Pular para o conteúdo principal

O que esses times têm em comum

Pelo título da postagem, e considerando a pouca pesquisa que fiz. Porém, espero comentários de vocês com a relação ao nosso futebol e, aos nossos dois clubes de Porto Velho. Bem, todo ano desde 1990 até este 2013 a FFER faz religiosamente seu Conselho Técnico - reúne os clubes que irão participar do campeonato do ano seguinte.

Isto com o advento do Estatuto do Torcedor, ficou mais claro e mais profissional. Profissional digo eu até os presidentes de alguns clubes mudaram. Também não quero radicalizar, mas em relação a FFER e por extensão ao TJD-RO estes dois estão a anos-luz à frente dos "cartolas".

Ora meus caros, dei uma viajada justamente pelos interiores do: Ceará, Santa Catarina e Mato Grosso. E separei os times, vamos a eles:

Barbalha FC - fundado em 2002(11a), irá disputar a Copa do Brasil em 2014 -, já faz parte da elite do futebol cearense. Barbalha tem uma população de 55323hab, distância até a capital Fortaleza é de 553km.

Associação Chapecoense de Futebol - fundada em 1973(40a), irá disputar a Série A em 2014 -, aliás o futebol de Santa Catarina merece um estudo mais aprofundado, dos 10 times que fazem parte da 1ª divisão deles, nada mais do que sete(7) estão em todas as divisões do brasileirão. Chapecó fica a 555km de Floripa e tem 198188hab.

Se a Chapecoense foi este sucesso todo no ano que se finda, o que não se pode falar do Luverdense EC - fundado em 2004(9a), é uma equipe especialista em Copa do Brasil. Este ano foi longe, dando um trabalho danado ao campeão do mundo o Corinthians-SP. Irá disputar a Série B no ano da Copa. O rico município do Mato Grosso, fica a 350km de Cuiabá e tem uma população de 52843hab.

E a nossa briosa, sofredora e querida Porto Velho com seus 484992hab(*). Com governantes, políticos e administradores dos dois únicos representantes da capital no futebol profissional, os quais não apresentam nenhuma melhoria, nenhum sinal de que realmente estão preocupados com a sobrevivência do futebol.

Motivos há de sobra para se pensar em competições futuras, exemplo: Copa do BR, Copa Verde, Copa de Sub-20 e Série D (falando somente do masculino). O pessoal da FFER quando faz suas reuniões já põe à mesa: patrocinadores, apoiadores, premiação até para a arbitragem.

Ah, sei que irão falar do velho assunto de sempre - local para mandar seus jogos -, estes  clubes que apontei acima: Barbalha (tem um estádio para 3mil pessoas), Luverdense (5mil pessoas) e Chapecoense (este o estádio Índio Condá para 30mil). E você Sport Club Genus - fundado em 1981(32a), dois vices campeonatos. E você Moto EC, que voltou a ativa em 2006(7a), vamos acordar gente. 

Vamos despertar o torcedor. Fazer campanhas de melhorias - falo principalmente do Moto, que tem uma baita de uma sede social -, alguém ai viu como o Santa Cruz FC começou a construir  seu estádio denominado Mundão do Arruda. Ai é outra história, porém, tudo começa com o primeiro tijolo. Espero comentários...

(*) Dados do IBGE/2013 para todos os municípios

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rondoniense de 17 anos vai disputar o concorrido Sub-20 em SP

Olha que notícia maravilhosa. Vem daqui de perto do distrito de Jaci-Paraná, a 80 km de Porto Velho, um filho do distrito chamado Jardson Medeiros, zagueiro de 1,85 m com 17 anos, pé esquerdo, pelo visto um prodígio - na acepção da palavra -, daqueles com habilidades próprias para pessoas com mais idade.
Acompanhe o histórico de Jardson: foi bicampeão da copa treze sub-15 pelo Avaí-PVH; em 2015 disputou o sub-16 pelo SC Genus; já o ano passado foi campeão do Interdistrital pela seleção de Jaci-Paraná, quando foi muito elogiado pela postura em campo e personalidade.
Desta temporada o garoto começou a viajar. Entenda-se viajando para fazer o que mais gosta, e sabe fazer. Foi para Confins-MG, disputou o campeonato mineiro sub-17 pelo Bonsucesso EC, sucesso garantido seu time foi eliminado na semifinal mineira. Algumas equipes de base da terra de Tiradentes tentaram ficar com o zagueiro.
Porém, seu destino acabou sendo São Paulo, primeiro jogou pelo Osvaldo Cruz FC, interior paulista. Ao vol…

Vila Nova FC - GO contrata dois do futebol rondoniense

Um é "veterano" dos seus 34 anos, mas a função talvez exija uma pessoa dessa estirpe, com formação superior em Ciências Contábeis; foi observador da base do próprio Vila Nova; trabalhou como Coordenador de Esportes e, portanto, na formação do Rondoniense SC onde sagrou-se campeão do 1º turno de 2016 no Periquito do Ulisses Guimarães - com às mãos nas costas -, depois saiu e foi especializar-se em Coaching na área esportiva, lá em Manaus-AM.
Falo de Welmer  Bueno(f), que já assumiu o cargo de Coordenador Geral da Base do Vila. Os objetivos traçados para o time goiano são alvissareiros e factiveis, senão vejamos: 1) tornar a base do Vila Nova, uma base profissional; 2) captar recursos financeiros para viabilizar todo o projeto; e 3) trabalhar a formação e liderança da equipe, captação de jogadores para a base, disciplina e compromisso. Falando em compromisso, a primeira grande batalha do Vila é a Copa SP com início dia 3 de janeiro próximo. (Welmer Bueno - reprodução/facebook)
A …

Tanaka faz acordo amigável e dá adeus ao Periquito

Foram somente três minutos vestindo a camisa oficial do RSC. Falo de Alessandro Tanaka, camisa 16 que entrou ao final do jogo entre RSC 0 x 0 Cuiabá pela Copa Verde, no último domingo. O ambiente no ninho do periquito já não estava legal para o atleta estrela de Guajará-mirim, ontem, segunda-feira entornou de vez.
E, agora à tarde o rápido atacante Tanaka, entrou em acordo com a diretoria do clube, e deu adeus ao RSC. Agora vem a surpresa maior. Sabe para onde voa o Tanaka, ou melhor, sai do ninho do periquito e vai para o Acre, isso mesmo o novo clube será no estado do Acre. E quem pensava no Tanaka no Galo da BR, tire o cavalo da chuva.
O blog chegou a conversar com Eder Marques, um dos diretores do Jipa, e ele assim se expressou: "Luis, na verdade era intenção da gente trazer o Tanaka para cá, como foi um acordo amigável e ele resolveu ir para o Acre, que seja feliz não vamos entrar em leilão". (Tanaka deixou o RSC nesta terça(7), vai para o Acre)