Pular para o conteúdo principal

Sem o brilhantismo das 22 edições anteriores, a bola rola neste domingo em RO

E depois de idas e vindas...a bola rola neste domingo,17, pelo campeonato rondoniense chevrolet-13. Acompanho o futebol do estado há 20a, esta edição será a de nº 23 e, confesso não vou sair muito do título, senão vejamos.



Éramos a única capital do Brasil, sem um Teatro, sem nenhum viaduto e agora sem o futebol profissional - o velho aluizão sempre deu problemas para receber jogos dos times da capital - porém, desta vez foi condenado ao sepultamento através do Corpo de Bombeiros e, pelo Ministério Público-RO(sic).

E por que sem o brilhantismo. Porque um dos afiliados da FFER, pediu para sair sem nem esperar o início da festa, no caso do Moto. Porque o atual campeão o Ji-Paraná, aliás o maior campeão não tem o gostinho de estrear em casa. Vai defender seu título fora de seus domínios, em virtude da da falta de alambrado no Biancão com altura de 3m, assim como a falta de câmeras filmadoras(sic).

Ainda sem o brilhantismo de vermos um Genus jogando em casa. Genus que também se mantém no campeonato graças ao esforço de uma pequena diretoria, que de repente se agiganta para dar satisfação a um grande número de torcedores do time aurigrená.

E quanto a FFER. No entendimento deste blogueiro tem uma parcela grande de responsabilidade, junto aos dirigentes, a SECEL e por extensão ao governo do estado. Nesta ordem sim, pois um evento que dura no máximo quatro meses, tem seis meses para se planejar. Isso porque estou me baseando no Estatuto do torcedor - que fala em 10 meses de atividades.

Já que falei em ET (Est. do Torcedor), quero justificar os (sics) em dois parágrafos acima. Seria de bom alvitre que a FFER publicasse em seu site oficial: 1) os pareceres de interdições dos dois estádios do estado, assim como; 2) os Laudos emitidos pelos estádios liberados, coisa que você não encontra nem com muita reza.

Falo isso baseado no Estatuto do Torcedor; Capítulo II Da Transparência na Organização, do Art. 5º ao 8º. Vários parágrafos foram desconsiderados, assim como o Plano Geral de Ação item 11 da página oito.

Análise para esta 1ª rodada

Genus e Pimentense estão fora da rodada, em virtude da solicitação do time da capital em definir aonde iria mandar seus jogos. O VEC folga na rodada pois, jogaria contra o Moto Clube.

Em Pimenta Bueno o Ji-Paraná FC, maior campeão do estado (10 no total) entra em campo no estádio Luiz Alves Athaídes às 18h15min. O técnico Cícero Lanza ainda quebra a cabeça para, dos 19 profissionais e 5 amadores do BID, colocar 18 na súmula e enfrentar o Rolim de Moura.

O Rolim de Moura que "balançou" para sair do campeonato, de repente ganhou uma energia diferente com a chegada do técnico Tiago Batizoco - um estrategista que adorou jogar com o jipa nestas condições -, pois bem, ele chegou já arrumou a casa, conseguiu inscrever 20 atletas profissionais e um amador. Tem possibilidade de sair de Pimenta Bueno com os primeiros 3 pontos.

Lá no cone sul em Espigão do Oeste, o time da casa vice campeão do ano passado, tem em seu desfavor a não liberação de alguns atletas que certamente serão titulares no decorrer do certame: Rincon e Fabiano Kastor, desfalcam o time do técnico Ulisse Pontes que tem 13 inscritos no BID com 5 amadores.

O Ariquemes joga fora de casa, contra um seu algoz. Esta pequena trajetória dos dois tem mostrado que o time do técnico Gilvan Pereira, joga melhor fora de casa. Tem mais, o maior ídolo dos ariquemenses o artilheiro César que chegou a "aposentar" o par de chuteiras, juntou-se aos 21 outros profissionais e mais 6 amadores para já beliscar esses 3 pontinhos lá do Luizinho Turatti.

E mais...

Com a indefinição se teríamos ou não bola rolando, a querida Rádio Caiari não terá o privilégio de fazer nenhum dos jogos deste domingo (in loco). Mas, através das ondas médias da Rádio Sociedade de Espigão do Oeste e, com o consentimento de Vivaldo Filho iremos entrar em cadeia via Internet.

