio. Os confrontos dependerão do número de atletas presentes no local. 

Tênis de Mesa

Art. Único. Cada partida terá a duração de um set de 11 pontos. Os confrontos dependerão do número de inscritos no local

Basquetebol Especial Paradesportivo 

Um jogo de apresentação da modalidade de basquetebol será realizado a partir das 8h30 por duas equipes da Associação Paradesportivo de Rondônia em Cadeira de Rodas (patrocinada pela Rondo Cap)– servindo de preparação para sua participação em competição nacional. O grupo, sob o comando de Daniel e Manoel promete muitas emoções com suas habilidades.

Futebol feminino e master

As categorias do futebol feminino (aberto) e master (acima dos 44 anos), criadas para mexer com a classe, até então adormecida, terão início dia 22 de setembro.

Fonte: Jornalista Águido Melo

domingo, 25 de agosto de 2013

Final do Sub-20: Ji-Paraná passeia no Aluizão e aplica goleada no Moto nos primeiros 90min da decisão

Noite de sábado(24), Aluizão com mais de 200 pessoas presentes. Em campo: Moto e Ji-Paraná, categoria Sub-20, primeiro jogo da final. A meninada do Moto muito tensa, parecia que nunca haviam jogados juntos. 

Bola para o alto, com seus dois atletas de maior destaques Fernandinho e Gugu completamente anulados. Fernandinho até tentou, saiu da esquerda foi para a direita e vice-versa mesmo assim nem de longe parecia aquele Fernandinho impetuoso, rápido e que parte pra cima. E o Gugu então!



Já o Galo da BR, com uma garra fora de série. Sem seu camisa 10 Victor Hugo mas, com entrada do baixinho Weltinho que vai dar dor de cabeça ao Luciano. Falando de Jipa, o primeiro gol da goleada saiu ainda no 1º tempo, aos 18min com Jailson que na saida do goleiro Alex colocou no canto esquerdo rasteiro. Moto 0 x 1 Jipa -ficou assim o 1º tempo.

Para a segunda etapa, o Moto começou a mexer em sua equipe. Porém, nada dava certo, não evoluia. Enquanto o Jipa ia construindo sua folgada vitória. Aos 11min Weltinho pegou uma sobra e mandou pras redes: Moto 0 x 2 Jipa.



Sete minutos depois, Gil sofre falta quase na linha da grande área e, ele mesmo bateu, rasteiro  no canto esquerdo sem chances ao goleiro Alex. Moto 0 x 3 Jipa.

Agora, restam ainda 90min de jogo este, no Biancão casa do Jipa que já tem uma mão na taça e um pé na Copa São Paulo do próximo ano.

Ficha Técnica - Moto E. Clube 0 x 3 Ji-Paraná FC
Árbitro: Maicon Pessoa de Sousa (Ariquemes)
Árbitro Assist: Reginaldo Alves de Melo(PVH)
Árbitro Assist: Cristiano Pereira Lopes(PVH)

Moto E.C.: Alex; Alef, J. Batista, Mateus e Dione(Pitico/V); J.Henrique; Roger(Wosto), Nenê(Sávio) e Fernandinho; Allan e Gugu(Nil). Téc: Becão.

Ji-Paraná F.C.: Daniel; João Victor, Deivid, Lucas(Fagner) e Junior(V); Neilton, Jailson(Pim), Gil(Magno) e Weltinho(Patito); Márcio e Yago(Felipe). Téc: Luciano de Almeida.

Gols: Jailson (18min/1º t), Weltinho(11min/2ºt) e Gil(18/min/2º t de falta).




sábado, 24 de agosto de 2013

Final do Sub-20: Tudo pronto (ou quase) para a primeira partida no Aluizão

...Sexta-feira(23), durante o programa esportivo na Rádio Caiari de 11h00 ao meio-dia, cheguei a comentar com meu amigo Sandeimar Medeiros sobre um plano B que o Moto já poderia pensar para o 1º jogo na capital...

...E o que seria esse plano. 1º) como vai acontecer um evento de Rugby, antes do jogo entre Moto e Ji-Paraná - aliás o dia todo de Rugby -, assim que o campo for liberado já entra em cena alguém do Moto e, se possível faz a pintura da grande área, a meia lua, etc...

