segunda-feira, 20 de junho de 2011

Que Jogão!

Este dia 19/06 no município de Ariquemes a 200km da capital, vivenciamos a realização de um jogo épico do XXI Campeonato de Futebol de RO. O jogo válido pela semifinal (volta), e teria que ter um vencedor, ou nos 90min, ou da marca dos tiros livre diretos (pênaltis).

Vamos ao jogo:

Ariquemes até então o melhor do campeonato, entrou em campo com uma formaçao altamente ofensiva com os "veteranos" Henrique e César (este, tri-artilheiro de RO), para furar um possível bloqueio do Gênus. E foi justamente o time da casa, apoiado por mais de 1.000 torcedores quem tomou a iniciativa de atacar.

E o Gênus? Uma equipe que ao longo do certame (é o novo!!), teve muitos altos e baixos. Talvez mais baixos que alto. Nas primeiras quatro rodadas, perdeu todas na quinta e sexta voltou o sorriso de vitórias, na sétima o primeiro zero a zero e maior perda de seu elenco (a morte de seu jovem goleiro Márcio de maneira trágica). Daí pra frente podemos dizer que a alegria voltou.

O resultado dessas ida e vindas, o re-encontro com o Ariquemes. Primeiro jogo 1 x1 na capital. E o segundo este deste domingo. Um jogaço. O problema da equipe do Gênus, a marcação em cima do jogador Rob, funcionou em todo primeiro tempo. No segundo , num átimo de segundo o craque que resolve vai lá e faz, ou então deixa seus companheiros na cara do gol.

Aos 13 min de jogo, quando o Ariquemes fazia uma verdadeira blitz em cima do Gênus e o goleirão Marlon pegava tudo, ou desviava com os olhos aquelas bolas que tinham a direção de seu gol. Coube ao Gênus num contra ataque bem planejado, a bola cair nos pés de André Borges que fez 1 a zero Gênus.

Final do primeiro tempo, 1 x 0 Gênus graças ao Marlon. Para o segundo o Ariquemes volta com modificações, mas sem retirar o pensamento de atacar, atacar, foi quando a marcação afrouxou em cima do craque deles Rob, e num lance de desespero da defensiva do Gênus o zagueiro tocou com a mão, dentro da área não pode pênalti. Quem foi lá, Rob e empata o jogo logo aos 9 min.

Daí pra frente só dava Ariquemes, e quem poderia fazer a diferença? Claro, o Rob que vira o jogo aos 20 min num golaço, para um minuto depois Henrique também fazer o dele de cobertura eram decorridos 21 min do segundo tempo e 3 x 1 em favor do time da casa.

Mas o Gênus bravamente vai a frente e Kastor diminuiu para 3 x 2 aos 26 min. Neste momento o jogo vira teste para cardiácos, o Gênus ataca, o Ariquemes começa a fazer a famosa cêra com o cai-cai. O placar fica nestes 3 a 2 em favor do bom time de Ariquemes. Agora parabéns ao Gênus, aos torcedores dos dois times que compareceram mais de 1.300 e, mais uma vez o título fica para o interior.

Ficha Técnica:

Ariquemes 3 x 2 Gênus (volta da semifinal)

Árbitro: Arnoldo Vasconcelos Figarela; A1: Ronieri Ramon Costa, A2: Valdecir Ferreira da Silva.

Times:

Ariquemes: Dida; Guajará, Cleiton, Marcone(Igor) e Abimael; Quintino, Gugo, Henrique(Rafael) e Rob; Cesar(Gilberto) e Odil. Téc: Marcos Sequetto.

Gênus: Marlon; André Borges, João Jr., Kenedy e Boca; Joilson, Josiel(Robino), Diego(Thiago Vela) e Marabá; Kinho(Jeferson) e Kastor. Téc: Guará.

Cartão Vermelho: João Jr. (GEN).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Guerreiro Dacosta conquista duas pratas e um 4º lugar no Ybirapuera-SP

E mais uma vez o valente atleta Guerreiro Dacosta, sai premiado de uma competição tão importante. Nosso representante Máster no Atletismo f...