Na próxima quinta-feira,21, às 20h quando o Sport Club Genus estrear na competição ai sim, estaremos lá em Ariquemes com Naldo Dias narrando e, este que vos fala fazendo o trabalho de pista lá no estádio Gentil Valério o Valerião.

Comentários

  1. esperamos um patricinio para que a T.O.G compressa em peso la na casa deles

    ResponderExcluir
  2. Olá, bom dia!

    Boa sorte a vcs da T.O.G que este patrocínio dure pelo menos uns 48 meses. Por ai, o prazo médio deste (des)governo cumprir com suas obras - de 3 a 4 anos.

    Obg. Volte sempre.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Rondoniense de 17 anos vai disputar o concorrido Sub-20 em SP

Olha que notícia maravilhosa. Vem daqui de perto do distrito de Jaci-Paraná, a 80 km de Porto Velho, um filho do distrito chamado Jardson Medeiros, zagueiro de 1,85 m com 17 anos, pé esquerdo, pelo visto um prodígio - na acepção da palavra -, daqueles com habilidades próprias para pessoas com mais idade.
Acompanhe o histórico de Jardson: foi bicampeão da copa treze sub-15 pelo Avaí-PVH; em 2015 disputou o sub-16 pelo SC Genus; já o ano passado foi campeão do Interdistrital pela seleção de Jaci-Paraná, quando foi muito elogiado pela postura em campo e personalidade.
Desta temporada o garoto começou a viajar. Entenda-se viajando para fazer o que mais gosta, e sabe fazer. Foi para Confins-MG, disputou o campeonato mineiro sub-17 pelo Bonsucesso EC, sucesso garantido seu time foi eliminado na semifinal mineira. Algumas equipes de base da terra de Tiradentes tentaram ficar com o zagueiro.
Porém, seu destino acabou sendo São Paulo, primeiro jogou pelo Osvaldo Cruz FC, interior paulista. Ao vol…

Tanaka faz acordo amigável e dá adeus ao Periquito

Foram somente três minutos vestindo a camisa oficial do RSC. Falo de Alessandro Tanaka, camisa 16 que entrou ao final do jogo entre RSC 0 x 0 Cuiabá pela Copa Verde, no último domingo. O ambiente no ninho do periquito já não estava legal para o atleta estrela de Guajará-mirim, ontem, segunda-feira entornou de vez.
E, agora à tarde o rápido atacante Tanaka, entrou em acordo com a diretoria do clube, e deu adeus ao RSC. Agora vem a surpresa maior. Sabe para onde voa o Tanaka, ou melhor, sai do ninho do periquito e vai para o Acre, isso mesmo o novo clube será no estado do Acre. E quem pensava no Tanaka no Galo da BR, tire o cavalo da chuva.
O blog chegou a conversar com Eder Marques, um dos diretores do Jipa, e ele assim se expressou: "Luis, na verdade era intenção da gente trazer o Tanaka para cá, como foi um acordo amigável e ele resolveu ir para o Acre, que seja feliz não vamos entrar em leilão". (Tanaka deixou o RSC nesta terça(7), vai para o Acre)

Ariel Mamede e Welmer Bueno, juntos na mesma equipe

É isso mesmo, o mundo do futebol gira rápido demais. Assim como o mundo da política, da economia e das fofocas. Assim foi com o amigo e técnico de futebol Ariel Mamede, saiu daqui de Porto Velho-RO com um pé na taça de campeão-2016, e uma das mãos já levantando a mesma. Antes disso saiu do também RSC o dirigente Welmer Bueno, ambos retornaram ao estado de Goiás.
Enquanto Ariel foi dirigir um time goiano querendo subir da segunda divisão para a primeira, Welmer Bueno voltou para "seu" Vila Nova, no comando administrativo das divisões de base. Nesta copinha que ainda está rolando a bola, o que aconteceu: o Vila saiu de Goiás com status da melhor equipe do paraíso verde na categoria, acabou caindo na fase de grupos.
Enquanto o maior rival do Vila Nova, o Atlético Clube Goianiense ora dirigido por Ariel passou de fase. E aí vem as raquetadas da vida, neste sábado(14) o Vila Nova dispensa Lucas Oliveira, e foi buscar no Dragão o jovem comandante de lá. E agora estarão juntos em um …