Pular para o conteúdo principal

Copa São Paulo: Ji-Paraná FC fica no Grupo X

No final da tarde desta terça-feira, a Federação Paulista de Futebol (FPF) lançou, oficialmente, a tabela e o regulamento da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2014. Com início no dia 03 de janeiro (sexta-feira) e término no dia 25 de janeiro (aniversário da cidade de São Paulo), a competição contará com 104 clubes, divididos, em 26 sedes espalhadas no interior e na capital do estado de São Paulo. Este ano tem a presença do clube japonês Kashiwa Reysol.

A presença do clube japonês se dá graças ao patrocínio da competição. A Hitachi, indústria multinacional japonesa, líder em produtos eletrônicos, não só patrocinará a Copinha, como dará o nome a competição.

Os grandes clubes de São Paulo, como Corinthians, Palmeiras e Santos, que chegaram a ameaçar a deixar a Copinha em boicote ao São Paulo, que aliciou jogadores de categorias de base de outros clubes, acabaram desistindo do boicote e estarão na competição.

O atual campeão da Copinha, Santos, atuará na Primeira Fase em casa, já que a cidade do litoral é a sede do Grupo V. Criciúma, Capital-DF e Alecrim –ES, fazem companhia ao Santos no grupo.

Maior campeão da competição, com oito títulos, o Corinthians atuará na Primeira Fase em Limeira, juntamente com o Inter de Limeira, o XV de Piracicaba e o Tuna Luso-PA, pelo Grupo K.

O Galo da BR, Ji-Paraná FC ficou no Grupo X junto ao GE Osasco(donos da casa), Rio Branco-AC e Botafogo-RJ. Galinho estreia dia 5 de janeiro contra o Alvinegro carioca, às 16h com transmissão via Sportv.

O regulamentos será o mesmo dos últimos anos. Os clubes se enfrentam entre si nos grupos e passam para a próxima fase os primeiros colocados e mais os seis melhores segundo colocados.

Fonte: Futebol Interior

No final da tarde desta terça-feira, a Federação Paulista de Futebol (FPF) lançou, oficialmente, a tabela e o regulamento da Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2014. Com início no dia 03 de janeiro (sexta-feira) e término no dia 25 de janeiro (aniversário da cidade de São Paulo), a competição contará com 104 clubes, divididos, em 26 sedes espalhadas no interior e na capital do estado de São Paulo.

  A grande novidade nesta 45ª edição da Copinha é a presença do clube japonês Kashiwa Reysol. Fundado em 1992, o clube já recebeu grandes craques do futebol brasileiro, como Careca, César Sampaio e Muller. Atualmente, o elenco profissional do Kashiwa, que tem o ex-meia do São Paulo Jorge Wágner, é comandado pelo brasileiro Nelsinho Baptista, que fez sucesso no comando de Corinthians e Sport no Brasil.

  A presença do clube japonês se dá graças ao patrocínio da competição. A Hitachi, indústria multinacional japonesa, líder em produtos eletrônicos, não só particionará a Copinha, como dará o nome a competição.

  Os grandes clubes de São Paulo, como Corinthians, Palmeiras e Santos, que chegaram a ameaçar a deixar a Copinha em boicote ao São Paulo, que alicioujogadores de categorias de base de outros clubes, acabaram desistindo do boicote e estarão na competição.

O atual campeão da Copinha, Santos, atuará na Primeira Fase em casa, já que a cidade do litoral é a sede do Grupo V. Criciúma, Capital-DF e Alecrim –ES, fazem companhia ao Santos no grupo.

Maior campeão da competição, com oito títulos, o Corinthians atuará na Primeira Fase em Limeira, juntamente com o Inter de Limeira, o XV de Piracicaba e o Tuna Luso-PA, pelo Grupo K.

O regulamentos erá o mesmo dos últimos anos. Os clubes se enfrentam entre si nos grupos e passam para a próxima fase os primeiros colocados e mais os seis melhores segundo colocados. - See more at: http://www.futeboldonorte.com/noticias_materia.php?id=68655#sthash.kmuv2hih.dpufV

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Atacante Gabriel Henrique está de partida do SC Genus

Virada do ano já começa bem movimentado pelo lado do time Aurigrená da Capital. Primeiro a polêmica das camisas para 2018, com dois escudos: Genus/Avaí, e hoje(2/jan) a desistência do ótimo atacante Gabriel Henrique, 21 anos, que recebeu uma proposta muito boa de Alagoas.
O novo time de Gabriel chama-se Santa Rita, é da cidade de Boca da Mata e fundado em 25/05/1974. O atleta estava com pré-contrato com SC Genus, para o ano de 2018. (Gabriel Henrique está saindo do Genus - foto: Fanpage do Clube)

Guajará fez Gato e Sapato do Urso

Falta de aviso não foi. Deixar tudo para a última hora, deu no que deu. Agora é juntar os cacos e tentar pontuar fora de casa. O jogo em si não foi um espetáculo por parte do Guajará, o time do Tinho Damasceno tem alguns atletas interessantes, que jogam juntos há algum tempo - não falo no Guajará, mas que ele Tinho trouxe sempre em dupla - por exemplo os dois meias Bibio e Tatico, os atacantes Marcos Bahia e Jaiminho, a zaga com Diego Norberto - seguro, pra passar por ele tem que ter moral.
Sabe qual tinha sido a última vitória do Guajará no estadual? Justamente no dia 1º de abril do ano passado, quando venceu ao Galo da BR por 3 a 1 lá no João Saldanha - e não é que seja o dia consagrado à mentira - pois não é que o Glorioso, quase um ano depois faz 3 a 1 no Genus e no velho Aluizão.
Antes dos primeiros 2 minutos de jogo Marcos Bahia recebeu em profundidade de Bibio, passou pelo meio da zaga do Genus derivando para o lado direito, chutou com força rasteiro no canto direito do goleiro G…

Atletas de Porto Velho são titulares em times goianos

Recebi a informação e, claro que passo à frente. Vários atletas de Porto Velho estão integrados a algumas equipes do futebol goiano: Isaac, volante dos bons no Goiânia; Gabriel, zagueiro no Abecat; Pablo, meia no Abecat; Isaias, atacante rápido pelas pontas no Abecat e Wendell, meia está no Vila Nova. (Wendell camisa 10 é de Porto Velho - foto: facebook)
Alguns disputam a Taça Mané Garrincha que tem o patrocínio da FGF - Federação Goiana de Futebol -, as categorias vão de sub-17 ao sub-19. Nesta quarta-feira,23, já tivemos a estreia de Wendell pelo Vila Nova onde ajudou o Tigrão a fazer 3 a 0 no Hidrolândia. (Vila Nova-GO categorias Sub-17 - foto: facebook)