Pular para o conteúdo principal

Reunião de Fundação

Recebi a postagem bem elaborada e redigida, inclusive com a logo da Associação. E fui saber do que se tratava. Claro que tudo começou com a formação de um grupo de Whats, o qual incluiram até o blogueiro, a coisa cresceu e a tendência de se tornar: Associação dos Clubes e Escolas de Futebol do Estado de Rondônia é irreversível.
(Foto: Divulgação)

De onde partiu esse movimento, a quem se destina e quem está à frente: partiu do município coração de Rondônia, falo de Ji-Paraná. Destina-se aos diretores de clubes, treinadores de futebol, proprietários de escolinhas e academias de futebol e desportistas no geral. Está à frente Luciano de Almeida, que conseguiu o Auditório da Câmara Municipal de Ji-Paraná, para a fundação no dia 13/02/2016 às 10h.

O Blog fez então quatro questionamentos ao futuro presidente Luciano de Almeida, que não deixa dúvidas quanto ao sucesso na fundação da Associação.

1) Blog - serão necessários quantos desportistas para a fundação da associação?
- Luciano - olha juridicamente precisamos de no mínimo três desportistas ou representantes de clubes, para que se torne legal a criação da associação. No dia 13 teremos no mínimo 25 pessoas.

2) Blog - você já tem um calendário para o ano de 2016?
- Luciano - agora no 1º semestre temos duas datas interessantes (abril e maio), vamos realizar algumas ações. No início do 2º semestre teremos como realizar uma copa interestadual, falta definir em qual categoria, mas já temos digamos um pré-contrato com a Amazon Sat que vai transmitir sete(7) jogos pela rede ao vivo. Isto será uma grande conquista.

3) Blog - a parte financeira, como angariar recursos para manter a Associação?
- Luciano - a ACEF ou ASFUT, ainda não definimos o nome será uma associação de fato e de direito, partindo disso e dado o pontapé inicial, vamos buscar alternativas tanto para a associação quanto aos futuros filiados na captação  de recursos.

4) Blog - a ACEF ou ASFUT será futuramente filiada à FFER?
- Luciano - sempre tive e tenho um relacionamento muito profissional com a FFER, nossa intenção será dividir jamais. Tive o cuidado de ligar para o presidente Dr. Heitor Costa e tenho a plena certeza de que seremos grandes parceiros. Admiro demais a capacidade dele de gestor, de administrador.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Atacante Gabriel Henrique está de partida do SC Genus

Virada do ano já começa bem movimentado pelo lado do time Aurigrená da Capital. Primeiro a polêmica das camisas para 2018, com dois escudos: Genus/Avaí, e hoje(2/jan) a desistência do ótimo atacante Gabriel Henrique, 21 anos, que recebeu uma proposta muito boa de Alagoas.
O novo time de Gabriel chama-se Santa Rita, é da cidade de Boca da Mata e fundado em 25/05/1974. O atleta estava com pré-contrato com SC Genus, para o ano de 2018. (Gabriel Henrique está saindo do Genus - foto: Fanpage do Clube)

Guajará fez Gato e Sapato do Urso

Falta de aviso não foi. Deixar tudo para a última hora, deu no que deu. Agora é juntar os cacos e tentar pontuar fora de casa. O jogo em si não foi um espetáculo por parte do Guajará, o time do Tinho Damasceno tem alguns atletas interessantes, que jogam juntos há algum tempo - não falo no Guajará, mas que ele Tinho trouxe sempre em dupla - por exemplo os dois meias Bibio e Tatico, os atacantes Marcos Bahia e Jaiminho, a zaga com Diego Norberto - seguro, pra passar por ele tem que ter moral.
Sabe qual tinha sido a última vitória do Guajará no estadual? Justamente no dia 1º de abril do ano passado, quando venceu ao Galo da BR por 3 a 1 lá no João Saldanha - e não é que seja o dia consagrado à mentira - pois não é que o Glorioso, quase um ano depois faz 3 a 1 no Genus e no velho Aluizão.
Antes dos primeiros 2 minutos de jogo Marcos Bahia recebeu em profundidade de Bibio, passou pelo meio da zaga do Genus derivando para o lado direito, chutou com força rasteiro no canto direito do goleiro G…

Atletas de Porto Velho são titulares em times goianos

Recebi a informação e, claro que passo à frente. Vários atletas de Porto Velho estão integrados a algumas equipes do futebol goiano: Isaac, volante dos bons no Goiânia; Gabriel, zagueiro no Abecat; Pablo, meia no Abecat; Isaias, atacante rápido pelas pontas no Abecat e Wendell, meia está no Vila Nova. (Wendell camisa 10 é de Porto Velho - foto: facebook)
Alguns disputam a Taça Mané Garrincha que tem o patrocínio da FGF - Federação Goiana de Futebol -, as categorias vão de sub-17 ao sub-19. Nesta quarta-feira,23, já tivemos a estreia de Wendell pelo Vila Nova onde ajudou o Tigrão a fazer 3 a 0 no Hidrolândia. (Vila Nova-GO categorias Sub-17 - foto: facebook)