domingo, 31 de março de 2019

Largada da última rodada com sete gols assinalados

Noite de sábado,30, dois jogos da 10ª rodada com pinta de nostalgia. Fico por aqui com a palavra nostalgia, o que se viu dentro de campo foi muita correria, com chances lá e cá - falo do jogo que vi pessoalmente - RSC e SC Genus.

O RSC fazendo talvez seu melhor jogo, e o Genus também bem avançado, Dadai grande jogador sempre pelo lado direito transitando com certa facilidade no homem a homem da defensiva do periquito. Por outro lado, o setor esquerdo de ataque do periquito com triangulações perfeitas.

Souza, velho guerreiro e sempre protagonista se entendia perfeitamente com Bibio e Fred. Ele Souza, levou uma bola pra cima do zagueirão Alex do Genus, fez a famosa pedalada, no momento do chute a recuperação perfeita do zagueiro aurigrená, livrando seu time de tomar o primeiro.

Ainda nos primeiros 45' aconteceu duas chances para o RSC, mas nos pés de quem? Do ótimo Fred, uma em tabela com Souza e outra uma deixada por Bibio, Fred tava doido pra fazer seu golzinho, porém, do outro lado tinha um Douglas - baita de goleiro -, salvou. Aliás, o zero A do primeiro tempo, graças aos dois guarda-metas.

E assim foi o primeiro tempo: RSC 0-0 Genus

Para o segundo tempo o diapasão não mudou quase nada, principalmente para o Periquito da zona leste. O Genus sentiu mais a carga, a correria imposta pelo RSC influenciou e tanto. Mas, por incrivel que pareça quem continuava dando as cartas eram os "veteranos" e, coube então ao Souza fazer os dois gols do RSC. Final de jogo: RSC 2-0 Genus.

O outro jogo do sábado foi no Portal da Amazônia, onde o desacreditado União Cacoalense fez bonito, foi na casa do Barcelona necessitando de 1/2 (meio gol), e fez logo 4 para alegria da grande torcida do bicampeão de RO. Placar final: Barcelona 1-4 União.

Hoje,31, os dois últimos jogos da 1ª fase

Real x Porto Velho
Ji-Paraná x Vilhenense

sexta-feira, 29 de março de 2019

Quem leva o estadual-19 do rondoniense, segundo os Professores

São 4 cabeças pensantes, são novos e velhos treinadores que já tiveram o gostinho de chegar à semifinal do rondoniense de futebol.

Acompanhem o perfil de cada:

Real Ariquemes, tem em Luís dos Reis,50a, conhecido como Reis pelos atletas, já trabalhou com grandes nomes: Muricy Ramalho e Luiz Felipe Scolari. Em 2018 com o RSC foi eliminado na semi, justamente pelo Real. Portanto, segundo ano de RO e, segunda semifinal.

Novato PVH EC, tem o comando de Paulo Eduardo,32a, também pela segunda vez chega à semi. Em 2017 o até então auxiliar técnico de Mirandinha no Genus, saiu da disputa graças ao paredão Dida- defendeu 3 pênalti em favor do Real Ariquemes.

O matucho Paulo César Shardong, 48a, chega pela segunda vez à semi. A primeira vez foi em 2016 com o Real  - ficando na oportunidade em 3° lugar -, esta a performance desse gaúcho de Três Passos, e criado no Mato Grosso do Sul.

Tiago Batizoco,38a, é um dos mais laureados "Prof" dos últimos 10 anos. Já criou -se um jargão "quer ver seu time campeão, chame o Tiagao".

Acompanhem

2009 - semi pelo Rolim de Moura.
2010 - semi pelo Espigao.
2011 - Espigao d'0este campeão.
2012 - Ji-Paraná FC (foi o campeão)
2016 - semi
2017 - vice com o Barça
2018 - vice com o Barça.

Resumindo

Tiago Batizoco, tem 8 semifinais( 2 vices, 2 vezes campeão-1 espigao e 2a divisão com o jipa).



quinta-feira, 28 de março de 2019

Brasileiro A-2: hoje é dia de torcer pelo PVH EC

A bola rola oficialmente para as meninas rondonienses do PVH EC, exatamente às 18h no estádio Ismael Benigno.

Um total de 23 pessoas encontram-se em Manaus,  17 atletas e 6 membros da comissão técnica:

Fabrício Medeiros, Paulo Eduardo, Maicon Douglas, Luiz Vidal, Ivan Wilson e Ágata Francisco(Fisioterapeuta).

As atletas: Rosane,Vanda, Monique, Karla, Caroline,  Adelaine, Josiane, Angra, Adriele,  Regina Reis, Érika de Souza, Kamila Lima, Leila Webber,  Kadjia Tatame, Mayara de Carvalho, Raimunda Laura e  Elissandra (Nenê).

3B Sports x Porto Velho EC
Árbitro: Antonio Carlos
Á.A. 01: Anne Kesy
Á.A. 02: Eliane Nogueira
4°Árbit: Freddy Fernandez

Copa do Brasil sub-20: Fla x Real Ariquemes

Daqui a pouco, às 17h30 em nosso horário, a equipe do sub-20 do Real Ariquemes enfrenta o todo poderoso Flamengo - RJ no estádio Raulino de Oliveira

A arbitragem para este jogo inédito é  toda carioca assim formada:

Árbitro: Carlos Eduardo Braga
Á.A.01: Fabiana Nóbrega
Á.A.02: Beatriz Geraldini
4°Árbt: Daniel de Souza

segunda-feira, 25 de março de 2019

Salvo pelo gongo. Ops! Pelo Genus

O velho Aluizão foi palco de 9 belos gols neste sáb e dom (23 e 24). Dois jogos válidos pela penúltima rodada da fase classificatória do rondoniense-19.

