Pular para o conteúdo principal

Estádio Aluízio Ferreira encerra mais um ciclo e recebe Genus x Paragominas-PA neste domingo(18)

Tá chegando a hora. Logo mais às 18h(local), o velho e aconchegante estádio Aluízio Ferreira de Oliveira, ou simplesmente Aluizão(foto) irá recepcionar Genus x Paragominas-PA pela Série D do brasileirão. É mais um ciclo que se encerra - o Aluizão pertence ao governo do estado de Rondônia -, e foi construído em 1957. Seu nome homenageia o primeiro governador do antigo Território Federal do Guaporé(1942-1957).



Quis o destino que o Genus fizesse o primeiro e o último jogo no Aluizão na era do futebol profissional - contra o Ferroviário e, agora contra o Paragominas -, e porque essas palavras com jeito de despedida. Pois bem, caros(as) após este jogo o Aluizão vai ser demolido, e o governo garante construir um novo e moderno Aluizão com pistas de atletismo, piscinas olímpicas, etc e tal.

Já dizia o poeta Fernando Pessoa: "as coisas passam, e o melhor que fazemos é deixar que elas realmente possam ir embora...por isso é tão importante (por mais doloroso que seja!) destruir recordações, mudar de casa, dar muitas coisas para orfanatos, vender ou doar livros que tem. Tudo neste mundo visível é uma manifestação do mundo invisível, do que está acontecendo em nosso coração...e o desfazer-se de certas lembranças significa também abrir espaços para que outras tomem o seu lugar".

Voltando ao jogo. O aurigrená da capital que entrou nesta competição sem um planejamento prévio, na verdade foi o terceiro colocado no rondoniense de 2013 e, com desistências de: VEC (Campeão) e CAP (Vice), foi às  pressas até Paragominas e levou uma goleada de 4 a 1. Somente conseguiu contabilizar quatro pontos (uma vitória contra o Nacional-AM e um empate contra o Naútico-RR).

Já o timaço do Paragominas desbancou nada mais nada menos este ano, o Clube do Remo e é o atual Vice-Campeão do Pará, está na terceira colocação do grupo com sete pontos (detalhe: foi retirado seis pontos de sua contagem, em função de ter colocado um atleta irregular no banco de reservas). Imagina este time com os 13 pontos e, querendo fazer 3 em cima do Genus.

Por todo esses ingredientes, era para o Genus ter trabalhado a partida. Chamar o torcedor, atulhar os 700 lugares disponíveis. Mas, cadê o Marketing Esportivo do clube, por essas e outras é que o próprio torcedor já encontrou o verdadeiro culpado pela campanha do time: a diretoria, com mais de 60% de reprovação. Os atletas até que conseguiram uma boa margem, o elenco é reduzido, contusões apareceram nesta reta final, porém, tiveram em torno de 15% de reprovação.

Para se ter uma ideia, os dois atletas de destaques da equipe: Vagner Leonardeli e Marcos Canhoto talvez nem entrem neste último jogo. Enquanto o Paragominas terá dois desfalques certos, o atacante  Aleilson e o goleiro Maycki Douglas, ambos foram amarelados no jogo contra o Nacional. Cacaio técnico do Paragominas está trazendo 18 atletas para este domingo e, Ionay da Luz somente a conta do chá.

Ficha Técnica
Genus x Paragominas
Local: estádio Aluizio Ferreira(Porto Velho-RO)
Horário: 18h(local)
Árbitro: Antonio Santos Nunes (PI)
Assistentes: Gustavo Rodrigues de Oliveira e Fabrício Porfírio de Moura (ambos de SP)
4ºArbitro: Arnildo Lino dos Santos (RO)
Genus
Diego Braga; Guarate, Kleiton, Marcão e Diego Bahia; Éder Paraiba, Quintino, Josy e Robe; Careca e Souza. Téc: Ionay da Luz.
Paragominas
André Luiz; Dida, George, Rubran e Souza; Paulo de Tarcio, Evandro Pará, Fabrício e Ratinho; Weller e San. Téc: João Carlos (Cacaio)

Classificação do Grupo A1

1º) Plácido de Castro 13pts em 7j
2º) Nacional 12pts em 7j
3º) Paragominas 7pts em 6j
4º) Naútico 7pts em 7j
5º) Genus 4pts em 7j

E mais...

