quinta-feira, 24 de setembro de 2015

CPI do Futebol aprovou quebra do sigilo bancário e fiscal de José Maria Marin

A CPI do Futebol aprovou nesta quarta a quebra do sigilo bancário e fiscal de José Maria Marin. Porém, antes mesmo de saber o resultado, o ex-presidente da CBF já tinha decidido que não tentará impedir na Justiça que seus dados sejam entregues aos senadores.
Na semana passada, o cartola discutiu o assunto com seus advogados, que o visitaram na prisão na Suíça. Ele ouviu que poderia ser estratégico tentar impedir a quebra, mas que Marco Polo Del Nero, seu sucessor, sofreu derrota com manobra semelhante.
Marin, então, respondeu que não tem nada a esconder e dispensou seus defensores de tentarem recorrer contra a medida.
Del Nero teve um pedido para impedir a quebra de seu sigilo negado pelo STF (Supremo Tribunal Federal).
Para os advogados de Marin, com a decisão de não se opor à quebra, o dirigente reforça sua tese de inocência nas acusações de conspiração para lavagem de dinheiro e envolvimento em esquema de propina na venda de direitos de transmissão de jogos feitas pela Justiça americana. No entanto, eles não fazem comparações com a decisão de Del Nero por considerarem diferentes as situações de quem está na presidência da CBF e de quem já saiu dela.
Fonte: http://blogdoperrone.blogosfera.uol.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arbitragem para 3ª rodada do Sub-20

A Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER), divulga a escala dos árbitros e assistentes para os jogos vá...