terça-feira, 18 de outubro de 2011

Adilson Batista: Prof. Pardal ou Pé Frio

Iomar Pompeu faz uma análise da curta vida de treinador de Adilson Batista, ex-técnico do São Paulo, demitido no último domingo, 16. Fala ai grande Pompeu!  

Se formos analisar este treinador, depois de dois anos e meio no Cruzeiro, considerado um dos técnico "Tops" do Futebol Brasileiro, vice campeão da Libertadores e saiu da Toca da Raposa sendo chamado de Prof. Pardal.

A Perigrinação
Vamos fazer a trajetória de Adilson, depois da saída do Cruzeiro foi para o Corinthians, substituir o atual técnico da Seleção Brasileira, Mano Menezes. O amor corintiano durou somente quatro meses, poucos resultados positivos, não sendo unanimidade perante o grupo de "loucos" preferiu pedir rescisão.

A Vila
Reacende uma nova esperança, afinal foi convidado para assumir o grande Santos F. Clube, com uma geração badalada do futebol brasileiro nos últimos anos; durou três meses esta convivência, saldo positivo porém não aceito pelos mandatários, em 11 jogos apenas uma derrota.

Atlético muito rápido
Foi passageira a participação de Adilson no Atlético(PR), primeiro porque até hoje a equipe não se encontrou, e com as constantes trocas de treinadores somente vem prejudicando ao "Furacão". Aliás reveja aqui o time de treinadores que por lá passaram: P. C. Carpegiane-2010, Sérgio Soares, Leandro Niehues(auxiliar técnico), Geninho, Adilson Batista e Antonio Lopes.

São Paulo

Conhecendo o outro lado da moeda, sem prestígio ganhou uma nova chance, agora no grande São Paulo era uma união perfeita para ambos. Adilson  não ganha títulos desde 2009 e o clube do Morumbi sente saudades do Muricy Ramalho; Adilson respirava São Paulo 24h, acordava e fazia suas refeições no CT da Barra Funda, esquecendo um pouco o convívio familiar, mesmo porque estão no Paraná, sentindo-se incomodado com o apelido de prof. Pardal sempre citava o exemplo quando chamavam Telê Santana de "Pé Frio", e depois de duas décadas passou a ser o "Melhor do Mundo".

E ai? Fica pra vocês comentarem - é ou não Prof. Pardal -, esta é a análise do comentarista esportivo, ex-atleta do Fast/AM, técnico de futebol e radialista: Iomar Pompeu.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Erivelto Holanda assume o Galo da BR para 2019 e 2020.

Enfim fumaça alviceleste para os lados do Jipa. Na quarta-feira(14), houve a Assembleia Geral de eleição para a nova diretoria do clube mul...