Pular para o conteúdo principal

Uma Luz: 17 Integrantes e Uma Reforma no Futebol Nacional

A CBF iniciou, nesta quinta-feira (18), as atividades do Comitê de Reformas do Futebol Brasileiro. Os 17 membros se reuniram na Sala das Federações, no 4º andar da sede da entidade, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. A primeira reunião tratou dos objetivos e da dinâmica de trabalho.
Foram definidos e apresentados os temas que serão discutidos no comitê. Já está no ar um site especial (hotsite) para participação da sociedade. Haverá documentos para consulta e espaço para envio de comentários e sugestões.
I. Reforma do Estatuto: Ajustes no Estatuto Social da Entidade que refletem a implantação de planos de ação de âmbito estatutário.
II. Código de Ética: Decisões acerca do conteúdo e do processo de fiscalização do futuro Código de Ética da Entidade.
III. Transparência e Conformidade: Disponibilização de informações e documentos da CBF, tais como, demonstrativos financeiros, políticas de patrocínio, Estatuto e Código de Ética, bem como a implantação de mecanismos de controle de aderência aos mesmos.
IV. Licenciamento e Registro: Decisões sobre registro e licenciamento de clubes nacionais.
V. Responsabilidade Social: Fomento das ações de responsabilidade social.
VI. Internacionalização do Futebol Brasileiro: Decisões sobre a estratégia de internacionalização da marca da Entidade e do Futebol Brasileiro, bem como a sua atuação no exterior.
VII. Impactos regulatórios e tributários: Elaboração de agenda propositiva para aprimoramento do arcabouço legal e tributário.
VIII. Futebol Feminino: Desenvolvimento do Futebol Feminino no Brasil.
IX. Categoria de Base: Desenvolvimento e fomento das categorias de Base do Futebol Brasileiro.
X. Tecnologia e Inovação no Futebol: Decisões sobre novas tecnologias a serem empregadas no âmbito do Futebol.
XI. Direitos dos Atletas e demais profissionais do Futebol: Temas diversos acerca dos direitos dos atletas do futebol, tais como pagamentos, previdência, condições de trabalho, entre outros.
XII. Direitos de Transmissão: Avaliação de alternativas em relação aos direitos de transmissão das competições.
XIII. Arbitragem: Estudo e proposição de alternativas para aprimoramento da arbitragem no Brasil considerando dentre outros aspectos de carreira, capacitação e tecnologia. 
XIV. Calendário do Futebol: Propostas de alternativas no calendário do futebol brasileiro e alinhamento com o cenário internacional.
XV. Formação, Capacitação e Intercâmbio: Desenvolvimento de programa de formação, capacitação e intercâmbio para profissionais envolvidos na cadeia de valor do Futebol.
XVI. Democratização e engajamento da Torcida Brasileira: Avaliar Propostas e alternativas que permitam maior participação da torcida (Seleção e clubes) no Futebol Brasileiro.
Os 17 integrantes do Comitê de Reforma são: Álvaro Melo, advogado especialista em esporte; Ana Paula Oliveira, diretora-secretária da Escola Nacional de Arbitragem de Futebol; André Ramos Tavares, advogado especialista em esporte; Caio César Rocha, presidente do Superior Tribunal de Justiça Desportiva; Carlos Alberto Parreira, treinador tetracampeão do mundo em 1994; Carlos Alberto Torres, capitão do Tricampeonato Mundial em 1970; Carlos Augusto de Barros e Silva, presidente do São Paulo Futebol Clube; Carlos Eduardo Pereira, presidente do Botafogo de Futebol e Regatas; Castellar Modesto Guimarães Neto, presidente da Federação Mineira de Futebol; Ednaldo Rodrigues Gomes, presidente da Federação Bahiana de Futebol; José Edmílson Gomes de Moraes, pentacampeão do mundo em 2002; Leomar Quintanilha, presidente da Federação Tocantinense de Futebol; Luiz Felipe Santoro, advogado especialista em esporte; Miraildes Maciel Mota (“Formiga”), jogadora da Seleção Brasileira de Futebol; Ricardo Roberto Barreto da Rocha, tetracampeão do mundo em 1994; Rogério Caboclo, diretor executivo de Gestão da CBF; Walter Feldman, secretário-geral da CBF.
– O futebol merece uma participação intensa da sociedade, de todas as pessoas que estão dispostas a contribuir com o crescimento. Ninguém tem sozinho a fórmula com as soluções para futebol brasileiro. É uma construção, um trabalho que está sempre em movimento e a criação do comitê é um importante passo nessa direção – afirmou o presidente do Comitê de Reforma do Futebol Brasileiro e secretário-geral da CBF, Walter Feldman. 
Os vice-presidentes do Comitê são Carlos Eduardo Pereira, presidente do Botafogo de Futebol e Regatas, e Edmílson, pentacampeão do mundo em 2002. O secretário será Luiz Felipe Santoro, advogado especialista em esporte.
O comitê se reunirá com frequência mensal, com algumas teleconferências quinzenais, e contará também com outras participações em grupos de trabalho, que vão desmembrar o debate sobre os temas específicos.
– Fui convidado e aceitei porque acredito que teremos resultados reais. Se é para fazer parte do Comitê de Reformas, vou participar de verdade, com críticas e sugestões sobre os assuntos que serão debatidos – destacou Carlos Alberto Torres, capitão do Tricampeonato Mundial em 1970.
(Foto/Créditos: Rafael Ribeiro-CBF)
Fonte: Assessoria-CBF