...2º) e este o mais importante, com relação a Ambulância e os PMs - parece que estávamos adivinhando -, pois logo depois do programa soube que o Corpo de Bombeiros não vai mandar viatura para o estádio. Pelo menos respondeu ao ofício do Moto, tem que "contratar" uma o mais rápido possível. Com relação aos PMs, nada de alterações...


sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Sub-20: Becão convoca 20 atletas para o 1º jogo da final

A equipe do Moto Sub-20, realizou na tarde desta quinta-feira(22) o último coletivo apronto para o primeiro jogo da final, contra o Ji-Paraná no Aluizão. O local como sempre, as instalações da Base Aérea que ainda serve como Sparring, mandando seus soldados atuarem e ajudar o Moto E. Clube.

O placar final foi de 3 a 2 para a meninada do Moto. Logo após as atividades, Becão convocou 20 atletas, assim relacionados: Alex, André, Mateus Dione, J. Batista, J.Henrique, Roger, Pitico, Nenê, Allan, Gugu, Fernandinho, Rafael, Samir, Sávio, Ronan, Nil, Ronan, Nil, Wosto,  Maylon e Wigni.

Comissão Técnica: Lourival Becão (Técnico); Paulo Roberto (Prep. Físico); Edimilson Brasil (Supervisor); Tom Sousa (Diretor Administrativo); Marquinhos e Babinha (Massagistas); Joãozinho e Tigrillo (Mordomos); João Lima (Presidente) e Wilmar Martins (Vice Presidente).

E mais...

A partida será realizada no estádio Aluizão, às 19h30min deste sábado(24). O trio de árbitros será: Maicon Pessoa de Sousa (Ariquemes), com os assistentes Reginaldo Alves de Melo e Cristiano Pereira. O quarto árbitro será Túlio Nells e o delegado Sr. Levir Moreira.

O jogo será transmitido na íntegra pela Rádio Caiari AM 1430Khz. A entrada é franca.




quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Futebol: Lucas do Rio Verde com 45 mil habitantes passa por cima do Campeão do Mundo

Tive a curiosidade de pesquisar o número de habitantes do Município de Lucas do Rio Verde, cidade do Estado do Mato Grosso. “Em Lucas do Rio Verde temos ao todo 13.657 domicílios ocupados e contamos com o crescimento populacional de 135,79% na última década, somando ao todo uma população de 45.545 pessoas”, ou seja, o Município de Porto Velho, Capital do Estado de Rondônia tem uma população dez vezes maior. E sabe o que eles tem? Um time de Futebol que venceu o atual Campeão do Mundo S.C. Corinthians. O que é mais legal, jogando em um ESTÁDIO de propriedade do Município que com os POLÍTICOS compromissados com o esporte daquela CIDADE, deixou a população maravilhada, eufórica , ao final da partida realizou um grande CARNAVAL pelas principais RUAS da cidade, fechando com chave de ouro uma noite inesquecível do dia 21 de agosto de 2013. 

Escrevo essas linhas, não para provocar os meus amigos Corintianos, mas para uma reflexão de todos nós moradores de Porto Velho, principalmente aqueles que se dizem representantes do Povo. E faço agora algumas indagações que gostaria, se possível, alguém me responder.

 Por que não temos um estádio? Por que não temos apoio para o esporte? Por que não temos um teatro? Por que não temos hospitais? Por que não temos segurança? Por que os profissionais da educação são tão mal remunerados? Por que as nossas ruas e avenidas são tão mal cuidadas? Por que não temos iluminação pública? Por que o nosso transito é um dos mais violentos do País? Por que acabou o JOER (Jogos Escolares de Rondônia)? Por que acabaram com a EXPOVEL? Por que acabaram com o Carnaval? Por que deixaram destruir a Estrada de Ferro Madeira Mamoré? Por que abandonaram o Único Parque Ecológico de Porto Velho? Por que não temos um espaço multi-evento? Por que não temos um Terminal Rodoviário descente? Por que não temos creches suficientes para as crianças? Por que não se termina uma obra sequer nessa cidade?

 E voltando a Lucas do Rio Verde, você pode me dizer quanto seria gasto com tamanha exposição na mídia nacional, se o Município tivesse que se auto promover, colocando mídia no canais de TV aberto e de assinatura, nos sites, nos jornais e nas emissoras de rádio? Alguém tem dúvida que o esporte dá retorno ao Município? Alguém tem dúvida que se investindo no esporte muitas mazelas seriam evitadas? Finalizo, agradecendo a sua atenção. Muito obrigado.

