terça-feira, 30 de junho de 2015

FFER: Sub-20 inscrições até hoje(30)


O DCO (Departamento de Competições) da FFER alerta aos clubes filiados com interesse em participação no Campeonato Rondoniense Sub-20 2015 que as inscrições para a competição encerram-se hoje(30) às 18:00 horas.

Deverão os filiados/interessados protocolar na entidade ou enviar para o e.mail ro.registro@cbf.com.br o termo de participação na competição acompanhado do comprovante de recolhimento da taxa correspondente.

Quaisquer dúvidas, entrar em contato com J. Lima pelo telefone 3211-4700.


Fonte: Assessoria/FFER

Multicampeão rompe contrato com Ji-Paraná FC

Boa tarde a todos, amigos desportistas.

Após 4 anos à frente das categorias de base do Ji-Paraná Futebol Clube, Eu Luciano de Almeida na qualidade de Presidente da ARFA/ABRACE (Entidade que durante esse período foi responsável por toda administração das categorias de base do clube), venho informar com muito pesar o rompimento de contrato entre a ARFA/ABRACE e o Ji-Paraná Futebol Clube, fato esse que culminará com a não participação do clube no Campeonato Rondoniense de Futebol Sub 20.
(Foto: reprodução/facebook)

Tal atitude se deve ao fato de a atual diretoria do clube não respeitar um contrato assinado, e muito menos uma história de vitórias conquistadas ao longo da parceria. Em nenhum momento fui convidado pela atual diretoria do Ji-Paraná Futebol Clube para poder detalhar o contrato, esclarecer qualquer dúvida que algum dirigente atual tenha ou coisa parecida. O que observamos à distância foi um total descaso e desrespeito com uma Entidade (ARFA/ABRACE) que ao longo desses anos obteve resultados expressivos e levou o clube a locais antes nunca imaginados.

Podemos aqui detalhar que através das categorias de base no ano de 2010 conquistamos nosso primeiro titulo estadual de juniores onde em 2011 janeiro participamos da Copa São Paulo de Futebol Juniores onde tivemos nosso jogo contra o São Paulo Futebol Clube sendo transmitido por três(3) Redes de TVs, (RedeVida, Sportv e ESPN), ainda em 2011 conquistamos em julho do referido ano o Bi-Campeonato Estadual de Juniores, e logo em seguida com a base do time campeão, e alguns reforços trazidos do EC Espigão (Campeão profissional do ano) pelo então treinador Thiago Batizoco que com sua comissão técnica conquistou de forma invicta o Estadual da Segunda Divisão e conseqüentemente o acesso à 1ª Divisão em 2012.

 Em janeiro de 2012 disputamos nossa segunda Copa São Paulo de Juniores enfrentando o Fluminense FC também com jogos sendo transmitido ao vivo para todo Brasil. E tivemos um recorde de audiência através da série dois  dias e duas noites com o repórter Guilherme Pereira, onde nosso clube ficou sendo divulgado em nível mundial por 10 dias seguidos no programa Globo Esporte Nacional com o apresentador Thiago Laifert.

No ano de 2013 conquistamos de forma invicta o Tri Campeonato Estadual de Juniores e com isso a vaga em mais uma Copa São Paulo de Juniores e mas uma vez um jogo transmitido ao vivo, para todo mundo contra a equipe do Botago FR do Rio de Janeiro. Temos aqui que registrar que sozinhos não conquistamos nada, e que ao longo dessa caminhada conseguimos parceiros que alavancaram nosso projeto dentre os quais os maiores parceiros foram a CDL Ji-Paraná, Fisiocenter, Lojas Aqui Agora Confecções, Eucatur, Academia Espaço Interativo, ESH Transportes, Casa da Sogra.

 Prefeitura Municipal de Ji-Paraná, Academia Sport Fitnnes, ACIIJP, diversos empresários, onde aqui podemos destacar : Osmar Farinácio, Assis Neto, Erivelton Mega Sena, Ilarindo, Zé da Dallas, Huberman Carneiro, Leandro da Gráfica Center, Alexandre Dartiballi, Thiago Canuto, Val e toda equipe da Academia Espaço Interativo, Fisioterapeuta Clavy, Prefeito Jesualdo Pires, Secretária de Esportes Seloí Totti e todos os vereadores da Câmara Municipal.

Não podemos deixar de registrar também o brilhante trabalho de nossa comissão técnica Gabriel Alves, Alcineide Cabecinha, Geraldo da Costa, Hercules Henrique, Dieferson, Cascavel, Sr Zé nosso motorista entre outros colaboradores, e o papel multidisciplinar desenvolvidos pelos professores Fabrício Cardoso, João Rafael, Marcelo, Flademir , Rezende, todos disponibilizados pela Ulbra de Ji-Paraná onde foi desenvolvidos diversos testes e estudos com nosso grupos de atletas. Ao presidente Roldão Alves dos Santos que nos creditou a responsabilidade de representar o clube nas categorias de base, ao Presidente Selmo Castro que depois de assumir a presidência, fez questão de se unir à base do clube, tendo inclusive trabalhado como preparador de goleiros.

Toda mídia esportiva do Estado, com destaque para equipe do SGC/ Rádio Alvorada que nos acompanharam em toda essa trajetória. Enfim, nossa história de sucesso foi construída com o esforço e dedicação de muitos que acreditaram e creio que ainda acreditam em nosso projeto, em respeito a todos esses profissionais, admiradores, críticos e incentivadores continuaremos nossa caminhada, mas agora sem nenhum tipo de contato com a atual diretoria do Ji-Paraná Futebol Clube. Não por nossa vontade, mas por uma total desconsideração e falta de respeito no qual trataram nossa Entidade, pois uma diretoria que não respeita uma história e um contrato assinado e de muitos resultados positivos diga-se de passagem.

Por falta de tempo hábil para protocolar uma nova documentação na Federação de Futebol do Estado de Rondônia, peço desculpas aos nossos atletas por não participar esse ano do estadual sub 20, mas estamos entrando em contato com outros clubes do Estado para podermos encaminhá-los.

Atenciosamente


Luciano de Almeida
Presidente
ARFA/ABRACE

E aqui vou eu...,

O multicampeão Luciano de Almeida, como eu o denominei no título da matéria é sim. Senão vejamos - cinco(5) títulos nos juniores, com duas derrotas somente e três(3) títulos de forma invicta; Ulbra em 2006, Ji-Paraná FC em 2013 e VEC em 2014 -, um(1) título pelo time profissional do Ji-Paraná FC em 2012.

Atualmente o Profº está desenvolvendo um projeto dentro de sua área o futebol de base na Prefeitura de Urupá - vem ai logo, logo o UFC (Urupá Futebol Clube), prontinho para entrar no óctogono (digo nas quatro linhas). Parabéns!!

