Pular para o conteúdo principal

FFER e MPE unem-se para cumprimento das Leis Desportivas

Às vésperas do início do Campeonato Rondoniense Chevrolet - 1ª Divisão, mais uma vez a Federação de Futebol do Estado de Rondônia e o Ministério Público Estadual unem forças para que seja garantido o cumprimento das Leis Desportivas, bem como o Estatuto do Torcedor durante a competição. O elo foi fortalecido durante um encontro ocorrido na manhã de terça-feira, 5, com o presidente da entidade máxima do futebol rondoniense, Heitor Costa, o vice-presidente, Mirton Moraes, e o Chefe de Gabinete do Procurador de Justiça, Procurador Éverson Pini.

Durante o encontro, ocorrido na sede do Ministério Público, Heitor Costa destacou que todos os anos a entidade envia aos órgão os Laudos Técnicos que garante a liberação dos estádios para a realização dos jogos, conforme determina a Legislação. Heitor também demonstrou total preocupação quanto à situação do estádio Aluízio Ferreira - atualmente palco de discussões - e ouviu do Chefe de Gabinete que deve se fazer cumprir o que determina a Lei.


Éverson Pini chegou a citar como exemplo o caso da Boate Kiss, em Santa Maria/RS, em caso de desrespeito à Legislação. O mesmo modelo de segurança, explica Éverson, deve ser aplicado na questão do futebol. "A energia que observamos nos estádios é impressionante e o futebol deve sim ser visto com um atrativo de lazer para família, desde que haja segurança nas praças desportivas", salientou.


Heitor novamente lembrou do prazo da entrega dos Laudos dos estádios do Estado (que devem ser entregues até sexta-feira) e ressaltou a importância da parceria com o Ministério Público afirmando que qualquer medida adotada ou aplicada pela Federação de Futebol está dentro do que rege a Legislação.


 "Estaremos sempre em sintonia tanto a FFER quanto o Ministério Público. Faremos cumprir o que determina o Estatuto do Torcedor, uma Lei federal que define os direitos e deveres do torcedor brasileiro", disse Heitor que teve total apoio do Chefe de Gabinete que chegou a mencionar o acidente ocorrido na Bolívia quando um adolescente foi atingido por um sinalizador, quando se referiu aos cuidados que devem ser mantidos nos estádios.

Autor: Paulo Ricardo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Atacante Gabriel Henrique está de partida do SC Genus

Virada do ano já começa bem movimentado pelo lado do time Aurigrená da Capital. Primeiro a polêmica das camisas para 2018, com dois escudos: Genus/Avaí, e hoje(2/jan) a desistência do ótimo atacante Gabriel Henrique, 21 anos, que recebeu uma proposta muito boa de Alagoas.
O novo time de Gabriel chama-se Santa Rita, é da cidade de Boca da Mata e fundado em 25/05/1974. O atleta estava com pré-contrato com SC Genus, para o ano de 2018. (Gabriel Henrique está saindo do Genus - foto: Fanpage do Clube)

Guajará fez Gato e Sapato do Urso

Falta de aviso não foi. Deixar tudo para a última hora, deu no que deu. Agora é juntar os cacos e tentar pontuar fora de casa. O jogo em si não foi um espetáculo por parte do Guajará, o time do Tinho Damasceno tem alguns atletas interessantes, que jogam juntos há algum tempo - não falo no Guajará, mas que ele Tinho trouxe sempre em dupla - por exemplo os dois meias Bibio e Tatico, os atacantes Marcos Bahia e Jaiminho, a zaga com Diego Norberto - seguro, pra passar por ele tem que ter moral.
Sabe qual tinha sido a última vitória do Guajará no estadual? Justamente no dia 1º de abril do ano passado, quando venceu ao Galo da BR por 3 a 1 lá no João Saldanha - e não é que seja o dia consagrado à mentira - pois não é que o Glorioso, quase um ano depois faz 3 a 1 no Genus e no velho Aluizão.
Antes dos primeiros 2 minutos de jogo Marcos Bahia recebeu em profundidade de Bibio, passou pelo meio da zaga do Genus derivando para o lado direito, chutou com força rasteiro no canto direito do goleiro G…

Atletas de Porto Velho são titulares em times goianos

Recebi a informação e, claro que passo à frente. Vários atletas de Porto Velho estão integrados a algumas equipes do futebol goiano: Isaac, volante dos bons no Goiânia; Gabriel, zagueiro no Abecat; Pablo, meia no Abecat; Isaias, atacante rápido pelas pontas no Abecat e Wendell, meia está no Vila Nova. (Wendell camisa 10 é de Porto Velho - foto: facebook)
Alguns disputam a Taça Mané Garrincha que tem o patrocínio da FGF - Federação Goiana de Futebol -, as categorias vão de sub-17 ao sub-19. Nesta quarta-feira,23, já tivemos a estreia de Wendell pelo Vila Nova onde ajudou o Tigrão a fazer 3 a 0 no Hidrolândia. (Vila Nova-GO categorias Sub-17 - foto: facebook)