Pular para o conteúdo principal

Terça teve estreia do Genus e cara nova no RSC

O SC Genus enfim fez sua estreia na copinha, o time enfrentou um dos sérios concorrentes ao título da 48ª Copa SP. Copa que tem o mesmo nomes do adversário do nosso representante, outro fator que pesou aos garotos do Deutz foi a ansiedade, a bola pesou.

Pesou pelo campo encharcado - muitos dirão, estava encharcado para os dois lados - sim, mas o Genus é um time mais leve, mais franzino. Ainda teve a entrega de mãos beijadas por parte do goleiro do Genus (bom goleiro Gabriel Sarges), da zaga e até um pênalti sem necessidade em favor do tricolor paulista.

Feito as contas no final do jogo: São Paulo 6 x 0 Genus - com três gols oferecidos pelo Genus -, falando em oferecer, bonita atitude do time aurigrená em oferecer muda de seringueira ao capitão do São Paulo FC. O Genus volta a jogar nesta quinta(5), contra o União Barbarense e sábado(7) fecha sua participação contra os donos da casa, o Capivariano.

Mercado da Bola

Ainda nesta terça-feira(3), final da tarde o RSC que fez várias modificações em sua base administrativa e, de elenco - claro que o Periquito está trazendo vários campeões pelo time em 2016 - agora começa a chegar caras novas: o primeiro foi o goleiro Jhonathan Urtado, e hoje o carrasco do SC Genus finalmente acertou as bases contratuais.

Falo de Alessandro Tanaka, cujo futebol já interessava ao RSC desde o ano passado. O veloz e habilidoso atacante vem para disputas de três competições: Copa do Brasil, Copa Verde e o Estadual. A torcida espera muito do jovem de Guajará Mirim, vestindo o manto do RSC.
(Alessandro Tanaka, fecha com o RSC p/2017 - foto: divulagação)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Atacante Gabriel Henrique está de partida do SC Genus

Virada do ano já começa bem movimentado pelo lado do time Aurigrená da Capital. Primeiro a polêmica das camisas para 2018, com dois escudos: Genus/Avaí, e hoje(2/jan) a desistência do ótimo atacante Gabriel Henrique, 21 anos, que recebeu uma proposta muito boa de Alagoas.
O novo time de Gabriel chama-se Santa Rita, é da cidade de Boca da Mata e fundado em 25/05/1974. O atleta estava com pré-contrato com SC Genus, para o ano de 2018. (Gabriel Henrique está saindo do Genus - foto: Fanpage do Clube)

Guajará fez Gato e Sapato do Urso

Falta de aviso não foi. Deixar tudo para a última hora, deu no que deu. Agora é juntar os cacos e tentar pontuar fora de casa. O jogo em si não foi um espetáculo por parte do Guajará, o time do Tinho Damasceno tem alguns atletas interessantes, que jogam juntos há algum tempo - não falo no Guajará, mas que ele Tinho trouxe sempre em dupla - por exemplo os dois meias Bibio e Tatico, os atacantes Marcos Bahia e Jaiminho, a zaga com Diego Norberto - seguro, pra passar por ele tem que ter moral.
Sabe qual tinha sido a última vitória do Guajará no estadual? Justamente no dia 1º de abril do ano passado, quando venceu ao Galo da BR por 3 a 1 lá no João Saldanha - e não é que seja o dia consagrado à mentira - pois não é que o Glorioso, quase um ano depois faz 3 a 1 no Genus e no velho Aluizão.
Antes dos primeiros 2 minutos de jogo Marcos Bahia recebeu em profundidade de Bibio, passou pelo meio da zaga do Genus derivando para o lado direito, chutou com força rasteiro no canto direito do goleiro G…

Atletas de Porto Velho são titulares em times goianos

Recebi a informação e, claro que passo à frente. Vários atletas de Porto Velho estão integrados a algumas equipes do futebol goiano: Isaac, volante dos bons no Goiânia; Gabriel, zagueiro no Abecat; Pablo, meia no Abecat; Isaias, atacante rápido pelas pontas no Abecat e Wendell, meia está no Vila Nova. (Wendell camisa 10 é de Porto Velho - foto: facebook)
Alguns disputam a Taça Mané Garrincha que tem o patrocínio da FGF - Federação Goiana de Futebol -, as categorias vão de sub-17 ao sub-19. Nesta quarta-feira,23, já tivemos a estreia de Wendell pelo Vila Nova onde ajudou o Tigrão a fazer 3 a 0 no Hidrolândia. (Vila Nova-GO categorias Sub-17 - foto: facebook)