quarta-feira, 27 de maio de 2015

Caso Marin: ou Brasil acaba com corrupção ou corrupção acaba com Brasil

Foi o francês Saint Hilaire quem cunhou a frase que marcou uma época do país: “Ou o Brasil acaba com a saúva ou a saúva acaba com o Brasil!''
A prisão de José Maria Marin na Suíça, os nomes envolvidos, os torneios em que houve desvio de dinheiro em contratos de agências de marketing com confederações continentais, tudo liga o Brasil ao que nunca se ligou no passado do futebol.
Historicamente,as companhias brasileiras no que diz respeito ao futebol eram Alemanha, Espanha, Argentina, Itália, França, Holanda, Inglaterra, Uruguai… Restou o Uruguai, que tem Eugenio Figueiredo preso, ex-presidente da Confederação Sul-Americana.
Mas a cada ano mais o noticiário liga o futebol brasileiro à Costa Rica, à Nicarágua, à Venezuela. São, afinal, os países dos dirigentes presos no escândalo da Fifa. Não quer dizer que não haja corrupção entre os suíços.
Mas o Brasil está acompanhado no noticiário da corrupção do mundo dos vizinhos mais corruptos ou tão corruptos quanto nós.
Não é um privilégio do futebol brasileiro, como se sabe pelo noticiário dos jornais dos últimos meses.
Mas a lógica da saúva vale para o futebol e para o país. Ou o Brasil acaba com a corrupção ou a corrupção acaba com o Brasil.
Fonte: Blog do PVC

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sub-20: SC Genus goleia o Porto Club, com três gols de Caio Leite

Fim dos jogos de ida do Grupo A do Sub-20, para: Porto Club e SC Genus, jogo das 20h desta quinta-feira,19, de julho dia nacional de futebo...