O jogo será transmitido por www.radiocaiari.com, equipe de esportes: Luis Carlos Pereira, Sandeimar Medeiros, Iomar Pompeu, Guido Quêtto e Carlos Assiry. Conexão com Rádio Cidade FM 96.3Mhz na cidade de Oriximiná-PA. Acesse através do Explorer (navegador).

Leia esta matéria em www.rondoniadireta.com
(*) Fernando Pessoa - poeta, filósofo e escritor português - este trecho é de; Encerrando Ciclos.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rondoniense de 17 anos vai disputar o concorrido Sub-20 em SP

Olha que notícia maravilhosa. Vem daqui de perto do distrito de Jaci-Paraná, a 80 km de Porto Velho, um filho do distrito chamado Jardson Medeiros, zagueiro de 1,85 m com 17 anos, pé esquerdo, pelo visto um prodígio - na acepção da palavra -, daqueles com habilidades próprias para pessoas com mais idade.
Acompanhe o histórico de Jardson: foi bicampeão da copa treze sub-15 pelo Avaí-PVH; em 2015 disputou o sub-16 pelo SC Genus; já o ano passado foi campeão do Interdistrital pela seleção de Jaci-Paraná, quando foi muito elogiado pela postura em campo e personalidade.
Desta temporada o garoto começou a viajar. Entenda-se viajando para fazer o que mais gosta, e sabe fazer. Foi para Confins-MG, disputou o campeonato mineiro sub-17 pelo Bonsucesso EC, sucesso garantido seu time foi eliminado na semifinal mineira. Algumas equipes de base da terra de Tiradentes tentaram ficar com o zagueiro.
Porém, seu destino acabou sendo São Paulo, primeiro jogou pelo Osvaldo Cruz FC, interior paulista. Ao vol…

Tanaka faz acordo amigável e dá adeus ao Periquito

Foram somente três minutos vestindo a camisa oficial do RSC. Falo de Alessandro Tanaka, camisa 16 que entrou ao final do jogo entre RSC 0 x 0 Cuiabá pela Copa Verde, no último domingo. O ambiente no ninho do periquito já não estava legal para o atleta estrela de Guajará-mirim, ontem, segunda-feira entornou de vez.
E, agora à tarde o rápido atacante Tanaka, entrou em acordo com a diretoria do clube, e deu adeus ao RSC. Agora vem a surpresa maior. Sabe para onde voa o Tanaka, ou melhor, sai do ninho do periquito e vai para o Acre, isso mesmo o novo clube será no estado do Acre. E quem pensava no Tanaka no Galo da BR, tire o cavalo da chuva.
O blog chegou a conversar com Eder Marques, um dos diretores do Jipa, e ele assim se expressou: "Luis, na verdade era intenção da gente trazer o Tanaka para cá, como foi um acordo amigável e ele resolveu ir para o Acre, que seja feliz não vamos entrar em leilão". (Tanaka deixou o RSC nesta terça(7), vai para o Acre)

Ariel Mamede e Welmer Bueno, juntos na mesma equipe

É isso mesmo, o mundo do futebol gira rápido demais. Assim como o mundo da política, da economia e das fofocas. Assim foi com o amigo e técnico de futebol Ariel Mamede, saiu daqui de Porto Velho-RO com um pé na taça de campeão-2016, e uma das mãos já levantando a mesma. Antes disso saiu do também RSC o dirigente Welmer Bueno, ambos retornaram ao estado de Goiás.
Enquanto Ariel foi dirigir um time goiano querendo subir da segunda divisão para a primeira, Welmer Bueno voltou para "seu" Vila Nova, no comando administrativo das divisões de base. Nesta copinha que ainda está rolando a bola, o que aconteceu: o Vila saiu de Goiás com status da melhor equipe do paraíso verde na categoria, acabou caindo na fase de grupos.
Enquanto o maior rival do Vila Nova, o Atlético Clube Goianiense ora dirigido por Ariel passou de fase. E aí vem as raquetadas da vida, neste sábado(14) o Vila Nova dispensa Lucas Oliveira, e foi buscar no Dragão o jovem comandante de lá. E agora estarão juntos em um …