No sábado, RSC 1-3 PVH. Cabelo(1 gol e Leandro 2 gols para a Locomotiva), Souza diminuiu para o periquito.

Os destaques do jogo de sábado, claro os goleadores e o goleiro Gabriel Sarges do PVH.

Já no jogo de domingo entre: Genus 3-2 GEC, rolava algumas "teorias da conspiração". 1) Genus abriria as porteiras pra vitoria do GEC e afundar o periquito na 2a divisão; 2) PM não viria para o estádio, o jogo seria suspenso e o GEC faturaria 3 pontos para se segurar na Série A.

Ora, quando se fala nessas teorias as coisas parecem se aliarem.

O jogo teve 57' de atraso em função da não presença da gloriosa PM (bem, o que se falou foi de que um simples ofício não foi enviado ao Comando Geral da PM, sobre o evento). Será?

Bola rolando viu -se um GEC bem acertadinho dentro de campo, troca de passes, bolas longas.

Em dois ataques do GEC, dois gols assinalados: Erick aos 6' e Thaylan aos 8'. Seria conspiração?

Nada, o Genus quase diminuía aos 10' com Juninho e Dadai, não se entenderam bateram cabeça e também o gol.

Mas, ainda bem que o gol do Imperador para o Genus, não demorou aos 14' ele apareceu livre, leve e solto no bico da grande área, lado esquerdo da defensiva do GEC.

Imperador levou mais um pouco, e já quase na pequena área ele colocou rasteiro canto esquerdo do Júnior Silva. Genus 1-2 GEC.

Fim do primeiro tempo

Para o segundo tempo, o Genus precisaria empatar o jogo nos 5' primeiros minutos.

Aos 6' numa bola esticada para o ataque do Genus, lado esquerdo a defensiva do GEC moscô e a bola sobrou para Dadai de pé esquerdo soltou a bomba, era o 2-2.

Nessas alturas o GEC apresentava sinais de cansaço. O técnico Marilucio Panelinha do GEC soube trabalhar direitinho com os recursos que lhe deram. Mexeu bem o campeão da virada do século.

Kaká que foi uma das apostas, quase faz 3 a 2, aos 25' ele chutou à meta de Douglas Silva, um monstro no gol. A bola passou pelo Douglas, bateu na trave e nas costas do Dougla saindo a escanteio.

Mas o Tinho Damasceno também tinha suas peças, seus trunfos - por sinal todos da base -, os três que entraram Amaylon, Zeca e  Vitor José, deixaram bela impressão.

Zeca eu já o conhecia, zagueiro foi colar no Erick, Amaylon volante, boa estatura, canhoto já se escalou para a última rodada.

E o que falar do Vitor José, esse nasceu com a testa pra Lua  - dizem que tem DNA Aurigrená  - é filho do Edney, o cara entra aos 40' e aos 45' faz o vira vira. Salvou dois com um golaço só   - o rondoniense e outra figura bem acolá.

sábado, 23 de março de 2019

Futebol Feminino: As meninas do PVH EC não respeitaram nem os veteranos

É isso mesmo, quem leu veteranos - foram vítimas de uma locomotiva sem freios - os "vein" do quadro de reservas da Policia Militar, reforçados pelo zagueirão Becão e Gilmar de Jesus, nesta sexta(22), levaram uma "peia" de 4 a 2 do time feminino do PVH EC que vai disputar o Brasileiro Série B.

Para se ter ideia do poderio dessas meninas, elas ganharam de três equipes nas seguintes faixas e gêneros: de uma equipe feminina na mesma faixa delas, do time do Avaí-RO masculino, sub-17 e, ontem do pessoal cinquentão masculino ex-PMs.

O local foi o campo dos Oficiais da PM, na estrada da Coca-Cola, o placar final 4-2 pras meninas, e sem desmerecer dá os parabéns pela atitude como as meninas foram recebidas, os "coroas" como o amigo Becão disse ao blogueiro: "nosso time só tinha 12 atletas", mas as meninas correram bastante.

Agora é colocar a cabecinha no lugar, se programar para enfrentar o timaço do 3B da Amazônia, na próxima quinta(28). Jogo que já foi alterado o local, não será mais na Arena da Amazônia, será na Colina às 20h(RO).

Nossas meninas estão no grupo 2, composto

- Porto Velho EC (RO)
- São Raimundo (RR)
- 3B da Amazônia (AM)
- Atlético Acreano (AC)
- Operário (MT) e
- Pinheirense (PA).


 (Gilmar de Jesus, Angra, Natyeli e Becão - da esq/dir)

(*) Fotos: crédito ao craque Gilmar de Jesus)

Quem vai à semifinal além do Real, e quem cai após esta 9ª rodada

Os jogos de hoje(23) e domingo(24), válidos pela penúltima e 9ª rodada do estadual, apresentam peculiaridades que só o futebol é capaz. Por exemplo: no grupo A, onde já tem o Real classificado com 17 pontos, folga na rodada e joga na 10ª por um empate para decidir se vai à grande final justamente em casa no Valerião.

Já o Porto Velho com 12 pontos, joga contra o RSC e, se quer a primeira colocação tem que pensar em vitória - um empate não é ruim, mas dá adeus ao primeiro lugar -, podendo até perder a vaga para o Genus. Como assim? Com empate o PVH chega aos 13 pontos e tem um saldo de 6 gols, mesmo perdendo seu útimo jogo contra o Real, e o Genus tem saldo negativo de 2 gols.

O Genus precisaria golear ao GEC no domingo(24), por pelo menos 8 gols para igualar ao saldo do PVH. O RSC não tem outra saida, ganhar do PVH chega aos 7 pontos rebaixa o GEC que só tem 3. Lembrando que até o empate é ruim para o time que mais empatou neste campeonato, foram 4 no total. Guajará entra em campo no domingo, sabendo se está ou não no purgatório.