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Seleção brasileira se apresenta e tem atleta do Fortaleza EC

Começa nesta segunda-feira a preparação da Seleção Brasileira para a disputa dos Jogos Pan-Americanos. Pela manhã, 16 jogadores e mais a comissão técnica se apresentaram no Rio de Janeiro e seguiram direto para a Granja Comary.
O primeiro dia de trabalhos será de exames e avaliações clínicas, além de muita conversa entre comissão técnica e os jogadores. A programação do restante da semana será divulgada ainda nesta segunda-feira.
Apenas dois jogadores não se apresentaram nesta segunda-feira: o goleiro Jackson, que chega à Granja Comary na quinta-feira, e o atacante Clayton, que viaja para Teresópolis no dia seguinte, sexta-feira.
Serão sete dias na Granja Comary para o técnico Rogério Micale começar a montar a equipe. A delegação deixa o Rio de Janeiro ainda no domingo à noite rumo a São Paulo. De lá, o embarque para o Canadá será na segunda-feira.
Nos Jogos Pan-Americanos, o Brasil estreia contra os anfitriões, os canadenses, no dia 12. No dia 16 de julho, o Brasil enfrenta o Peru. Para encerrar a primeira fase, o adversário será o Panamá, no dia 20. Na outra chave, o Grupo B, estão Paraguai, Uruguai, Trinidad & Tobago e México.
A relação de atletas
Goleiros: Andrey(Botafogo-SP) e Jacsson(Internacional)
Zagueiros: Bressan(Flamengo), Luan(Vasco da Gama) e Gustavo Vernes(Santos)
Laterais: Euler(Vitória), Gilberto(Botafogo), Tinga(Fortaleza) e Vinicius Ribeiro(Perggia-ITA)
Meio-Campos: Bruno Paulista(Bahia), Barreto(Criciúma), Dodô(Atlético-MG), Eurico(Cruzeiro) e Rômulo(Bahia)
Atacantes: Cleiton(Figueirense), Erik(Goiás), Lucas Piazon(Eintracht Frankfurt-ALE) e Luciano(S.C.Corinthians)
Fonte: CBF

Último jogo entre VEC x Genus será às 16h


A segunda e decisiva partida da grande final do Campeonato Rondoniense Gazin entre VEC e Genus será disputada, neste sábado (dia 4), às 16 horas, no estádio Portal da Amazônia. A confirmação foi divulgada pela Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER) após analise do ofício enviado pela SEMEC de Vilhena dando conta da impossibilidade do estádio receber jogo no período noturno, devido a problemas apresentados quanto à iluminação. 

No último sábado, o Genus venceu o VEC por 2 a 1, no estádio Aluízio Ferreira, no primeiro jogo da final.


Confira o IMT aqui

Fonte: Assessoria da FFER

Primeiro de muitos!

Recebi o convite e repasso aos amigos leitores do Blog. Na próxima sexta-feira(3), o amigo e Historiador Anísio Gorayeb estará lançando seu primeiro livro, conforme foto abaixo:

Vale a pena conferir!

domingo, 28 de junho de 2015

Genus pisa no freio e tira o VEC da UTI

Foi pouco. 2 a 1 é um placar que não amedronta o pentacampeão de Rondônia - vide 2009 quando houve esse mesmo resultado aqui, e lá no Portal da Amazônia simplesmente eles mandam e desmandam -, ainda bem que já sabemos quem apita por lá. Dá uma tranquilidade.
(VEC a conta do chá)

Falando de apito e de tranquilidade, o árbitro deste sábado foi muito mal - quase todo o jogo sendo mandado pelo Edilsinho, capitão do VEC. Muitos irão dizer; numa decisão vale tudo. Não é bem assim, se o futebol tivesse lógica não haveria a figura do empresário.

Esse 2015 está se tornando um ano brilhante para nosso representante no estadual. E hoje mereciam até golear o VEC, mas o Pontin mandou seu time pisar um pouco no freio - entendo assim -, quando aos nove minutos num lançamento longo, Fernandinho coloca Tcharles na cara do gol de Naldo, e esse não perdoa.
(SC Genus time completo)

Aos 38 minutos de jogo, mais um gol do Genus e quem? Sim, Tcharles numa jogada bem trabalhada com Guarate, Fernandinho e Alex, a bola sobra para Tcharles que faz 2 a 0. Final de primeiro tempo favorável ao Genus. No intervalo nenhuma mudança de ambas equipes.

Veio o segundo tempo e o Genus simplesmente abdicou de jogar bola. Enquanto o VEC praticava um antijogo e o árbitro nem ai - ele se limitava a olhar para o Figarela (como se falasse) é assim mesmo, será que fiz certo -, olha são dois jogos entre esses mesmos times e duas arbitragens horrorosas.

Como o Genus não acordava na segunda etapa, Cabixi caia por brincadeira ali perto da grande área e também Souza, as coisas foram acontecendo até que aos 18 minutos Cabixi acerta no ângulo uma bola que o Dida não viu por onde passou. Genus 2 x 1 VEC

O Genus ainda conseguiu fazer seu 3º gol e mal anulado, graças ao assistente número 2 que teve que sair correndo e escoltado do estádio. 

Jogo de volta está marcado marcado para o dia 4 de julho 


sábado, 27 de junho de 2015

Vem ai a 3ª edição do Showbol

Pelo terceiro ano consecutivo o desportista Lourival Domingos Becão, está promovendo o Showbol. Mais uma vez o local será o campo ao lado do Poliesportivo Deroche Pequeno. O início da competição está previsto para o dia 5 de julho - excepcionalmente um domingo -, pois a competição em si terá jogos às terças, quartas e sextas-feiras.

A cada ano a premiação fica assim mais "suculenta", para se ter uma ideia o campeão vai ganhar uma motocicleta BIZ no valor de 5 mil reais e o vice 2 mil. Agora é correr para fazer a inscrição de sua equipe até o dia 2 de julho no valor de R$ 500, serão somente 16 participantes.

Maiores informações com Becão ou Rose no fone: 9984-4157

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Decisão: Genus e VEC frente a frente após seis anos

O campeonato rondoniense de futebol profissional de 2015 chega ao fim. Neste sábado(27), a partir das 20h teremos o primeiro jogo da final aqui no Aluizão em Porto Velho. Esta é a 25ª edição, sem deixar de ser realizado desde 1991 e os dois finalistas; SC Genus e Vilhena EC teem trajetórias bem distintas dentro da competição.

Nos últimos 10 anos o VEC consolidou-se como osso duro de roer perante seus adversários, esta é a 8ª decisão do Lobo. Nas sete anteriores subiu ao pódio mais alto cinco vezes - campeão em 2005, 2009, 2010, 2013, 2014 e vice em 2006 e 2008. Já o SC Genus sempre com altos e baixos, teve nos últimos 15 anos somente duas chances de ser campeão, a primeira em 2000 quando foi vice contra o Guajará e a segunda em 2009 contra este mesmo adversário de agora.