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rondoniense de 17 anos vai disputar o concorrido Sub-20 em SP

Olha que notícia maravilhosa. Vem daqui de perto do distrito de Jaci-Paraná, a 80 km de Porto Velho, um filho do distrito chamado Jardson Medeiros, zagueiro de 1,85 m com 17 anos, pé esquerdo, pelo visto um prodígio - na acepção da palavra -, daqueles com habilidades próprias para pessoas com mais idade.
Acompanhe o histórico de Jardson: foi bicampeão da copa treze sub-15 pelo Avaí-PVH; em 2015 disputou o sub-16 pelo SC Genus; já o ano passado foi campeão do Interdistrital pela seleção de Jaci-Paraná, quando foi muito elogiado pela postura em campo e personalidade.
Desta temporada o garoto começou a viajar. Entenda-se viajando para fazer o que mais gosta, e sabe fazer. Foi para Confins-MG, disputou o campeonato mineiro sub-17 pelo Bonsucesso EC, sucesso garantido seu time foi eliminado na semifinal mineira. Algumas equipes de base da terra de Tiradentes tentaram ficar com o zagueiro.
Porém, seu destino acabou sendo São Paulo, primeiro jogou pelo Osvaldo Cruz FC, interior paulista. Ao vol…

Tanaka faz acordo amigável e dá adeus ao Periquito

Foram somente três minutos vestindo a camisa oficial do RSC. Falo de Alessandro Tanaka, camisa 16 que entrou ao final do jogo entre RSC 0 x 0 Cuiabá pela Copa Verde, no último domingo. O ambiente no ninho do periquito já não estava legal para o atleta estrela de Guajará-mirim, ontem, segunda-feira entornou de vez.
E, agora à tarde o rápido atacante Tanaka, entrou em acordo com a diretoria do clube, e deu adeus ao RSC. Agora vem a surpresa maior. Sabe para onde voa o Tanaka, ou melhor, sai do ninho do periquito e vai para o Acre, isso mesmo o novo clube será no estado do Acre. E quem pensava no Tanaka no Galo da BR, tire o cavalo da chuva.
O blog chegou a conversar com Eder Marques, um dos diretores do Jipa, e ele assim se expressou: "Luis, na verdade era intenção da gente trazer o Tanaka para cá, como foi um acordo amigável e ele resolveu ir para o Acre, que seja feliz não vamos entrar em leilão". (Tanaka deixou o RSC nesta terça(7), vai para o Acre)

Ariel Mamede e Welmer Bueno, juntos na mesma equipe

É isso mesmo, o mundo do futebol gira rápido demais. Assim como o mundo da política, da economia e das fofocas. Assim foi com o amigo e técnico de futebol Ariel Mamede, saiu daqui de Porto Velho-RO com um pé na taça de campeão-2016, e uma das mãos já levantando a mesma. Antes disso saiu do também RSC o dirigente Welmer Bueno, ambos retornaram ao estado de Goiás.
Enquanto Ariel foi dirigir um time goiano querendo subir da segunda divisão para a primeira, Welmer Bueno voltou para "seu" Vila Nova, no comando administrativo das divisões de base. Nesta copinha que ainda está rolando a bola, o que aconteceu: o Vila saiu de Goiás com status da melhor equipe do paraíso verde na categoria, acabou caindo na fase de grupos.
Enquanto o maior rival do Vila Nova, o Atlético Clube Goianiense ora dirigido por Ariel passou de fase. E aí vem as raquetadas da vida, neste sábado(14) o Vila Nova dispensa Lucas Oliveira, e foi buscar no Dragão o jovem comandante de lá. E agora estarão juntos em um …