quinta-feira, 29 de junho de 2017

Porto Club e Genus um zero a zero graças aos Gabriéis

Esta quarta-feira,28, teve sequência o campeonato sub-20 com: Porto Club 0 x 0 Genus, no estádio Aluizão, às 19h. De um lado o rubro-negro Porto Club com uma meninada muito boa de bola, do outro o atual campeão da categoria o aurigrená SC Genus, com mais de meio time que disputou agora pouco o estadual e a Série D.

Esperava-se mais do Genus? Pra mim não. Nessa faixa entre 16 a 19 anos as forças se equilibram, o que se viu um primeiro tempo de forma eletrizante lá e cá, na segunda etapa caiu um pouco o poder de ambos e, entrou talvez a falta de maior ritmo do Porto. Enquanto o Genus - repito - tinha: Gabriel Sarges, Marcão, Luan Fernando, Formiga, Lucas e Israel, todos vindo do profissional.

O Porto Club chegou até perder seu camisa 10 Guilherme ainda no primeiro tempo, porém, entrou na vaga dele o pequeno Josué, que infernizou a vida dos zagueiros do Genus. Na segunda etapa o técnico Bacú fez as outras três substituições, inclusive com atletas sentindo câimbras. Destaque a boa defesa do Porto com Israel, Iuri duas pedreiras. Jogou muito Marquinhos e Felipe Rocha camisa nr 11.

Agora, um capítulo à parte com relação aos goleiros, aliás, dois Gabriel: o Lopes do Porto e o Sarges do Genus - cada qual o melhor - digo até que Gabriel Lopes do Porto foi o paredão, salvou bola com as mãos (lógico que é a função do goleiro), mas com os pés também, em pelo menos três oportunidades salvou seu time de tomar.

Já Gabriel Sarges do Genus foi menos exigido, porém, no momento preciso ele fez seu papel. Além do mais tem muita sorte - lembro de uma bola de cabeça do Josué, aos 23' do primeiro tempo que bateu no travessão -, e outro chutaço de fora da área do Marquinhos lá na gaveta canto esquerdo alto que ele botou pra escanteio.

No próximo sábado(1º), o Porto Club volta ao Aluizão às 19h para pegar o RSC. No domingo,2, é a vez do Genus às 17h jogar contra o Real Ariquemes.

Arbitragem muito boa do veterano Álvaro Araújo, alguns pecados com relação à vantagem, mas não atrapalhou no geral seu trabalho e dos assistentes.

Outro fator de destaque: a organização dos dois clubes com relação  aos atletas que foram para o jogo, e a cobrança de ingressos por parte do Porto Club com 234 pagantes e $ 1.350,00.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sub-20: Barcelona de virada crava seis no União, e fica com um pé na semifinal

Jogo das 9 da manhã deste domingo(22), no Centro Esportivo de Cacoal. Em casa a boa equipe do União Cacoal, que está voltando ao cenário do...