Portanto, depois de seis(6) anos o Genus tem a 3ª chance de conquistar seu primeiro título. A condição atual do Aurigrená é bem favorável, pois chega mais "inteiro" do que seu adversário em função até de atletas mais jovens - menos experientes é claro -, mas com um vigor físico fora do comum. O VEC segundo informaçõe está em crise, coisa que o blogueiro acredita que será resolvido com a chegada do técnico Birigui.

Falando em experiência deixo registrado as escalações de Genus e VEC, no longínquo ano de 2009 e as prováveis escalações deste 2015:

Em 31 de maio de 2009 jogaram assim

VEC com; Rocha; Felipe, Edilson Pastor e Mário; Joel, Kukau, Carlinhos, Marcelo Soares e Edilsinho(Evandro); Souza(Jessé) e Marciano(Tiaguinho). Téc: Ivair Cenci.

Genus com; Heverton Perereca; Kennedy, Thiago Vela(Dinho) e Guará; Iury, Reginaldo, Jailson, Renan e Luciano; Marcos Canhoto e Rinaldo(Júnior Paraiba). Téc: Marcos Sequetto.

Em 27 de junho de 2015 deverão entrar

Genus com; Dida; Guarate, João Pedro, Jobert e Dodô; Jean, Vitão, Xana e Alex; Tcharles e Fernandinho. Téc: Claudemir Pontin

VEC com; Naldo; Alex Barcelos, Pablo, Flávio e Tuquinha; Carlinhos, Kukau, Rai e Edilsinho; Roalase(Souza) e Cabixi. Téc: Marcos Birigui.

quinta-feira, 25 de junho de 2015

Tá chegando a hora

Neste sábado tem futebol dos bons. E a equipe de esportes da Cultura FM, entra em campo a partir das 19h30min direto do estádio Aluizio Ferreira, com a seguinte composição;

Narração: Bosco Gouveia e Sandeimar Medeiros
Comentaristas: Iomar Pompeu e Carlos Bicho
Reportagens: Luis Carlos Pereira e Alexandre Almeida
Trabalhos Técnicos: José Oliveira (estúdios)


(Foto/Arte: Alexandre Almeida)

Tiago Batizoco visita irmã em Porto Velho

Uma capital com quase 500 mil habitantes, quem eu encontro nesta quarta-feira(24), o técnico Tiago Batizoco(f). Tento colocar o papo em dia, e claro que vem a pergunta que não quer calar - veio acertar contrato com um clube que entra no estadual do próximo ano -, resposta curta e seca do amigo campeão pelo Espigão do Oeste em 2011: não!
(Foto: Reprodução/Facebook)

Esse não, dito por Batizoco fez com que eu esticasse a conversa. Mas, uma coisa é certa e eu não sabia, o técnico de sucesso tem uma irmã que é Profª da FIMCA de nome Fernanda Oliveira, da área de Exatas ela que é Arquiteta. Então veio somente para ver Genus e VEC? "Na verdade vim fazer essa visita à minha irmã e, irei sim ao Aluizão no sábado".

Era o mote que eu esperava, até porque já devo uma pizza ao amigo. Pretendo quitar essa dívida no sábado após o jogo, e uma coisa é certa; Tiago Batizoco irá até nossa cabine de transmissão da Rádio Cultura FM para falar onde está ou estava trabalhando. Adiantou somente que esteve por último no Goiatuba, categoria sub-20 em Goiânia.

Será que Tiago Batizoco, sai do paraíso verde que é Goiânia e vem com seu profissionalismo assumir um verde e branco lá pelos lados do Ulisses Guimarães?

Saberemos. Agora podem passar à frente...

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Arbitragem: Jonathan aqui, Figarella lá


A Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER) realizou na manhã desta quarta-feira, 24, o sorteio dos árbitros que irão atuar nas partidas finais do XXV Campeonato Rondoniense Gazin 2015. 

Para a primeira partida entre Genus e Vilhena, sábado (27), no estádio Aluízio Ferreira, em Porto Velho, a partir das 20h, o árbitro será Jonathan Antero, auxiliado pelos assistentes Risley Pinheiro Martins e Cristiano Pereira Lopes. O quarto árbitro será Arnoldo Figarela e o quinto será Arnildo Lino dos Santos. 

Para o segundo confronto que será disputado em Vilhena, no estádio Portal da Amazônia, no sábado (04/07) às 20h, quando o Vilhena recebe o Genus, o árbitro será Arnoldo Figarela, sendo auxiliado pelos assistentes Valdebranio da Silva e Reginaldo Alves de Melo, o quarto árbitro será Fledes Rodrigues Santos e o quinto será Claudio Marcio de Souza.

Para a realização do sorteio, o presidente da Comissão, Leandro Bratti, contou com a presença do Diretor Financeiro (FFER), Newton Serrão e do Diretor do DCO (FFER), José Luiz Miranda, do jornalista Miguel Silva e do Radialista João Dalmo, fazendo valer a transparência exigida na legislação desportiva.

Fonte: Assessoria/FFER

Quem quer vai quem não quer arranja desculpa

Foi com essa máxima que a diretoria do SC Genus, arregaçou as mangas e foi à luta nesta terça-feira(23). Motivação: visitas às autoridades do Executivo Estadual e Municipal, a fim de aumentar a capacidade do estádio Aluísio Ferreira para receber torcedores no primeiro jogo da grande final do campeonato estadual, no próximo sábado(27) às 20h contra o Vilhena EC.
(Foto: Reprodução/Facebook)

E o resultado pelo que informa o conselheiro vitalício do time Sr. Evaldo Silva, é o mais alvissareiro possível. Pela manhã a primeira visita foi com o Vice-Governador Daniel Pereira, e a tarde foi a vez do Prefeito de Porto Velho Dr. Mauro Nazif. "Olha, uma verdadeira união de forças, a diretoria do Genus e essas autoridades conseguimos negociar com o empresário Casagrande a instalação de arquibancadas móveis", disse Evaldo ao Blog.
(foto: Reprodução/Facebook)

A instalação de 2.500 lugares juntamente com a parte já liberada em 700 dará tranquilamente para 3.200 pessoas sentadas. As arquibancadas móveis estarão prontinhas na quinta-feira(25), quando se inicia a venda antecipada dos ingressos. Falando em antecipação, os valores dos ingressos até sexta-feira(26) será de R$ 10,00. Sábado(27), dia do jogo o valor normal de R$ 20,00 e somente no estádio.

Vale ressaltar a ação da diretoria do Genus - pois o que se vê no restante do pais é, majorar os valores de ingressos numa situação como esta -, aqui não. Foram atrás de aumentar o número de entradas, e dar uma condição da torcida assistir o jogo ao vivo. Parabéns!