Só lembrando: o GEC sempre foi uma pedra na chuteira do Aurigrená, quem não lembra o efeito Tanaka recentemente, seria o Thaylan o Tanaka da vez??

Lá pelo grupo B, a situação de análise é bem complicada, vamos a ela: Ji-Paraná, Guaporé e Vilhenense estão mais parecidos do que, uma carrada de japoneses. Os três com 15 pontos cada, o Guaporé pega o Jipa em casa, ganhando fica torcendo por um empate na última rodada entre Jipa e Vilhenense - se bem que o blogueiro entende que vão chegar os três na última rodada igualzinhos - Jipa com 15, podendo chegar aos 18 pontos, e Vilhenense com 18 e jogando por um empate contra o Galo.

Para se conhecer o rebaixado, entre: União e Barcelona, outra situação de empatar em tudo. Exemplo, o Vilhenense faz 3 - 0 no Barça, o saldo negativo de hoje é de -8, subiria para -11. Igual em tudo com o Barça. Os dois vão pra 10ª rodada sem poder nem empatar.

A Classificação hoje é:

Grupo A

1º) Real Ariquemes......, 17 pts em 7 jogos, 5 vitórias e saldo de 10 gols
2º) PVH EC.................., 12 pts em 6 jogos, 4 vitórias e saldo de 6 gols
3º) Genus......................, 07 pts em 6 jogos, 2 vitórias e saldo de -2 gols
4º) RSC........................., 04 pts em 6 jogos, 0 vitórias e saldo de -5 gols
4º) GEC........................., 03 pts em 7 jogos, 0 vitórias e saldo de -9

GrupoB

1º) Ji-Paraná FC..........., 15 pts em 6 jogos, 5 vitórias e saldo de 06 gols
2º) Guaporé.................., 15 pts em 7 jogos, 5 vitórias e saldo de 06 gols
3º) Vilhenense.............., 15 pts em 6 jogos, 5 vitórias e saldo de 06 gols
4º) Barcelona................, 01 pt em 6 jogos, 0 vitórias e saldo de -08 gols
4º) União......................, 01 pt em 7 jogos,  0 vitórias e saldo de -11 gols

Até agora 32 jogos realizados; 91 gols assinalados com média 2,7 gol/jogo; 1-0 é o placar mais frequente, saiu 7 vezes, já o 0-0 saiu uma vez.

Os artilheiros: Leleco (Real) tem 6 gols; Rodrigão (Guap) com 5 gols.

sexta-feira, 22 de março de 2019

Resultados da sessão desta quarta(20), do TJDF-RO

  1ª Comissão Disciplinar do TJDF, esteve muito "boazinha" à noite desta quarta(20)
 
E a 1ª sessão de instrução e julgamentos realizada à noite desta quarta,20, a partir das 18h na sede do TJD, sob o comando da 1ª Comissão Disciplinar. A pauta é longa, até porque serão em torno de 20 (vinte) atletas, e dois clubes.

Clubes: Real Ariquemes e Barcelona FC, ambos incursos no Art. 206;

Os atletas

Gabriel e Souza (RSC), Art. 254 e 258
Raison Galdino (GEC), Art. 258
Willian Santos (Vil), Art. 258
Francisco Assis, Renan Cesar, Simônio, Silvão e Alessandro Braga (Uni), Arts. 254 e 257.

O que diz os Arts.

- 206 - Dar causa ao atraso do início da realização da partida - PENA: multa de $ 100 a $ 1.000 por minuto da infração;
- 254 - Praticar agressão  física durante a partida - PENA: suspensão de 4 a 12 partidas;
- 257 - Participar de rixa, tumulto durante a partida - PENA - suspensão de 2 a 10 partidas; e
- 258 - Assumir qualquer conduta contrária à disciplina - PENA - suspensão de 4 a 12 partidas.

quarta-feira, 20 de março de 2019

Vinte atletas e dois clubes sentam-se hoje perante ao TJD

E a 1ª sessão de instrução e julgamentos, será realizada logo mais a partir das 18h na sede do TJD, sob o comando da 1ª Comissão Disciplinar. A pauta é longa, até porque serão em torno de 20 (vinte) atletas, e dois clubes.

Clubes: Real Ariquemes e Barcelona FC, ambos incursos no Art. 206;

Os atletas

Gabriel e Souza (RSC), Art. 254 e 258
Raison Galdino (GEC), Art. 258
Willian Santos (Vil), Art. 258
Francisco Assis, Renan Cesar, Simônio, Silvão e Alessandro Braga (Uni), Arts. 254 e 257.

O que diz os Arts.

- 206 - Dar causa ao atraso do início da realização da partida - PENA: multa de $ 100 a $ 1.000 por minuto da infração;
- 254 - Praticar agressão  física durante a partida - PENA: suspensão de 4 a 12 partidas;
- 257 - Participar de rixa, tumulto durante a partida - PENA - suspensão de 2 a 10 partidas; e
- 258 - Assumir qualquer conduta contrária à disciplina - PENA - suspensão de 4 a 12 partidas.

Copa do Brasil Sub-20: dois rondonienses e dois matogrossenses, dirigem Real x Horizonte

O jogo hstórico válido pela Copa do Brasil Sub-20, entre as equipes: rondoniense do Real Ariquemes contra a cearense do Horizonte FC, terá arbitragem de RO mesclada com o MT.

