terça-feira, 14 de junho de 2016

Não teve jeito. Genus entra com recurso aos 45' do segundo tempo

Está suspenso o primeiro jogo da final do 2º turno do rondoniense ffer-eucatur, que seria realizado na próxima quinta-feira(16). Foi o que determinou o presidente do Tribunal de Justiça Desportivo de Futebol de Rondônia (TJDF-RO), Dr. Leandro Cavol. O SC Genus alega que o Ji-Paraná FC - finalista do turno -, teria utilizado um atleta irregular no dia 28 de maio. Inclusive contra o próprio Genus, quando este veio a perder para o Ji-Paraná no Biancão por 2 a 0.

Vamos aos fatos:

Naquele sábado(28), o Jipa apresentou esta relação de atletas para o jogo, vejam que o número 15 Junior Ferreira da Rocha de Oliveira, estava no banco de reservas. Neste caso já era um participante do jogo.
(Relação dos atletas do Jipa no dia 28/05)

Mas, aos 40' do 2º tempo ele entrou na vaga do número 10 Vagner Fernando Pereira. O Jipa se baseia no próprio REC que diz no Art. 20 § 4º que o atleta terá condições de jogo a partir do registro do novo contrato, independentemente do prazo constante do respectivo REC para registro de atletas na competição.

A defesa do Genus vai se basear no Regulamento Nacional de Registro e Transferência de Atletas de Futebol em seu Capítulo III, pág. 14 Arts. 19 a 24 - principalmente este: "a confirmação do registro se dá com a publicação no BID da CBF com pelo menos 48h de antecedência".

E aqui as datas da discórdia: início dia 26/05 e data da publicação 31/05 conf. BID oficial/CBF. 
 (BID/CBF do dia 31 de maio)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sub-13: Rondoniense perde na semifinal

Que grande espetáculo! Não, não estou falando da final da Copa do Mundo - como diria o narrador global -, falo da semi do sub-13 que está s...