quinta-feira, 13 de abril de 2017

Periquito faz três no Galo, como poderia ser o dobro

Um jogo de quatro gols, como poderia ser de sete ou mais. Esse o resultado final de: RSC 3 x 1 Jipa, à noite desta quarta-feira(12), no aluizão em Porto Velho - RO, jogo da 6ª rodada antecipado de domingo(16).

Quando falo num placar elástico de sete ou mais, quero dizer que um 4 x 3, 5 x 2, 6 x 1 para o RSC, não estaria desmerecendo o Galo. O rondoniense hoje foi impetuoso, intensidade, até demorou um pouco para chegar a esse ponto, mas quando chegou, maltratou o Galo.

O trio ACP hoje funcionou, falo de: Alesson, Careca e Pemaza, os três construiram e fecharam o placar final de 3 a 1 para o Periquito. O primeiro gol aos 21' de Careca, depois de uma jogada sensacional do Paulão - driblou até a diretoria do Galo, e tocou para Careca fazer o primeiro.

O segundo gol ainda no primeiro tempo de Pemaza, ele aproveitou lançamento de Fernandinho em profundidade, que pegou o setor defensivo do Jipa de calças curtas. Já nos "descontos", quando o árbitro deu mais um minuto, Pemaza avançou com muita velocidade e, na saída do goleirão Jhonathan fez por baixo. RSC 2 x 0 Jipa.

Intervalo

Na volta para o segundo tempo, Marialvo técnico do Jipa já mandou dois atletas "quentinhos" para o jogo: Fernandinho e Lambari, não é que deu certo. Fernandinho começou chutando de fora da área, descalibrado, tentou umas três. Até que uma dessas colocou no travessão lado esquerdo do goleirão Biro.

Insistia o Galo até que aos 28' num ataque pelo lado direito Witalo cruzou rasteira, a bola encontrou o pé salvador de Nenê, diminuindo o prejuízo. RSC 2 x 1 Jipa. Enquanto isso, o Periquito criava e crescia o goleiro Jonathan, se tornando um dos melhores em campo apesar de ter deixado passar três em sua meta. RSC 2 x 1 Jipa.

"Queremos sair daqui com o empate", gritava o técnico Marialvo a todo momento para seus comandados. O RSC colocou uma bola na trave do Jonathan, e mais outra defesa dele. Parecia que ia ficar nesse 2  a 1. O árbitro assinala mais 5' de acréscimos, em função de expulsão e de seis(6) substituições.

E o predestinado Alesson aos 48' faz o terceiro de sua equipe RSC. A bola foi lançada para o ataque do RSC, antes vale acrescentar que a bola na saída do goleirão Jonathan de cabeça, sobrou para o lado esquerdo e o chute saiu forte, o goleirão espalmou, a bola pegou uma trajetória para dentro do gol, neste momento se jogaram: Alessson e Jonathan no fundo do gol.

A bola entrou, no entanto o joelho do Alesson atingiu a cabeça do goleiro Jonathan, sendo necessário a remoção dele de ambulância até um Pronto Atendimento. Até o fechamento da postagem, tudo bem com o goleiro. Placar final: RSC 3 x 1 Ji-Paraná, com este resultado o RSC assume a 3ª colocação. (*)

(*)atualizado às 14h10 de hoje(13/04).

Pela súmula preenchida do Sr. Jurandir Lico, ou eu estou ficando lelé da cuca, ou os árbitros. Senão vejamos: gols do jogo - aos 15' do 1º tempo nr. 9 Autemar Bispo Evangelista para o RSC, aos 34' do 1º tempo nr. 8 Paulo César Oliveira para o RSC.

Nas minhas anotações - 1º gol do RSC aos 21' Careca, 2º gol do RSC aos 46' do 1º tempo Pemaza, ganhou na corrida. Quanto ao gol do Jipa, o camisa 23 do jipa chutou a bola tinha endereço do gol, tocou no Bruno, deixa pra lá. Ele considerou golo contra. Renda de apenas R$ 880,00 para 61 pagantes, 27 inteira e 34 meia.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Arbitragem para 3ª rodada do Sub-20

A Comissão de Arbitragem da Federação de Futebol do Estado de Rondônia (FFER), divulga a escala dos árbitros e assistentes para os jogos vá...