Acompanhe a ficha técnica

Copa do Brasil de Futebol Sub-20/2019 - 1ª fase/grupo 10/jogo 12
Estádio Gentil Valério de Lima - Valerião - Ariquemes/RO 
Município distante de Porto Velho, capital em 203 km - 2h 31min  via BR-364
Data: 20 de março de 2019, às 20h (DF)

Árbitro: Jonathan Antero Silva - categoria C/D - RO
Á.A.01: Valdebranio da Silva - categoria C/D - RO
Á.A.02: Fábio Rodrigo Rubinho - categoria A/B - MT
4º Árbt: Rafael Odilio Ramos dos Santos - categoria C/D - MT

(*) terminando empatado o jogo, a decisão vai para os pênaltis. Quem passar de fase já sabe que enfrentará ao Fla-RJ, que goleou ao Ceilândia-DF por 4-0.

terça-feira, 19 de março de 2019

Árbitros para 9ª rodada

A comissão de arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia realizou na manha desta segunda-feira (18/03), às 10:45hs, os árbitros para a 9ª rodada do Campeonato Rondoniense Série A – 2019.

Confira a escala:

 Rondoniense X Porto Velho - dia 23/03, às 20h - Estádio Aluízio Ferreira – Porto Velho.

Árbitro – Sidnei Pereira Oliveira
Assistente 1 – Marcia Lopes Caetano
Assistente 2 – Cristiano Pereira Lopes
4º árbitro – Thiago do Carmo Brasil

Genus x Guajará - dia 24/03, às 17h - Estádio Aluízio Ferreira – Porto Velho.

Árbitro – Fledes Rodrigues Santos
Assistente 1 – Luiz Felipe Rabelo
Assistente 2 – Francisco Erismar Ferreira
4º árbitro – Mario Roberto Costa

Guaporé X Ji-Paraná - dia 24/03 às 16h - Estádio Cassolão  – Rolim de Moura.

Árbitro – Salvino Rosa da Silva
Assistente 1 – Davi da Silva Oliveira
Assistente 2 – Adenilson de Souza Barros
4º árbitro – Lindomar Kuhn

Vilhenense X Barcelona - dia 24/03 às 17h - Estádio Portal da Amazônia – Vilhena.

Árbitro – Caio Nunes Cazuza
Assistente 1 – Valdebranio da Silva
Assistente 2 – Renato Aparecido Reis
4º árbitro – Jurandir Lico de Camargo

domingo, 17 de março de 2019

Fim da 8ª rodada Guaporé FC bate o Barça, chega aos 15 pontos e só tem o Galo à sua frente

Fim dos jogos da 8ª rodada e, os resultados foram estes: Guajará 1-1 RSC; SC Genus 0-1 Real; União 2-4 Vilhenense e Barcelona 1-2 Guaporé FC, foram assinalados 12 gols com média de 3 gols. Até agora 91 gols marcados em 32 jogos, com média de 2,8 gols.

A classificação por grupo: Grupo A

1º) Real Ariquemes com 17 pontos (já classificado), faltando um jogo
2º) Porto Velho EC com 12 pontos (faltam dois jogos)
3º) Genus com 7 pontos (faltam dois jogos)
4º) RSC com 4 pontos (faltam dois jogos) e 
5º) GEC com 3 pontos (falta UM jogo).

No Grupo B

1º) Ji-Paraná com 15 pontos (faltam dois jogos)
2º) Guaporé FC com 15 pontos (falta UM jogo)
3º) Vilhenense EC com 15 pontos (faltam dois jogos)
4º) Barcelona FC com 01 ponto (faltam dois jogos)
5º) União com 01 ponto (falta UM jogo).

Obs: No grupo A o PVH EC e o Genus travam duelo de quem vai à semi - ao Genus precisa ganhar seus dois jogos, e torce por derrota do PVH nos seus últimos compromissos. No grupo B, mesmo faltando UM jogo, ao Guaporé ganhar do Jipa em casa na próxima rodada (9ª), estará torcendo por um empate entre jipa e vilhenense, na última rodada.

E para não cair pra 2ª divisão - as contas são estas -, no grupo A o GEC empatando, ou perdendo na próxima rodada, e o RSC empatando. Cai o time da Pérola do Mamoré.

Já o grupo B até no descenso, parece que vão até a 10ª rodada para saber entre União Cacoalense e Barcelona quem vai para o purgatório, senão vejamos: Barcelona tem UM ponto, e disputa seis contra o Vilhenense que está doido pra pontuar e, o próprio União que tem uma semana para se preparar e, duelar justamente com o Barça.

Será que vai ser no cara ou coroa?


Real Ariquemes vence com categoria, e já é um dos quatro semifinalistas

O palco mais uma vez o velho e aconchegante Aluizio Ferreira. Local que está se tornando uma espécie de talismã para o rubro-negro do Vale do Jamari, falo do Real Ariquemes, só neste mês de março foram três jogos no Aluizão e, três vitórias.

Para completar esse triunvirato - 5 a 2 no PVH EC, 4 a 1 no RSC e hoje 1 a 0 no Genus -, perfazendo um total de 17 pontos ganhos, 7 jogos, 5 vitórias, com aproveitamento de 80,9%. Só não cravo 1º colocado do grupo A, pois o PVH EC tem 12 pontos e pode chegar a 18 pontos. 

O SC Genus com a derrota deste sábado(16), para o Real ainda disputa 6 pontos, podendo chegar a 13 pontos. Para isso o PVH tem que perder seus dois proximos compromissos contra, o RSC e o próprio Rea Ariquemes.

Tá dificil a vida do Genus.

