segunda-feira, 25 de maio de 2015

VEC 1 x 0 Genus: faltou um pequeno detalhe

O VEC repetiu o mesmo placar do 1º turno contra o Genus, um a zero em seu favor. Se naquele início de campeonato, houve um respeito muito grande por parte do Genus. Neste domingo em meu entender a coisa continua.

O Genus teve o domínio do jogo em seu favor, teve a posse de bola em mais de 70% dos 90 minutos e não transformou essa superioridade em gol - quantas vezes a bola passou ali em frente ao goleiro Naldo, pedindo um pé para chutá-la -, o time Aurigrená abusou das bolas aéreas quando a tabela seria o ideal.

Outro detalhe seria de chutes de fora da área, o volante Xana percebendo que um defeito do bom goleiro do VEC é justo o chute rasteiro, ele tentou umas três de longe a bola sempre sobrava e, cadê uma chuteira para colocar no fundo das redes dos Lobos.

Muita gente reclamando da falta marcada em favor do VEC, ali por volta dos 16 min onde originou-se o gol único da partida. Ora a falta aconteceu, bola chutada rasteirinha o goleirão Dida tentou mas não deu, campo escorregadio com força foi o 1 a zero até o final.

Com relação ao VEC. É um belo time de futebol, onde seus adversários o enfrenta com uma humildade franciscana. Bitencourt vivo que só fez seu gol, recuou seu time e tentou segurar o máximo possível o resultado em seu favor. Conseguiu. Neste próximo final de semana, o Genus folga. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sub-20: Barcelona de virada crava seis no União, e fica com um pé na semifinal

Jogo das 9 da manhã deste domingo(22), no Centro Esportivo de Cacoal. Em casa a boa equipe do União Cacoal, que está voltando ao cenário do...