domingo, 7 de agosto de 2011

Santos PVH ganha de 3 a 2 do Gênus e passa à segunda fase do Sub-18

O time do Santos comprovando a boa fase que experimenta pois, logo em sua estreia perdeu para esse mesmo Gênus por 5 a 4 e, na segunda rodada foi até Ariquemes e ganhou de 2 a 1. Pois bem, na tarde/noite deste domingo,7, os meninos da vila souberam ouvir as ordens de seu comandante Guido Quetto e construiram um placar favorável logo aos 21min de jogo.

O time santista se impôs em campo. Parece que o técnico Guido encontrou a maneira ideal do time jogar, com os alas Bolívia pela direita e Bob lá pela esquerda, tendo ainda o recuo de Rafinha ai sim o time pode contar com três zagueiros, o famoso 3-5-2 que com muito treinamento vai dar muitas alegrias à torcida "Santástica".

Os gols: aos 21min bola levantada na área China camisa 9 sobe mais alto até que o goleiro Uende e faz 1 a zero Santos. Placar do 1* tempo foi esse. Para o segundo tempo os times voltam com as mesmas formações.

Segundo muitos que trabalham na arbitragem dizem; o jogo começa a valer no segundo tempo, e parece que a teoria funcionou direitinho. Aos 13min o Santos amplia através do camisa dez Gustavo Rosa, de pé direito no canto esquerdo de Uende que nada pode fazer, era o 2 a zero Santos. Ora nem bem os santistas acabassem de comemorar, o ponta esquerda Jorge Luiz faz gato e sapato da defensiva alvinegra e diminui para 1 a 2 Santos, eram decorridos 14min do segundo tempo.

Nestas alturas de jogo, a adrenalina lá em cima e o árbitro Leandro Bratti fazendo lambanças como: não observar a marcação de seus assistentes, prometer expulsar atletas e, o mais grave realizar o jogo sem nenhuma ambulância no estádio, fato que aos 26min Evaldo n* 3 após o cabeceio e defesa do goleiro Felipe Lima do Gênus, colocou a bola para dentro do gol era o terceiro do Santos e a reação dos garotos do Gênus, que em qualquer lance chutava a bola ou a canela de um alvinegro.

Aos 29min do segundo tempo o lance mais bizarro, os atletas do Gênus e do Santos provocaram um momento mais de MMA do que futebol, neste momento entra a figura inexpressiva e sem autoridade do árbitro que aplica o cartão vermelho para o n* 11 do Gênus, bom jogador, porém muito cabeça quente, ele parte para agredir o árbitro. Esperemos portanto o que ele vai relatar na súmula, a pena neste caso é bem severa.

O Gênus ainda diminui de pênalti, aos 47min através de Ronam. Placar final: Gênus 2 x 3 Santos, com este resultado o Santos já se classifica, espera somente o último jogo em casa contra o Ariquemes dia 21/8 para tentar chegar aos nove pontos e ficar em primeiro lugar para não pegar logo na outra fase provavelmente o Ji-Paraná.

Ficha técnica do jogo

Gênus 2 x 3 Santos, 4* rodada do sub-18 jogos de volta;

Gênus: Uende(Felipe Lima); Savinho, Luan Alves, Renam e Bruno; Gelson, Ronam, Fernandinho(Carlos Gabriel) e Alex Costa; Juninho(Jonatan) e Jorge Luiz.Téc. José Francisco.

Santos: Juliano; Bolivia, Evaldo, Hudson e Bob; Fernando, Suelington(Wellington), Diego e Gustavo Rosa; China(Caio) e Rafinha(Lucas). Téc. Guido Quetto.

Cartões: Savinho, Renam, Carlos Gabriel(Amarelo p/o Genus); Juliano, Bob(Amarelo p/o Santos). Vermelho para Jorge Luis(Gên) e Gustavo Rosa(San).

Árbitros: Leandro Bratti (Arb) e Ronieri Ramon e Evandro Sá(A1 e A2).

Gols: China (21min 1*/T Santos), Gustavo Rosa(13min 2*T-San), Jorge Luiz(14min 2*T-Gen), Evaldo(26min 2*T-San) e Ronam (47min 2*T-Gen) de pênalti.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sem papas na língua: presidente do Ji-Paraná FC mostra transparência na gestão do Galo da BR

Em entrevista concedida ao Radialista Jota Lima, à noite desta quarta(17), o jovem presidente do Ji-Paraná FC José Carlos Victor, foi enfát...