terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Quem quer vai, quem não quer manda

Levanta a mão quem nunca ouviu esse provérbio ai do título. Principalmente se for de uma idade já um pouco avançada. Pois bem, o Prefeito de Ji-Paraná Jesualdo Pires (PSB) de 2013 a 2016, sem muitas delongas e fazendo valer o lema de seu governo: da Reconstrução, solicitou a doação do estádio Biancão para alavancar o futebol do município.

Feito a solicitação, o Executivo através do Governador Confúcio Moura enviou mensagem de nº 297 do dia 5 de novembro de 2013 ao Poder Legislativo. Agora vejam como entra o velho provérbio acima, inclusive ainda sem uma definição corrente.

No dia 5/11, repito a  mensagem: "em atendimento ao pleito efetuado pelo Prefeito de Ji-Paraná, o governo solicita da ALE a doação para o município de Ji-Paraná/RO do estádio de futebol Biancão, localizado à rua T 29, s/n, bairro N. Srª de Fátima, com área de 39.100m²."

Dado entrado dia 5 de novembro na ALE. Entrou na pauta dia 7 de novembro e transformou-se em Projeto de Lei de nº 1102/13 com quatro(4) artigos e, está lá o velho/novo Biancão inaugurado em 2002, já estava sem condições de atender o único representante e campeoníssimo Ji-Paraná FC para mandar seus jogos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sub-20: SC Genus goleia o Porto Club, com três gols de Caio Leite

Fim dos jogos de ida do Grupo A do Sub-20, para: Porto Club e SC Genus, jogo das 20h desta quinta-feira,19, de julho dia nacional de futebo...