segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Campeonato Feminino: Genus e Espigão jogam num caldeirão de 40ºC e só empatam

No primeiro jogo da final do campeonato de futebol feminino 2014, entre SC Genus e EC Espigão, no estádio Aluizão o placar movimentou-se por duas vezes. A primeira aos 4' de jogo, quando o time da casa o Genus conseguiu fazer seu gol. Cobrança de falta pelo lado esquerdo de ataque do time aurigrená, Laura uma das estreantes - a outra foi Angelina -, chutou forte a bola passou por todo mundo e tocou a trave lado esquerdo da goleira Cris (Espigão), na sobra Cristiane fez: Genus 1 x 0 Espigão.

(S.C. Genus de Porto Velho)

O Espigão não esmoreceu. Aliás, desde os primeiros minutos via-se um time aguerrido explorando sempre a velocidade de Geice e Mayer, com bons lançamentos em profundidade da competentes Núbia. Aos 18' novamente o Genus quase amplia, e coube justamente a pequena Laura em chute à meta de Cris, a bola caprichosamente bateu na mesa trave do primeiro gol e na volta Cristiane que havia feito o gol, dessa vez passou da bola.

No futebol aquela máxima de que - quem não faz, leva -, nunca caiu tão bem como neste jogo. Aos 20' Geice, sempre ela, ganhou na corrida da defensiva do Genus lado esquerdo e foi embora. Dentro da pequena área chutou forte e rasteiro, vencendo a goleira Dalila: Genus 1 x 1 Espigão.

(E.C. Espigão d'Oeste)

Neste momento houve a paralisação do tempo técnico. Na volta o técnico Lion (Genus), já trouxe Angelina que iniciou de ala direita, para o lado esquerdo e dá uma brecada na experiente atacante e capitã do Espigão Geice. Pela terceira vez, mais uma bola na trave do Espigão isso por volta dos 34', de novo Laura, bate-rebate ela chuta fraco e a bola resvala na trave da goleira Cris.

E assim foi o primeiro tempo de jogo, embaixo de uma temperatura com sensação térmica de 40ºC. Isso chega a ser uma maldade. Será que os dirigentes teem raiva das mulheres? Sem contar que alguem possa desmaiar - o que se viu no Aluizão foi atleta substituída e depois substituída -, porque a que veio do banco de reservas também não aguentou o rojão.

Segundo tempo. Gás novo, será? Até que a vontade prevaleceu para as duas equipes. Angelina (Genus) voltou à sua posição de Ala, ainda deu um chute a gol ali por volta dos 9'. Muitas substituições por parte do Genus e Espigão. O atual campeão (Espigão), é muito experiente aos 27' numa bela cabeçada de Geice, quase desempata.

Aos 35' Winnie (Genus) que entrara na vaga de Laura, proporcionou a jogada mais bonita dos 80 e poucos minutos de jogo, ela de dentro da grande área deu um chutaço de meia altura que a goleira Cris mandou a escanteio - a jogada em si vale para as duas, plasticamente muito bonita -, estava então assegurado o placar de 1 a 1.

As duas equipes voltam a se encontrar no próximo domingo, 7, às 17h30' no estádio Luizinho Turatti onde as meninas do Espigão conhecem palmo a palmo o campo de jogo. Um empate de zero a zero dá Espigão, de dois ou mais gols dá Genus. Lembrando que o Genus ainda não sabe o gostinho de uma vitória neste campeonato. 

2 comentários:

  1. O Melhor esta guardado para a Final la em Espigão , ira da GENUS !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Si Cassupá, obrigado pelo acesso. Tentei reproduzir o que vi no jogo, penso que este jogo no mesmo horário que irá acontecer em Espigão, seria o ideal. Mas, uma partida de futebol às 16h é um crime contra as duas equipes.
      Abraços!
      LuisCarlosPereira

      Excluir

Sub-20: SC Genus goleia o Porto Club, com três gols de Caio Leite

Fim dos jogos de ida do Grupo A do Sub-20, para: Porto Club e SC Genus, jogo das 20h desta quinta-feira,19, de julho dia nacional de futebo...