domingo, 12 de novembro de 2017

Sub-17: seis jogos, seis empates

Tarde/noite de sábado(11), rodada dupla no Aluizão, pelo campeonato sub-17. Nos quatro jogos anteriores tinha havido somente empates. A tendência era de que, neste sábado as coisas seriam diferentes.

Primeiro jogo da tarde: R-1 Esportes e Porto Club, começa o jogo e o Porto parte logo para o ataque, e ai consegue uma penalidade máxima em seu favor, Dilan bateu bem e fez; R-1 Esportes 0 x 1 Porto Club.

Já nos acréscimos por volta dos 41' o R-1 conseguiu empatar o jogo, num dos fundamentos utilizados pelos clubes brasileiros - a bola alçada na pequena área -, coube a Douglas Rolim escorar de cabeça. Placar final: R-1 Esportes 1 x 1 Porto Club.
(Porto Club - branco - e R-1 Esportes -foto: Alexandre Almeida)

Próxima rodada(14), o R-1 Esportes recebe a forte equipe do Real Ariquemes.

No segundo jogo da rodada dupla, Genus e RSC se engalfinharam dentro das quatro linhas. Para se ter ideia, aos 60" de jogo o Genus abriu o placar através do estreante Wesley, que veio da Paraíba e firmou contrato com o aurigrená.

No lance do gol do raçudo Wesley, ele recebeu um cruzamento de Felipe Rocha, e deslocou o bom goleiro Robert através de uma cabeçada perfeita. Aos 32' veio o segundo gol do Genus, e coube ao volante Victor José - estava na hora certa e no momento certo - era o gol  dos 2 a 0 em cima de seu maior rival.

É mas no segundo tempo o Periquito veio com o pisca ligado. Aos 8' numa jogada bem trabalhada pelo meio campo entre João Lucas, Lorival e Vicente, a bola sobrou para Yago que chutou forte rasteiro no canto esquerdo de Gustavo Lana. Genus 2 x 1 RSC

Aos 28' após bela jogada de Giovane (nr 11 do RSC), a bola sobra para o goleador nr 7 Yago, esse não perdoa, foi lá e fez o gol do empate. Placar final: Genus 2 x 2 RSC.
(Genus - aurigrená - e RSC - branco -foto: Alexandre Almeida)

Estava concluída a terceira rodada do sub-17 com seis jogos e seis empates. Donde se conclui: ou os atacantes são ruins, ou os goleiros são bons demais.

Posso ficar com a segunda opção? Sim, os goleiros são bons demais - sem medo de errar: Caio (Porto), Rodrigo (R-1), Robert (RSC) e Gustavo Lana (Genus) - os quatro de hoje, não devem nada aos melhores goleiros profissionais. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ji-Paraná FC comunica falecimento de seu massagista

Nota de pesar O Ji-Paraná Futebol Clube vem a público lamentar o precoce falecimento do famoso massagista "Zói", vítima de...