Locais de vendas

Drogaria Bem Estar (Av. Jatuarana)
Júnior San (Centro)
CBA Medicamentos (Av. Pinheiro Machado em frente a Balog)
Fiorella/Pizzaria (Av. Pinheiro Machado)

SC Genus x VEC, primeiro jogo da final será transmitido pela Rádio Cultura FM 107,9
(Foto: Equipe de Esportes/acesse: www.culturafm107.com.br)


terça-feira, 23 de junho de 2015

Vem ai uma competição de muitas emoções

Trata-se de Futsal e Futebol Society. O Blog tomou conhecimento de um grande evento nesta área, logo após a final do Campeonato Rondoniense de Futebol Profissional, a bola rola nas quadras.

Um verdadeiro campeonato estadual de futsal envolvendo quatro(4) regionais e 32 equipes: Porto Velho, Ji-Paraná, Rolim de Moura e Vilhena. Assim como o Futebol Society, com menor número de equipes. Mas, as regiões podem ser as mesmas.

Com apoio da SECEL, o convênio já fora enviado à PGE para análises e já há autorização da SEPOG. Para tudo começar em meados de julho.

Agora podem passar à frente...

Tribunal de Justiça Desportiva tomou posse nesta segunda-feira,22

Registro o convite feito ao Blog para a posse dos membros do TJD-RO, conforme abaixo:


Federação deixa time de fora e faz seletiva estadual com apenas três

Era para ter pelo menos seis equipes disputando uma seletiva estadual de futebol society feminino. Digo seis(6) e, somente da capital sem contar o interior, pois, a entidade chama-se: Federação Rondoniense de Futebol 7 Society e Entorno.

Mas, sempre tem um mas. As meninas da A.D.Fênix Futebol Feminino, que por si já dispensa apresentação estavam treinando forte para esta seletiva, chegaram até ser comunicadas extra-oficial. Porém, no dia da reunião - ou do conselho arbitral -, não houve condições de ter uma representante no local. Com isso foram sacadas da seletiva(sic).

As meninas se acham prejudicadas, procuraram o Blog e conforme pesquisa junto à página da federação, até teve início a seletiva com: Asdericel e Juventude jogando neste domingo(21) no Sesi Clube, na sequência a outra equipe Faculdade Metropolitana - ou seja, estas três equipes estarão duelando até dia 18 de julho -, onde a campeão irá até Anápolis-GO para representar Rondônia no Campeonato Brasileiro de Clubes de Soccer Society, no final do ano.

(*) Obs: não tive êxito em contato com a FRF7SE, as portas do Blog estão abertas. 

segunda-feira, 22 de junho de 2015

Jogos finais do rondoniense serão nos próximos dois sábados

E atenção...,

O Departamento de Competições da FFER em nota publicada no site oficial da mentora, publicou na tarde desta segunda-feira,22, o IMT número 15 comunicando a modificação de datas e horários dos jogos finais do Rondoniense Gazin-2015. 

Os jogos: Genus x VEC no dia 28/06 passa para o sábado 27/06 e VEC x Genus do dia 05/07 passa para o dia 04/07.

Motivo: em razaõ de expectativa de melhor público.

Leia aqui o IMT completo

Brilhou: Sport Club Genus traz a Copa Verde para Porto Velho

E o Genus heim! Entrou em campo neste domingo no Portal da Amazônia, já na condição de campeão do returno. Entrou e saiu com brilhantismo. Teve um atleta expulso ainda no primeiro tempo e, outros "amarelados" pelo péssimo homem de preto - ou melhor de azul -, no final ainda foi penalizado com o gol de empate do VEC em condições duvidosas.

Postura tática perfeita, dos comandados de Pontin - aliás, o time se apresentou melhor hoje do que na quinta-feira passada -, o goleirão Dida esteve impecável. A zaga mais uma vez com um miolo perfeito não dando chances ao ataque do VEC. Meio de campo, vai ser difícil tirar o Vitão dali, Alex para quem o criticou no primeiro jogo, hoje andou fazendo lançamentos de até 50 metros.

E o forte do Genus reside nos dois homens de frente, onde Tcharles mais uma vez infernizou os zagueiros do VEC, e o pequeno craque Fernandinho que só é parado na base da pancada. Pancada que o medíocre apitador fingia que não via, para ter-se uma ideia foi necessário tirar o Fernandinho no intervalo do jogo.

Quem pensou que o Profº faria igual a um certo Dunga, ou seja, povoar a defensiva do Genus. Nada disso, Pontin coloca então Pemaza e as características de ataque mudam completamente. Aos 16 minutos quando o VEC estava no ataque e Edilsinho tenta um lançamento na direita, Dodô lateral esquerdo do Genus se antecipa, rouba a bola e entrega para Alex. Este lança para Tcharles que na corrida ganha da zaga do VEC e bate rasteiro no canto esquerdo de Naldo. VEC 0 x 1 Genus.

Se o empate de zero a zero já dava o turno para o Genus, imagine agora com a vitória na casa do adversário. Tenho que ressaltar a jogada do gol do Genus, bem trabalhada - de treino mesmo -, porque digo isso: porquê 15 minutos depois uma réplica da mesma jogada, só que a bola caiu nos pés de Pemaza.

A bola procura, e quem é do ramo de centro-avante a intenção maior é claro que é o gol. Já peguei no pé do Pemaza no jogo passado lembram? Quando eu disse que ele poderia ter feito o segundo gol do Genus no Aluizão com um chute na "orelha" da bola. Dessa vez ele fez tudo direitinho, homem de força, de pique, ganhou na corrida e na saída do ótimo goleiro Naldo colocou no mesmo cantinho que Tcharles fez aos 16', desta vez Naldo colocou a escanteio.

A pergunta que fica é: será que o Pemaza desse uma olhadinha para sua esquerda e tocasse para Tcharles, não estaria ali decretada a derrota do VEC por 2 a 0. E não haveria impedimento, pois na pior das hipóteses o Pemaza estaria tocando a bola para trás.

Nestas alturas do campeonato o VEC já era puro coração com: Sousa, Salatiel, Cabixi e Roalase no ataque. O Genus se defendia sem o goleiro Dida, mas com Johnatan sem comprometer. E o juizão queria jogo para mostrar seu alto grau de "caseiro" autorizou mais seis(6) minutos. Isso mesmo um apitador 51 minutos. O VEC empatou já nos acréscimos, pelo lance na TV o goleiro do Genus até para porque Cabixi recebeu a bola de cabeça e, em posição duvidosa empata aos 49'.

Placar final

VEC 1 x 1 Genus, com este resultado o Genus sagra-se campeão do 2º turno. Placar agregado Genus 2 x 1 VEC. Agora vem a decisão do campeonato em duas partidas entre os mesmos times de hoje, a primeira dia 28/6 e a segunda dia 05/7.

domingo, 21 de junho de 2015

Campeão do 2º turno ou do ano será conhecido logo mais

VEC e Genus entram em campo daqui a pouco no Portal da Amazônia, em Vilhena. Decisão do 2º turno para o Genus, e a mesma situação para o VEC - sendo que para este, a conquista do turno vale também conquistar o título arrastão.

