domingo, 29 de julho de 2012

Sub-20: Santos vence com placar magro e assume a liderança

Neste sábado, 28, dia em que o Brasil começou a mostrar suas garras nos Jogos Olímpicos de Londres, conquistando três medalhas, o Santos PVH mesmo não brilhando tanto conquistou sua primeira vitória no Campeonato Sub-20 e, agora soma cinco pontos conquistados assumindo a ponta da tabela no Grupo A.


Assim que a bola rolou no Aluizão, via-se um Santos diferente de outras jornadas, apesar de que as jogadas com triangulações ainda são raras de se vê. O Ji-Paraná, da metade do primeiro tempo para frente começou a gostar do jogo, foi ai que apareceu a grata surpresa no gol santista - Jonathan que substituia o titular Juliano -, vai dar muita "dor de cabeça" ao comandante do Santos durante esta semana que se avizinha.

E falando de goleiro, deve-se observar o cabeludo Daniel do Jipa, muito bom e com um senso de colocação fora de série. Diria que foi um dos principais obstáculos pela manutenção do placar mínimo em favor do Santos, o outro foi justamente a dupla de zagueiros do jipa também com belo poder de antecipação.

Fim do primeiro tempo: zero a zero.

 Para a segunda etapa, nada de modificações nos dois times, pelo menos no intervalo do jogo. Coube então a Guido Quêtto fazer a primeira mudança, tirou Jorge Luiz e colocou Yan - aqui um detalhe, o Jorge Luiz saiu de campo esbravejando -, e fez duas coisas erradas: 1) saiu quase ali na marca do escanteio, ou seja, não saiu pelo meio do gramado e não cumprimentou seu companheiro substituto e 2) não foi nem para o banco de reservas - são pequenos detalhes que as vezes passam despercebidos - e, não podem acontecer num time altamente organizado.

E o único gol do jogo aconteceu aos 33min do segundo tempo, quando Giovane Cunha do Santos arriscou de longe a bola desviou nas costas de um zagueiro do Jipa e, enganou completamente o goleiro Daniel que ainda pulou e não conseguiu evitar que a bola fosse ao fundo de sua rede.

Logo depois do gol do Santos, o atleta Léo n* 5  capitão do Galo da BR reclamou acintosamente do árbitro e levou vermelho direto. Vale dizer que a reclamação dos jiparanaenses era justamente da falta do tal Fair Play pelo Santos em virtude de um atleta do Jipa que estava caído e, o lance prosseguiu.

Na verdade o jogo em si era um teste para cardíacos, nem o empate interessava aos dois clubes. O Santos vem ao longo deste campeonato tentando criar uma identidade, hoje o time não foi brilhante, porém, na maior parte dos 90min conseguiu construir algumas jogadas e, no geral levou a melhor sobre o Bicampeão da modalidade, sempre bem comandado por Luciano Almeida - que também foi excluído da área técnica.

Arbitragem esteve a cargo de Jacson Uchôa Amorim - conhecido por Carlinhos -, para este blogueiro uma boa novidade. Ele soube controlar o jogo em momentos cruciais, apesar da reclamação dos jiparanaenses começando por Luciano Almeida, assim como as aplicações de cartões e os acréscimos do jogo.

Ficha Técnica

Santos 1 x 0 Ji-Paraná FC
Árbitro: Jacson Uchôa Amorim
A.A. 1: Cristiano Pereira Lopes
A.A. 2: Francinei Mendes Cruz
4* Arb: Leandro Bratti

Santos PVH
Jonathan; Wilton, Floreste(Evaldo), Hudson e Bob; Dorneles, Giovane Cunha, Diego Costa e Romarinho; Jorge Luiz(Yan) e Elivelto(Wendel). Téc; Guido Quêtto.

Ji-Paraná FC
Daniel; Abel, Vitinho, Eduardo(Fagner) e Geovane; Léo, Caio(Leone), Dog(Jeferson) e Weltinho; Jailson e Neilton. Téc; Luciano de Almeida.

Gol: Giovane Cunha(Sant. 33'2/T). Expulso: Léo(Jipa aos 34'2/T) e Luciano Almeida(excluido).




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ji-Paraná FC comunica falecimento de seu massagista

Nota de pesar O Ji-Paraná Futebol Clube vem a público lamentar o precoce falecimento do famoso massagista "Zói", vítima de...