terça-feira, 3 de maio de 2011

Assistente Fifa Márcia Caetano é chamada de Vadia

A partida entre Gênus e Rolim de Moura, disputada no sábado (30/04) válida pela 5a rodada do rondoniense, ainda vai dar muito o que se falar. Desta vez não somente a goleada do time grená. Mas, os bastidores do jogo. Conforme publicado no site oficial da ffer - nesta segunda-feira, 02/05 -, com relação ao afastamento preventivo do árbitro da contenda (que palavra!) sr. Esmerindo Ferreira por deficiência técnica e física, deve-se recorrer ao TJD/FFER para também agir rápido em desfavor do técnico do Rolim de Moura, senão vejamos:

Quem ler a súmula elaborada pelo o agora afastado Sr. Esmerindo, verá no item 10 que trata de; expulsões e/ou incidentes, condutas, serviços e outras.

Ao relatar a expulsão aos 34' do 2* tempo de jogo do atleta José Ladjanio do Nascimento n* 8 da equipe do Gênus, por ter sido advertido anteriormente e continuou infringindo as regras do jogo(matar a jogada com falta). Porém, e ai vem o erro grosseiro do árbitro é com relação ao técnico do Rolim, pois apesar de constar na súmula, ele apenas faz a seguinte observação.

Coloca assim; obs: Conduta do Técnico.

- Após o término da partida o técnico da equipe do Rolim de Moura ofendeu moralmente a assistente n* 1 Márcia Bezerra L. Caetano com as seguintes palavras (você gosta de se aparecer, por isso que não sai para trabalhar em lugar nenhum, quer se aparecer ponha uma melancia na cabeça). E ao virar as costas o mesmo proferiu o seguinte palavrão(sua vadia) palavra esta ouvida pelo árbitro assistente n* 2 e o 4* árbitro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FFER suspende o campeonato rondoniense Série B 2019, e habilita os três inscritos para Série A 2020

A FFER reuniu-se na parte da manhã desta quinta-feira,15, junto aos aos presidentes e representante legal das três equipes habilitadas, par...