Pular para o conteúdo principal

Campeonato Rondoniense de 2014 sem um Campeão (Espigão) e talvez com o campeoníssimo Ji-Paraná FC

Em assembleia realizada na sede da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER), na manhã de sexta-feira, com a presença de dirigentes de 7 clubes, foi definido que o Campeonato Rondoniense Chevrolet - 1ª Divisão - deve mesmo iniciar dia 23 de fevereiro de 2014 com premiação de R$ 60 mil para o campeão e R$ 25 mil para o vice-campeão.

 O presidente da FFER, Heitor Costa, destacou o compromisso de cada dirigente e colocou em discussão a pauta do Conselho Arbitral da competição com grandes expectativa por ser ano de Copa do Mundo, no país do futebol.

Durante a reunião - que também contou com a presença dos vice-presidentes da entidade, Mirton Morais e José Natal Jacob, do diretor Técnico, Almir Belarmino - o presidente da entidade máxima do futebol rondoniense fez um breve relato sobre o futebol estadual destacando que o Congresso Técnico acontece novamente com maior antecedência, ou seja, com três meses antes do início da competição, ainda que a lei determine que seja realizado com 60 dias de antecedência.


 Outra reunião ficou marcada para o dia 10 de dezembro para oficializar a data de início do certame. Heitor Costa, após apresentar a pauta de discussões, anunciou a permanência de parceiros, como a Chevrolet que continuará patrocinando a competição em 2014; a Kagiva, a bola oficial do Estadual; a Eucatur para o transporte das equipes e arbitragem durante a competição; Rede TV, transmissão dos jogos.

 Heitor também anunciou a premiação do campeonato e definiu as vagas para as competições nacionais ficando definido dessa forma: o campeão estadual vai representar Rondônia na Copa do Brasil/2014 e Copa Verde/2015. Já o vice- campeão irá disputar o Campeonato Brasileiro Série D.
 
Clube Atlético Pimentense, Ariquemes, Genus, Rolim de Moura, VEC, Moto Clube e União Cacoalense confirmaram participação na disputa da edição 2014 do Rondoniense Chevrolet.


A competição também poderá ter mais um na briga pelo título. Trata-se do Ji-Paraná que espera o julgamento do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) referente a sua permanência na Divisão de Elite do Estadual. O clube de maior número de título, rebaixado este ano, entrou com pedido para continuar na Primeirona após a FFER ter anunciado a suspensão temporária da Segunda Divisão. O julgamento deve ocorrer na próxima semana. 

Fonte/texto: Paulo Ricardo Leal

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Rondoniense de 17 anos vai disputar o concorrido Sub-20 em SP

Olha que notícia maravilhosa. Vem daqui de perto do distrito de Jaci-Paraná, a 80 km de Porto Velho, um filho do distrito chamado Jardson Medeiros, zagueiro de 1,85 m com 17 anos, pé esquerdo, pelo visto um prodígio - na acepção da palavra -, daqueles com habilidades próprias para pessoas com mais idade.
Acompanhe o histórico de Jardson: foi bicampeão da copa treze sub-15 pelo Avaí-PVH; em 2015 disputou o sub-16 pelo SC Genus; já o ano passado foi campeão do Interdistrital pela seleção de Jaci-Paraná, quando foi muito elogiado pela postura em campo e personalidade.
Desta temporada o garoto começou a viajar. Entenda-se viajando para fazer o que mais gosta, e sabe fazer. Foi para Confins-MG, disputou o campeonato mineiro sub-17 pelo Bonsucesso EC, sucesso garantido seu time foi eliminado na semifinal mineira. Algumas equipes de base da terra de Tiradentes tentaram ficar com o zagueiro.
Porém, seu destino acabou sendo São Paulo, primeiro jogou pelo Osvaldo Cruz FC, interior paulista. Ao vol…

Atacante Gabriel Henrique está de partida do SC Genus

Virada do ano já começa bem movimentado pelo lado do time Aurigrená da Capital. Primeiro a polêmica das camisas para 2018, com dois escudos: Genus/Avaí, e hoje(2/jan) a desistência do ótimo atacante Gabriel Henrique, 21 anos, que recebeu uma proposta muito boa de Alagoas.
O novo time de Gabriel chama-se Santa Rita, é da cidade de Boca da Mata e fundado em 25/05/1974. O atleta estava com pré-contrato com SC Genus, para o ano de 2018. (Gabriel Henrique está saindo do Genus - foto: Fanpage do Clube)

Tanaka faz acordo amigável e dá adeus ao Periquito

Foram somente três minutos vestindo a camisa oficial do RSC. Falo de Alessandro Tanaka, camisa 16 que entrou ao final do jogo entre RSC 0 x 0 Cuiabá pela Copa Verde, no último domingo. O ambiente no ninho do periquito já não estava legal para o atleta estrela de Guajará-mirim, ontem, segunda-feira entornou de vez.
E, agora à tarde o rápido atacante Tanaka, entrou em acordo com a diretoria do clube, e deu adeus ao RSC. Agora vem a surpresa maior. Sabe para onde voa o Tanaka, ou melhor, sai do ninho do periquito e vai para o Acre, isso mesmo o novo clube será no estado do Acre. E quem pensava no Tanaka no Galo da BR, tire o cavalo da chuva.
O blog chegou a conversar com Eder Marques, um dos diretores do Jipa, e ele assim se expressou: "Luis, na verdade era intenção da gente trazer o Tanaka para cá, como foi um acordo amigável e ele resolveu ir para o Acre, que seja feliz não vamos entrar em leilão". (Tanaka deixou o RSC nesta terça(7), vai para o Acre)