O Genus já entra campo com um placar favorável, qualquer empate lhe dá o turno e, força mais dois jogos contra o próprio VEC. Sem contar é claro com a vitória. Já o Lobo do Cerrado quer faturar o título arrastão, para isto terá que fazer 2 a 0 no Genus.

Mais uma apimentada no clássico: estarão frente a frente as duas melhores defesas, ou seja, nenhum dos dois levou dois ou mais gols em um jogo. VEC tem o desfalque do zagueiro Junior que foi expulso na quinta-feira(18). Já a equipe do Genus não conta com Jean, com três cartões amarelos.

Pontin tem ainda o retorno de Índio na lateral direita, ele que perdeu a posição para Guarate em função de problemas médicos. Mas, como o jogo está marcado para às 15h30min é talvez temerária lançar o veterano atleta de início.

As prováveis escalações

VEC
Naldo; Tuquinha, Alex Barcelos. Vinicius e Jonatas; Carlinhos, Cucaú, Diego Siqueira e Edilsinho; Cabixi, Salatiel(Souza). Téc: Alex Carioca 

Genus
Dida; Guarate(Índio), Jobert, João Pedro e Guarate(João Victor); Xana, Dimas, Vitão e Alex; Tcharlles e Fernandinho. Téc: Claudemir Pontin

Apita
Sidney Pereira Oliveira com Claudio Marcio e Sergio Carlos. 4º árbitro Jonathan Antero  

sexta-feira, 19 de junho de 2015

RETRATAÇÃO: ATLETA CARLINHOS DO VEC NÃO ESTÁ IRREGULAR

Com respeito à postagem deste Blog, dando ênfase a provável irregularidade do atleta Carlos Alberto Soares o Carlinhos camisa número cinco(5), do Vilhena Esporte Clube; venho esclarecer e pedir desculpas aos leitores, ao atleta e ao clube VEC.

Na verdade o citado atleta recebeu cartões amarelos nos jogos: dia 11/4 contra o Genus em Ariquemes, dia 26/4 contra o Ji-Paraná e dia 7/5 completou o 3º amarelo contra o mesmo Ji-Paraná - primeiro jogo da final do turno -, cumpriu a suspensão contra o próprio Jipa na final dia 10/5, quando o VEC sagrou-se campeão do 1º turno.

Já no dia 13/06 contra o Guajará-Mirim ele recebeu o 4º cartão amarelo, e o primeiro da segunda série. Portanto, estava e está totalmente REGULAR para enfrentar o SC Genus no domingo e, se acontecer uma final de campeonato também.

Mais uma vez, desculpem!!!

Bomba! VEC jogou com atleta irregular

É meus caros. Tem muita gente que não gosta dessa expressão: bomba, bomba! Mas, o que eu posso fazer, se faço pesquisa varando às vezes a madrugada. Na terça-feira(16) publiquei em negrito até, que o atleta Xana estava regular para enfrentar o VEC, pois o cartão que ele havia tomado foi o vermelho direto contra o Guajará na penúltima rodada da 1ª fase.

Na mesma postagem publiquei quem estava "pendurado" tanto de um lado como do outro. E afirmei que o atleta Carlos Alberto do VEC estava fora do jogo. Ora, ontem ele entrou lépido e fagueiro com a camisa 5 do VEC e jogou muito. Mas, entrou com três cartões amarelos, ou seja, suspenso.

Eis as datas que o referido atleta tomou amarelo

Dia 11/4 (que na súmula está 11/5) Carlos Alberto Soares, tomou cartão amarelo aos 40' do 1º tempo.
Dia 26/4 o mesmo Carlos Alberto Soares, tomou amarelo aos 22' 1º tempo.
Dia 13/6 o Sr. Carlos Alberto Soares, tomou cartão amarelo aos 44' do 2º tempo.

Ou seja, era para cumprir um jogo e logo contra quem? O Genus. Pois este cartão do dia 13/6 foi contra o Guajará-Mirim.

E aqui a postagem do dia 16/6 neste mesmo Blog

Do lado do Genus, pendurados: Jean, Michel, Maicon e Xana

Pelo Lobo do Cerrado: voltam Edilsinho, Souza e Diego Siqueira. Pendurados: Jonatas, Flávio e Salatiel. Fora do jogo: Carlos Alberto.

Bonita vitória Fernandinho

Sabe aquele jogo que muitos falam "em dois tempos distintos", pois este Genus e VEC parece que vão ser quatro - ou mais -, explico: os dois distintos já foram o de hoje(18), tem mais 90 minutos no próximo domingo(21), e do jeito que o Genus engrenou parece querer mais.

E o torcedor acreditou. Comparecimento em massa, todos os 700 ingressos vendidos e mais 230 entraram sem pagar, renda de R$ 11.000,00. Como é bonito o velho Aluizão lotado, e muitas famílias inclusive crianças. Parabéns!

E o jogo

O Genus começa atacando para o gol do Carmela Dutra. O cauteloso Pontin começa com Guarate na lateral direita e João Victor na lateral esquerda - sobrou o veterano Índio -, na frente da zaga ele sacou Xana e trouxe Vitão para o seu lugar - não comprometeu -, tinha ainda Jean e Dimas para fechar o ferrolho e Alex para o toque refinado.

Neste esquema, Claudemir Pontin anulou completamente o melhor jogador do lado do VEC, no caso Edilsinho, por outro lado até Kukau apareceu pouco. O atleta Tcharles também voltava para ajudar o meio de campo do Aurigrená, deixando efetivamente Fernandinho sozinho na frente.

Durou cerca de 15min esse jogo de paciência, de estudos por ambas equipes. Dos 15min aos 30min o VEC andou muito perto de abrir o placar. Aos 21min numa falta cobrada por Júnior que Dida colocou a escanteio, aos 28min Cabixi pegou uma bola de costas para o gol e virou, Dida adiantado mesmo assim graças à sua altura conseguiu mandar a escanteio.

Aos 33min bola levantada na área por Edilsinho, Dida veio por cima atropelou todo mundo inclusive o atacante Cabixi, que teve de sair de maca - mas voltou ao jogo normalmente. Aos 35min finalmente o Genus que estava acuado, começa a melhorar com o homem do gol Fernandinho. Goleiro Naldo coloca a escanteio.

Aos 37min falta perigosa em favor do Genus - saiu até amarelo para Rai (VEC) -, em cima de Tcharles já começa a aproximar com Fernandinho. Alex cobrou mal, na barreira. Aos 40min numa falha da boa defesa do VEC, que deixou a bola para o rápido Fernandinho - ah, Fernandinho adiantou muito -, caiu na velocidade. Não teve nem chances de reclamar pois o árbitro Figarela estava a dois metros dele. Daí mais 4min e mais 1min de acréscimos, 50min e zero a zero.

