Pular para o conteúdo principal

Amistoso: Guajará perde em casa e Tanaka continua goleador

A equipe da ACIJAP - Associação Comercial e Industrial de Jaci-Paraná -, continua sendo um prego na chuteira dos times profissionais de Rondônia. Quem não lembra do início da jornada do RSC, essa mesma meninada de Jaci-Paraná, deu uma suadeira no Periquito. Claro que perdeu o jogo no segundo tempo. Mas fez bonito.

Bonito também foi a apresentação neste domingo(11), no estádio João Saldanha contra o Campeão Rondoniense de 2000 o Guajará EC, quando fez 2 a 1 com autoridade. O sistema tático utilizado por Carlos e Índio surpreendeu ao técnico Juscelino Cantuária que, fez várias modificações no time da Pérola do Mamoré sem conseguir ao menos o empate.

Nada que afete a projeção feita pelo deptº de futebol do GEC. O Blog conversou com o astro do GEC, Alessandro Tanaka que assim se expressou: "Luís, o time da ACIJAP além de muito bem treinado ainda se apresenta com uma garotada". "Fiz o meu golzinho, estou voltado só para o futebol e, treinando normalmente".

Falando em time jovem, é a pura verdade sobre o time da ACIJAP que entrou em campo com: Robson; Peroba, Claúdio, Ocemar e Jardim; Lorim, Acreano, Edinho e Gean; Márcio e Beco. Além desses o banco de reservas: Oziel, Antonio, Roberto, Nenê, Paulo, Daniel, Julio, Bê, Tchê, Nêgo e Wilgni.

O sistema utilizado pelo ACIJAP foi o 5-4-1, onde prevaleceu os contra-ataques. O primeiro gol nasceu de uma jogada do camisa 10 Gean, numa roubada de bola enfiou para o atacante Nenê que sofreu pênalti. Júlio o mais experiente do ACIJAP bateu com categoria, goleiro de um lado e a bola no outro e fundo da rede. Fim do primeiro tempo; Guajará 0 x 1 ACIJAP.
(Foto: reprodução/facebook)

No segundo tempo, apareceu a categoria de Tanaka que empatou o jogo de uma maneira fenomenal. Já nos últimos minutos do jogo, quando tudo parecia terminar em 1 a 1. Foi a vez de entrar um garoto da base da ACIJAP com apenas 16a, conhecido como Pelezinho e fazer o gol da vitória.

Final do Amistoso
Guajará EC 1 x 2 ACIJAP.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Atacante Gabriel Henrique está de partida do SC Genus

Virada do ano já começa bem movimentado pelo lado do time Aurigrená da Capital. Primeiro a polêmica das camisas para 2018, com dois escudos: Genus/Avaí, e hoje(2/jan) a desistência do ótimo atacante Gabriel Henrique, 21 anos, que recebeu uma proposta muito boa de Alagoas.
O novo time de Gabriel chama-se Santa Rita, é da cidade de Boca da Mata e fundado em 25/05/1974. O atleta estava com pré-contrato com SC Genus, para o ano de 2018. (Gabriel Henrique está saindo do Genus - foto: Fanpage do Clube)

Guajará fez Gato e Sapato do Urso

Falta de aviso não foi. Deixar tudo para a última hora, deu no que deu. Agora é juntar os cacos e tentar pontuar fora de casa. O jogo em si não foi um espetáculo por parte do Guajará, o time do Tinho Damasceno tem alguns atletas interessantes, que jogam juntos há algum tempo - não falo no Guajará, mas que ele Tinho trouxe sempre em dupla - por exemplo os dois meias Bibio e Tatico, os atacantes Marcos Bahia e Jaiminho, a zaga com Diego Norberto - seguro, pra passar por ele tem que ter moral.
Sabe qual tinha sido a última vitória do Guajará no estadual? Justamente no dia 1º de abril do ano passado, quando venceu ao Galo da BR por 3 a 1 lá no João Saldanha - e não é que seja o dia consagrado à mentira - pois não é que o Glorioso, quase um ano depois faz 3 a 1 no Genus e no velho Aluizão.
Antes dos primeiros 2 minutos de jogo Marcos Bahia recebeu em profundidade de Bibio, passou pelo meio da zaga do Genus derivando para o lado direito, chutou com força rasteiro no canto direito do goleiro G…

Atletas de Porto Velho são titulares em times goianos

Recebi a informação e, claro que passo à frente. Vários atletas de Porto Velho estão integrados a algumas equipes do futebol goiano: Isaac, volante dos bons no Goiânia; Gabriel, zagueiro no Abecat; Pablo, meia no Abecat; Isaias, atacante rápido pelas pontas no Abecat e Wendell, meia está no Vila Nova. (Wendell camisa 10 é de Porto Velho - foto: facebook)
Alguns disputam a Taça Mané Garrincha que tem o patrocínio da FGF - Federação Goiana de Futebol -, as categorias vão de sub-17 ao sub-19. Nesta quarta-feira,23, já tivemos a estreia de Wendell pelo Vila Nova onde ajudou o Tigrão a fazer 3 a 0 no Hidrolândia. (Vila Nova-GO categorias Sub-17 - foto: facebook)