sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

O que faz um Assessor de Imprensa

O assessor de imprensa faz a ponte entre o jornalista e seu assessorado, seja uma equipe ou um atleta. O trabalho de um assessor de imprensa de um clube. Ele precisa conhecer muito bem o dia a dia do time que o contratou e manter um contato diário com o diretor do clube para que nenhum fato passe despercebido.

Tudo que for de interesse do público, do torcedor, será de interesse também da imprensa. Portanto, o assessor deve encaminhar às redações essas informações. Em início de campeonato, ele envia a todos os veículos de seu mailing a história do clube no campeonato, ficha completa de todos os jogadores, novos contratados, nome e cargos dos dirigentes do clube, nome e cargo dos integrantes da comissão técnica e também seus telefones de contato.

O Assessor deve manter um arquivo com dados históricos do clube, estatísticas dos jogos do time, participação em campeonatos, históricos dos atletas. O anúncio de grandes acontecimentos do clube, como a apresentação de um novo jogador, deverá ser feita em uma coletiva de imprensa organizada pelo assessor.

Para esses eventos, o assessor prepara press releases aos jornalistas, contendo as informações necessárias. O local deve ser amplo para receber os profissionais de comunicação, sem aglomerações e evitando tumultos. Atualmente em alguns clubes os assessores de imprensa tem tanto ou mais poder que alguns membros da diretoria. Infelizmente alguns profissionais, não sabem lidar com esse poder e acabam fazendo imensas lambanças.

Dignidade, educação e competência são palavras fundamentais para esse profissional da comunicação. Lembremos que assessorar jogador, não quer dizer bajular. Sem dúvida é delicada a relação do repórter com o assessor de imprensa. Vejamos, agora, a rotina de um bom assessor.

- Manter atualizada a estatística dos jogadores, estatística do time nos campeonatos como, resultados, vitórias, gols marcados, gols sofridos, renda, cartões etc.;

- Não privilegiar nenhum veículo de comunicação e manter sempre atualizado o mailing(banco de dados) de imprensa; 

- Listar os jogadores contundidos e os respectivos tipos de lesão;

- Organizar e coordenar dias e horários para entrevistas especiais com jogadores;

- Manter organizada a sala de imprensa do clube e procurar atender as solicitações dos profissionais;

- Informar à imprensa mudança de horário de treinos e jogos; e

-Facilitar o trabalho de jornalistas que vão diariamente aos clubes.

Fonte: Manual do Jornalismo Esportivo/Heródoto Barbeiro e Patrícia Rangel - SP/Contexto-2006, págs. 90 a 92.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sub-20: SC Genus goleia o Porto Club, com três gols de Caio Leite

Fim dos jogos de ida do Grupo A do Sub-20, para: Porto Club e SC Genus, jogo das 20h desta quinta-feira,19, de julho dia nacional de futebo...