E vamos para a segunda etapa

Pelo lado do VEC nenhuma mudança no intervalo. Pontin saiu então da fase cautelosa, mas com responsa (como diria meu companheiro de arquibancada) e, coloca Pemaza na vaga de João Victor. Ora, o que queria Pontin. Com Pemaza, jogador forte, chuta bem de fora da área e levar pra cima de Jonathas do VEC.

Acertou em cheio o paranaense Pontin. Só dava Genus no segundo tempo, apareceu mais o futebol de Tcharles agora fazendo um verdadeiro pivô. E, Pivô com "p" maiúsculo, de causador, influenciador, é tanto que no final do primeiro tempo já havia influenciado  no cartão amarelo para Rai (lembram aos 37').

Pois bem, aos 12min o zagueirão Júnior foi para o banheiro mais cedo em função de provocar falta em cima de Tcharles. Aos 14min falta para o Genus, que Alex cobrou bem e Naldo espalmou a escanteio. Só dava Genus.

Aos 19min uma bela jogada de ataque do Genus, Tcharles o Pivô dominou no peito teve tempo de olhar e deu assim de bandeja para o lado direito, e disse faz Pemaza - sabe o que aconteceu? Nada. Nosso lépido atacante acertou a "orelha" da Kagiva. Ah seu Pemaza, fica para o próximo domingo(gritou meu companheiro de arquibancada).

Aos 21min jogada perfeita do Aurigrená, bola de pé em pé começou com Guarate que deu para Alex, este toca para Tcharles (olha o pivô ai), ele olhou para o Pemaza e pensou, agora vai pra Fernandinho - não sei se foi de calcanhar -, só vi meu amigo da arquibancada já gritando gol, antes da bola entrar. Esse Fernandinho voltou melhor do que antes, na saida do ótimo goleiro Naldo ele colocou rasteiro.

Vejam que o gol saiu antes da metade do 2º tempo. Pelo lado do VEC o técnico Alex Carioca ainda colocou Salatiel e depois Flávio, antes já havia colocado um zagueiro (Tuquinha) com a expulsão de Júnior. Ao final do jogo o craque Edilsinho dava graças por ter sido somente de um gol a derrota do VEC, ele reconheceu o poderio do Genus, principalmente após a expulsão de Junior.

Com relação a arbitragem

Mais um excelente trabalho do Arnoldo Figarela, o assistente número um Gilmar Holanda no mesmo nível, o mesmo não posso dizer do assistente dois Adailton Sousa que, aos 40min subiu a bandeira numa marcação de impedimento do atacante Tcharles - completamente errado o assistente -, deu aquele choque, espere um pouco amigo. O Tcharles abriu o verbo e levou amarelo. 

Melhores do jogo

Guarate, Fernandinho e Tcharles (Genus) e Naldo, Edilsinho e Carlinhos (VEC)


quinta-feira, 18 de junho de 2015

Genus e VEC confrontos de poucos placares em branco

Tudo pronto para o primeiro jogo da decisão do returno do rondoniense, entre SC Genus e Vilhena EC. Logo mais a partir de 20h as duas equipes entram em campo para a 31ª partida entre os dois. São 13 anos de confrontos, levando em consideração que o primeiro ocorreu no dia 31 de março de 2002 e, o penúltimo em 24 de maio do presente ano.

São 30 jogos no total: 17 vitórias tem o VEC, com seis(6) empates e somente sete(7) vitórias do Aurigrená. Um dado importante, nestas 30 partidas somente dois(2) zero a zeros. Foram marcados 82 gols, o VEC fez 50 e o ataque do Genus fez 32 gols. O placar em média é de 2,7 gol/jogo. A maior goleada do Genus 5 a 1 no dia 31/03/2007, já o VEC ganhou duas vezes pelo mesmo placar 4 a 1 nos dias 26/04/2007 e, repetiu no dia 31/05/2009.

Apita o jogo, Arnoldo Figarela com assistências de Gilmar Holanda e Adailton Souza. O quarto árbitro será Fledes Santos.

O jogo será transmitido pela Rádio Cultura FM 107,9 - mas atenção; somente pela internet - sintonize pelo www.radios.com.br e http://tun.in/sexh2 - Tunein Radio. Baixa no aparelho celular o app e, não precisa de fone de ouvido.

(*) os dados foram extraidos do site futebol do norte

Rondoniense Mateus Evangelista está entre os 13 melhores do Mundo

Entre os paratletas recordistas mundiais de salto em distância, temos 13 nomes em diferentes classes. Entre esses 13 temos dois(2) brasileiros - o rondoniense Mateus Evangelista e o mineiro Rodrigo Parreira -, os dois vindos de clubes que trabalham muito a base e, com poucos recursos financeiros.

A informação é do Profº Silvio Carmo, que treinou muito tempo Mateus Evangelista classe T-37(atletas com paralisia cerebral). O mineiro Rodrigo Parreira é T-36.

Confiram o quadro oficial dos recordistas:

(Foto: Reprodução/Facebook)

quarta-feira, 17 de junho de 2015

Geovane visita familiares

Quem se encontra na capital rondoniense, é o mais novo integrante da Série A do campeonato paranaense. Falo do meia-atacante nascido em Porto Velho, Geovani Cunha. Com uma semana de folga dado pelo Toledo Futebol, Geovani veio recompor as energias junto aos familiares.
(Foto: reprodução/facebook)

O craque fica aqui até domingo. Dia 23 de junho, nada de fogueiras, quadrilhas e outras modalidades juninas, ele e demais companheiros se apresentam ao time Toledo Futebol para reorganizar o projeto Série principal do paranaense.

Graças a força da torcida

Nação, graças a forças divinas e sobrenaturais, queimamos a nossa língua e os ingressos já estão sendo vendidos de verdade.


Confiram os pontos de vendas abaixo. Os ingressos estão à venda com preços promocionais de R$ 10,00 nos seguintes locais e horários:

01 - Júnior Sun, Centro (José Bonifácio, N° 75, em frente ao camelô) em horário comercial;
02 - Drogaria Bem Estar (Av. Jatuarana, em frente ao Supermercado Gonçalves) em horário comercial;
03 - Pizzaria Fiorellla (Av. Pinheiro Machado, 1133) a partir das 18:00.
(Arte/Seja Genus de Coração/reprodução do Facebbok)

Tá vendo que quando se quer fazer a coisa certa é possível? Não temos dúvida de que esta ação foi somente por se tratar de uma final, esperamos que o respeito com o torcedor seja não somente quando o Genus for para uma final de campeonato, mas sim em todos os jogos oficiais do clube tiu.


Texto e arte: reprodução da página/facebook - Seja Genus de Coração

Aqui vou eu...,

Dia 5 deste mês de junho, publiquei neste Blog os locais de vendas de ingressos antecipados para um jogo da Série C, entre Fortaleza x ASA na Arena Castelão. No final da matéria pedi desculpas à torcida Aurigrená e chamava atenção dos dirigentes do Genus, por não ter feito o mesmo num jogo bom de se trabalhar vendas antecipadas no caso Genus x Ariquemes.

