quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Sub-20: AD Cacoalense e Ji-Paraná FC infringiram os Arts. 19 e 20 do REC

E quem pensou que os dois jogos de volta da semifinal do Sub-20 foram só de flores, está completamente equivocado. Quer dizer, não sou o dono da razão mas que alguém comeu mosca, isso sim.

Vamos aos jogos e aos fatos

Jogo 1: Real Ariquemes 4 x 0 AD Cacoalense, jogo fácil? Goleada do time da casa, nada disso: "aos 44' do segundo tempo expulsei o atleta nº 14 do Cacoalense, pelo 2º amarelo; ainda aos 44' do segundo tempo expulsei o atleta nº 3 do Cacoalense por ter dado um pisão na mão do atleta do Real quando este estava caído no gramado."

Tem mais aspas

"ato contínuo expulsei o técnico do Cacoalense e o massagista do mesmo time, por os mesmos utilizarem de vários palavrões e xingamentos contra a equipe de arbitragem, nesse momento quando o 4º árbitro Sr. Jonathan Antero se dirigia a área técnica do Cacoalense, os dois - técnico e o massagista encararam o 4º árbitro - o técnico de dedo em riste no rosto do Jonathan e o massagista desferiu palavrões e um soco. Foi necessário a intervenção dos PMs". Isso que foi relatado na súmula do Sr. Salvino Rosa, árbitro central do jogo que aplicou 7 cartões amarelos e 2 vermelhos.

Jogo 2: Ji-Paraná FC 2 x 1 SC Genus, jogo que teve o comando de Caio Cazuza, um dos promissores da CA/FFER. Teve dificuldades? Nem tanto, o problema maior do Caio é na elaboração da súmula e alguns detalhes técnicos que logo ele irá apreender (sim apreender mesmo, prender para si, captar, compreender, abarcar).

Aplicou 5 cartões amarelos, e expulsou aos 47' do segundo tempo o auxiliar técnico do Jipa - por está escondendo as bolas do jogo, retardando.

"aos 44' do primeiro tempo após o gol do jipa, um torcedor do jipa disparou um rojão da arquibancada, caindo faíscas dentro do campo. Imediatamente o torcedor foi identificado e retirado da arquibancada". Esse é o relato do árbitro.

É um relato que não condiz com o que ouvimos pelo rádio. Mesmo assim, tanto no jogo no Valerião quanto no Biancão, houve infrações aos artigos 19 e 20 do REC. No Art.19 - se atletas ou dirigentes tentar, ou de fato agredir o árbitro seus assistentes e/ou 4º árbitro, será eliminado de todas as competições promovidas pela FFER no período de dois(02) anos e a equipe ainda irá responder pelo CBJD.

Já o Art.20 - a torcida de equipes que estiverem que estiverem se confrontando que venha a invadir o gramado para tentar agredir a arbitragem, ou a equipe adversária visitante, dá punição administrativa, perda do mando de campo e dos pontos da partida em andamento ou já concluída, e envio para o TJD para possíveis sanções previstas no CBJD. (*)

(*) olha foi um rojão em direção à equipe adversária, nada de somente ter caído as faíscas no gramado. Penso que o Genus mais uma vez comeu moscas. Ou seria quem???


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sub-20: SC Genus goleia o Porto Club, com três gols de Caio Leite

Fim dos jogos de ida do Grupo A do Sub-20, para: Porto Club e SC Genus, jogo das 20h desta quinta-feira,19, de julho dia nacional de futebo...