O Jogo em si, não foi aquela Brastemp. O Genus até que criou mais do que o Real, mas não foi eficiente em mandar a bola para dentro das redes do goleirão Rodrigo. É tanto que a cronologia foi esta:

Aos 2' Imperador (Gen), foi insinuante e ganhou escanteio após chute à meta do Real;
Aos 7' bola bem trabalhada com: Imperador, Jaiminho e sobrou para Filipinho que chutou fraco;
Aos 27' foi a vez de Tatico (Gen), da intermediária testar o bom goleiro Rodrigo;
Aos 37' a chance mais clara para o Real, logo com o goleador Leandro que "fechou" os olhos e cabeçeoou para fora, tiro de meta;
Aos 43' foi o troco do Genus, numa bola parada Vagner Léo (esse é craque de bola), dominou a bola e no chute saiu prensado com a zaga do Real, foi gritado pênalti, pênalti, juizão.
Aos 47' em falta "inventada" pelo bom árbitro Osvaldo Cazuza (tô brincando), mas o Caio se saiu tão bem que me veio à memória a figura de seu pai. Pois bem, a jogada foi assim: Rafael Vioto muito esperto foi dá o drible da vaca em cima de um defensor do Genus - ele joga a bola de um lado e tenta pegar lá na frente -, ora num lapso (repito), Caio Cazuza já viu o lateral do Real no chão. Falta em favor do Real, Wigor bateu bem e o goleirão Douglas Silva (Gen) mandou à escanteio. Ufa! Salvou-se Caio Cazuza - já pensou se aquela bola entra.

Fim do 1º tempo: 0-0

Para o segundo tempo, a posição do Real cotinuava "irritantemente efetiva". Dava a impressão de que o time faria o 1-0 a hora que quisesse. O Genus por incrivel que pareça aceitava sua pouca inspiração e, tentava algumas infiltrações sem lograr êxito.

O lado esquerdo do Genus somente Leonardelli (ele sabe muito, o tempo da bola, o bote certo) funcionava. Santa Rosa de longe fazia talvez sua pior apresentação. Então o que fez o experiente Luiz Reis, jogar em cima do ala esquerda do Genus.

Não deu outra, aos 13' Leandro Augusto, Índio e Almir, os três tabelaram ali pelo lado do Santa Rosa, a bola sobrou para o Leandro que chutou forte do bico da pequena área, de baixo pra cima uma bomba que o goleirão Douglas ainda tentou espalmar - em vão. Era o zero um do Real.

Aos 28' Jaiminho (Gen), na única chance dele pegou livre e, chutou para fora. Mudanças por parte de ambos treinadores, sem muito efeito. Ou melhor, o Real(sim), para assegurar os três pontos e o Genus tentando encostar no PVH EC.

Não deu!!

Pra finalizar: dois desabafos bem interessantes, aos microfones da Capital FM, no fim do jogo

Téc. Luiz dos Reis: "estou muito feliz pela classificação antecipada do Real, isso prova para alguns que aqui não tem panelinha, vim no ano passado fiz um bom trabalho no RSC, e isto me trouxe a este time bicampeão, fui muito prejudicado no início do meu trabalho no Real".

Atleta Hélder (Gen): "peço desculpas à torcida do Genus por nosso comportamente, iniciamos muito tarde nossa pré-temporada, nem um campo grande para treinamentos coletivos, foi nos oferecido, fizemos muitos treinos em campo pequeno (society), mas a torcida pode crer que lutaremos até o fim."


sábado, 16 de março de 2019

CA-FFER sorteia arbitragem para 8ª rodada

A Comissão de Arbitragem da FFER (Federação de Futebol do Estado de Rondônia) divulgou nesta sexta-feira os árbitros e assistentes que irão atuar na oitava rodada do Campeonato Rondoniense 2019.

Para a partida entre Guajará x Rondoniense foi escalado o árbitro Maicon Pessoa de Souza, que será auxiliado por Reginaldo Alves de Melo e Luiz Felipe Rabelo, enquanto que o quarto árbitro será Thiago do Carmo Brasil. O duelo está marcado para este sábado, às 16 horas (horário de Rondônia), no estádio João Saldanha, em Guajará-Mirim.

Para a partida entre Genus x Real Ariquemes foi sorteado o árbitro Caio Nunes Cazuza, que será assistido por Cristiano Pereira Lopes e Francisco Erismar Ferreira, enquanto que Angleison Marcos Monteiro será o quarto árbitro. O jogo será no sábado, às 20 horas (horário de Rondônia), no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho.

Para o confronto entre União Cacoalense x Vilhenense foi selecionado o árbitro Fledes Rodrigues Santos que trabalhará ao lado dos assistentes Renato Aparecido Reis e Osmar A. dos Santos, enquanto que o quarto árbitro será Mezaque Guimarães Rosa. O jogo será no sábado, às 20 horas (horário de Rondônia), no estádio Aglair Tonelli Nogueira, em Cacoal.

Já a partida entre Barcelona x Guaporé será apitada por Mário Roberto Costa, que atuará ao lado dos assistentes Valdebranio Silva e Edimar Coelho Silverio, enquanto que Jurandir Lico de Camargo será o quarto árbitro. O encontro está marcado para domingo, às 17 horas (horário de Rondônia), no estádio Portal da Amazônia, em Vilhena.

Texto: Futebol do Norte/Alexandre Almeida

sexta-feira, 15 de março de 2019

DCO/FFER modifica cinco jogos da penúltima e última rodada

IMT - Informações de Modificações da Tabela, de nº 09 do DCO - Departamento de Competições Oficiais, do dia 12 de março a qual modifica datas e horários dos seguintes jogos da 9ª e 10ª rodadas:

Jogo: RSC x PVH EC - 9ª rodada
Data: de 22/03 para 23/03(sáb)
Horário: 20h (mantido)
Estádio: Aluizio Ferreira
Solicitante: DCO/FFER
Motivo: em virtude de expectativa de melhor público

Jogo: RSC x SC Genus - 10ª rodada
Data: de 31/03 para 30/03(sáb)
Horário: de 17h para 20h
Estádio: Aluizio Ferreira

Jogo: Ji-Paraná x Vilhenense - 10ª rodada
Data: de 31/03 para 30/03(sáb)
Horário: de 17h para 20h
Estádio: Biancão 

Jogo: Barcelona x U. Cacoalense - 10ª rodada
Data: de 31/03 para 30/03(sáb)
Horário: de 17h para 20h
Estádio: Portal da Amazônia

Jogo: Real Ariquemes x PVH EC - 10ª rodada
Data: de 31/03 para 30/03(sáb)
Horário: de 17h para 20h
Estádio: Gentil Valério
Motivo: atender solicitação da TV com direito de transmissão dos jogos










Rondoniense convoca 18 atletas para o jogo no João Saldanha

Recebi  a programação do Periquito da zona leste, para os dias 15 e 16 (sexta e sábado), respectivamente quando acontece o jogo contra o Guajará EC, às 16h deste sábado no estádio João Saldanha.

