quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Técnico, preparador físico e massagista são eliminados e só voltam em 2019

Não é notícia de fora do estado. (In)felizmente é daqui mesmo do Sub-20, ora findo há 20 dias. Caso foi o seguinte - aliás, dois: dia 5/8 no jogo entre Real x Cacoalense o técnico Júlio Cesar e o massagista Geovane Santos - ambos agrediram o árbitro do jogo, e ambos do Cacoalense. Já no dia 19/8 no jogo entre Real x Ji-Paraná, houve tentativa de agressão por parte do preparador físico do Jipa Sr. Marcos Gonçalves, ao árbitro assistente número 1.

Pois bem, segundo as portarias número 08 e 09 o departamento de competições, valendo-se do Art. 19 do Regulamento Específico da Competição que, prevê punições por atos irregulares praticados por atletas, comissão técnica e dirigentes. As citadas Portarias determinaram a ELIMINAÇÃO dos três por um prazo de dois anos - o trio somente volta a trabalhar em agosto de 2019 -, isso sem contar as possíveis sanções aplicadas via TJD, nos Arts. do CBJD. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ji-Paraná FC comunica falecimento de seu massagista

Nota de pesar O Ji-Paraná Futebol Clube vem a público lamentar o precoce falecimento do famoso massagista "Zói", vítima de...