terça-feira, 22 de setembro de 2015

CPI do Futebol vai pedir quebra de sigilo bancário de José Maria Marin

Depois de Marco Polo Del Nero, agora será a vez de José Maria Marin, ex-presidente da CBF, a ter a quebra de seu sigilo bancário quebrado pela CPI do Futebol, comissão formada para apurar irregularidades no futebol brasileiro. O pedido foi feito pelo senador Paulo Bauer (PSDB-SC), vice-presidente da CPI, e abrange informações relativas às movimentações financeiras do dirigente entre março de 2012, quando Marin assumiu a CBF, e maio deste ano, quando ele foi preso na Suíça.
O pedido será analisado na próxima quarta-feira, 23, quando a CPI do Futebol irá avaliar um total de nove itens. Segundo informações da Agência Senado, a solicitação referente à quebra do sigilo bancário de Marin tem como base as apurações do Departamento de Justiça dos EUA, que apura crimes de lavagem de dinheiro, corrupção e fraudes eletrônicas financeiras em um sistema envolvendo Fifa, entidades e empresas ligadas ao futebol.
No final de agosto, a CPI do Futebol também aprovou a quebra do sigilo bancário do atual presidente da CBF, Marco Polo Del Nero. O dirigente chegou a tentar uma liminar junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para impedir a quebra, o que foi negado pelo órgão.
Na mesma reunião, a CPI ainda analisará a convocação para depoimento de Del Nero e do ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira, e o envio de documentos referentes a contratos da General Motors com 18 federações estaduais de futebol.
Fonte: http://esportes.opovo.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sub-20: Barcelona de virada crava seis no União, e fica com um pé na semifinal

Jogo das 9 da manhã deste domingo(22), no Centro Esportivo de Cacoal. Em casa a boa equipe do União Cacoal, que está voltando ao cenário do...