Agora em 12 dias a coisa mudou, e graças ao seu torcedor fiel que conseguiu convencer aos dirigentes de que é viável sim melhorar a vida de quem gosta de um bom futebol.

Ah, antes que eu esqueça: o ingresso também será vendido nas bilheterias do Aluisio Ferreira no dia do jogo ao preço normal de R$ 20,00 (inteira)  e R$ 10,00 (meia-entrada).

terça-feira, 16 de junho de 2015

Atletas "pendurados" de Genus e VEC

Genus e VEC começam a decidir o 2º turno do rondoniense gazin-2015, o jogo de ida será no estádio Aluísio Ferreira à noite desta próxima quinta-feira(18), às 20h. Mexe daqui, pesquisa dali o Blog constatou a seguinte situação com relação a atletas pendurados com dois cartões amarelos, assim como os que voltam depois de cumprir a suspensão automática.

Do lado do Genus, pendurados: Jean, Michel, Maicon e Xana

Pelo Lobo do Cerrado: voltam Edilsinho, Souza e Diego Siqueira. Pendurados: Jonatas, Flávio e Salatiel. Fora do jogo: Carlos Alberto.

Decisão do 2º turno: Figarela (ida) e Sidnei Pereira(volta)


A Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER) realizou na tarde desta segunda-feira, 15, o sorteio dos árbitros que irão atuar neste final de semana em dois jogos das finais (ida e volta) do 2º Turno do Campeonato Rondoniense Gazin 2015 . 

O árbitro Arnoldo Vasconcelos Figarela vai apitar o jogo entre Genus e Vilhena, quinta (18), no estádio Aluízio Ferreira, a partir das 20 horas. Figarela será auxiliado pelos assistentes Gilmar Holanda de Souza e Adailton Francisco Souza. O quarto árbitro da partida será Fledes Rodrigues Santos. 

O segundo confronto da Final, disputado entre VEC e Genus no domingo (21), terá como árbitro Sidnei Pereira Oliveira, sendo auxiliado pelos assistentes Claudio Marcio de Souza e Sergio Carlos Rodrigues. Jonathan Antero Silva será o quarto árbitro da partida que inicia às 15h30, no estádio Portal da Amazônia.

Fonte: Assessoria da FFER

domingo, 14 de junho de 2015

Visitantes fazem o dever de casa

Última rodada do returno do rondoniense. Dois jogos concluídos, sem a famosa "zebra". Em Guajará o time local nem teve o gostinho de fazer um mísero gol nas redes adversárias, e olhe que foram 720 minutos de bola rolando em oito(8) jogos.

Neste sábado tinha até companheiros da Imprensa Esportiva, torcendo para sair um gol do GEC. Mas quem goleou mesmo foi o VEC, e que boa notícia com vários atletas vindos da base. Eu que sou um crítico de não darem vez à meninada, dessa vez tenho que elogiar. Final de jogo: GEC 0 x 4 VEC.

Em Ji-Paraná, esse "cabeçudo" tinha escrito que o velho Jipa de guerra não entregaria a rapadura tão fácil. Dito e feito, nos primeiros 15 minutos só deu Galo - será que a bola tivesse entrado em favor do Jipa -, a história seria diferente?

Não consigo entender a teimosia de Pontin entrar com Índio na ala-direita, num calorzão de 40ºC. Ora, já uma alteração evidente. O Jipa pregou, claro que o esforço foi muito grande e, no quesito preparo físico o Genus está bem entregue ao Marcelo.

Final de jogo em Ji-Paraná, vitória do Genus por 3 a 1. Muita reclamação por parte do Galo em relação ao gol de Fernandinho - minha opinião, também achei que ele estava bem adiantado -, mas o árbitro marcou um pênalti em favor do Jipa, feito por Xana - daqueles espíritas, ou seja, o atleta de costa fez -, será que foi?

Uma tarde atípica, onde os visitantes não foram nada gentis. Resta agora a(as) final(ais), sim porque se o Genus ganhar o returno, disputa a final do campeonato contra o próprio VEC.

Tomara que o pessoal do Genus saiba trabalhar essa final. Há muito tempo o time não chegava a essa situação. Eu lembrei de 2009, quando o time foi vice-campeão contra esse mesmo VEC, já o amigo Alexandre Almeida do Futebol do Norte lembrou do time de 2013 com o Profº Neneca. Prometo pesquisar mais.

Por enquanto lembrar que o primeiro jogo da final do returno será  na próxima quinta-feira(18), às 20h no Aluízio Ferreira. Frente a frente os dois melhores ataques e as respectivas melhores defesas: enquanto o VEC fez 12 gols no 1º turno e sua defesa tomou 3 gols, o Genus no mesmo período fez somente 2 gols e tomou o mesmo número de gols do adversário.

No returno o ataque do VEC caiu um pouco e fez "somente" 9 gols, e sua defesa tomou um gol. Já o Aurigrená teve um crescimento monstruoso com Fernandinho, Tcharlles e cia. Fizeram 9 gols, e a defensiva tomou um(1) o de pênalti contra o Jipa. Resumindo, VEC 21 gols assinalados e tomou 4, Genus 11 gols assinalados e tomou 4.

Façam suas apostas, senhores!

sábado, 13 de junho de 2015

R1 Esporte Rondônia, seja bem-vindo

Assim é o futebol. Nunca morre, esta semana tivemos a notícia de que o amigo e presidente do R1 Esporte Ronald Lage(f), deu entrada junto à FFER de toda documentação de sua equipe para esta fase de profissionalização. Ótima iniciativa. Pelo menos no próximo ano, daqui da capital já teremos no mínimo três(3) equipes: Genus, Rondoniense e R1.
(foto: reprodução/facebook)

Quando há pouco mais de 30 dias atrás, esse mesmo Ronald me confidenciava lá no velho Aluizão desse seu projeto, confesso que fiquei com um pé atrás. Ele falava justamente de ter uma gama de jovens atletas com quatro(4) anos de casa. Ou seja, essa meninada que chegou ao DNA do futebol em 2011 com 15/16 anos, agora estão no ponto de encarar um profissional.

Falando de profissional, o jovem presidente e empresário dessa área do futebol, está ladeado de pessoas gabaritadas e de apoios memoráveis - um é o próprio advogado de renome Dr. Hélio Vieira e "dono" do CT, outro apoio da Dydyo e demais parceiros dentro do projeto -, o outro que está se fortalecendo no R1 é o próprio Guido Quêtto.

Quanto a este rapaz, vale escrever um pouco de sua trajetória - e aqui, parabenizo mais uma vez o presidente Ronald Lage -, pois foi buscar o Guido lá do Avaí e, penso que será a vez do Guido encarar este profissional.