Naldo Dias - É Prof. Radialista e Vascaíno dos bons

Sub-20: saiu a escala de arbitragem para sábado,24, e vem de Ariquemes o homem de preto

A primeira partida entre Moto Clube e Ji-Paraná, válida pela grande final do Campeonato Rondoniense Sub-20, terá como árbitro Maicon Pessoa de Souza, de Ariquemes, conforme divulgado pela Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER. A partida está marcada para este sábado, 24, às 19h30, no estádio Aluízio Ferreira, o Aluizão.
Maicon Pessoa, será auxiliado por Reginaldo Alves de Melo e Cristiano Pereira. O quarto árbitro e delegado são Túlio Nells e Levir Moreira, respectivamente.

Autor: assessoria: paulo ricardo

Sub-20: Moto e Ji-Paraná, técnicos quebram a cuca para formação ideal

Esta quinta-feira,22, representa o penúltimo dia para as avaliações finais dos dois comandantes dos times finalistas do Campeonato Junior Sub-20. Tanto Lourival "Becão", técnico do Moto quanto Luciano de Almeida, comandante do Galo da BR ambos tem problemas com relação às suas escalações - deve ser também um blefe -, nunca se sabe. Pois são extremamente cautelosos.

Mas, e os fatos: pelo lado do Ji-Paraná FC a ausência confirmada é do craque do time Victor Hugo, que fora expulso no jogo da volta da semifinal contra o Espigão, há também problemas de contusões na onzena que atuou no último sábado.

Já o alvirrubro da BR, teve que jogar mais de 143min no sábado e domingo próximo passado; 53min e mais os 90min do domingo e, mesmo numa faixa etária de 17 a 20 anos a batalha fora sentido. É tanto que hoje, quinta-feira(22) no coletivo apronto muitos atletas gripados e o centro-avante Pitico com lesão na coxa direita.

Porém, se tudo ocorrer da melhor maneira possível e, os Professores não estiverem fazendo jogo de xadrex, as prováveis escalações para este sábado às 19h30min no Aluizão, serão:

Moto: Alex; Alef, J.Batista, Mateus e Dione; Henrique, Roger, Nenê e Fernandinho; Pitico(Allan) e Gugu.

Ji-Paraná: Daniel; João Victor, Deividi, Lucas Marques e Junior Ferreira; Neilton, Jailson, Giovane Jeans e Eric; Marcio bonato e Yago Sales (Patito).

Arbitragem rondoniense em alta: árbitro promissor e futuro Fifa, sorteado para Série C

Ontem noticiamos a escala de Márcia Bezerra L. Caetano, assistente rondoniense para trabalhar no jogo entre Ponte Preta e Cruzeiro. Esta partida válida pela 16ª rodada da Série A do Brasileirão. E, hoje apresentamos também o sorteado e futuro árbitro Fifa, Fledes Rodrigues Santos que terá a missão de continuar representando e bem o nosso estado em nível nacional.

Pelo Campeonato Brasileiro Série C, Fledes(f) irá até a capital acreana Rio Branco no dia 28 de agosto, onde estarão jogando Rio Branco e Treze-PB. Os dois assistentes serão, o brasiliense Luciano Benevides de Sousa e o goiano Edson Antonio de Sousa.

 (Fledes em recente treinamento Fifa - 9º da esq/dir fila do meio)

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Assistente rondoniense Márcia Caetano em mais um jogo da Série A

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nesta terça-feira (20) a escala de árbitros para a rodada de final de semana do Campeonato Brasileiro Serie A. A assistente rondoniense Márcia Bezerra Caetano foi escalada para o jogo Ponte Preta X Cruzeiro.
A partida acontece às 18:30 horas deste sábado (24), no Estádio Moises Lucarelli, em Campinas/SP, pela 16ª rodada do primeiro turno do Brasileiro da Série A. O árbitro será o goiano Wilton Pereira, já o assistente nº 1 é o carioca Rodrigo Pereira.

Fonte: Lenadro Bratti/Assessoria da FFER

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Estádio Aluizão viverá mais um dia de festas: com Rugby e depois Moto x Jipa

Mais uma do Blog...até onde minha fonte teve acesso, no próximo sábado,24, o velho Aluizão será de festa.

Desde as primeiras horas da manhã até 18h30min, o campo e instalações estarão disponíveis para os fortões do Porto Velho Rugby. Torneio.