Foram seecionados 18 atletas, são eles

- Goleiros - Willian e Evan;
- Zagueiros - Tonhão e Lucas;
- Laterais - Giovani e Yuri;
- Volantes - Brutinho, Éder Jr, André Dantas e Fred;
- Meias - Amarildo, Pither e Mateus Castro;
- Atacantes - Dudu, Bibio, Sousa, Erlisson e Adailton.

Dia 15 (sexta), saída às 13h20, jantar às 19h e lanche às 22h;
Dia 16 (sábado), café da manhã até às 9h, preleção às 11h30, almoço às 12h e saida para o estádio às 14h30. Jogo às 16h





quinta-feira, 14 de março de 2019

Clássico no Aluizão com cinco gols e reabilitação

Pra quem pensava que o jogo entre: PVH EC e Genus fosse um xinfrim, se enganou redondamente. Para quem ficou em casa vendo: Copa da Brasil, ou Libertadores, só digo; perdeu uma grande chance de ver um belo espetáculo com cinco gols de bela feitura e, muita intensidade dos dois lados.

O SC Genus no caso o visitante, que tem uma longa batalha pela frente, em menos de 20 dias terá que ganhar 4 das 4 partidas que lhe restava até ontem à noite. E o time foi guerreiro, do goleiro ao ponta esquerda ninguém destoou.

Já o PVH EC podemos dizer que o sistema adotado por seu treinador, em trabalhar com três zagueiros, em certos momentos dá uma espécie de apagão. O meio de campo do PVH é seu centro de massa - hoje o Alex não foi o de outras jornadas, assim como o excelente Cabelo teve momentos de esquentar a cabeça com seu adversário.

O primeiro tempo terminou num zero a zero - mas sem aquele chato zero que dá até sono -, cheguei a indagar do técnico Tinho Damasceno, se ele não notou atletas do Genus querendo abrir o placar de qualquer jeito. A resposta do experiente Profº: "sim, e vou corrigir pra o segundo tempo".

Veio o segundo tempo, e as previsões se concretizaram: primeiro a manutenção do Imperador, e foi dele o 1º gol da noite, aos 5' Tatico fez um lançamento milímetrico e Welington Imperador pegou do lado direito de seu ataque, invadiu a área, na saída do goleiro Gabriel ele chutou forte à meia altura.

Durou 15' para sair ou o empate, coube ao Fernandinho(PVH) num misto de esperteza, receber na pequena área e empatar o jogo aos 20'. Mas o Genus estava predestinado e, não se entregava nem a pau. Aos 23' portanto, somente 3' durou do segundo gol para o terceito da noite.

Ele Jaiminho que acabara de entrar na vaga do Imperador, recebeu na pequena área e colocou no canto esquerdo de Gabriel Sarges, era os 2-1 Genus.

Aos 27' saiu o 4º gol do jogo, e um golaço Dadai um ds mehores do time aurigrená, recebeu em profundidade e, quase sem ângulo chutou no canto direito alto de Gabriel, era o 1-3 do Genus em cima do PVH EC.

Aos 36' Ávila, de 1,99m acho que é por isso chamado de Torres Gêmeas recebeu com açúcar
e, não falhou de cabeça (parece até um chute), de cima para o chão fez o segundo do Porto Velho EC, e quase fura a rede.

O PVH EC jogou melhor na segunda etapa - sim, teve muitas iniciativas - mas esbarrou no paredão chamado Douglas Silva.


quarta-feira, 13 de março de 2019

SC Genus com cinco atacantes

O Genus tem a partir de hoje(13), até o dia 31/03 um domingo, uma série de 4 jogos decisivos para suas pretensões de chegar à semifinal do estadual 2019.

E, para alegria do seu torcedor o técnico Tinho Damasceno escala o time num esquema bem avançado para mim que gosto de números penso que ele vai num 4-1-2-1-2, variando pra um ataque kamikaze de 4-1-5 com o Bibio nº 5 o seu UM nos dois esquemas.

Tirem suas conclusões
 (Este o time que entra em campo logo mais, contra o PVH EC)

domingo, 10 de março de 2019

2 vira, 4 acaba!

Quem nunca participou desse tipo de pelada  - na praia, num campinho de areia, ou ao lado de uma casinha de sapê. Quem?

Pois foi mais ou menos assim, o jogo: RSC 1-4 Real Ariquemes, jogo à noite deste sábado (9) no Aluizão.

O Periquito esteve irreconhecível, até chegou a abrir o placar através de Matheus Castro. Pra quê!

Foram mexer logo com o furacão de Luís Reis. O Real empatou com o Maranhão, uma bomba da intermediária, à meia altura em cobrança de falta (goleirao William moscô), a bola era pra escanteio.

O mesmo Maranhão que faz o que torcedor mais gosta - gol -, foi protagonista de cenas lamentáveis: agressão, expulsão, gestos obscenos, e até quase vias de fato contra seu treinador.

