Pular para o conteúdo principal

Campeonato Rondoninse ainda não acabou e FFER marca gol de placa com o 1º Fórum Esportivo - Gestão Profissional

Esta sexta-feira(9), foi um dia histórico para a Federação de Futebol do Estado de Rondônia. Motivo? Vários e, vou tentar lembrar de todos nesta postagem: tivemos a palestra - aliás as palestras - de Claiton Fernandez com o tema: "cenário e atual momento do futebol brasileiro e de Rondônia", ainda com o Profº/Dr. Claiton; "projeto de profissionalização para o futebol de Rondônia".

(Foto: Profº/Dr. Claiton Fernandez)

Com o mestrando em Gestão Esportiva, Observador Categorias de Base da CBF e rondoniense Bruno Costa, "importância da profissionalização do futebol". Ambos conseguiram manter uma plateia de mais de três dezenas de pessoas por todo o dia no 1º Fórum Esportivo - Gestão Profissional no Futebol.

(Foto: Bruno Costa/Observador)

Interessante a participação do pessoal do interior do estado. Pelo menos 70% dos 30 participantes eram de: Vilhena, Cacoal, Rolim de Moura, Ji-Paraná, Pimenta Bueno e Ariquemes. Da capital somente o Genus e o Rondoniense eu vi por lá. Imprensa Esportiva também dava para contar pelos dedos de uma mão.

Os principais tópicos

- Profº/Dr. Claiton Fernandez, mostrou o cenário global de tendências econômicas como: PIB e IDH, o Brasil no mundo e a realidade em Rondônia;

- A FFER entre as 27 Federações está entre as 5 melhores em termos de Site. E porquê encontra-se na penúltima colocação no Ranking da CBF;

- O Barcelona até 2002, ou seja 12 anos atrás era um mero participante do campeonato Espanhol, graças ao trabalho de Ferran Soriano (Gestor Esportivo), passou a ganhar tudo. Porque não pensar em um time de Rondônia, sair da Série D para a C em 2015, daí pensar em Série B e A. Quem sabe ganhar uma Copa do Brasil, Libertadores e um Mundial de Clubes.

- Bruno Costa falou de sua experiência nesta nova função que é observar e indicar garotos da base, para vestir a camisa amarela do Brasil. Desta seleção que entra em campo no dia 12 de junho e ele já ter trabalhado com: Marcelo, Oscar, Tiago Silva e Neymar;

- Falou que hoje se você quiser um atleta de pique, vai ao nordeste, de força vai buscar no norte, mais disiplinado taticamente vai no sul/sudeste. Aqui em Rondônia a tendência também é esta.

No encerramento aconteceu um fato que vale o registro: entre autoridades presentes estava o "cabeça pensante" José Carlos da SECEL que, ao expressar sua opinião sobre o Fórum disse: "Heitor Costa vamos utilizar a Lei de Incentivos ao Esporte e trazer o mais breve possível, o Profº para aplicar com mais tempo conhecimentos aos dirigentes".

Neste momento se a emoção do presidente da FFER Heitor Costa, já estava à flor da pele por ter visto pela primeira vez seu pupilo palestrando, a coisa "piorou" com esta boa notícia do Sr. José Carlos da SECEL. E o presidente cunhou a frase do início deste post.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rondoniense de 17 anos vai disputar o concorrido Sub-20 em SP

Olha que notícia maravilhosa. Vem daqui de perto do distrito de Jaci-Paraná, a 80 km de Porto Velho, um filho do distrito chamado Jardson Medeiros, zagueiro de 1,85 m com 17 anos, pé esquerdo, pelo visto um prodígio - na acepção da palavra -, daqueles com habilidades próprias para pessoas com mais idade.
Acompanhe o histórico de Jardson: foi bicampeão da copa treze sub-15 pelo Avaí-PVH; em 2015 disputou o sub-16 pelo SC Genus; já o ano passado foi campeão do Interdistrital pela seleção de Jaci-Paraná, quando foi muito elogiado pela postura em campo e personalidade.
Desta temporada o garoto começou a viajar. Entenda-se viajando para fazer o que mais gosta, e sabe fazer. Foi para Confins-MG, disputou o campeonato mineiro sub-17 pelo Bonsucesso EC, sucesso garantido seu time foi eliminado na semifinal mineira. Algumas equipes de base da terra de Tiradentes tentaram ficar com o zagueiro.
Porém, seu destino acabou sendo São Paulo, primeiro jogou pelo Osvaldo Cruz FC, interior paulista. Ao vol…

Atacante Gabriel Henrique está de partida do SC Genus

Virada do ano já começa bem movimentado pelo lado do time Aurigrená da Capital. Primeiro a polêmica das camisas para 2018, com dois escudos: Genus/Avaí, e hoje(2/jan) a desistência do ótimo atacante Gabriel Henrique, 21 anos, que recebeu uma proposta muito boa de Alagoas.
O novo time de Gabriel chama-se Santa Rita, é da cidade de Boca da Mata e fundado em 25/05/1974. O atleta estava com pré-contrato com SC Genus, para o ano de 2018. (Gabriel Henrique está saindo do Genus - foto: Fanpage do Clube)

Tanaka faz acordo amigável e dá adeus ao Periquito

Foram somente três minutos vestindo a camisa oficial do RSC. Falo de Alessandro Tanaka, camisa 16 que entrou ao final do jogo entre RSC 0 x 0 Cuiabá pela Copa Verde, no último domingo. O ambiente no ninho do periquito já não estava legal para o atleta estrela de Guajará-mirim, ontem, segunda-feira entornou de vez.
E, agora à tarde o rápido atacante Tanaka, entrou em acordo com a diretoria do clube, e deu adeus ao RSC. Agora vem a surpresa maior. Sabe para onde voa o Tanaka, ou melhor, sai do ninho do periquito e vai para o Acre, isso mesmo o novo clube será no estado do Acre. E quem pensava no Tanaka no Galo da BR, tire o cavalo da chuva.
O blog chegou a conversar com Eder Marques, um dos diretores do Jipa, e ele assim se expressou: "Luis, na verdade era intenção da gente trazer o Tanaka para cá, como foi um acordo amigável e ele resolveu ir para o Acre, que seja feliz não vamos entrar em leilão". (Tanaka deixou o RSC nesta terça(7), vai para o Acre)