E o que é o Rugby? Eu ignorante como sempre chamava de futebol americano, mas, são 15 jogadores e 7 suplentes e o campo retangular, as traves. Ah essas tem mais uns dois postes ao lado dos normais.

Ah e por ai lá se vão a tarde toda. E o jogo da final do Sub-20 entre Moto e Ji-Paraná, ficaria para às 19h30min. Portanto...não passe adiante ainda, mas a meninada de Moto e Jipa podem muito bem rolar a bola num campo - acho que estará firme e forte, como é tradiçao do Aluizão.

Pós Jogo: Genus sem pagar Arbitragem e Moto volta ao batente

...Final do jogo entre Genus 0 x 0 Paragominas-PA. Burburinho tanto na saída da arbitragem para o vestiário, assim como no vestiário do Genus. Este escriba(eita!) corre para tentar ouvir o atleta Cristovam nº 13 do Paragominas que, é retirado por colegas e não deu entrevista. Depois vi a súmula e o árbitro havia espulsado o dito cujo.

...Enquanto isso lá pelos lados do vestiário do Genus. Ninguém entrava, nem a diretoria. Depois soube que o motivo era grana, aliás, muita grana - uma mala, digamos de cor (adivinhem) -, ficou acertado que seria distribuído um valor x. E, após uma batalha daquelas - sabe quanto foi oferecido aos atletas? Pois não: x-15 (claro que minha fonte me passou o valor total e o valor que "sumiu" da conta), porém, não tenho comprovante e também não digo a cor do time interessado pelo resultado.

...Agora, o que fizeram com os atletas e comissão técnica vou te contar. E mais, o árbitro do Piauí pegou pesado contra nosso Aurigrená, está na súmula: "não houve pagamento para arbitragem (passagens, cotas e diárias)". Aplicados 8 cartões amarelos e 1 vermelho.

...E agora um pouco do Sub-20. Organização é assim que se faz. Nota 10 aos dois clubes que tive mais contatos, mais informações (sei um pouco do Jipa através de seu comandante Luciano de Almeida e, está na final), não soube nada do Espigão mas, o trabalho por lá também foi muito bem feito.

...Falar um pouquinho do Cacoal, tive o privilégio de conversar com o técnico Simônio quando aqui esteve para jogar 37min, gostei demais do projeto deles o time quase todo da grande Cacoal. Saiu da disputa da grande final, por estas coisas do futebol. E, hoje li no site Futebol do Norte o agradecimento do diretor Bruno Trevizani aos apoiadores/parceiros.

...Aliás Bruno alguém comentou comigo que seriam 13 os apoiadores de vocês, ledo engano, contei e são 18 instituições; desde a Prefeitura Municipal de Cacoal via AMEC, passando por EUCATUR, Câmara de Vereadores até o Hotel Catuai. É isso, imagina esse time agora de volta a elite.

...E o Moto Esporte Clube, como gente grande e assim que se trabalha. O time volta a batalha nesta terça,20, na quadra de areia do Ginásio Claudio Coutinho às 16h. Quarta-feira, no estádio Aluizão treinamento com bola, em campo reduzido, passes, marcação. Quinta-feira, coletivo apronto na Base Aérea contra a forte equipe de militares.

...Ah, quanto aos apoiadores e parceiros do Moto tem sim, muita gente cooperando. O Blog para não fazer injustiças fará uma relação completa desde a SEDUC e demais parceiros. Prometo.

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Sub-20: Moto x Jipa e Jipa x Moto quem irá representar RO na Copa SP de 2014

Neste domingo,18, ficou conhecido os finalistas do Campeonato Junior de 2013. O Ji-Paraná FC classificou-se na noite de sábado quando, no Biancão derrotou a equipe do Espigão do Oeste por um a zero, no jogo de ida no Luizinho Turatti o Galo fez 4 a 3.

Já Moto x Cacoalense tem um capítulo à parte. No jogo de ida na capital, as duas equipes realizavam um belo jogo quando, aos 37min de jogo o árbitro teve que suspender o jogo em virtude da Ambulância ter abandonado o estádio, sem dar satisfação ao time mandante do jogo.

(foto de arquivo)


Pois bem. O Departº Técnico da FFER agiu rápido, aplicou uma pena administrativa ao Moto de perda do mando de jogo - o jogo complementar -, a equipe Alvirrubra foi completar os 90min de jogo no estádio Aglair Tonelli e, por extensão jogar sábado e domingo para se conhecer o finalista.