O final do 1° tempo para não terminar no 1 a 1, teve o veterano e bom zagueiro Mário Paiva, desempatando  a partida em gol de cabeça. RSC 1-2 REAL.

Na volta do intervalo, Nivaldo Lancuna já trouxe dois novatos: Bibio e  Erlison.

E o periquito melhorou, cresceu muito no início, porém, aos poucos foi se desonerando e, caiu muito de produção.

Principalmente quando tomou o 3° gol, feito por Leleco numa jogada de pura intuição, raça  e porque não dizer de categoria. O 4° foi de Murilo que chegou a dizer que tudo é possível.

Alguns detalhes

Dos 15 pontos disputados pelo Real, ele ganhou 11 pontos, perfazendo exatos 73%;

Dos 11 pontos, 10 em cima das equipes da capital;

Faltam 3 pontos para classificação;

Deixo pra falar das expulsões, assim que eu ler a súmula: de antemão já condeno veementemente a atitude dos atletas expulsos, principalmente do Maranhão (Real) que faltou bater no seu treinador.

Cenas lamentáveis!!



sexta-feira, 8 de março de 2019

Mercado da bola: somente Genus, Real e Guaporé não contrataram

Esta quinta e sexta, considerada às duas últimas datas para os clubes rondonienses fizessem novas aquisições para seus elencos.

Das 10 equipes somente: Genus, Real e Guaporé não abriram os cofres; jipa(2), pvh (3), união (1), Guajará (3), Vilhenense (2), Barcelona (1) e RSC (2), totalizando 15 caras novas.

O BID CBF mostra ainda: 5 atletas do time feminino do Real, sendo liberadas assim como UM atleta do R-1 liberado.

Bem os principais nomes que vão mostrar serviços são:
Luciano Mourao e Rafael (Jipa FC), Luis Alberto dos Santos Porto Junior, Júnior Porto (Vilhenense EC) e Tafarel Heleno(PVH).

Sem contar com Lucas e Pither, time Periquito tem outra "ausência"

Pois é Lucas (zagueiro), 3° amarelo e Pither (meia), expulso sem cartão, o RSC tomou outro susto à tarde desta sexta(8), com a decisão do também meia-atacante é bom de bola Pablo solicitar dispensa do clube.

O blog conversou com as duas partes:

Pablo diz  - algumas coisas estavam acumulando na minha cabeça, e achei por bem pedir ao Álisson minha dispensa do clube.

Álisson (gerente de futebol): "nada dele sair assim da equipe, aqui todos gostam dele, e na segunda(11), o Pablo estará se preparando para nos ajudar contra o GEC".
(Pablo é o do meio, fez excelente Copa SP pelo Real)

8 de março: dia da mulher

O Esporte Show, ano 2 em nome dessas criaturas, verdadeiras artistas da ginástica rítmica, homenageia à todas as mulheres:

Foto 1: Duda, Thacyane(natação) e Cristel.
Foto 2: Duda Tavares  - nossa estrela maior da Ginástica Rítmica.

terça-feira, 5 de março de 2019

Bêh assina contrato com o Periquito

Sem muita grana para investir em figurões do sul maravilha, o rondoniense foi buscar aqui pertinho no distrito de Jaci-Paraná, o meio campista Jackson Cavalcante o Bêh, de 20a.

O atleta já havia sido aprovado num amistoso ainda em 2018, porém,  como estava trabalhando numa loja de materiais de construção e montagens, resolveu não arriscar na pré temporada.

Hoje, em pleno carnaval o jovem assinou seu primeiro contrato como profissional.

Por enquanto não passem à frente..., mas a fonte é segura


(*) na 1a foto, 3° em pé da esq/dir

Lembrete: novos atletas para o rondoniense-19, somente até sexta (8)

O blog informa: prazo para inscrever novos atletas vai até sexta(8).

Pelas informações dos meus cancoes, a correria é grande por parte dos cartolas em regularizar novas caras em seus elencos.

Dizem: "tem um clube que prepara logo 12 feras". Essa fonte é exagerada.

Sem exagero está o Galo da BR, troca um por um, vejamos:

Renatinho meia foi dispensado, para o seu lugar vem Luciano Mourao.

Detalhes

Mourao está com 37 anos, jogou na Grécia, URT e Teófilo Otoni(MG) em Rondônia, teve boas passagens em 2016/17 pelo Genus.

Em 2018, migrou para o Real Ariquemes, sem brilhar. Amargou um banco de reservas, em quatro rodadas:
- jogou 25min(1a)
- ñ jogou na (2a)
- jogou 50min(3a)
- jogou 17min(4a).

E att: jogou sua última partida profissional por completo no dia 25/06/2017 pela equipe do Genus, na última rodada da 1a fase do brasileiro da Série D contra o São Francisco (PA).

Fonte: ogol.com.br

segunda-feira, 4 de março de 2019

Porto Velho EC pega pesado para encarar o Guajará

De segunda(4), até domingo(10), não tem moleza para a locomotiva.

                       Acompanhe




Muita "responsa": garoto William ganha de goleada a vaga na seleção do grupo A

O blogueiro fez uma pesquisa via facebook com relação ao melhor goleiro do grupo A, do rondoniense-19.

Surpresa? Dos seis goleiros que atuaram e, dos 49 votos válidos ficou assim a classificação:

William (RSC com 55,1%)...,27 votos
Dida (PVH com 38,8%)..., 19 votos
Douglas (Genus c/ 4,1%)..., 2 votos
William (Real c/ 2,0%)..., 1 voto

Bem, a seleção do blogueiro levaria três goleiros, e jogaria no esquema: 1-4-4-2

Vamos lá:

William(RSC); Hércules(Real), Mário Paiva (Real), Lucas (RSC) e Yuri (RSC); Cabelo (PVH), Fred (RSC), Alex (PVH) e Robby (PVH); Maranhão (Real) e Fernandinho(PVH). O treinador não poderia ficar de fora, Luis dos Reis.

domingo, 3 de março de 2019

Periquito não para no período momino

O Rondoniense nem pensa em carnaval. O pensamento é todo no Real dia 9/3, próximo sábado


Haja vista programação com atividades em dois períodos: seg e ter, e à tarde até sexta-feira.