Ora, o Profº Guido Quêtto(f) já trabalhou em várias equipes de base da capital. Disputou cinco(5) estaduais e chegou a quatro(4) finais: dois(2) sub-20, um(1) sub-16 e dois(2) femininos, para uma análise matemática seria 4 em 5, ou com índice de aproveitamento de 80%. Hoje, já trabalha no R1 e é Profº Universitário de Educação Física. Com cursos na área de Treinador de Futebol em; SP, RJ e GO.
(foto: reprodução/facebook)

Bola pra frente Ronald Lage, o caminho é este: time jovem, mesclado é claro com alguns mais experientes. Foi desse jeito que você foi protagonista há mais de uma década atrás, e agora está de novo no topo. Parabéns!

Análises e pitacos para última rodada do returno

O returno do campeonato rondoniense gazin-2015, chega ao seu final neste sábado(13). Em Guajará-Mirim o time local que não fez um golzinho sequer em sete(7) jogos, vai tentar o feito logo contra o VEC. Coisa complicada  para os lados do alvirrubro.

Mas o Guajará é valente e quer se despedir de seu torcedor, com vitória. Além da desmotivação natural pela campanha, o time tem desfalques - por exemplo, jogador Tanaka diz que está com uma virose -, e provavelmente dará dor de cabeça ao técnico boliviano Hernan Oliveira.

Já o VEC que carimbou presença na grande final do campeonato - isso se não ganhar também o returno -, vai cumprir tabela. Está com 100% de aproveitamento, 9 pontos em três(3) e, para fazer os 12 pontos não está longe. O técnico Alex Carioca lança uma equipe diferente da que goleou o Jipa no último domingo, mas sem deixar Cabixi e Salatiel juntos no ataque.

Palpite: dá VEC, talvez o Guajará até faça seu gol de honra. A salvação do time da Pérola do Mamoré continua na segurança de seu goleiro Ferreira. 5 a 1 VEC.

No município coração do estado, Ji-Paraná. Onde está concentrado o maior número de conquistas de campeonatos, seja o próprio Jipa ou a Ulbra, o SC Genus deverá consolidar sua participação na final do 2º turno contra o VEC. Mas, não pensem que será moleza. O técnico do Galo diz que terá cinco(5) desfalques no time - um é certo, e que desfalque logo o goleiro Daniel -, os outros devem ter substitutos à altura.

Por incrível que pareça e isso é muito bom, na reta final do campeonato o Genus engrenou de vez. O técnico Claudemir Pontin terá o desfalque de João Pedro na zaga. O bom é que Jobert volta, depois de cumprir suspensão pelo cartão amarelo. O time (SIC), viajou na tarde desta sexta-feira(12), e só - ninguém sabe qual a delegação, a programação. Essas coisas simples que na era da informação chama-se de release (material distribuído à Imprensa/Rádio/Televisão).

Palpite: se o Jipa partir pra cima querendo tirar a diferença, leva uma goleada. Mesmo assim entendo que o Irani de Almeida não cometerá este suicídio. Jogo de TV, muita gente de fora querendo "aparecer", vitória do SC Genus por 2 a 1.

O jogo entre Ji-Paraná x SC Genus será transmitido ao vivo pela Rádio Cultura FM 107. Narra o jogo Bosco Gouveia/Sandeimar Medeiros, comentários de Antonio Carlos Bicho e Iomar Pompeu, retaguarda esportiva de Alexandre Almeida e Luis Carlos Pereira. Na técnica José Oliveira.

Os dois jogos começam no mesmo horário às 15h30min.


quinta-feira, 11 de junho de 2015

CBF: Assembléia Geral de 180 minutos aprova mudanças profundas no Estatuto

O presidente da CBF Marco Polo Del Nero, reuniu em Assembléia Geral nesta quinta-feira(11), nada menos do que 47  dirigentes estaduais, vice-presidentes e diretores da CBF para juntos, através do diálogo e debates aprovarem mudanças no Estatuto da instituição. Foram três horas, sob o comando do presidente da Federação Tocantinense de Futebol (FTF), Leomar Quintanilha.

Vários artigos foram modificados, assim como outros excluídos - aqui você lê as mudanças -, um dos artigos modificados foi o Art. 33 - O mandato do Presidente e dos Vice-Presidentes é de 4(quatro) anos, permitida uma única reeleição, e terá início ao final da Assembléia Geral que ocorrer subsequentemente à realização das eleições, com o objetivo de apreciar e julgar as contas referentes ao exercício financeiro anterior. Antes não falava em reeleição.

Quantos atletas estarão desempregados no início de julho

O mundo da bola viu-se de repente atolado no escândalo Fifa. E no pais do futebol como respinga esse escândalo. Na verdade o post tem como pano de fundo os atletas que estarão desempregados no início do próximo mês aqui no futebol rondoniense.

Antes quero mostrar os números astronômicos da Fifa: "em 2012 ela contava com aproximadamente 265 milhões de jogadores e outros 5 milhões de árbitros e dirigentes. Isso corresponde a 4% da população mundial, se fosse um pais, Fifa seria o quarto mais populoso do mundo. A "família Fifa" conta com mais países participante do que Estados-membros da ONU". Do livro Sportonomics - As verdadeiras (e surpreendentes) cifras do mundo do esporte.

No Brasil via CBF, são 20.000 jogadores profissionais, destes: 15% estão desempregados, 3% recebem mais de dois salários mínimos e 82% ganham menos de dois mínimos. O número de clubes profissionais inscritos na CBF são 684, o número de clubes que disputam as quatro divisões nacionais são 100 e mantêm-se ativos por seis meses. Veja o quadro abaixo com créditos para a revista Placar.

(Foto: Revista Placar)

Em Rondônia, o XXV Campeonato está chegando ao seu final de 05 de abril até 05 de julho, são 3 meses de duração. E tem clube devendo salários, no caso o de melhor índice técnico o Vilhena EC. Para efeito de estatística e tendo como fonte o BID/FFER, temos o seguinte quadro de atletas:

Ariquemes FC 30 atletas com 5 amadores; SC Genus com 26 e 1 amador; Guajará EC com 26 e 1 amador; Ji-Paraná FC com 26 e 1 amador e o VEC com 30 e 5 amadores. Para efeito de dados considerei somente os profissionais, que dá: 25 x 5 clubes igual 125.

Imagine esses 125 atletas recebendo em torno de R$ 1.000,00 que dá R$ 125.000,00 x 3 meses dá igual a R$ 375.000,00. Sem contar as comissões técnicas, com auxiliares, preparadores físicos. Enfim, esse o trabalho com base em dados da:

Fontes:/placar.abril.com.br/materia/escravos-da-bola-a-historia-de-jogadores-explorados-pelo-futebol/
Site da FFER/acesso dia 11/06/2015


Erivelto Holanda assume o Galo da BR para 2019 e 2020.

Enfim fumaça alviceleste para os lados do Jipa. Na quarta-feira(14), houve a Assembleia Geral de eleição para a nova diretoria do clube mul...