No sábado,17, o Timão da BR com muitas dificuldades enfrentou a Cacoalense e, aos 38min do 2º tempo já na reta final tomou 1 a zero, ai não ânsia de empatar o jogo levou mais um aos 40min, sendo este um gol contra.

E, como fazer para reverter o placar no domingo. Ai entra a experiência do técnico Becão, que chamou de um a um, os seus comandados e bolaram uma nova estratégia para ganhar o jogo e pelo menos de 2 a zero. A coisa deu certo é tanto que nos primeiros 45min o Moto fez 1, 2 e 3 gols - Fernandinho fez dois e Roger o terceiro -, como tudo para o Moto tem um sabor especial, a Cacoalense diminui, deixando o placar até o final de: Cacoalenes 1 x 3 Moto.

Feito as contas. Vamos aos pênaltis, coração à flor da pele, adrenalina a mil e depois de 18 pênaltis bem cobrados saiu um vencedor, o Moto que ganhou por 9 a 8. Nestas alturas, muita comemoração, muito choro e a cena da tarde/noite: Becão atravessou o campo de uma trave a outra de joelhos.

Agora, resta ao Moto preparar seu alçapão para receber o Jipa no próximo sábado(24) e no outro final de semana, saber quem vai a Copa SP do ano da Copa.

Genus joga bem na despedida da Série D para 59 pagantes

O Genus recebeu na tarde deste domingo(18), em casa, no Aluizão a forte equipe do Paragominas-PA. O jogo válido pela 9ª rodada da Série D. Foi só o árbitro Sr. Antonio Santos, dá o início do jogo para que o time visitante  partisse para cima do Genus.

O Jacaré como é conhecido o Paragominas tentou várias vezes abrir o placar. O Genus totalmente diferente dos jogos anteriores, tocava bem a bola com um Souza brilhante no ataque e lá atrás, o goleiro Diego Braga estava inspirado.

Neste embalo, acabou-se os primeiros 45min de jogo. Intervalo. Voltam os dois times e, os técnicos não mudaram nenhuma peça. O primeiro a fazer substituição foi justamente Cacaio que tirou o craque deles Ratinho e colocou Wegno, quase instantaneamente o técnico do Genus Ionay Fabrício e colocou Anderson.

O Genus estava disposto a sair de campo com a vitória, independendo de ajudar o Plácido ou o Nacional. Já o Paragominas nem o empate interessava, o tempo passava rapidamente. Enquanto no Genus atletas como Quintino, Rob, Guarate e Marcus Aurélio se desdobravam. Sem contar Souza que não suportou mesmo os 90min e deu seu lugar a Marcos Canhoto.

Estamos chegando ao final do jogo, ataque do Paragominas com Adriano Miranda dando um chutaço a bola bate no travessão e volta para Weller que faz, porém, ele estava em completo impedimento. Na sequência o craque Marcos Canhoto perdeu um gol certo. Final de jogo: Genus 0 x 0 Paragominas-PA.

Ficha Técnica
Árbitro: Antonio Santos Nunes(PI)
AAssist: Gustavo Rodrigues e Fabrício Porfirio de Moura(ambos paulistas)
Renda: R$ 590 com 59 pagantes
Genus
Diego Braga; Guarate, Nino, Marcus Aurelio e Diego Bahia; Éder Paraiba, Quintino, Rob e Fabricio(Anderson); Careca(André Merenda) e Souza(Marcos Canhoto). Téc. Ionay da Luz
Paragominas-PA
André Luiz; Dida(Cristovam), George, Rubran e Souza; Paulo de Tarcio, Evandro Pará, Fabricio e Ratinho(Wegno); Weller e Adriano Miranda. Téc. Cacaio

Classificação até a nona rodada
1º) Plácido de Castro-AC 13pg (classificado)
2º) Nacional-AM 12pg (classificado)
3º) Paragominas-PA 8pg
4º) Naútico-RR 7pg
5º) Genus-RO 5pg

Evolution cresceu na hora certa, venceu ao Palmeiras-AC

Muito bom jogo entre: Evolution-RO 3 x 1 Palmeiras-AC, válido pela 13ª edição da Liga Norte de Futsal, agora à noite no Ginásio Claudio Cou...