E se o turno tivesse acabado neste sábado

Imagine que os jogos da 1a fase tivessem acabado neste sábado,2. Quem estaria na semi, rebaixados e quantos gols assinalados.

Enfim, uma estatística do que rolou até hoje no rondoniense-19.

Os classificados seriam: pelo grupo A - PVH (9 pts), Real(8 pts) e GEC(rebaixado com 2 pts).

Pelo grupo B - Jipa(9 pts), Guaporé (9 pts) e  União (Rebaixad).

Foram disputados 20 jogos, em 5 rodadas. Assinalados 52 gols, com média de 2,6 por jogo.

Resultados da 5a é última da 1a fase:
Genus 1-1 RSC,
Vilhenense 1-0 Jipa,
PVH 2-5 Real e,
União Cacoalense 0-0 Barça.

sábado, 2 de março de 2019

Furacão desfila na Av Aluizão, como autêntico bicampeão

Sabe aquele dia em que nada dá certo, você perde o gol debaixo da trave. Enquanto isso seu adversário vai três vezes ao ataque, e faz.

Não foi bem assim, senão eu poderia tirar um pouco do brilho do que foi a goleada do Furacão à noite desta sexta(1°), no velho Aluizão, contra o bicho papão no caso o PVH EC.

Nem tanto ao ar, nem tanto à terra, mas ficou assim um clima entre os embasbacados torcedores da Locomotiva.

E o Furacão do Prof Luís Reis que não tinha nada a ver com o sofrimento do time tricolor, ia fazendo seus gols.

Maranhão o 9 do Real, foi o dono da festa se quisesse até música teria, fez três. Aliás, o Real fez seis gols (um contra do zagueiro Nathan).

O pior é que a coisa sempre cai pra cima, sabe de quem? Adivinhou quem falou "do treinador".

Ontem ouvi gritos da torcida chamando Paulo Eduardo de "burro" que não é bem assim.

Mas aí vai uma indagação desse cabeça chata lá das Ipueiras, que não tem muita intimidade com a arte de escrever: isso quem falou um fã? Sei lá o que diabo ele é (por parte do PVH EC), penso que um da banda podre, que agora vai calçar as sandálias da humildade, aterrissar e saber que o caminho é longo meu amigo. Baixe a bola.

Falar em baixar a bola, até num momento atípico como foi este de após levar uma traulitada e reconhecer os méritos de seu adversário.

Falo do craque de bola Cabelo que assim se expressou: "olha tentamos de todas as maneiras furar esse bloqueio deles, poderíamos ficar até a madrugada e nem empatariamos este jogo". Parabéns, velho.

A indagação que o velho Cancao faz ao PE é a seguinte: por que cargas d'água o Robby ficou 76% do tempo de jogo fora, no banco de reservas. Bastou ele entrar lá pelos 25' do segundo tempo, com 5' em campo ele fez duas jogadas bem produtivas.

Não gostei do miolo de zaga do PVH, quanto a culpar o Gabriel Sarges, pra mim só falhou num gol. Acho que o 3°.

Já o Furacão apresentou gente conhecida e que sabe tratar bem a bola, no caso - Hércules, Mário Paiva, Vioto, Lucas Daniel e Maranhão  - esses já conhecidos

Os "novatos" e com ótimas performances: goleirao William,  Almir Junior(joga muita bola) e Leandro Augusto (oportunista como deve ser um atacante).

Arbitragem muito boa do Sr Sidnei Pereira e seus companheiros. Entendo que exagerou na expulsão do Leandro Augusto, na outra não.

Cronograma dos gols
Maranhão (2', 17' e 45' do 1°t/Real), Hércules (9'1°t/Real) e Leandro Augusto (13'2°t/Real )
Ávila (4'2°t) e Nathan (40'2°t/contra) para o PVH EC.


sexta-feira, 1 de março de 2019

Consultor Esportivo, falou e cumpriu

Quem não lembra, em entrevista na sexta-feira passada, Welmer Bueno garantia ao torcedor do União: "até a próxima sexta(1°), estaremos com 5 a 6 no BID.

Eo homem acertou: Alexandro,  Jackson,  Álisson, Jadson e Marcelo. Estão aptos a entrar em campo contra o Barcelona, no sábado.

Periquito perde dois atletas para o jogo contra o bicampeão de RO

Além de queda, coice. Essa expressão era muito utilizada, quando algo dava diferente numa programação.

Pois é isso que tá acontecendo com o amigo Prof Nivaldo Lancuna do RSC.

Acompanhem

Para o primeiro jogo do returno dia 9/3, o veterano não vai contar com Pither que foi expulso contra o Genus.

O que é pior, expulso do banco de reservas. Mais coisa ruim, além do Pither (automática), zagueirao Lucas de fora por cartão amarelo

Mas perai: só houve quatro jogos - pois é ele tem essa proeza de pegar três cartões em quatro jogos.

Tem mais três pendurados: Yuri, Gabriel e Souza. Gabriel e Souza têm que acender umas velhinhas para que não haja sessão do TJD-RO na quinta-feira. Pois, poderá ter meio time do RSC penalizados.

Árbitro carrega tintas em cima do Real Ariquemes

O balanço disciplinar do Sr. Christiano Gayo Nascimento, árbitro do jogo de domingo(16/06) no estádio Gentil Valério em Ariquemes, entre o ...