quinta-feira, 13 de julho de 2017

E lá vamos nós torcer por nossos heróis novamente

Falo dos rondonienses craques paralímpicos: Matheus Evangelista, Kesley Josue e Edson Cavalcante, quem não lembra desses rapazes na última Paraolimpíadas no Rio de Janeiro, pois agora o salto é mais longe - digo; salto e corrida - que são especialidades dos três.

Agora é Londres, a partir desta sexta-feira,14, na oitava edição do Mundial de Atletismo Paralímpico. Cerca de 1.300 atletas de 100 países são esperados nas 213 disputas por medalhas, todas no estádio Olímpico de Londres. O Brasil com 25 atletas, tenta fazer melhor do que foi em 2015 em Doha no Catar, quando foi o sétimo colocado no quadro geral de medalhas.

Foram 35 medalhas, sendo: 08 de ouro, 14 de prata e 13 de bronze.

Nossos craques

- O porto-velhense Matheus Evangelista teve paralisia cerebral por falta de oxigênio na hora do nascimento. Teve os movimentos do lado direito do corpo prejudicados. Chegou a jogar futebol 7, mas o coração bateu mais forte pelas pistas.

- Kesley Josue nasceu com baixa visão e, hoje enxerga cerca de 15%. Com 19 anos, iniciou no atletismo através do amigo acima Matheus.

- Edson Cavalcante Pinheiro foi entender sua deficiência lá pelos 15, 16 anos quando mudou de um Seringal onde nasceu no interior do Acre, para Porto Velho-RO. Assim como Matheus Evangelista, nosso herói nasceu com ajuda de uma parteira. Com falta de oxigênio, teve paralisia cerebral, que prejudicou o movimento do braço direito.

Fonte: cpb.org.br e Fotos: fanpage do comitê paralímpico


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arbitragem para 3ª rodada do Sub-20

A Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER), divulga a escala dos árbitros e assistentes para os jogos vá...