Pular para o conteúdo principal

Futebol cearense de luto: morre, aos 74 anos, Nado, ex-jogador de Ceará e Fortaleza

O futebol cearense perdeu um dos grandes jogadores de sua história. Morreu nesta sexta-feira (3), em Recife, aos 74 anos, o ex-ponta direita Nado, de passagens marcantes por Ceará e Fortaleza. Em 1971, chegou ao Tricolor do Pici e, duas temporadas depois, jogou pelo Alvinegro de Porangabuçu, onde encerrou sua carreira.

Natural de Recife-PE, José Rinaldo Tasso Lasalvia, o Nado, marcou época no Náutico, participando do histórico hexacampeonato estadual do clube. É um dos grandes ídolos da história do time pernambucano, junto com seu irmão Bida, falecido em 1992, o maior artilheiro da história da equipe.

Nado foi o primeiro jogador convocado para a Seleção enquanto defendia um clube do nordeste, em 1966. Quando defendeu o Vasco da Gama, Nado foi eleito o melhor ponta-direira do Campeonato Carioca em 1966. Pelo Náutico, disputou 248 jogos e marcou 40 gols. A baixa estatura lhe rendeu o apelido de pequeno polegar dos Aflitos.

Fonte: http://esportes.opovo.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Atacante Gabriel Henrique está de partida do SC Genus

Virada do ano já começa bem movimentado pelo lado do time Aurigrená da Capital. Primeiro a polêmica das camisas para 2018, com dois escudos: Genus/Avaí, e hoje(2/jan) a desistência do ótimo atacante Gabriel Henrique, 21 anos, que recebeu uma proposta muito boa de Alagoas.
O novo time de Gabriel chama-se Santa Rita, é da cidade de Boca da Mata e fundado em 25/05/1974. O atleta estava com pré-contrato com SC Genus, para o ano de 2018. (Gabriel Henrique está saindo do Genus - foto: Fanpage do Clube)

Tanaka faz acordo amigável e dá adeus ao Periquito

Foram somente três minutos vestindo a camisa oficial do RSC. Falo de Alessandro Tanaka, camisa 16 que entrou ao final do jogo entre RSC 0 x 0 Cuiabá pela Copa Verde, no último domingo. O ambiente no ninho do periquito já não estava legal para o atleta estrela de Guajará-mirim, ontem, segunda-feira entornou de vez.
E, agora à tarde o rápido atacante Tanaka, entrou em acordo com a diretoria do clube, e deu adeus ao RSC. Agora vem a surpresa maior. Sabe para onde voa o Tanaka, ou melhor, sai do ninho do periquito e vai para o Acre, isso mesmo o novo clube será no estado do Acre. E quem pensava no Tanaka no Galo da BR, tire o cavalo da chuva.
O blog chegou a conversar com Eder Marques, um dos diretores do Jipa, e ele assim se expressou: "Luis, na verdade era intenção da gente trazer o Tanaka para cá, como foi um acordo amigável e ele resolveu ir para o Acre, que seja feliz não vamos entrar em leilão". (Tanaka deixou o RSC nesta terça(7), vai para o Acre)

Os 22 melhores no 1º turno do rondoniense-17

Na opinião do blogueiro uma seleção de verdade tem que aparecer pelo menos dois em cada posição. Foi o que fiz, ao final faço uma menção a cinco atletas que vi nestas sete rodadas. Lembrando, vi todos os atletas por mim escolhidos.
Vamos aos 22
Goleiros: Dida(Real) e Rocha(Barça) Laterais: Hércules(RSC) e Charles(Genus)/ Marquinhos Carioca(RSC) e Thiago(VEC) Zagueiros: Alan(Real) e Douglas(Barça)/ Hurtado(Genus) e Quintino(RSC) Volantes: Cabelo(RSC) e Paulão(RSC)/ Michel Douglas(Real) e Leandro(Genus) Meias: Pither(RSC) e Rob(Ariquemes)/ Luciano Mourão(Genus) e Bida(Real) Atacantes: Careca(RSC) e Marco Aurélio(Real)/ Alesson(RSC) e Robinho(VEC)
Esses seriam os 22 e teriam o comando dos dois melhores treinadores dessa primeira fase: Tiago Batizoco e Elias Santana. Ah, e o Simônio Veiga foi campeão! Sim, mas pegou o time do Real em três jogos - os dois escolhidos por mim, jogaram os sete.
Não poderia deixar de citar os atletas abaixo, que poderiam muito bem estar entre os 22.
Caio Borges (goleiro…