Pular para o conteúdo principal

Sub-20: noite de belos gols no Aluizão

Dois jogos nesta quarta-feira,12, no Aluizão. Valendo os chamados jogos de volta do Sub-20, uma rodada dupla cheia de gols bonitos, de muita raça, vibração, suor e emoção. Enquanto isso pela Série A do brasileirão, tome jogo com placares mínimos e, alguns milionários atletas não "dando" uma carreira para seu ninguém.

Aqui no primeiro jogo via-se um Porto Club encarando pra valer ao Genus, com muitos atletas "cascudos",  p. ex. Gabriel Sarges (goleiro), Eduardo e Alemão (zagueiros), Marcão, Luan Fernando, Formiga, Israel, Caio Leite. O Genus abriu o placar cedo, logo aos 6' Luan Fernando. Aos 43' de falta Dilan deixou tudo igual. Na segunda etapa Formiga fez aos 7' e Israel fecho o placar em 3 a 1 já nos "descontos", como diria Iomar Pompeu.

No jogo de fundo: RSC X Real fizeram também um belo espetáculo, apesar da demora em entrar em campo por parte do rubro-negro do vale do Jamari. Se foi uma jogada psicológica por parte do time do Real, não sabemos. Na verdade houve até uma explicação por parte do Welves, camisa 10 que preferimos ficar com o que ele falou.

Bem, o Periquito partiu pra cima do Real, com gosto de gás. Para se ver com 30s (isso mesmo 30 segundos) de jogo o esperto Breno ao receber lançamento de Kelvin mandou para os fundos da rede defendida por Bruno goleiro do Real.

E só dava RSC, 5' após abertura do placar, de novo Breno(RSC) avançou pelo lado esquerdo de seu ataque e, com um detalhe - sem medo nenhum dos galalaus da defensiva do Real -, Jorge o capitão deu um carrinho, e carrinho na grande área é pênalti. Breno, sempre ele foi lá, goleiro para um lado e a bola no fundo das redes. Era o segundo do RSC e do Breno no jogo.

O Real estava assustado. Enquanto isso tome 1 a 0 pelo Brasil afora. O RSC recuou, foi cedendo terreno e cometendo faltas bobas quase na entrada da grande área. Uma delas Biscola bateu com força e o goleiro Matheus mandou a escanteio. Aos 34' nova falta em favor do Real, e nova oportunidade de gol. Quem foi bater essa falta? Claro, Biscola mais uma vez - desta feita, ele tirou da barreira e mandou no cantinho direito rasteiro do goleirão Matheus. RSC 2 x 1 Real.

Para a segunda etapa, o RSC já mudou o goleiro no intervalo. Era a volta do Sidney ao ninho, a toada era a mesma do final do primeiro tempo e, aos 38' o gol salvador do Real. Escanteio em favor do rubro-negro, Wellves(Real) cobrou na cabeça do zagueiro Jorge que só teve o trabalho de fazer o movimento correto e como um chute a gol, fez o 2 a 2.
(Clique para ampliar)

Pelo lado do RSC quero elogiar ao time todo. Que bela jogada foi essa de fazer rodada dupla, torcedor adorou. Já o rubro-negro tem várias peças nesse emaranhado de disputa; desde do goleiro ao ponta-esquerda. Pude rever e entrevistar Wellves, Biscola, o técnico do RSC. Muito boa a jornada esportiva..

Parabéns à todos!!!


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rondoniense de 17 anos vai disputar o concorrido Sub-20 em SP

Olha que notícia maravilhosa. Vem daqui de perto do distrito de Jaci-Paraná, a 80 km de Porto Velho, um filho do distrito chamado Jardson Medeiros, zagueiro de 1,85 m com 17 anos, pé esquerdo, pelo visto um prodígio - na acepção da palavra -, daqueles com habilidades próprias para pessoas com mais idade.
Acompanhe o histórico de Jardson: foi bicampeão da copa treze sub-15 pelo Avaí-PVH; em 2015 disputou o sub-16 pelo SC Genus; já o ano passado foi campeão do Interdistrital pela seleção de Jaci-Paraná, quando foi muito elogiado pela postura em campo e personalidade.
Desta temporada o garoto começou a viajar. Entenda-se viajando para fazer o que mais gosta, e sabe fazer. Foi para Confins-MG, disputou o campeonato mineiro sub-17 pelo Bonsucesso EC, sucesso garantido seu time foi eliminado na semifinal mineira. Algumas equipes de base da terra de Tiradentes tentaram ficar com o zagueiro.
Porém, seu destino acabou sendo São Paulo, primeiro jogou pelo Osvaldo Cruz FC, interior paulista. Ao vol…

Atacante Gabriel Henrique está de partida do SC Genus

Virada do ano já começa bem movimentado pelo lado do time Aurigrená da Capital. Primeiro a polêmica das camisas para 2018, com dois escudos: Genus/Avaí, e hoje(2/jan) a desistência do ótimo atacante Gabriel Henrique, 21 anos, que recebeu uma proposta muito boa de Alagoas.
O novo time de Gabriel chama-se Santa Rita, é da cidade de Boca da Mata e fundado em 25/05/1974. O atleta estava com pré-contrato com SC Genus, para o ano de 2018. (Gabriel Henrique está saindo do Genus - foto: Fanpage do Clube)

Tanaka faz acordo amigável e dá adeus ao Periquito

Foram somente três minutos vestindo a camisa oficial do RSC. Falo de Alessandro Tanaka, camisa 16 que entrou ao final do jogo entre RSC 0 x 0 Cuiabá pela Copa Verde, no último domingo. O ambiente no ninho do periquito já não estava legal para o atleta estrela de Guajará-mirim, ontem, segunda-feira entornou de vez.
E, agora à tarde o rápido atacante Tanaka, entrou em acordo com a diretoria do clube, e deu adeus ao RSC. Agora vem a surpresa maior. Sabe para onde voa o Tanaka, ou melhor, sai do ninho do periquito e vai para o Acre, isso mesmo o novo clube será no estado do Acre. E quem pensava no Tanaka no Galo da BR, tire o cavalo da chuva.
O blog chegou a conversar com Eder Marques, um dos diretores do Jipa, e ele assim se expressou: "Luis, na verdade era intenção da gente trazer o Tanaka para cá, como foi um acordo amigável e ele resolveu ir para o Acre, que seja feliz não vamos entrar em leilão". (Tanaka deixou o RSC nesta terça(7), vai para o Acre)